História The Serpent - Choni - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Riverdale
Personagens Alice Cooper, Antoinette "Toni" Topaz, Archibald "Archie" Andrews, Cheryl Blossom, Clifford "Cliff" Blossom, Elizabeth "Betty" Cooper, Forsythe Pendleton "FP" Jones II, Forsythe Pendleton "Jughead" Jones III, Jason Blossom, Josephine "Josie" McCoy, Kevin Keller, Penelope Blossom, Reginald "Reggie" Mantle, Veronica "Ronnie" Lodge, Waldo Weatherbee
Tags Bughead, Choni, Riverdale, Varchie
Visualizações 141
Palavras 701
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: LGBT, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Enjoy ;)

Capítulo 4 - Sorry


Fanfic / Fanfiction The Serpent - Choni - Capítulo 4 - Sorry

Toni Topaz, Riverdale, 19:15

Depois que eu descobri quem seria o par da Josie, eu surtei.

Eu não sei, eu havia ignorado a Cheryl por mais de uma semana, e eu estava...Com ciúmes? 

Eu estou apaixonada pela Cheryl, foi por isso que eu comecei a ignorar ela, eu achei que se eu ignorasse ela, eu parasse de ama-la. 

Mas só piorou, porque ela passou esse tempo todo tentando falar comigo, e muitas vezes eu a vi chorando.

Eu tinha decidido que iria me desculpar com ela hoje, no baile, mas descobri quem sairia com ela. 

Eu não sei, mas eu comecei a discutir com a Josie. 

"VOCÊ SABIA JOSIE! EU CHAMARIA ELA!" Eu estava gritando muito alto, até que vejo a ruiva me olhando. 

Logo a vejo levantar, e vir em nossa direção. 

"Josie, posso conversar com a Toni, rapidinho?" Ela disse já me puxando para o lado de fora da festa. 

"O que você quer conversar comigo?" Perguntei olhando para o chão. 

"Nada, só quis tirar você da vergonha, que você mesmo fez lá dentro" ela disse olhando séria para mim. 

"Vamos, vou te levar para casa" ela disse, fazendo eu olhar para ela. 

"N-não precisa" eu disse. 

"Precisa sim, vamos." Ela falou, me puxando pelo braço. 

Eu estava tremendo de frio, e ela pareceu perceber, na verdade, Cheryl percebia tudo que estava acontecendo comigo. 

Ela tirou sua jaqueta de Serpente, e me deu, eu hesitei um pouco, mas logo a vesti direito.

"Você ficou linda com essa jaqueta" ela disse, me deixando envergonhada. 

Chegamos na sua moto, e ela me ajudou a subir, me deu o capacete e logo fomos. 

Eu nunca achei que sentiria saudades de andar em uma moto. 

Chegamos em casa, ela desceu da moto, tirou seu capacete, me ajudou a descer novamente. 

"Obrigada, Cheryl" eu disse sorrindo. 

"Quando precisar..." Ela disse aparentemente triste, se eu fosse burra, não saberia dizer o porque.

Mas com certeza era porque eu havia a ignorado todo aquele tempo. 

"Cheryl, me desculpe, por ter ignorado você" eu falei me desculpando, logo vendo lágrimas descendo do seu rosto. 

"Tudo bem... Boa noite Topaz." Ela disse enxugando suas lágrimas. 

Eu estava me sentindo muito mal por ter feito aquilo com ela. 

Mas antes da noite terminar, eu tinha que fazer algo, eu poderia me arrepender amanhã, mas hoje eu tinha que fazer.

Ela já estava subindo na moto, quando eu a chamei. 

"Cheryl..." Eu falei, me aproximando da mesma, e colocando meus braços ao redor do seu pescoço, e logo a beijando. 

Cheryl hesitou um pouco, mas logo envolveu seus braços na minha cintura. 

Quando o ar se fez necessário, nós duas ficamos com a testa encostada uma na outra. 

"Tenho que ir, Toni, boa noite" ela disse, saindo de perto e subindo na moto, e dando partida. 

"Boa noite, Cher." Falei quando ela já havia ido. 

Estava entrando em casa quando percebi que...DROGA! Eu esqueci de devolver a jaqueta de Cheryl. 

Pelo visto, terei que entregar a ela, amanhã. 


Cheryl Blossom, Riverdale, 06:45

Já estava me arrumando, quando vi que, a minha jaqueta não estava lá. 

Tentei lembrar onde eu havia a deixado. 

Foi aí que eu me dei conta, de que havia esquecido com Toni. 

Talvez ela leve para mim hoje, e eu espero muito, porque não consigo ficar sem aquela jaqueta.

Já estava saindo quando ouço a campainha, abro a porta e me deparo com...

SWEET PEA E JUGHEAD!

"MEU DEUS, OU ISSO É UM SONHO, OU EU ESTOU DOIDA" digo pulando encima dos dois, e logo os abraçando. 

"Não, ruiva, nós vamos estudar em Riverdale High, junto com você" disse Sweet Pea. 

"E viemos, claramente para ver como você está." Disse Jughead. 

"Estou bem, Senhor estranho!" Digo fazendo os dois rirem. 

Conheço Jughead desde pequena, meus pais nunca me aceitaram por ser lésbica, e Jug foi como um irmão para mim, ele me convidou para morar com ele por um tempo, junto com seu pai, FP, e foi aí que eu me tornei uma Serpente. 

Até que a minha vó, conseguiu a minha guarda e agora eu moro com ela. 

Já o Sweet Pea, nós ficamos por um tempo, mas sabíamos que, não passaria de amizade, e desde lá somos melhores amigos. 

Como eu senti falta desses garotos! 


Notas Finais


No próximo capítulo, vocês saberão​ melhor sobre a história de Cheryl.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...