História The Selection;; Interativa - Capítulo 2


Escrita por: , Letty_123 e AmagaMerlin

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Abel, Abel de Gêmeos, Afrodite de Peixes, Ágora de Lótus, Ágrios (Força Brutal), Aiacos de Garuda, Aiacos de Garuda, Aiolia de Leão, Aioros de Sagitário, Albafica de Peixes, Alberich de Megrez (Estrela Delta), Alberich XIII, Albion de Cefeu, Albiore de Cefeu, Aldebaran de Touro, Algethi de Hércules, Algol de Perseu, Allegre de Baleia Negra, Almaaz de Cocheiro, Amor de Peixes, Andreas Lise, Andrômeda Negro, Anemos de Leucotes, Apolo, Apsu, Aracne de Tarântula, Argo de Peixe-Voador, Aria, Arné de Lebre, Ártemis, Ashtaroth de Querubim, Asmita de Virgem, Aspros de Gêmeos, Asterion de Cães de Caça, Atena (Sasha), Atlas de Quilha (Atlas de Carina), Avenir de Áries, Bado de Alcor, Baldr de Hraesvelgr, Bian de Cavalo Marinho, Camus de Aquário, Carbella, Chris de Cetus, Defteros de Gêmeos, Dégel de Aquário, Deméter, Dohko de Libra, Écarlate de Escorpião, Eden de Órion, Eiri, El Cid de Capricórnio, Esmeralda, Europa, Europa de Corte Retalhador, Fafner de Nidhögg, Fenrir de Alioth, Frey, Freya, Frodi de Gullinbursti, Fudou de Virgem, Gallia de Espada da Guerra, Garnet de Vouivre, Geist de Serpente, Genbu de Libra, Hades, Hagen de Merak, Hakurei de Altar, Harbinger de Touro, Haruto de Lobo, Hasgard de Touro, Helena, Heracles de Tanngrisnir, Hilda de Polaris, Hyoga de Cisne, Hyperion, Hypnos, Ichi de Hidra, Ikki de Fênix, Io de Scylla, Ionia de Capricórnio, Isaak de Kraken, Jabu de Unicórnio, Julian Solo, June de Camaleão, Kagaho de Benu, Kanon de Dragão Marinho, Kanon de Gêmeos, Kardia de Escorpião, Kasa de Lymnades, Kiki de Appendix, Kiki de Áries, Kouga de Pégaso, Krest de Koh-í-noor, Krishna de Chrysaor, Lune de Balron, Lyfia, Manigold de Câncer, Marim de Águia, Marin de Águia, Marte (Ludwig), Mascára da Morte de Câncer, Medea, Micenas de Leão, Miho, Miller de Luva Alquímica, Mime de Benetnasch, Minos de Grifon, Miro de Escorpião, Misty de Lagarto, Mitsumasa Kido, Mu de Áries, Myu de Papillon, Nachi de Lobo, Pallas, Pandora, Paradox de Gêmeos, Perséfone, Personagens Originais, Poseidon, Radamanthys de Wyvern, Regulus de Leão, Rhea, Ryuho de Dragão, Saga de Gêmeos, Sage de Câncer, Saori Kido (Athena), Saturno, Schiller de Câncer, Seiya de Pégaso, Serafina, Shaina de Cobra, Shaina de Ofiúco, Shaka de Virgem, Shido de Mizar, Shion de Áries, Shiryu de Dragão (Shiryu de Libra), Shun de Andrômeda, Shun de Virgem, Shunrei, Shura de Capricórnio, Siegfried de Doube, Sigmund de Grani, Sísifos de Sagitário, Soma de Leão Menor, Sonia de Escorpião, Sorento de Sirene, Souma de Leão Menor, Subaru, Surtr de Eikthyrnir, Teneo de Touro, Tenma de Pégaso, Thanatos, Thetis de Sereia, Titan, Tokisada de Relógio da Morte, Tokumaru Tatsumi, Utgarda de Garm, Verônica de Nasu, Violate de Behemoth (Estrela Celeste da Solidão), Yoshitomi de Lobo, Yuna de Águia
Tags Cavaleiros Do Zodiaco, Cdz, Interativa, Saint Seiya
Visualizações 70
Palavras 1.934
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, LGBT, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiii gente escrevi esse capítulo com muito carinho e com ajuda da @Letty_123^^

Todas vestimentas acima foram trajadas pelos personagens abaixo!

Capítulo 2 - Prólogo;;


Fanfic / Fanfiction The Selection;; Interativa - Capítulo 2 - Prólogo;;

 

Charlotte's point of view

Santuário de Athena, Grécia

 

Após chegar no santuário e avistar alguns dos meus amigos conversando em uma das mesas, todos, sem exceções, estavam muito elegantes, trajando: Um longo vestido rodado azul claro sendo usado por Meredith, já Amber com um longo vestido rodado verde escuro, Nathaniel vestido com um terno social preto capaz de chamar atenção de todos por sua beleza e estilo, Katrina usando um longo vestido rodado vermelho, Nightmare com vestido longo rodado rosa claro, e Melanie trajando um longo vestido rodado amarelo e eu usando meu vestido preferido, um vestido longo rodado preto.

Apenas passei direto por eles, pois a música na qual estou escutando está na melhor parte e não estou afim se pausa-lá. Sento-me em uma mesa que havia ali perto e sinto alguém tirar meus fones. Quando viro meu olhar para o maldito humano que fez isso vejo um homem de longos cabelos e olhos azuis escuros como a noite.

 

Milo's point of view

Santuário de Athena, Grécia

 

Fito a garota que me olha intensamente, porém sinto sua raiva por ter tirando aeha fones, mas apenas ignoro e ela logo se pronuncia:

— Por que fez isso?!- Ela fala séria e enrola o par de fones entre os dedos.

— Isso o que?- Olho ela confuso

— Por que tirou meus fones? Eu estava ouvindo música, e isso é uma extrema falta educação!- Ela se levanta e Respira fundo lançando-me um olhar extremamente calmo

Antes de eu responder ela vai em direção aos instrumentos musicais de uma orquestra que iria tocar ali e pega um violino e começa a tocar uma música. Enquanto a menor tocava eu observava cada um seus movimentos, sua voz e cada gesto que ela fazia. Ela termina de tocar e me olha com um certo deboche e diz:

— Sabe tocar cavaleiro?- Ela diz entregando-me o pequeno instrumento de cordas

— Violino é coisa de menininha, deixa eu te mostrar o que é um instrumento mais másculo! - Falo e vejo a mesma me olhar com ódio e mando um beijo no ar para a mesma

Vou até onde ela pegou o violino e pego uma guitarra que estava escondida lá atrás de tudo, fecho meus olhos e começo a tocar e a cantar. De vez enquanto abria meus olhos e via a mesma estava me observando e eu sorria satisfeito, pouco tempo depois termino de tocar e ela me olha com debocha e diz:

— Faço melhor!- Fala e pega guitarra e começa a tocar.

Ficamos nessa de discutir sobre quem é melhor até ouvirmos duas vozes femininas se pronunciarem em coro:

— Vocês realmente não tem jeito viu Charlotte? - as vozes se pronunciaram com seriedade. Viro meu corpo na direção dessas vozes e encontro duas garotas e um garoto de braços cruzados

—Ah, me deixa vai, estava tão bom eu humilhando esse otário. - Charlotte diz com seu típico sorrisinho.

—Como é que é, baixinha? - Volto meu corpo em sua direção encarando a garota bem nos olhos

—É isso mesmo, O T Á R I O! - Soletro todas aquelas palavras bem na minha cara.

—Você me paga! - Começamos novamente uma discussão.

 

Alexa's point of view

Santuário de Athena, Grécia

 

Hoje é o grande dia! 

O baile, finalmente chegou, não conseguia mais conter minha ansiedade, meu pai quase me jogou da ponte de tanto que fiquei irritando ele com esse assunto. Mas, enfim... aqui estou eu esperando o tio Poseidon vir me buscar. Sim, o Deus dos Mares vai vir aqui, simplesmente Nathaniel e Katrina enxeram o saco dele para virem me buscar e como ele sendo um bom Deus, tenho certeza de que ele vai vir.

Alguns minutos de passaram e ouço o relincho de um pegasus vindo do lado de fora. Pego meus pertences, tranco todo em casa e saio saltitando ansiosa.

-Vamos! Não tenho o dia todo! - Diz o Deus dos Mares totalmente sem paciência

-Boa noite pra você também tio Poseidon - Falo com um certo deboche na voz e subo na carruagem e seguimos rumo ao santuário.

 

 

Quando chegamos, fui recebida gentilmente por todos presentes, conseguia me sentir em casa nesse lugar. Na maior parte do tempo fico com Nathaniel e Katrina, e de vez em quando saio para pegar algumas bebidas. Olho ao redor e vejo uma garota familiar, ela está brigando com um rapaz belo de cabelos bem roxos. Charlotte? 

Nathaniel, Katrina e eu nos aproximamos para tentar apartar a briga, pois eu tinha certeza de que poderia acontecer um homicídio.

 

 

Tentamos de tudo parar a briga, mas nada adiantou. O que restou foi apenas observar e fazer as suas apostas para ver quem ganhava essa terrível batalha. Bem aleatoriamente dois rapazes se aproximam de nosso grupo, um dele possuía cabelos loiros e trajava um terno preto com sua gravata dourada, realmente muito elegante, não pude deixar de reparar. Já o outro homem ao seu lado, possuía longos cabelos meio azulado e meio roxo, não pude identificar, usando um belo terno preto carvão colado, deixando seus músculos bem a mostra, e sua aparência... bom, ele é muito bonito, não pude deixar de reparar.

-Aioria, poderia acalmar um pouco o Miro? Porque, já estou ficando sem paciência e quase sou capaz de mandá-lo para outra dimensão. - O homem' de cabelos estranhos disse e pude perceber que o mesmo está irritado. O homem loiro chega puxando as orelhas de Miro e Katrina não perde a oportunidade.

-Vem aqui, senhorita Charlotte! - A garota pega ela pelos cabelos e sai puxando ao lado do loiro.

-Por Zeus! - Eu observo aquela cena um pouco assustada, não só eu, mas o Nathaniel também.

-Nossa, que estressadinhos. - Ri um pouco e olha para o homem de cabelo estranho. - E você moço, quem é?

-Te interessa? - ele responde curto e grosso. Não fui com a cara dele.

-Se ele está perguntando, então sim interessa. - Respondo da mesma maneira que ele respondeu para Nathaniel, curta e grossa. 

-Quem você pensa que é, garotinha? - O homem se curva um pouco para ficar do meu tamanho. 

-Como é, seu acéfalo? - Odeio do fundo do meu coração que me chamem assim - Você não sabe com quem está lidando! - Ele me dá um sorriso malicioso.

-Você é que não sabe. - o encaro furiosamente, só falta a fumaça sair dos meus ouvidos.

-Ora, seu... - Preparo-me para dar-lhe um belo tapa e um chute no meio de suas pernas, mas acabou que  fui interrompida pelas portas do grande templo serem abertas.

 

Albafica's point of view

Santuário de Athena, Grécia

 

Ao entrar no salão de baile vejo várias pessoas extremamente elegantes, garotos trajando ternos sociais pretos e as garotas longos vestidos rodados, todas belíssimas, admito. Porém de todas as garotas uma em especial chamou minha atenção, ela possuía longos cabelos vermelhos, pele alva e trajava um vestido longo rodado verde escuro, combinou muito com seu tom de pele e cabelo, como é bela, parecida com a minha rosa favorita, a rosa vermelha. Vários garotos tentavam puxar assunto com ela porém desistiram pois ela não dava uma devida atenção a eles, até que um garoto foi até ela e começaram a conversar, não sei porque mas essa cena me deu uma pontada de tristeza e raiva. Antes que eu pudesse observar mais atentamente a conversa de ambos, Manigold se aproxima sorridente. 

— E ai, cara! - Ele me abraça pelos ombros e eu reviro os olhos sem interesse. 

— Ah, me deixa, Manigold! - Retiro seus braços dos meus ombros. 

— Qual é, eu sei que você estava secando a ruivinha ali. - Aponta para a mesma garota na qual eu reparava. 

— Que? Você está me confundindo com alguém. - Respondo meio corado. 

— Relaxa, não é pecado nenhum achar alguém atraente, e pelo jeito... - Ele dirige seu olhar novamente para a ruiva. — Você tem um ótimo gosto. 

Antes de me pronunciar a garota para na nossa frente com uma taça de vinho e nos dá um sorriso meigo que foi o suficiente para fazer meu coração palpitar de alegria e minhas mãos começarem a soar. 

— Olá, me chamo Amber! E vocês? - Ela estica a mão pra Manigold que aperta a mão dela. 

— Me chamo Manigold, esse aqui é o meu amigo Albafica - Ele passa o braço por cima de meus ombros e reviro os olhos e tiro seu braço de mim. 

— Vocês sabem onde posso achar o famoso Jardim de Rosas que fica próximo ao santuário? - Ela fala e toma um gole de seu vinho. 

— Sim... O Albafica te leva! Ele conhece esse jardim melhor do que ninguém! - Ele praticamente me empurrou em cima da garota. 

—Manigold! - Chamo o nome dele em forma de "pedir socorro".

—Sério mesmo? Você realmente conhece aquele lugar? - A ruiva perguntou com um brilho nos olhos. 

—Sim, ele conhece sim! - O maldito cavaleiro de câncer me empurrou um pouco mais para cima da bela dama. Amber entregou sua taça a Manigold e puxou-me para sair do grande salão e viro meu rosto vendo Manigold fazendo um gesto estranho com as mãos, acredito que seja um "Ok".

 

Amber's point of view

Vilarejo de Rodorio, Grécia

 

Ao sairmos do salão, caminhamos durante 10 minutos até chegarmos perto de um jardim vasto de rosas vermelhas, eu me ajoelho no chão e quando ia apanhar uma das rosas mais alto me impede de fazer tal ato ao segurar o meu braço. 

— Cuidado, são rosas venenosas. Eu as plantei nesse jardim- ele fala enquanto me soltava. 

— Então quer dizer que esse Jardim é seu... - O olho e me levanto e limpo a poeira do meu vestido — Bom saber! 

Ficamos conversando durante um bom tempo sobre os mais variados assuntos até que ele me olha no fundo dos olhos com uma cara nada boa e diz:

— Quem é aquele garoto que estava conversando? - ele pergunta em um tom frio. 

—Muitos garotos vieram falar comigo, mas não obtive interesse em nenhum desses pretendentes. - Pego a rosa vermelha com meus dedos. 

—Ei, essa rosa tem veneno! - O cavaleiro me alertou, viro minha cabeça em sua direção e solto um pequeno sorriso. 

—Ha! Calma, eu sou imune ao veneno. - Volto minha atenção para a rosa e a cheiro, o cheiro mais doce que já pude sentir em toda minha vida. 

—Não entendo. Como assim, imune? - Por Zeus, ele é cheio de perguntas. 

—Logo você descobre. - Coloco a rosa em seu devido lugar. — Melhor voltarmos ao santuário, vejo que os Deuses já entraram. 

Ele concorda com a cabeça e caminhamos até o salão. Ao entrarmos damos de cara com os deuses que nos receberam com educação no começo do baile, menos Afrodite que nem nos olhou só continuou com aquele nariz empinado dela que me dá nojo. 

—Boa noite pra você também, Afrodite. - Digo serenamente não querendo gerar mais contenda entre nós duas. 

—Humpf. - A Deusa se virou , e nem se quer me retribuiu, saindo de perto. 

—O que ela tem? - Pergunta o cavaleiro e eu respiro fundo. 

—É uma longa história, principalmente em relação ao meu pai. 

—Entendo... - Albafica abaixa a cabeça e retira de seus cabelos uma bela rosa vermelha. — Aqui, combina muito com você. - Ele coloca a mesma em meus cabelos. 

—O-Obrigada. - Sorrio corada. Nunca ninguém havia feito isso comigo, essa foi minha primeira vez e volto minha atenção aos Deuses que estavam ali presente, Zeus e Hera entram graciosamente pelo grande salão dourado… Em pensar que esse é só o nosso primeiro dia de uma grande jornada. 

 

 


Notas Finais


⋇Músicas que a Lotte tocou cantou:
https://youtu.be/g3SSEd2MO7g (violino)
https://youtu.be/GD2_bkNgX5I (vocal)
https://youtu.be/LojplcB6LD4 (guitarra)
https://youtu.be/YtnnTyGKzQw (Vocal)

⋇Música que Milo cantou e tocou:
https://youtu.be/KlJvMzmq0ZI (vocal)
https://youtu.be/Q5akzEhYQdc

⋇Espero que tenham gostado desse prologo, não ficou a coisa mais linda e perfeita do mundo, mas fizemos com muito carinho. Comentem, gosto de saber a opinião de vocês a respeito do capitulo, e também nos incentiva a continuar. Favoritem e compartilhem com seus amigos.

Muito obrigada, e até a próxima

~Letty_123


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...