História The sergeant's son - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias ASTRO, Bangtan Boys (BTS), Got7, Neo Culture Technology (NCT), Red Velvet, SHINee
Personagens BamBam, Chenle, Doyoung, Eunwoo, Haechan, Irene, Jackson, Jaehyun, Jaemin, JB, Jeno, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jinjin, Jinki Lee (Onew), Jinyoung, Jisung, Johnny, Jonghyun Kim, Joy, Jung Hoseok (J-Hope), Jungwoo, KiBum "Key" Kim, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Kun, Lucas, Mark, Mark, Min Yoongi (Suga), Minho Choi, MJ, Moonbin, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, RenJun, Rocky, Sanha, Seulgi, Taeil, Taemin Lee, Taeyong, Ten, Wendy, Winwin, Yeri, Youngjae, Yugyeom, Yuta
Tags Jungwoo, Nct
Visualizações 18
Palavras 1.573
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Fluffy, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Amante.


Poin't of view Kim JungWoo

Nós então fomos para a sala de jogos, era estranho estar acompanhado da Sn, eu não tinha contato com garotas, apenas as da faculdade. E eu quase nunca falava com elas. Só quando a Seulgi vinha "dar em cima de mim".Então eu estava meio nervoso. Com certeza Doyoung chamaria Johnny para jogar alguma coisa relevante a força ou jogos mais competitivos. E o que nós iríamos fazer? Assistir? Eu deveria convida-lá  para jogar alguma coisa comigo? Mas e se eu gaguejar? E se eu falar alguma coisa idiota? AISH que vergonha. JungWoo foco! Você é um homem de vinte anos! Ta na hora de conseguir falar com alguma mulher sem parecer um imbecil! 

Quando chegamos na sala de jogos, dito e feito, Doyoung puxou Johnny para um jogo de luta. 

Sn: Vai ser uma looonga tarde. -Disse Sn, me fazendo olhar ela. 

JungWoo: Por que? 

Sn: Johnny é a pessoa mais competitiva que eu conheço. 

JungWoo: Então é ruim se eu te falar que o Doyoung é competitivo também? -Nós nós olhamos, e então suspiramos.-Que tal jogarmos alguma coisa? -Perguntei me sentindo nervoso. 

Sn: Claro, o que podemos jogar? 

JungWoo: Gosta de jogos de tiro? 

Sn: São os meus favoritos. -Sorri e a levei até a TV da sala, onde estavam conectados os óculos de realidade Virtual. No jogo, você precisava matar uns tipos de aliens humanóides, era o meu jogo favorito, já que eu sempre fazia muitos pontos quando jogava ele. Fiquei surpreso quando começamos, ela era muito boa, sua pontaria era ótima! Nunca errava sequer UM tiro, e era sempre, ou na cabeça, ou no peito, matando o alien com apenas um tiro. 

JungWoo: Wow, você é muito boa! -Exclamei depois que a partida terminou. 

Sn: Obrigada, meu pai me ensinou umas táticas de tiro quando eu tinha quatorze anos. 

JungWoo: Você tem talento para essas coisas. 

Sn: Obrigada. 

JungWoo:Mas e a sua mãe? Ela ficou em Chicago? 

Sn: É.. 

Johnny: Por que está fazendo uma pergunta tão idiota como essa hein?! -Johnny apareceu do nada, me empurrando para longe. 

Sn: Johnny! Não faça isso! -Sn segurou o irmão pelo braço, mas Johnny se soltou facilmente. 

JungWoo: Desculpe. 

Sn: Johnny, ele não sabe. Não brigue com ele. 

Johnny deu um longo suspiro e me olhou. 

Johnny: Desculpe, é um assunto meio. Delicado para nós. 

Doyoung: Não precisa falar se não quiser. 

Sn: É que a nossa mãe mora na China, com o amante. -Eu e Doyoung nós olhamos meio surpresos, me sinto culpado agora. Não deveria ter tocado nesse assunto. Antes de podermos falar algo, meu pai nós chamou para a sala, Sn e Johnny foram na frente, eu fui atrás com Doyoung. Aish, parabéns JungWoo, que boa primeira impressão você deu a eles. Quando chegamos na sala, tinham algumas malas lá. 

Johnny: O que houve pai? 

Connor: Eu conversei com HanJu, e como nós dois vamos ficar muito tempo em Incheon, vocês dois iriam ficar sozinhos em algum apartamento. Então a ChuHee deu a ideia de vocês morarem aqui! Os quartos já foram separados. -Essa notícia ME pegou de surpresa, a única mulher que mora aqui, é a minha mãe, a sua governanta e as empregadas, agora uma garota com quase a minha idade? Na mesma casa que eu? Por que sinto que isso pode não dar muito certo? 

HanJu: Está tudo bem para vocês dois? 

SN: Claro. 

Johnny: Por mim esta okay. 

Connor: Que bom.-A governanta da minha mãe levou os dois para seus novos quartos. 

HanJu: Por que parecem abatidos? Vocês não se deram bem? 

Doyoung: Não, muito pelo contrário. Né Snoopy? 

JungWoo: Claro, nos demos muito bem. 

ChuHee:Que bom queridos, nós vamos sair, Jenni cuidará da casa, tudo bem?-Eu e Doyoung nos olhamos, tudo que não queríamos era Jenni cuidando da casa, ela meio que é rigorosa de mais, e tem uma pequena queda pelo Doyoung e por mim. -Meninos? 

Doyoung: Tudo bem mãe, podem ir tranquilos. -Depois dos beijos que a mãe nos deu, eles saíram da casa, Doyoung disse que passaria no quarto do Johnny, e que era para mim passar no da Sn, por que logo EU tenho que ir no quarto dela? Ainda mais depois da besteira que eu fiz, mas como sabia que teria que vê-la alguma hora naquela casa, eu assentimento e fui até o andar dos quartos, o segundo andar. SN estava hospedada na terceira suíte do corredor, a suíte do lado do meu quarto. A suíte era toda trabalhada em branco e vermelho, com detalhes de rosas e algumas notas músicais em preto, as estantes brancas em formato de círculos nas paredes, formavam uma escadinha de três andares na parede vermelha, onde ficava a cabeceira da cama, cada prateleira era acompanhada de uma clave diferente revestida em preto, na primeira era a clave de Sol, depois a clave de Fá e por fim a de Dó. A cama branca com colchas vermelhas com detalhes de rosas, junto de um criado mudo branco. Do outro lado uma escrivaninha e logo em cima, alguns livros. Sn parecia ter amado o quarto, já que ela olhava cada detalhe com uma expressar de surpresa em seu rosto. 

JungWoo: Gostou do quarto? -Sn tomou um pequeno susto ao ouvir minha voz, ela se virou e sorriu. 

Sn: Eu amei, é tudo muito lindo. 

JungWoo: Que bom que lhe agrada. Olha. Desculpa por ter mencionado sua mãe.-Me desculpei com a cabeça baixa. Estava realmente envergonhado, não só por ter mencionado um assunto delicado, como ter deixado Johnny meio puto comigo. 

Sn: Hey, está tudo bem. Eu que devo me desculpar pelo comportamento do Johnny. Então não vamos mais falar disso, okay? 

JungWoo: Okay. 

Sn: Amigos? -Falou estendendo sua mão em minha direção. 

JungWoo: Amigos! -Apertei sua mão, retribuindo seu sorriso. 


Poin't of views Sn Seo

Duas semanas depois. 

Sn: To falando sério, aquelas garotas são umas idiotas! 

Lindsey:Posso ir bater na cara delas?

Zoey: Eu ajudo. 

Nesse exato momento eu estou falando sobre as garotas da escola em que estou estudando, Kina, Mina e Lina, são trigêmeas do terceiro ano, elas implicam comigo simplesmente por que o garoto popular da em cima de mim todo dia. Essas duas semanas foram boas e ruins, o ruim é que além desse garoto ficar me enxendo o saco e essas trigêmeas de merda, a governanta da tia ChunHee me odeia, por que? Por que ela gosta dos meninos, vulgo Doyoung e JungWoo, a minha relação com eles ficou muito forte, principalmente com o JungWoo, depois daquele dia no meu quarto, viramos amigos inseparáveis, Johnny chama ele de calmaria as vezes, já que precisa ter muita paciência para lidar comigo. Eu conheci os amigos dos meninos, eles são bem divertidos e amorosos, os mais novos são um POÇO de fofura! Acho que me adaptei bem aqui na Coréia. Meu pai e o tio HanJu foram para Incheon depois da mudança, e agora eu estou sobre responsabilidade do Johnny. Sempre fui na verdade. Então nada mudou muito. 

Lindsey: E o Johnny? Ele ta bem? 

Zoey: Tava demorando. 

Sn: Sim ele ta bem, ta até namorando. 

Lindsey: O QUE?! 

Lindsey deu um berro tão alto, que a casa toda deve ter ouvido. 

Sn: Credo Lindsey, to brincando. 

Lindsey: Me mata do coração mesmo! Sua vaca. 

Sn: Também te amo. 


JungWoo: Sn? Ta tudo bem ai? 

Ouvi JungWoo me chamar e bater na porta, deve ter ouvido o berro da Lin. 

Sn: Ta sim! Por que?! 

JungWoo: Ouvi um grito. 

Sn: Foi só minha amiga louca! 

JungWoo: Posso entrar? 

Sn: Claro. -JungWoo abriu a porta e entrou, vi o sorrisinho das meninas crescerem. -Snoopy, essas são a Zoey e a Lindsey, meninas esse é o JungWoo, ele é o filho do capitão que eu falei para vocês. 

JungWoo: Elas falar coreano? 

Lindsey: Fluente meu amor, eai, você e a Sn já se pegaram? 

Sn: LINDSEY! Desculpa, ela é bem louca. 

JungWoo: Tudo bem, é um prazer conhecer vocês! 

Zoey: O prazer é todo nosso. 

Lindsey: Oxii, ta querendo roubar o boy da Sn? Se contenta com o Logan não? 

Sn: LOGAN? CÊ TA PEGANDO O LOGAN PRICE E NÃO ME CONTOU SUA VIADA?! -Berrei fazendo JungWoo tapar os ouvidos. 

Lindsey: Pegando? Esses dois tão quase namorando! Descobri isso ontem. 

Sn: Que isso hein, pegando o cara mais gatinho da escola. 

Zoey: Ex-escola, agora ele faz faculdade de engenharia. 

Sn: Sério? Sempre vi ele trabalhando em algum bar no futuro. 

Zoey: Credo Sn. Joga praga pra ele não, sua macumbeira. 

Sn: Desculpa, mas agora eu tenho que ir, beijo meninas! -Me despedir das meninas e desliguei a chamada via skype, fechando o notebook. 

JungWoo: Suas amigas parecem ser bem legais. 

Sn: E são, elas são bem louquinhas, tocavámos o terror na escola ano passado. 

JungWoo: Por que sua amiga berrou daquele jeito? 

Sn: A Lindsey tem uma quedinha, na verdade um penhasco pelo Johnny, então eu menti dizendo que ele tava namorando, o que resultou naquele grito nada escândaloso dela. 

JungWoo: E o Johnny sabe? 

Sn: Não Sei, mas deve saber, eu e a Zoey sempre jogávamos Indiretas diretas para ele quando estávamos todos juntos. 

JungWoo: Falando nele, cadê ele? 

Sn: Não sei,ele disse que ia sair com o Doyoung e não voltou mais. 

JungWoo: Devem estar tomando algum sorvete por aí. 

Sn: Que tal irmos também? Bora? 

JungWoo: Gostei da ideia!-Nós nos arrumamos e saímos em direção a sorveteria no carro do JungWoo, que ainda não sei o nome. 


Continua... 





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...