História The Serial killer (Imagine - Jimin e Jungkook) - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Bunny, Jimin, Jungkook, Mistério, Serial Killer, Suspense
Visualizações 79
Palavras 2.184
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Mistério, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Canibalismo, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi oi Pessoas, estão bem?

Hoje um capítulo misturando situações tristes com fofas com medonhas ks

Espero que gostem desse capítulo

Desculpem qualquer erro ortográfico

Boa leitura bbs📖

Capítulo 13 - Meu herói


Fanfic / Fanfiction The Serial killer (Imagine - Jimin e Jungkook) - Capítulo 13 - Meu herói

Capítulo anterior 

Isso ficava repetindo várias e várias vezes, já estava me dando pavor, com medo tranquei tudo e fiquei com o Jimin 

.

Jimin- por que você tá aqui no meu quarto junto comigo mesmo? 

S/n- Por que se o Bunny vir dois contra um é mais fácil 

Jimin- esqueceu que só eu o pai e o Tae tem a chave de casa? Se ele quebrar alguma janela a gente escuta 

S/n- mas é melhor ficarmos juntos vai que não dá tempo de eu vir aqui

Jimin- Vai dar tempo, fora que no seu quarto você fica melhor né

S/n- oxe, tá querendo fazer o que aqui pra querer que eu saia tanto assim?

Jimin- nada demais, só estou cansado e queria relaxar, ficar sozinho, fazer minhas coisas sabe

S/n- okay mas fique acordado

Jimin- eu não vou dormir

S/n- tá *digo saindo 

Jimin- fecha a porta 

Bom era nítido que o Jimin queria fazer algo no qual ele não queria que eu soubesse então eu respeitei a privacidade dele, sai do quarto e fui pro meu, eu tava cagando caso o bunny aparecece.

5 minutos depois ouvi o Jimin saindo e batendo na minha porta 

S/n- pode entrar 

Jimin- Eai, quer comer? 

S/n- carai você relaxou/descansou 5 minutos e já ta de boa? 

Jimin- aham, foi muito bom, agora me responder quer comer? 

S/n- am... quero "?"

Saímos do quarto e quando estávamos decendo as escadas escutamos um carro parando da frente de casa, o meu pai estacionava atrás então não era ele 

Jimin- S/n faz silêncio e sobe pro meu quarto

A gente subiu rápido entramos no quarto e se trancamos, eu não tava conseguindo raciocinar direito, quem era ele ou ela? O Bunny ou sei lá 

Escutei a porta destrancando normalmente com a chave então pensei "só pode ser meu pai ou o Tae" então abri a porta e desci mas quando vi era um homem encapuzado ele colocou um pano na minha boca e nariz, não sei o que tinha mas me senti muito sonolenta e acabei dormindo 

.

.

.

Acordei em um lugar escuro e fechado, olhei pro lado e vi a sombra de alguém que era o Jimin 

A gente estava com as mãos pra trás com uma corda amarrando elas, os pés juntos com outra corda e um pano na boca 

Eu olhei pro Jimin e conseguia ver que ele estava bem assustado, é isso? Será que esse é nosso fim? Eu não fazia idéia de quanto tempo eu desmaiei ou onde a gente estava eu só queria sair dali o mais rápido possível 

Escutei passos e um homem abriu a porta e fez uma luz forte entrar e pude perceber que estávamos em um galpão na mata, QUEM FOI O ENERGÚMENO QUE CRIOU ISSO AQUI?! 

Xxx- Olha olha, vejo que os dois já acordaram *disse tirando o pano de nossas bocas 

S/n- por que esta fazendo isso? 

Xxx- seu pai levou meu parça e eu quero mostrar como é ficar longe de alguém que a gente gosta, e óbvio que também vou tirar um proveito disso pra me dar prazer 

Jimin- o que você quer dizer com isso? 

Xxx- não, não é nada com você, meu negócio é com ela 

Jimin- O QUE VOCÊ PRETENDE FAZER?!

Xxx- nada agora, mas acho melhor você abaixar o tom comigo garoto *diz dando um tapa nele 

S/n- naaao *digo chorando 

Xxx- nossa como vocês são irmãos tão fofos, um não querendo que eu machuque o outro, vocês devem estar com fome e sei que se morrerem não vou poder me divertir então vou buscar a comida já volto *diz saindo 

S/n- você tá bem?? 

Jimin- Sim tô, relaxa e para de chorar, foi só um tapa, ele não é o Bunny ele é um dos ladrões que fugiram 

S/n- sim eu percebi

Jimin- eu tô com seu celular peguei em quanto tava dormindo aí, vou pedir ajuda pro Jungkook tá? Ele é o único que tá on agora 

S/n- não 

Jimin- por que? 

S/n- ele deve tar com a namoradinha dele 

*escutamos passos 

Jimin- não dá tempo de ficar escolhendo vai 

Xxx- Voltei, trouxe batata com arroz 

Ele foi dando colheradas na nossa boca, por mas que eu tivesse com fome não conseguia comer direito meu estômago estava fechado de tanto medo que eu estava 

Depois que comemos ele deixou os pratos de lado e disse

Xxx-agora que já estão alimentadinhos vamos começar com as brincadeiras, vamos começar com você garoto, é Jimin né? 

Jimin- tanto faz pra você

Xxx- olha o jeito que fala comigo *diz dando outro tapa - vou começar por ela que eu ganho mais, e você vai ficar olhando 

Jimin- o que vai fazer? 

Xxx- me divertir 

Ele me puxou pelo pulso e me fez ficar de pé, ele me levou até o meio do galpão onde fiquei na frente do Jimin e começou a beijar meu pescoço 

S/n-Eca SAAAI, ME TIRA DAQUI, PARA *Disse chorando 

Xxx- calma anjo eu só estou começando *diz rasgando minha blusa - assim tá bem melhor 

Jimin- para com isso cara, solta ela! 

S/n- PARA POR FAVOR *Digo chorando mais 

Xxx- por que tanta exaltação? Eu nem fiz nada *disse tirando meu sutiã - nossa, é disso que eu tô falando 

S/n- SOCORRO! SOCORRO, PARA SEU PERVERTIDO NOJENTO!

Xxx- olha se continuar assim vou ter que tapar sua boca de novo, se não me atrapalhar vai ser rápido 

Jimin- que rápido o que? Para com isso! Sério você precisa mesmo?! 

Xxx- Sim, eu sei que você está gostando de ver também *diz tirando minha calça junto a calcinha 

Jimin- É claro que não! Ela é minha irmã! NÃO FAZ ISSO

Naquele momento eu já não tinha mais forças pra me debater e nem gritar, só conseguia chorar estava aterrorizada, e começando a ficar tonta, não conseguia acreditar que isso estava acontecendo mesmo comigo, eu queria morrer ali pra não ter que aguentar esse homem 

Xxx- é sua irmã mas sei que você não tem nada de santo garoto, agora você também fica quieto e deixa eu me divertir 

Ele tirou a calça dele e começou a passar o membro no meu rosto, era nojento!! Fedido!! Eu só não vomitei pois estava deitada 

Xxx- Lambe! 

Jimin- ah por favor né! Que nojo cara para com isso, pode me bater o quanto quiser mas não obrigue ela a fazer isso

Xxx- é escolha dela, molhado é mais fácil de entrar 

Eu estava paralisada, não conseguia falar direito nem me mover, só  queria  sair  dali

Xxx- tá bom, vai doer mais pra você mocinha 

Ele foi indo mais pra baixo e encostou seu membro em minha parte íntima, e logo deu uma estocada forte 

S/n- AAAAH, PARA! ESTÁ ME MACHUCANDO *Digo chorando de dor 

Jimin- aí meu Deus, eu não consigo ver

Ele ficou me dando estocadas rápidas e fortes por uns 5 minutos que parecia 5 horas pra mim, meu corpo inteiro doia, principalmente minha intimidade, aquele cara era nojento, eu não podia segurar meu gritos de dor, quando virei o rosto pro lado vi que Jimin estava chorando ele ficava olhando pro chão balançando a cabeça como um "não" 

Nesses 5 minutos eu já tinha me soltado das cordas por causa dos movimentos, eu não conseguia olhar pro rosto desse homem então ficava olhando pro Jimin até que vi ele olhando meio surpreso pro canto e então ouço o portão do galpão caindo no chão 

Jungkook- SOLTA ELA! *Diz apontando uma arma 

Xxx- hã? Quem é você? O que esta fazendo aqui? Pera por favor não atira 

Jungkook- então sai de cima dela 

Xxx- tá calma *diz saindo de cima de mim - não atira, para com isso 

Jungkook- isso não foi o que ela pediu? e você parou? 

Xxx- am... 

Jungkook- não né? Mas eu não sou idiota de atirar mas nada me impede de te amarrar também 

Jungkook vai apontando a arma até chegar nele e amarra o mesmo, eu estava surtando e não pensei em outra coisa além de correr a abraçar o Jungkook 

Jimin se soltou e chamou a polícia, o homem estava com a mesma expresao que eu e o Jimin estava quando chegamos aqui 

Depois de um tempo que o transtorno passou e as polícias já estavam pra chegar era pra eu estar mais calma mas eu não conseguia, minhas pernas tremiam muito e eu não conseguia parar de chorar, o Jimin estava sentado meio triste encarando o ladrão 

Jungkook- S/n já passou, Eu to aqui, por que ainda tá chorando? Tá com frio? Tá doendo? 

Jimin- esquece, ela está em choque se eu tivesse no lugar dela também estaria foi horrível 

Jungkook- ah S/n desculpa, eu devia ter vindo mais rápido *disse me abraçando mais forte 

S/n- não foi culpa sua... foi culpa desse babaca aí! 

Jungkook- toma está frio *disse me dando o moletom dele 

Estava realmente frio, mas só percebi quando coloquei o moletom que estava bem quentinho, era grande e ia até a coxa

A polícia chegou pegou e levou o ladrão, meu pai teve um sinal do Bunny minutos antes então não estava junto, e Jimin foi pra delegacia relatar o que aconteceu 

Jungkook- vamos? 

S/n- Sim 

Entrei no carro e ele foi dirigindo, eu não conseguia pensar direito, sabe quando acontece algo que você não consegue acreditar que isso aconteceu mesmo, a cena ficava passando na minha cabeça toda hora era horrível, por mais que eu quisesse eu não conseguia pensar em outra coisa. Quando percebi estávamos na casa do Jungkook 

S/n- aqui não é minha casa 

Jungkook- eu sei

S/n- Vai fazer três dias seguidos que eu vou estar dormindo aqui, seus pais vão ficar irritados 

Jungkook- não vão não, e eu não iria deixar você dormindo sozinha depois disso, vem 

Entramos e os pais dele estavam no quarto conversando, fomos direto pro quarto do Jungkook 

Ele colocou uma mochila no chão e foi tirando roupas minhas de lá, eu estava tão paralisada que nem percebi que ele parou na minha casa e pegou roupas pra mim

Jungkook- peguei algumas roupas pra você mas se quiser continuar com meu moletom pode ficar, ele é bem quentinho e não quero que fique resfriada, acho que precisa tomar um banho pra relaxar o corpo 

Eu fui no banheiro e liguei o chuveiro, era tão relaxante sentir a água quente cair sobre mim, eu realmente estava precisando disso, eu relaxei mesmo e voltei pra meu estado normal

Comecei a pensar em tudo que aconteceu, tipo eu realmente perdi a virgindade com um homem nojento e a força ainda? Tá bom que eu sempre quis saber como era mas não precisava ser assim, queria que fosse com alguém que eu gostasse e quando eu tivesse pronta.

Percebi que Jungkook não só tinha me visto sem roupas como me abraçou daquele jeito, mas pra ele era normal, não deixou de me abraçar só por causa disso, e outra ele estava muito bem arrumado, sério que ele largou o encontro com a Yoshida pra me salvar?

Depois que acabei o banho coloquei uma calça e o moletom do Jungkook, tava com o cheirinho dele tão bom, e então sai do banheiro 

Jungkook- Gostou do moletom né? *ri 

S/n- Sim é muito confortável, e tem seu cheiro 

Jungkook- Sim é um dos que eu mais uso, deve ser por isso 

S/n- *abracei ele - obrigada, desculpe não consegui agradecer antes, obrigada por ir até lá, me salvar e ainda cuidar de mim 

Jungkook- De nada, e não precisa pedir desculpas sei que não deve ser sido fácil pra você 

S/n- Sim, foi sim 

Jungkook- mas vamos parar de falar disso, o importante é que agora você está bem 

S/n- me diz, por que estava tão arrumado? 

Jungkook- a Yoshida me chamou pra ir jantar com ela

S/n- você largou o jantar com ela pra ir me salvar? 

Jungkook- claro, você pediu socorro eu largaria até um jantar com o papa pra te salvar

S/n- sério? *fico corada

Jungkook- sim até por que não gosto dele 

S/n- aí como você é bobo *ri

Jungkook- tô brincando, mas você é importante pra mim então eu não liguei de sair do jantar

Fiquei corada ao ouvir as palavras dele, sei que quando ele disse que eu era importante se referia eu como amiga, mas mesmo assim era muito fofo.

 Depois ele desligou a luz e a gente deitou para dormir, ele ligou a tv e colocou em uma canal qualquer onde estava passando filme, eu estava deitada de lado assistindo até que sinto o Jungkook se aproximar do meu corpo, ele me abraçou por trás me deu um beijo na bochecha e disse 

Jungkook- dorme bem meu amor 

Sorriu pra mim e se afastou, voltando novamente pra onde ele estava, era muita coisa pro um dia só, eu continuei deitada só sorrindo igual uma boba pro nada, ele era tão doce, era muita novidade pra mim... desde que entrei no colégio até a faculdade os garotos normalmente só me iludiam e me usavam como brinquedo mas o Jungkook era diferente, eu achava que ele era como todos, mas hoje vi que não, que eu estava errada, ouvir me chamando de "amor" fez com que eu esquecece tudo de ruim que aconteceu hoje, e assim dormimos 

.

.

.

.

                                                 -Continua...


Notas Finais


Oooonwwt, acabei esse fofo pra recompensar o suspense ks

Me digam, gostaram?

Obrigada por ler até aqui

Até o próximo capítulo ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...