1. Spirit Fanfics >
  2. The Servant-maid >
  3. Capítulo 34 - Eu também amo você

História The Servant-maid - Capítulo 34


Escrita por:


Capítulo 34 - Capítulo 34 - Eu também amo você


Fanfic / Fanfiction The Servant-maid - Capítulo 34 - Capítulo 34 - Eu também amo você

Os garotos estavam reunidos, todos no sofá da sala. Yoongi e Jin estavam em pé no meio da sala, encarando os demais sentados no sofá a sua frente.

– O que queria nos dizer? – Perguntou Namjoon.

– Precisava ser tão cedo? – Perguntou Jungkook.

– São 10h Kook-ah. – Respondeu Jimin.

– Não sei com dizer.... – Começou Jin.

– Pegamos Hyeri quase transando em cima do balcão com o dr. Choi. – Disse Yoongi rapidamente.

Jin deu uma cotovelada no mais baixo, que deu com os ombros. – Os garotos abriram suas bocas.

– O que disse? – Perguntou Taehyung.

– Vocês estão falando sério? – Perguntou Hoseok.

A porta do quarto de Hyeri se abriu e eles ficaram em silêncio e a encararam. No mesmo instante a campainha tocou e ela só fez uma reverencia para os meninos, foi até a porta. Abriu e deu de cara um buque de rosas vermelhas.

– É aqui que mora a senhorita Kang Hyeri?

– Sou eu mesma.

– Para a senhorita. – O rapaz entregou o buque com um cartão e se retirou.

– Obrigada. – Gritou e adentrou a casa.

Fechou a porta com o pé e leu o cartão.

“ Espero que goste de rosas, elas são lindas, não mais do que a minha bela garota. ”

– Assinado Dr. Choi.

Ela sorriu e cheirou o buque de flores.

– Ganhando flores novamente? – Perguntou Namjoon.

– São do dr. Choi. – Sorriu para ele.

– Pensei que não gostasse de rosas. – Disse Hoseok.

– Eu disse isso? – Ele assentiu. – Oh... não me lembro. – Ela desviou o olhar.

Ela se virou e adentrou a cozinha, procurando um vaso para colocar as flores. Assim que achou um, colocou as flores e em seguida água, caminhou até a sala para colocar na mesinha de centro, mas parou ao ouvir seu nome.

– Hyeri-ah não faria isso com um estranho. – Disse Taehyung convicto.

Ele se levantou e andoou de um lado para o outro e foi parar atrás do sofá, apoiando as mãos no mesmo e respirando fundo.

– V.… ela não se lembra do que aconteceu. – Disse Jin.

– Ela pode estar criando sentimentos por ele.... – Respondeu Jungkook

– Não, ela não está. – Respondeu Tae com raiva. Hyeri observava e ouvia tudo em silêncio.

– Taehyung, ela não se lembra do pequeno romance que tiveram, da briga.... – Disse Yoongi tentando fazer com ele entendesse.

– Mas eu a amo! – Disse Taehyung com a voz chorosa.

Todos os garotos ficaram em silêncio e se levantaram, olhando atrás de Taehyung, onde Hyeri se encontrava com o vaso de flores em mão com seus olhos arregalados. Ele se virou ao notar que os meninos olhavam para trás de si com os olhos arregalados e quando a viu ficou do mesmo jeito.

Hyeri sentiu uma dor de cabeça forte, deixando o vaso cair, o vidro se espatifou e se espalhou para todos os lados, junto com a água e as flores. Ela levou a mão na cabeça quando a dor se apertou.

E naquele momento ela se lembrou, lembrou de absolutamente tudo, do acidente, dos beijos que ganhou dos três garotos, da sua convivência com eles nos últimos seis meses, do seu coração se apertar e palpitar todas as vezes que Taehyung a olhava ou a tocava.

Seus olhos encheram de lágrimas e ela olhou para os garotos, que a olhavam de volta assustados, seu olhar pairou por todos, até que parou em Taehyung que a olhava triste.

– Hyeri-ah... eu posso explicar.... – Começou ele.

Sem dizer nada ela correu na direção dele e o abraçou, ele arregalou os olhos surpreso, não estava entendo nada daquilo, ele olhou para os meninos que apenas observavam em silêncio, ele tocou os ombros dela lentamente, pronto para retribuir o abraço.

– Eu também te amo. – Disse ela e então ele arregalou os olhos e abaixou suas mãos desistindo do abraço.

– O que?

– Eu me lembro de tudo. – Ela disse com a voz chorosa separando o abraço.

Ela limpou suas lágrimas e o olhou se afastando dele.

– Eu me lembro... da nossa noite, dos seus beijos.... – Ela soluçou. – Me lembro do meu coração acelerado, palpitando todas as vezes que me tocava, me lembro dos meus sentimentos, que tanto ocultei por medo de perder tudo que eu sonhava.... – Lágrimas desceram novamente pelo seu rosto. – O medo que eu sentia, a tristeza que surgia... todas as vezes que brigávamos, assustada por não ser reciproco. – Ela limpou suas lágrimas. – Eu também amo você Tae-ah.

Os olhos de Taehyung estavam marejados, o choro estava entalado em sua garganta, formando um nó apertado, ele não acreditava em tudo que estava ouvindo, a tristeza que sentia desapareceu, no instante que ouviu aquelas palavras mais uma vez, seu coração palpitava loucamente.

Sem delongar, tomou uma atitude, andou até a garota em passos firmes e segurou seu pescoço com as duas mãos, deixando seu polegar na bochecha da mais baixa, logo selando seus lábios. Ele entreabriu os seus, encaixando perfeitamente nos dela.

Os garotos olharam tudo aquilo com os olhos arregalados, tão chocados e felizes ao mesmo tempo, ela havia recuperado sua memória. Com exceção de Jungkook, que via toda aquela cena, sentindo seu coração se apertar, ele também a amava, não podia negar, estava feliz por ela, afinal ela recuperou sua memória, mas por que ela tinha que amar seu hyung?

Taehyung separou seus lábios, e encarou os orbes claros da mais baixa, que o olhava com a mesma intensidade e paixão, sorriu para ela e deixou um selar rápido nos lábios da mesma, ela sorriu de volta e o abraçou. Ficaram assim por um tempo até Jimin pigarrear.

Eles se separaram e se viraram para todos, Hyeri os encarou, sorriu e se aproximou deles, puxando todos para um abraço único, surpreendendo a todos, mas sendo retribuída.

– Que bom que se lembrou de tudo.... – Disse Jimin e ela assentiu.

– Não quero ser chato.... – Começou Yoongi. – Mas já que se lembra de tudo.... – Suspirou. – Se lembra de quem te atropelou? – Hyeri engoliu seco.

– Não. – Suspirou chateada. – Ele usava uma máscara, apenas vi seus olhos, novamente.

– Estamos a muito tempo tentando descobrir quem foi, mas a senhora que te socorreu não anotou a placa do carro e não haviam câmeras de segurança ao redor. – Disse Namjoon.

– Podemos esquecer isso? – Disse ela. Eles ficaram em silêncio. – Já estou com dor de cabeça, lembrei de tudo..., mas de uma vez.... – Eles assentiram.

– Por que não descansa? – Disse Taehyung aparecendo ao lado dela. Ela assentiu.

Ele sem dizer mais nada pegou no pulso da garota e a puxou em direção ao quarto da mais baixa.

– Onde você vai Taehyung? – Perguntou Jin.

Ele não respondeu, apenas adentrou o quarto e fechou a porta assim que ela entrou. Jungkook sentiu seu coração apertar e seus olhos marejarem, sem querer que algum de seus hyungs notassem, ele se virou e subiu as escadas.

– Jungkook-ah? – Chamou Hoseok.

Ele ignorou e foi para seu quarto, se jogando na cama e abraçando seu travesseiro.

– Merda.... – Disse Jimin. – E agora?

– Você também não gosta dela? – Perguntou Namjoon.

– Gosto, mas acho que não a amo dessa maneira, acho que prefiro ela apenas como minha irmãzinha. – Respondeu Jimin.

– Menos um. – Disse Yoongi.

– Jungkook vai ficar mal.... – Respondeu Hoseok.

Enquanto isso Hyeri encarava Taehyung que estava encostado na porta.

– Tae-ah, o que está fazendo?

– Quero ficar a sós com a minha namorada. – Disse cruzando os braços, e a garota arregalou os olhos.

– N-Namorada?

– Você disse que também me amava. – Ele a olhou incrédulo. – Já se arrependeu?

– Não... é que.... – Ela suspirou. – Não podemos assumir um relacionamento, eu ainda tenho um contrato, eu ainda tenho um sonho....

– Eu sei. – Interrompeu ela. – Não farei você escolher. – Agora foi a vez de ela ficar chocada. – Sei que errei e te julguei mal, me desculpe por isso.

– Está tudo bem Tae-ah. – Ela sorriu.

– Agora eu entendo.

– Entende? – Ele assentiu.

– O que acha de um namoro as escondidas? – Ela arqueou a sobrancelha. – Seria bem divertido.... – Disse se aproximando dela lentamente. – Nos amarmos as escondidas.

Ela deu passos para trás, enquanto ele vinha a seu encontro.

– Escondido é mais gostoso. – Disse em um sussurro que somente ela podia escutar, com sua voz rouca, que a excitava, causando arrepios pelo corpo.

Ele se aproximou tanto, que ela já não tinha saída, até tentou ir mais para trás, mas acabou caindo sentada na cama, ele riu do desespero da garota e colocou as mãos no ombro dela a deitando carinhosamente na cama, se deitando sobre ela, abrindo as pernas dela e ficando entre elas, os deixando mais confortáveis, sem deixar o peso dele sobre ela.

– O que acha? – Disse rouco no ouvido dela.

A garota arfou sem querer e se sentiu envergonhada, ele a olhou sério e depois riu.

– É maravilhoso te deixar assim. – Ele deu uma selar carinhoso na testa da garota. – Hyeri, seja minha namorada secreta. – Ela riu e assentiu com a cabeça.

– Tudo bem Taetae. – Ele riu do apelido e distribuiu vários beijinhos pelo rosto da garota que ria.

– A partir de agora somos namorados, ninguém vai saber, nem mesmo os garotos. – Ela assentiu. – Mas se eu te pegar de gracinha com outro, vai ser punida. – Ela riu debochada. – Estou falando sério, se eu ficar sabendo que você quase transou com o médico em cima da bancada de novo eu juro que vou te punir. – Ela arregalou os olhos.

– O-O que?

– Yoongi e Jin hyung contaram tudo para gente. – O rosto da mais nova corou.

– E-Eu....

– Sei que você não se lembrava, por isso de perdoo. – Ela soltou o ar aliviada. – Mas se isso acontecer mais uma vez, mesmo que seja apenas um beijo inocente, você está ferrada na minha mão.

– Oppa.... – Ela disse um uma voz meiga e sedutora.

Deixando o garoto com os pelos eriçados, ele mordeu o seu lábio inferior tentando se controlar.

– Não farei nada namorado secreto. – Ela disse e ele riu.

– Ótimo... namorada secreta. – Ambos riram.

 

[...]

 

Hyeri acordou com um sorriso no rosto, infelizmente acordou sozinha, após a conversa que tiveram, Taehyung foi para o seu quarto. Ela iria recomeçar a faculdade hoje, repor todas as aulas perdidas, agora que recuperou a memória iria focar ainda mais.

Se levantou sorrindo e foi até o guarda roupa, escolhendo uma roupa confortável, apenas para ficar em casa. Vestiu um moletom básico, bonito e solto, mas que mesmo assim realçava seu belo corpo.

Saiu do quarto e estava tudo silencioso, provavelmente os garotos ainda dormiam, foi até a cozinha e prendeu seu cabelo em um rabo de cavalo. Foi até a dispensa e pegou algumas verduras, já ia começar a preparar o almoço, já que acordou tarde.

Pegou o necessário para fazer um bibimbap, no qual era especialista, um prato que ela realmente amava. Lavou suas mãos e em seguida lavou as verduras.

– Psiu. – Chamou Taehyung.

Ela levantou seu olhar lentamente até encontrar o garoto na porta da cozinha, ela sorriu para ele, então ele se aproximou dela e a abraçou por trás.

– Bom dia namorada. – Ela riu.

– Bom dia oppa.

– Aishh, não me chama assim. – Disse ele mordendo seu lábio inferior.

– Por que? – Perguntou confusa.

Ainda lavando as verduras, rodeada pelos braços fortes de Taehyung.

– Me excita. – Ele disse rouco ao seu ouvido.

Ela deixou a verdura cair na pia, se arrepiando.

– Aegyo. – Disse ela suspirando e pegando a verdura novamente.

– Aí que sorte. – Soou a voz de Jimin na sala.

Rapidamente os dois se separaram e Taehyung correu para a dispensa. Os meninos logo apareceram e Hyeri tentou parecer normal.

– Precisávamos de uma folga hoje. – Disse Jin quando entraram na cozinha.

– Bom dia Hyeri-ah. – Disseram juntos.

– Bom dia meninos. – Sorriu simpaticamente.

– É isso Kang? – Disse Taehyung saindo da dispensa com um pacotinho de algas.

Hyeri o olhou, ele estava com seu semblante sério, ele era um ótimo ator, enquanto ela sofria para não demonstrar, ele estava tranquilo.

– Isso, obrigada. – Disse ela no mesmo tom que ele.

 Ele deixou o pacote ao lado da pia e foi até a geladeira pegando uma jarra de suco e copos colocando na mesa, se sentando logo sem seguida. O garoto se serviu e começou a beber seu suco em silêncio, como fazia todos os dias, sem dar bandeira.

– Então, então namorando? – Perguntou Namjoon e Taehyung tossiu se engastando.

Hoseok riu e deu alguns tapas na gosta do mais novo.

– Não! – Respondeu Hyeri salvando o garoto.

– O que? – Perguntou Jimin.

– Decidimos que seremos apenas amigos, ainda tenho um contrato a seguir, além do meu sonho, não posso deixar apenas uma paixãozinha interver no meu futuro. – Disse Hyeri séria.

Todos os garotos abriram suas bocas surpresos e chocados, até mesmo Taehyung. Afinal ela até que era uma ótima atriz também.

– Sim. – Disse Taehyung. – Estamos de acordo, seremos apenas amigos.

– Sério? – Perguntou Jungkook com um meio sorriso.

Taehyung ficou em silêncio, acabará de perceber que deixou uma fresta para que seu maknae desse em cima da sua namorada. Sentiu raiva de si mesmo por dentro, e revirou os olhos.

– Sim. – Respondeu Hyeri sem o olhar, cortando as verduras.


Notas Finais


Ai mdssssss
Só eu estou pirando aquiiii :)))) S2




CONTINUAAAA.....????


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...