História The Serpent - Choni - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Riverdale
Personagens Alice Cooper, Antoinette "Toni" Topaz, Archibald "Archie" Andrews, Cheryl Blossom, Clifford "Cliff" Blossom, Elizabeth "Betty" Cooper, Forsythe Pendleton "FP" Jones II, Forsythe Pendleton "Jughead" Jones III, Jason Blossom, Josephine "Josie" McCoy, Kevin Keller, Penelope Blossom, Reginald "Reggie" Mantle, Veronica "Ronnie" Lodge, Waldo Weatherbee
Tags Bughead, Choni, Riverdale, Varchie
Visualizações 156
Palavras 641
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: LGBT, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Enjoy ;)

Capítulo 5 - About Cheryl


Fanfic / Fanfiction The Serpent - Choni - Capítulo 5 - About Cheryl

Cheryl Blossom, 11 de Julho. 

Era hoje, eu havia finalmente tomado coragem para me assumir aos meus pais. 

Meu irmão estava ao meu lado, como sempre, me apoiando.

Descemos as escadas, e logo fui em direção dos meus pais chamando a atenção deles. 

"Papai, mamãe" digo. 

"Olá filha!" Diz minha mãe.

"Eu quero dizer algo para vocês." Eu digo e eles me olham atentos.

"Eu queria me assumir para vocês" meu pai não me deixa terminar e simplesmente sai dá sala, já minha mãe se levanta e me dá um tapa no rosto, com certeza ficaria a marca depois.

"NÃO QUERO VER VOCÊ AQUI NUNCA MAIS!" disse minha mãe, meu irmão apenas me levou para fora, trazendo consigo uma mochila, e dizendo.

"Vá para o lugar mais longe que conseguir, eu me viro aqui, te amo mana" ele disse me abraçando​.

Eu estava paralisada, então comecei a andar, até que ouvi um tiro.

A partir daí, apenas corri, até que cheguei em um bar e entrei. 

Vi várias pessoas com uma jaqueta aparentemente com uma Serpente atrás. 

Me sentei em uma cadeira qualquer e comecei a chorar. 

Sinto alguém tocar minha costa de perguntar.

"Você está bem?" Levanto meu olhar e vejo um garoto com a mesma jaqueta que todos dali, é um gorro.

Ele percebeu que eu estava em choque então me levou até um lugar que aparentemente ele morava. 

Estávamos em silêncio, até que resolvi falar. 

"Sou Cheryl Blossom" digo estendendo minha mão para o garoto, que aceitou o gesto. 

"Forsythe Pendleton Jughead Jones III" ele diz, me fazendo rir, e rindo junto comigo. 

"Eu achando que meu nome era estranho" digo. 

"Você não tem nome no meio?" Ele diz fingindo surpresa.

"Tenho, na verdade meu nome é Cheryl Marjorie Blossom" digo.

"Ah, mas não é tão estranho quanto o meu" diz rindo.

"Pelo visto não tem nenhum tão estranho quanto o seu" digo rindo junto com ele. 

Conversamos um pouco, até que o silêncio se instalou novamente e dessa vez foi ele quem falou.

"Então, está mais a vontade para falar o que aconteceu para você ter chegado aqui chorando? Ou o porque desse vermelho no seu rosto?" Ele diz arqueando uma sobrancelha. 

"Eu resolvi me assumir para os meus pais, sou lésbica, e eles não aceitaram, meu pai se recusou a ouvir e saiu, já minha mãe, me expulsou de casa e deu esse tapa em meu rosto, meu irmão me mandou ir para o lugar mais longe que eu encontrasse, e quando eu saí ouvi um tiro...Acho que eles mataram meu irmão" digo chorando. 

"Você devia descansar, pode deitar aí" fiz como ele pediu e dormi. 

Cheryl Blossom, 11 de Agosto.

Faz um mês desde que meu irmão morreu, e eu resolvi hoje me tornar uma serpente. 

Já morava com FP e Jughead há um mês também, e queria me tornar um deles. 

Porém, acabei me encontrando com minha vó, que falou que conseguiu minha guarda, e que quando eu quisesse eu poderia ir para o Norte com ela. 

Não havia dito para Jughead, apenas FP sabia. 

Depois de já ter me tornado uma Serpente, estávamos comemorando, até que policiais entraram no bar e começaram a prender vários de nós. 

FP levou eu e Jughead para fora pela porta dos fundos, e mandou Jughead me levar para um lugar longe. 

"Onde nós deveríamos ir?" Jughead perguntou já me entregando o capacete.

"Para casa da minha vó" digo,logo dizendo o endereço para o mesmo.

Chegando lá, Jug disse que não poderia ficar naquela área, pois era o lado Norte, e por ele ser filho do ex capitão dos Serpentes, poderia dar ruim.

Ele se despediu de mim, e logo foi embora.

Toquei a campainha e minha vó logo me recebeu.

"Olá minha neta" nos cumprimentamos, e ela logo me levou para o quarto. 

Fiquei pensando, porque eu sempre tenho que perder todos que eu amo? Será que eu mereço tudo isso? 

Eu devo ser um fardo...


Notas Finais


Toni vai contar a história dela para uma pessoazinha especial.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...