História The sergeant's son - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias ASTRO, Bangtan Boys (BTS), Got7, Neo Culture Technology (NCT), Red Velvet, SHINee
Personagens BamBam, Chenle, Doyoung, Eunwoo, Haechan, Irene, Jackson, Jaehyun, Jaemin, JB, Jeno, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jinjin, Jinki Lee (Onew), Jinyoung, Jisung, Johnny, Jonghyun Kim, Joy, Jung Hoseok (J-Hope), Jungwoo, KiBum "Key" Kim, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Kun, Lucas, Mark, Mark, Min Yoongi (Suga), Minho Choi, MJ, Moonbin, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, RenJun, Rocky, Sanha, Seulgi, Taeil, Taemin Lee, Taeyong, Ten, Wendy, Winwin, Yeri, Youngjae, Yugyeom, Yuta
Tags Jungwoo, Nct
Visualizações 9
Palavras 1.377
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Fluffy, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Amor.


Poin't of view Sn Seo.. 

Sn: O-o que você disse? 

JungWoo: Ele disse que era seu ex namorado e que soube que você tava na Coréia. 

Sn: JungWoo, ele disse mais alguma coisa? Você disse onde eu tava?! -Perguntei desesperada. 

JungWoo: Não, não falei, por que o desespero? 

Sn: JungWoo.. -Me sentei na cama em sua frente, suspirei e começei a contar-Eu conheci o Mark em uma festa do emprego do meu pai,na época eu estava com treze anos, nós viramos amigos, e no primeiro ano do ensino médio nós começamos a namorar. Ele era bem mais velho,tinha dezenove anos na época.Porém ele mostrou um lado. Que eu não conhecia. Ele era possessivo e agressivo. Quando brigavámos, ele. Ele me machucava, mas nunca chegou a me bater. Foi uma época horrível, eu acabei me afastando de Johnny, das meninas. Até que um dia, eu levei ele pra casa, Johnny tinha saído com alguns amigos da escola e meu pai estava trabalhando. Ele já vinha mostrando um tipo de desejo que para mim na época, era desconhecido. Mas então, ele fez uma coisa que eu nunca pensei que ele faria. Ele tentou abusar de mim, porém Johnny chegou bem na hora com os amigos dele, que ajudaram a tirar ele de perto de mim. Nós nos separamos e ele foi embora de Chicago. Ele é uma lembrança ruim minha, foi por culpa dele, que eu comecei a ficar com medo de garotos. Depois daquilo, eu tinha medo de me aproximar de outros garotos. Se fosse aquela Sn do passado, eu nunca estaria aqui junto com você. Eu estaria presa no meu quarto, ou no do Johnny. 

JungWoo: Sn.. 

Sn: E agora ele voltou, e eu não sei o que eu faço. Se ele tentar fazer algo comigo, ou com o Johnny. -Senti meus olhos arderam. 

JungWoo: Ei! Calma, eu nunca deixaria ele fazer algum mal tanto para você, quanto para o Johnny. Fica calma. -JungWoo me puxou, me abraçando. Comecei a chorar, lembrado do passado horrível. Tudo aquilo era um pesadelo. JungWoo afagou meus cabelos, enquanto dizia coisas como "Eu estou aqui" Ou "Vai ficar tudo bem", o que era muito admirável. Já que ele me passava muita segurança. 

Johnny: Sn.. -Me soltei de JungWoo, vendo Johnny,Lindsey e Doyoung na porta. 

Lindsey: Nós ouvimos tudo. Você está bem amiga? 

Sn: Eu tenho medo, e se ele fizer alguma coisa com vocês? 

Johnny: Não se preocupe conosco Sn, ele não tem nada contra a Lindsey, e eu sei me defender, a preocupação é você. 

JungWoo: Pode deixar, eu me responsabilizo por ela. 

Doyoung: Nós, tenho certeza que Enquanto estivermos cuidando dela, nada vai acontecer. Nós temos muitos, guardas. -Obviamente ele estava falando dos meninos. 

Johnny: Amanhã nós vamos falar com os meninos, tudo bem? 

Sn: Tudo bem. 

JungWoo: Vai dar tudo certo, hum? -"Indagou" Abrindo os braços, sorri assentindo e o abracei de volta. 

Johnny: Sn, as vezes eu acho que você achou sua outra metade. -Johnny disse em inglês, Lindsey riu. 

Sn: JOHNNY! -Me soltei de JungWoo corada. 

Johnny: Vamos gente, vamos deixar os pombinhos em paz. -Falou em coreano, fazendo JungWoo corar. Eles saíram rindo. 

Sn: Desculpa. 

JungWoo: Tudo bem. Agora eu não quero ver você chorando, okay? 

Sn: Okay. -Limpei as lágrimas que haviam caído, e sorri

JungWoo: Que tal sairmos amanhã? Um passeio no parque? 

Sn: Legal, nunca fui a um parque! 

JungWoo: Vou te levar em um lindo parque que tem aqui em Seoul, é lindo. 

Sn: Oba! Já gostei. -Depois da promessa do parque, eu fui dormir. Johnny iria explicar tudo aos meninos amanhã, enquanto eu e JungWoo passeávamos pelo parque. Estou ansiosa. Quero conhecer esse parque, e passar um tempinho com o JungWoo, confesso. 

Poin't of view Mark Tuan.. 

Mark: Cadê o JB? -Perguntei assim que chegamos no parque. 

Youngjae: Não sei, ele disse que não iria demorar. 

Jackson: Você ligou mesmo pra sua ex? 

Mark: Liguei, eu errei ta bom? Só quero uma segunda chance. 

BamBam: Acha que ela vai te dar uma segunda chance? 

Yugyeom: E se ela tiver alguém já? 

Mark: Acho difícil. E acho que sim. Ela realmente gostava de mim quando namoramos.

Jinyoung: Não se iluda tanto Mark. 

JB: Cheguei gente. -JB entrou no parque e se aproximou de nós. -Desculpem o atraso. Aquele almoço demorou mais do que eu pensei. 

BamBam: Tudo bem. 

Jinyoung:Nossa, olha que carrão. -Jinyoung apontou para a entrada do parque, onde um carro conversível havia estacionado, um rapaz loiro e uma garota ____(At: Loira, morena, ruiva, o que você for) saíram. Espera. Eu conheço aquela garota. 

Mark: Gente. É a Sn! 

JB: Eita. 

Youngjae: Perdeu pelo visto. -Nós nós aproximamos para ouvir a conversa deles. 

XX: Gostou? 

Sn: Se eu gostei? Eu amei! Aqui é muito lindo! 

XX: Sabia que ia gostar. 

Sn: Essas pétalas parecem neve caindo, é lindo de mais! 

XX: Eu vim aqui quando pequeno com minha mãe. Ela disse que esse lugar só deve se trazer pessoas especiais. Por isso eu trouxe você. -Sn olhou o loiro meio corada. O que?Como assim?! 

Sn: Snoopy. 

XX: Vamos apenas aproveitar. Vem. -Ele pegou a  mão dela, entrelaçando seus dedos, então eles seguiram para um lado diferente. 

Yugyeom: Perdeu hyung. Ela já tá em outra. 

Poin't of view Sn Seo.. 

Não vou mentir, aquela fala do JungWoo fez meu coração dar um "leve" Salto. Nós andamos dentre as lindas árvores de cerejeira. Era tudo muito lindo. 

Sn: Esse virou meu lugar favorito na Coréia inteira a partir de agora. 

JungWoo: Que legal. Temos mais alguma coisa em comum além dos Jogos de tiro. -Sorriu-Sabe Sn, eu preciso te dar uma coisa. 

Sn: O que? 

JungWoo: Sei que não estamos em ótimos momentos, a ligação do seu ex, a morte da sua amiga, mas eu não posso mais guardar isso para mim. Se eu continuar assim, vou acabar enlouquecendo. Para falar a verdade, depois que nós tornamos amigos. Eu comecei a sentir coisas diferentes sobre você, eu não sabia o que estava acontecendo comigo. Meu coração palpita a cada sorriso seu, e doí a cada expressão triste ou lágrima que caía dos seus olhos. Eu amo tudo em você, e eu cheguei a conclusão de que meus sentimentos, são correspondidos a uma palavra chamada amor. Eu amo você Sn, de uma forma tão grande que nem cabe mais no meu coração, por favor. Dívida esse amor comigo. Me ame também. Me de uma chance para mostrar que eu posso ser diferente. Que eu posso te fazer feliz e te amar. 

Sn: JungWoo-ah. -Eu não sei o que falar, JungWoo está se confessando para mim? Agora? Nesse exato momento? Senti meu coração acelerar, a vontade de abraça-lo e dizer que também o amo estava batendo contra meu sub-conciente. Toc toc toc. Toquei seu rosto, fazendo um leve carinho em sua bochecha. -Eu, eu divido com você, eu amo você, tudo que eu mais quero é te amar. "Por favor. Me ame" É só no que eu penso quando te vejo. -JungWoo sorriu largo, aquele lindo sorriso que eu tanto amo, então ele pôs a destra em minha bochecha, e a sua canhota em minha cintura, e começou a se aproximar, envolvi meus braços em seu pescoço, fechando os olhos, a espera de seus lábios nos meus, quando juntou nossos lábios, senti como se tudo tivesse parado. Apenas nós dois nós moviamos. JungWoo mantinha o beijo com calma e romance, acariciando minha cintura de leve. Acariciei seus cabelos rasos na nuca, fazendo o mesmo sorrir entre o beijo por conta de tal ato. Me sentia dentro de um verdadeiro dorama, como se uma linda música de romance tocasse no fundo, dando um ar ainda mais romântico na cena. JungWoo cessou o beijo algum tempo depois, colando nossas testas. Sua boca entre aberta estava a procura de ar, mantinha seus olhos fechados, deixando-o ainda mais belo. Seus fartos lábios agora se encontravam vermelhos e inchadinhos, ao abrir seus olhos, soltou outro lindo sorriso. 

JungWoo: Não sabe como eu estou feliz agora. 

Sn: Acho que sei sim. 

JungWoo: Eu nunca mais vou te largar. 

Sn: Posso lhe dizer o mesmo. -JungWoo separou nossas testas, juntando nossos lábios em mais um beijo. 


I’m breathing your Love

Your love

I’m breathing your scent

Maeil

Neoui haruharu sumswineun modeun nal

Nae gyeote isseojullae

I’m staying in you~

Continua... 





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...