História The sexual promise (Imagine Wonwoo) - Capítulo 8


Escrita por: e Mayumi007

Postado
Categorias ASTRO, Seventeen
Personagens Boo Seungkwan, Eunwoo, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Jang Doyoon, Jeon Wonwoo, Jinjin, Junghan "Jeonghan", Kim Mingyu, Lee Chan "Dino", Lee Jihun "Woozi", Lee Seokmin "DK", MJ, Moonbin, Personagens Originais, Rocky, Sanha, Seungcheol "S.Coups", Shin Dongjin, Soonyoung "Hoshi", Xu Ming Hao "THE8", Yao MingMing
Visualizações 378
Palavras 1.271
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Ficção Científica, Harem, Hentai, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aqui é @HateEndLove (mari)
Oi rs to sumida né? ^^
aquele ditado né huhu
antes tarde do que nunca hehe
não me matem
quando o Enem passar eu vou voltar a passar pq eu n to conseguindo fazer mais nada com minha vida kkjkj
depois do enem parece que eu n vou ter mais compromissos esse ano
aéeeeeeeeeeee
vou poder postar keke

Capítulo 8 - Capítulo 8


Fanfic / Fanfiction The sexual promise (Imagine Wonwoo) - Capítulo 8 - Capítulo 8

Você tem aquele

 

Sorriso falso, amor artificial

Lágrimas falsas, amor artificial

Amor falso, amor artificial

Esse é o seu, é o seu

 

Amor, amor oh oh

Não, não oh oh

 

Eu sei que não é certo

Mas continuo tentando te encontrar

Eu sei que isso não é para ser

Mas eu não quero desistir

 

Agora você quer brincar comigo

Você tem tudo que eu quero

Você foi feito perfeitamente

Amor frio e artificial

 

Amante artificial, esse amor excede a dose letal

É um vício descontrolado, que mastiga minha cicatriz e cospe

Emoções imprevisíveis, meu coração está cheio de lágrimas

Como a crescente onda na areia, você surge mais uma vez

~~Artificial love- EXO

 

- Vocês sequer tem a decência de fingir que não estão transando em minha presença. - Jeonghan ri e em seguida bebe sua água, me vendo já vestida sair do banheiro depois de Wonwoo.

- Me desculpa … - digo corando completamente envergonhada.

- Tudo bem. - ele riu – Na próxima vez me convidem para assistir, parece ser melhor que o pornô da internet.

- Quer morrer?- Wonwoo se aproxima do outro com raiva do comentário dele, como se a ideia de outra pessoa me ver naquela situação o deixasse enciumado.

- Eu só estou brincando cara, se acalme. - Jeonghan coloca as mãos para cima em sinal de rendição.

- Ah tá … - Wonwoo saiu de perto dele um pouco constrangido por não ter notado o sarcasmo na fala do outro – Eu já sabia, só estava brincando também.

- Se ele soubesse o que já fizemos… - Jeonghan se aproxima de mim sugestivo querendo provocar Wonwoo, aquilo poderia ser engraçado mas eu não queria que Wonwoo pensasse algo errado de mim.

- Já chega. - Empurro Jeonghan e rio do beiço que Wonwoo fez sem sequer notar, era fofo, mas não era artificial e isso me assustava.

- Acho que podemos nos divertir antes de irmos dormir, ainda da tempo. - Jeonghan diz – Que tal um filme e pipoca com calda de chocolate?

- Certo!- assinto animada, adoro esquemas assim, melhor que baladas noturnas, confesso – Eu faço a pipoca.

- Okay. - Jeonghan diz se jogando no sofá folgadamente me fazendo bufar.

- Wonwoo, vai lá no quarto e pega alguns colchonetes que estão enrolados dentro do guarda-roupas. - olho pra Jeonghan – Ajuda ele, traz uns travesseiros e cobertores e depois vão escolhendo um filme aí.

-Mandona. - Jeonghan bufa e Wonwoo ri.

-Gosto dela assim.- o outro diz fazendo com que meu rosto ganhasse uma tonalidade um pouco mais avermelhada e eu vou para a cozinha fazer a pipoca na panela.

Sim, lá tinha micro-ondas, mas eu queria fazer um agrado para eles e pipoca de panela é muito mais saborosa. Bato a mão em minha testa ao me lembrar que Wonwoo não se alimentava, ele não precisava ingerir nada orgânico, caso ele coma simplesmente vai parar em um saco sintético que colocaram em sua barriga para em seguida ser retirado.

Faço a pipoca mesmo assim. Pego a calda própria para isso que compramos, jogo por cima e começo a misturar deixando tudo uniforme na tigela. Lavo minhas mãos na pia da cozinha (pausa para a preguiça de ir ao banheiro só para isso) e sigo em direção a sala vendo os dois arrumarem as coisas para a gente.

- Hmm, isso parece estar bom. - Jeonghan diz apontando para a tigela que estava em minhas mãos e eu sorrio.

- Qualquer coisa que eu faço fica bom.- digo e os dois riem.

- Então preciso fazer uns filhos com você. - Jeonghan brinca levando um cascudo de Wonwoo que não gostou do que o mesmo disse.

- Vamos ver o filme?- pergunto já ocupando um colchonete e colocando a pipoca no chão diante de nós.

- Sim. - os dois assentem.

- Qual vocês escolheram?- pergunto.

- Adivinha. - Jeonghan diz animado.

- Se for 'Sociedade dos poetas mortos' de novo eu juro que te mato. - levanto uma mão fingindo que vou o atacar e o mesmo ri negando.

- Não é esse. - responde.

- Qual então? - arqueio as sobrancelhas – Não é pornô né Jeonghan? Por favor, não me apronta uma dessa de novo.

- Não. - ele ri se lembrando do dia que nos juntamos com outros amigos e nos fez assistir pornô- É 'A culpa é das estrelas'.

- Aff… - suspiro – Coloca aí para a gente.

- Todo ou só a cabecinha?- ri saliente.

- Jeonghan!- digo quase em grito para que o mesmo parasse mas também rio não aguentando a palhaçada do mesmo.

- Me rendo. - ele logo coloca o filme.

- Muita gente fala sobre esse filme, mas não deve ser grande coisa. - bufo- Não é qualquer coisa que me faz chorar não, essa gente arruma um berreiro por nada.

- Cala a boca, o filme já começou. - Jeonghan diz me jogando uma pipoca na cara e Wonwoo ri.

- Vem cá Wonwoo. - puxo ele pro meu lado e abraço ele para assistirmos assim e Jeonghan escora sua cabeça no meu ombro livre.

Na metade do filme eu já estava segurando minhas lágrimas e vi Jeonghan quase parindo um rio pelos olhos, seria cômico se não estivéssemos muito emocionados com o enredo.

- Você não era durona?- Wonwoo pergunta sarcástico.

- Jeonghan está sendo má influência para você, começou a usar sarcasmo assim. - digo rindo e chorando pelo filme fazendo o garoto ao meu lado ter uma crise de risos.

- Você é tão fofa. - Wonwoo diz me abraçando – Dá vontade de te proteger de todos os perigos do mundo.

- Saí você está na minha frente, agora Augustus está sem camisa no filme, dá licença. - o empurro um pouquinho mas feliz pelo que o mesmo disse, ele me faz sentir como uma adolescente e isso é uma grande novidade para mim que vivo cercada de responsabilidades do mundo adulto e empresarial.

- Yah! Não olhe!- Wonwoo tenta tampar minha visão para que eu não visse a cena mais quente do filme e eu quase quis o dar um chute por isso, mas me segurei por o estar achando fofo com todo esse ciúmes.

Será se a empresa cometeu um erro e me mandou um humano ao invés de um robô para eu testar? Rio com minha ideia louca e os dois olham para mim percebendo que eu havia entrado em um certo estado de transe. O filme acaba, fica um resto de pipoca com chocolate na tigela e eu a guardo no micro-ondas. Eu e os garotos juntamos a bagunça na sala e arrumamos tudo como deve ser.

Eu já começava a sentir os efeitos do sono e logo seria tomada por ele, sorrio meio abestada com a sensação de felicidade que me preencheu o dia de hoje.

- Vamos dormir.- digo indo para o quarto.

- Nós três no mesmo quarto?- Jeonghan pergunta.

- Sim, algum problema?- pergunto arqueando as sobrancelhas.

- Nenhum. - ele da de ombros rindo para Wonwoo que fez careta - Parece que meu novo amiguinho vai ter que adiar a próxima foda.

- Yah!- Wonwoo repreende nervoso – Não diga coisas vulgares assim, ela tem que ser respeitada.

- Wow!- Jeonghan sorri e olha para mim– Aprovo ele, esse tem meu respeito. Quero ser o padrinho dos filhos de vocês.

-Jeonghan!- digo repreendendo-o de maneira brincalhona.

Por mais que eu gostasse um pouco da ideia, eu teria que desde já manter algo fixo em minha mente “Wonwoo é um robô, não ficaremos juntos, não teremos uma família e um dia ele será desligado.”


Notas Finais


goxtaram?
esperam que tenham goxxxtado xuxus ♡♡♡♡♡
amo ocês amores <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...