História The simple smile - One shot jung-kook - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Hentai, Jung Kook, Romance
Visualizações 172
Palavras 1.318
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Hentai, Lemon, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oih BBS! Esse é um One shot de duas partes! Essa é a primeira mas logo logo postarei a segunda! Eu fiz quando vi uma foto do jung-kook sorrindo e eu pensei no título é então fui escrevendo e em menos de 30 minutos consegui escrever o que eu achei suficiente!

Boa leitura army's!
Bjs!
(Olhem o link de uma música muito boa para ouvir e ler a fanfic)

Capítulo 1 - Capítulo 1-2


Fanfic / Fanfiction The simple smile - One shot jung-kook - Capítulo 1 - Capítulo 1-2

S/N on

Sabe quando vc acha que sua vida está indo bem, o seu trabalho, a vida social e o seu relacionamento? Pós eh! O mundo decide que vc tem que se ferrar em algumas coisa dessas. E adivinha em qual ele me ferrou.? NO AMOR!  É tão difícil de se achar e ainda por cima achar alguém fiel, mas no meu caso. Ele deixou de ser fiel bem no dia do meu aniversário...

Flashback

"Ao sair do trabalho, resolvi ir ver meu namorado como uma surpresa,mesmo sendo eu que tinha que ter uma surpresa, já que era meu aniversário de 21 anos. Eu peguei meu carro é fui dirigindo pela enorme Hollywood,as ruas sempre cheias de carros, com luzes em toda a cidade, seria uma bela visão de eu já não tivesse enjoados no pequeno de uma ano que estou aqui. Demorei para chegar no apartamento do meu namorado, um americano loiro e de olhos cor de mel, uma posição social boa e de uma família rica porém, muito simples. Entrei no elevador apertei no botão para a cobertura do prédio, o elevador subindo de vagar me deu um calafrio como se fosse um aviso para mim não subir, fechei os olhos fortemente e abri eles novamente me deparando com a porta do elevador aberta no último andar.

Sai do elevador em passos lentos,ainda arrepiada, e com uma vozinha na minha cabeça dizendo para não ir. Eu ignorei e entrei no apartamento, já que a chave ficava na planta que tinha do lado da porta, fecho a porta atrás de mim e ando pelo apartamento vendo roupas jogadas no chão, é uma delas era uma saia. Pego a roupa e por um momento fico em estado de choque.

Porque isso está acontecendo?

Eu pensei que ele era bom...

Ele me jurou amor eterno e nunca me trair...

Ele me enganou...

No mesmo estante sinto uma fúria, jogo a roupa com força no chão e ando rápido até o quarto dele, vejo a porta fechada e escuto gemidos e frases como...

'mais John! Me bate! Isso!!'

Respiro fundo, eu não posso matar eles porém.... Posso acabar com isso. Chuto a porta com força a quebrando os vendo virar para olhar o que aconteceu, olho aquela cena.

Ele em cima dela.

Ela de costas.

Uma mulher loira que até então, eu não avia reconhecido. Mas ao eles se sentarem tentando se cobrir, percebo quem era, a sua própria prima.... A que eu jurava ser uma garota boa e de família!! Que nunca avia ido para cama com ninguém!! E ela alí... Como uma profissional com uma lamgeri vermelha provocante transando com meu namorado...

John- Amor... Eu posso explicar! Por favor me escuta, eu pr-

-Te escutar? Hahaha Sabe de uma coisa?! Vai te foder bem fodido!! Nem pense que vou voltar pra vc! Não aguento traição e ainda por cima no dia do meu aniversário?!!

Puta- Calma S/N... A gente s-

- Olha aqui sua vadia! Cala a porra da boca tá?! Eu achei que vc era boa mas vc é uma puta profissional com apenas 16 anos!

John- S/n por favor! Não xingue a minha prima!

- Não xingar?! Eu faço o que quiser seu fodido! Acabou tudo entendeu?! Toma essa porra de Anel e da pra essa vadia! Quero ver explicar o por que terminamos!

Peguei o anel em meu dedo anelar e o joguei no chão, me virei dando de costas porém, parei e peguei meu celular, virei para eles e bati uma foto deles.

John- o que vc tá fazendo?!

- aaah poupando o seu trabalho de explicar pra sua família o motivo que eu te larguei! Agora byebye seu broxa!

Fechei a porta do quarto e sai do apartamento, entrei no elevador com passos firmes, ao chegar na garagem peguei meu carro e sai de lá. Só então, me permitir chorar um pouco, mesmo sabendo que é o certo o que fiz, dói ter sua confiança traída."

Eu dirigi até o Starbucks mais próximo, pedi um café do starkooks e estou aqui, bebendo de pouco em pouco, num local com só eu de cliente. Chorando sem fazer barulhos olhando pelo vidros a noite mais escura e sem brilho que já vi.

Ouço o barulho da porta do local abrir e logo fechar, um grupo passa por mim sem nem notar eu ali, afinal estava de cabeça baixa e num local escuro. Peguei meu celular é vi as mensagens, respondi alguns amigos do Brasil e outros do trabalho. Olhei as mensagens de John.

"Minha princesa linda, me perdoe! Eu sei que te maguou porém eu te amo! O amor vence tudo né? É vc disse que me amava! Por favor! Onde vc está? Podemos conversar?"-Meu bb❤️:12:25

"Nunca te perdoarei. Já falamos tudo que tínhamos que falar, pegarei minhas coisas quando vc tiver fora da sua casa. Agr,por favor,faz o favor e vai se fuder com aquela puta"-S/n:12:29

Suspirei e lágrimas caíram molhando meu celular que eu logo guardei, terminei meu Starbucks e então, antes de tentar me levantar ouvi uma música no local, diferente das que eles tocavam. Estava tocando Fake Love, parece até coisa de filme, uma música que reflete minha realidade nesse momento... Peço outro starkooks e vejo o grupo que passou por mim apontando de leve para meu copo, olho sutilmente para eles e percebo então

Um sorriso.

Meu coração acelerou.

Minhas lágrimas pararam.

O tempo pareceu tão devagar.

Só sai de meu transe quando ele se levantou, eu percebi agora. Eu sabia de quem era esse sorriso, era o mesmo que estava em meus dois copos do Starbucks... Jung-kook.. o membro mais novo do BTS. .. do meu grupo favorito.

Ele andando em minha direção, eu abaixei a cabeça porém sem parar de olha-lo, ele se sentou a minha frente e colocou sei copo na mesa o mesmo pedido que o meu , eu levantei a cabeça e o olhei, ele ainda sorria, aquele sorriso tão simples, porém com um enorme carinho nele.

Jk- Olá.... Eu vi vc aqui sozinha e parecia que estava chorando... Me desculpa se estou incomodando. Mas pensei que quisesse conversa talvez.

Meu coração desacelerou, o olhei nos fundos dos olhos, aqueles olhos grandes para um asiático, os dentes de coelho fofos e as bochechas meio vermelhas. Uma perfeição...

- hum... Tudo bem... Vc tem razão, preciso conversar... Mas, vc não ficou com medo de falar comigo vendo que sou sua fã? Ou melhor .. uma army?

Ele acabou rindo baixo e me olhos ainda sorrindo, aquele sorriso que poderia me matar só de vê-lo.

Jk- vc não faria nada ruim comigo, já que vc não está bem visivelmente. E por ser uma army, me faz querer te ajudar... Eu percebi que a música Fake Love te tocou. Aconteceu algo com vc como essa música?

- bom... Sim jung-kook... Eu fui traída a poucos minutos atrás.

Ele se levantou, e pensei que iria embora mas ele se sentou ao meu lado e colocou o braço em meus ombros me puxando apara uma abraço, qual eu retribui, uma abraço quente e calmo, eu não aguentei e chorei, soluçando baixinho.

Jk- se ele fez isso é por que vcs não eram para ficar juntos, talvez seu destino fosse outra pessoa... Oh

Eu levantei a cabeça e o vi ruborizado ao perceber o que disse.

Jk- na-nao que eu queria dizer que eu e vc devemos ficar Juntos não! Oh- nem quero dizer que eu não ficaria com vc.. ou que vc não é meu tipo! Vc é meu tipo, porém e-

Não aguentei ele falando e falando, beijei ele, sem malícia apenas carinho, os lábios doces graças a bebida que tomou, lábios quentes e carnudos mas não exagerados. Ele abriu a boca, e então percebi, ele queria aquilo é muito, então, abri minha boca deixando a língua dele entrar. Nós línguas em perfeita harmonia como uma dança, senti meu coração acelerar e meus pensamentos pensarem em tanta coisa com o pequeno maknae do BTS que estava me beijando, porém, nos distanciamos pela falta de ar.

Eu o olhei.

Ele me olhou.

É então....

Demos um sorriso.

"Tão simples,

Sem luxo,

Sem cópias,

Totalmente único.

Um perfeito e singelo sorriso."


Notas Finais


Eae? Gostaram? Espero que sim! No próximo se preparem para o hot bbs!

Link: https://youtu.be/xpZfanGiKdQ

Bjsss! Até a próxima ( se gostaram comentem! Gosto de outras opiniões!)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...