História The sergeant's son - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias ASTRO, Bangtan Boys (BTS), Got7, Neo Culture Technology (NCT), Red Velvet, SHINee
Personagens BamBam, Chenle, Doyoung, Eunwoo, Haechan, Irene, Jackson, Jaehyun, Jaemin, JB, Jeno, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jinjin, Jinki Lee (Onew), Jinyoung, Jisung, Johnny, Jonghyun Kim, Joy, Jung Hoseok (J-Hope), Jungwoo, KiBum "Key" Kim, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Kun, Lucas, Mark, Mark, Min Yoongi (Suga), Minho Choi, MJ, Moonbin, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, RenJun, Rocky, Sanha, Seulgi, Taeil, Taemin Lee, Taeyong, Ten, Wendy, Winwin, Yeri, Youngjae, Yugyeom, Yuta
Tags Jungwoo, Nct
Visualizações 13
Palavras 1.109
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Fluffy, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Mark


Poin't of view Sn Seo.. 

Sn: Me jogar? 

Lindsey: Você é muito noob Sn, nem parece que passou quase três anos namorando o Ma... Desculpa. -Lindsey parou de falar assim que viu minha cara. 

Sn: Tudo bem. 

Lindsey: Mas, agora que eu toquei no assunto. Vocês nunca mais se falaram? 

Sn: Não. 

Lindsey: É um covarde mesmo. Fez coisa errada, e a hora que o pau comeu ele fugiu. Idêntico ao irmãozinho. 

Sn: Lin, vamos não falar dele? Por favor. 

Lindsey: Certo, desculpe. 

Sn: É melhor você ir dormir. 

Lindsey: Boa noite. -Lin saiu do quarto fechando a porta, suspirei e então fui pegar uma muda de roupas. Tomei um banho e coloquei meu pijama. Me deitei na cama, olhando pro teto, por que ela tinha que me ligar daquele canalha? Já está tudo tão ruim depois da morte da Zoey, ela ainda toca nesse assunto. Ouvi q porta se abrir, dando acesso a Johnny, que entrou e sorriu. 

Johnny: Vim te dar boa noite. 

Sn: Boa noite. -Falei sem nenhum tipo de ânimo. 

Johnny: O que você tem Sn? É por causa da Zoey? 

Sn: Também. 

Johnny: Como assim também? 

Sn: É que a Lin tocou no assunto do Mark. 

Johnny: Não acredito que você está triste por causa daquele cara. 

Sn: Não to triste. Só fiquei com tudo na mente, daqui a pouco eu esqueço. 

Johnny: Okay, durma bem maninha. 

Sn: Você também Johnny. -Johnny sorriu e saiu do quarto, apaguei a luz e voltei a me deitar. Dormindo em seguida. 

Já faz quase uma semana que a Lin veio para cá, durante essa semana o JungWoo continuou a me levar para a escola de manhã, o que fez as trigêmeo se morderem de inveja, já que elas descobriram seu parentesco com o capitão HanJu. Lindsey está de volta com sua faculdade de arquitetura, só temos um problema, ela fez amizade com os meninos, menos com os mais novos, por que? Ninguém sabe. Lindsey nunca gostou de crianças, mas eles não são crianças. Eu tentei fazer ela mudar de ideia mas nada adiantou. Jaemin estava tentando de tudo para ela se familiarizar com ele e o resto dos mais novos, mas depois de uma briga dela com o Chenle, ele meio que pegou um pequeno ranço dela. 

Sn: Poderíamos chamar os meninos hoje! É sempre bom ter a companhia deles. 

Doyoung: A Sn tem razão! Vamos chamá-los! 

Lindsey: Aqueles outros tem que vir mesmo? 

Sn: Lin! 

JungWoo: Por que não gosta deles? 

Lindsey: Por que não. 

Sn: Sim, eles tem que vir! E falar que não gosta deles sendo que tem quase a mesma idade. 

Lindsey: Eu tenho dezenove. 

Sn: Eu tenho dezoito. Qual o problema? Não gosta de mim também? 

Lindsey: Você é diferente. -Depois de uma pequena discussão, Doyoung ligou pros meninos. A tia ChunHee tinha viajado, e deixou Jenni no comando, mas na verdade que comandava era o Doyoung. Quando os meninos chegaram, os mais novos quase me esmagaram.Cumprimentei os meninos e nós fomos para a sala de jogos. -Sn! Vamos jogar um jogo de desafios? 

Jaemin: Noona, você prometeu que iria jogar aquele jogo de corrida comigo! -Os dois se olharam com raiva. 

Lindsey: Ela é a minha melhor amiga! 

Jaemin: Minha também! 

Sn: Gente... 

Lindsey: Eu conheço ela a mais tempo! 

Jaemin: Eu sei mais sobre ela. 

Lindsey: Mentiroso! 

Socorro. 

JungWoo: A Sn vai jogar comigo! Né Sn?-JungWoo apareceu com os óculos de realidade Virtual, me fazendo lembrar do jogo de tiro que nós jogamos. 

Sn: Sim, desculpem. Jogo com vocês depois.-Os dois ficaram meio envergonhados e com raiva, JungWoo me levou até a TV e me deu o óculos. -Obrigada. 

JungWoo: Me agradeça deixando eu ganhar. 

Sn: Há! Nem nós seus sonhos. -Colocamos os óculos e pegamos os controles, JungWoo colocou no nível de dificuldade máxima, estávamos em um tipo de cidade abandonada. Tínhamos que sobreviver. O que matar mais daqueles bixos humanóides ganhava. JungWoo estava comandando o placar. Acho que ele treinou, por que não é possível. Ele estava indo muito bem. Quando o tempo ia acabar, eu matei um zumbi, ficando um ponto a sua frente, então comemorei. Mas ai, ele matou TRÊS com apenas UM tiro! E acabou ganhando o jogo. 

JungWoo: Chupa. 

Sn: COMO ASSIM? Você treinou, só pode. 

JungWoo: É o meu jogo favorito, eu sempre jogo. E eu ganhei. Cento e treze a cento e onze! 

Sn: Me sinto humilhada. 

JungWoo: Revanche? 

Sn: Revanche! -Colocamos os óculos novamente e começamos a jogar. Não fim ele ganhou de cento e vinte a cento e dezoito. -NÃO É POSSÍVEL! 

JungWoo: Aceite, eu sou melhor. 

Sn: Rumf. Assim não vale. 

JungWoo: Vale sim. -Johnny o chamou para jogar um jogo de dança, e eu fui jogar o jogo de corrida com Jaemin, já que a Lin tava jogando com o Ten e o Taeil. 

Sn: Ganhei! 

Jaemin: Mas eu ganhei duas vezes seguidas. 

Sn: Assim não vale, não precisava me lembrar. 

Jaemin: Precisava sim. 

Sn: Você é do mal. 

Jaemin: Noona, desculpe a briga idiota com a sua amiga. 

Sn: Oh, tudo bem Nana, pelo menos você se desculpou. 

Jaemin: Por que não joga o jogo com ela? 

Sn: Ela ta jogando com o Ten e com o Taeil. Não vou encomodar. 

Jaemin: Okay, então que tal mais uma partida? 

Sn: Eu topo. -Nós então voltamos a jogar, o jogo era bem bom na verdade. Eu gostei bastante. 

Já era oito da noite, eu estava junto com o JungWoo no quarto dele, estavamos conversando sobre coisas aleatórias na cama dele. 

JungWoo: Você brigou com a Lindsey? Ela não falou mais com você. 

Sn: Nem eu sei, acho que ela ficou com raiva por causa dos meninos. 

JungWoo: Logo passa. 

Sn: Eu espero. Vou jogar banheiro.

JungWoo: Okay. 


Poin't of view Kim JungWoo.. 

Depois que a Sn saiu, eu peguei meu celular e fiquei dando uma olhada, quando o celular dela começou a tocar. Peguei o mesmo e li o nome. "douchebag"

JungWoo: Babaca? -Atendi e ouvi a voz masculina. 

"Sn, que bom que atendeu, eu soube que está na Coréia, posso te ver? "

JungWoo: Quem é você? 

 "Espera, quem é você? E por que está com o celular da Sn? "

JungWoo: Sou amigo dela, e você? 

"Namorado, meu nome é Mark. "

Namorado? 

JungWoo: Que eu saiba, a Sn não namora. 

"Oh sim, eu sou ex namorado dela. "

JungWoo: Ela não está no momento, mas eu falo pra ela que ligou. 

"Obrigado" 

Ele mesmo desligou a chamada, então Sn entrou no quarto. 

Sn: Que tal vermos um fil.. O que ta fazendo? 

JungWoo: Um tal de Mark te ligou, disse que quer te ver. 


Continua... 






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...