História The Sky; Fairy Tail - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Cana Alberona, Elfman Strauss, Erza Scarlet, Evergreen, Flare Corona, Freed Justine, Gajeel Redfox, Gildartz, Gray Fullbuster, Jellal Fernandes, Jura Neekis, Juvia Lockser, Kagura Mikazuchi, Laxus Dreyar, Levy McGarden, Loki, Lucy Heartfilia, Macao Conbolt, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Mystogan, Natsu Dragneel, Rogue Cheney, Romeo Conbolt, Ultear Milkovich, Wendy Marvell, Zeref
Tags Feary Tail, Gray X Natsu, Natsu X Gray, Romance
Visualizações 14
Palavras 2.117
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo-Ai, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hellow, pessoas voltei com um cap novo..

Não tem muito o que falar então ate as notas finais.

Capítulo 5 - Que os incidentes comecem!


Fanfic / Fanfiction The Sky; Fairy Tail - Capítulo 5 - Que os incidentes comecem!

*Gray on~*


 Eu estava ajudando Erza, Lucy e Juvia a dar um jeito nos capangas do Makarov quando um tiro foi ouvido a distância e o carro perdeu o controle e capotou. Com sorte só sofremos ferimentos leves e nenhum grave, alguns segundos depois saimos do carro e se escondemos atras dele para que nenhuma bala nos atingisse entao voltamos a troca de tiros com cerca de 13 pessoas da organização. Com muita dificuldade matamos com sucesso eles e nos movimentamos para fora do lugar para acharmos um transporte.


 - O que eles pretendem fazer com os corpos?- Lucy estava bastante calma tirando o fato de que ela era a que mais ficava nervosa em situações como essa.- Quer dizer sao mais de 20 homens perdido, não vão nos deixar impunes né Laxus?


 - É provável que queiram nossas cabeças agora.- Ele disse deixando a loira um pouco nervosa..- Não nos safarenos dessa.


 - O que faremos agora?- Eu olhei para o céu lembrando do Natsu, então um barulho alto seguido de uma leve dormencia no meu braço me fez despertar-me dos meu pensamentis, direcionei meus olhos para a área e notei um sangramento e logo depois uma fraqueza no corpo me fazendo cair no chão, meus colegas gritavam meu nome e a ultima coisa que eu vi foi Freed pegar sua pistola e atirar para um lado.


 Acho que passou algum tempo depois daquilo porque agora eu estava dentro de um carro estranho e Lucy estava fazendo alguma coisa em mim não percebi direito o que era porque ainda estava muito embaçado.


 - Na…tsu.- As palavras sairam meio que no automático. 


 - Nem morrendo você não deixa esse nome.- Parece que era a voz do Laxus, já não sei mais ta tudo girando.


 - Não se esforce Gray você perdeu muito sangue.- Era a Lucy tirando minha atenção do loiro.


 - Lucy ajude meu Gray-sama.- Quando a Juvia vai desistir de mim? Se eu sair dessa irei dar um ponto final nisso, ta ficando escuro de novo…será que antes de morrer eu poderei ver o Natsu? Não eu já fiz muita merda nessa vida.


 Tudo ficou escuro de novo, percebi que Laxus almentou a velocidade, afinal de contas aonde estamos indo?


 Isso ta ficando chato, eu acordo e desmaio toda hora, estou sentindo muita náusea, deve ser porque estou sendo carregado, quando saimos do carro? Pude levantar minha cabeça um pouco para ver que estamos entrando naquela escola amaldiçoada de novo, mais naquele momento meus olhos so seguiam um curso: os cabelos rosa que vinham ao meu encontro, não pode ser o Natsu, será que eu morri e meu desejo foi consedido?


 - Fudeu.- Pude ouvir Laxus que estava me carregando junto a Freed.


 - GRAY.- Pode ouvir sua voz ofegante, se não fosse essa a situação eu até poderia ficar exitado. 


 - Calma menino.- Cala a boca Erza você so vai piorar.- Vamos pro quarto dele.


 - Vou pegar algumas coisas que vou precisar.- Lucy agora sjmiu da minha visão, droga de novo não.


*Gray off~*


*Natsu on~*


 Chegamos no quarto é claro que com pressa ai a garota de cabelos escarlate entrou com tudo no quarto abrindo o armário dele e pegando de qualquer jeito todas as coisas dele ja com uma mala na mão e enfiando de qualquer jeito tudo la dentro e em seguida a fechando ja os outros dois colocaram o Gray na cama enquanta a tal Juvia via tudo assim como eu parada e inexpressiva.


 - Cheguei.- A loira foi entrando com uma maleta e fechando a porta em seguida.


 - O-oque vocês estão fazendo o Gray o Gray ele esta sangrando.- Eu estava confuso eles pareciam nervosos, será que so eu estava vendo o Gray ali.


 - Calma.- A loira pegou no meu ombro, deveria estar tentando me acalmar.- Eu vou dar um jeito.- Então eu me calei mas sem tirar os olhos dele que estava pálido encima da cama.


 - Juvia me ajuda aqui.- Ela sim parecia bem nervosa em relacao àquilo, então a azulada se aproximou da loira.- Eu vou precisar que você pegue um pano e água.- E com rapidez ela foi e voltou com bastante panos e uma vasilha com muita água. - Legal…agora quando eu tirar a bala você vai pegar e colocar um pano molhado pra limpar depois os otros você passa para parar o sangramento..


 - Perai…QUE PORA É ESSA DE BALA?- Soltei meio que no automático.- O que ta acontecendo aqui?- Senti uma pontada e logo depois apaguei.


*Natsu off~*


*Laxus on~*


 - Por que fez isso Erza?- No fundo eu estava rindo mais o momento era sério de mais para que eu fizesse isso fora da minha cabeça. - E agora temos que cuidar de dois.


 - Ele ia acabar atrapalhando a Lucy e a Juvia com o Gray e não podemos arriscar ele ja perdeu muito sangue.- No fundo ela tava certa, um estérico no momento nao ajudaria em nada.- Vou coloca-lo na cama vai demorar um tempo para que ele acorde.


 - As vezes ela me dá medo.- Freed susurou no meu ouvido.


 - Eu vou te proteger my green.- Com tudo acontecendo o que eu tenho que fazer?


 - E agora Juvia.- Anunciou Lucy a medica da nossa equipe.


 Ela pegou uma ferramenta que parecia uma faca e começou a tentativa de tirar a bala do braço de Gray que ja estava meio pálido deve ser pela perda de sangue, ele nem se mexia com os movimentos dela e Juvia parecia atenta. Depois de um tempo naquilo ela tirou o projétil e jogou em uma vasilha de prata que estava no criado mudo do lado da cama e Juvia fez assim como lucy pediu.


 - Por hora isso vai ajudar.- Ela parece exausta.- Não podemos ficar muito tempo aqui, tem um esqueiro?


 - Eu tenho.- Disse Erza despreocupada.


 - Nem quero saber por que tem um mais me da ai.- Erza esticou a mão com o esqueiro e entao Lucy o pegou acendendo e esquentando a ferramenta.


 - Isso vai parar o sangramento.- Ela então enfiou a faca no ferimento.Deve ter doido.


 - Vamos falar do que vamos fazer agora.- Chamei a atenção de todos.- Em duplas cada um vai para o seu quarto e pegue suas coisas e apareça aqui 3; 40 iremos sair dez minutos depois disso, O gray pode ne Lucy?


 - Sim e em um lugar menos perigoso eu conseguirei trata-lo melhor.


 - Ótimo, não esquecam as armas e se a pessoa aparentar ser perigosa mate-a sem exitar escutaram.- Entao ascenaram com a cabeça. - Lucy voce fica porquê é a médica. 


 - Tá, não demorem.


 - Vamos.- Então deixamos uma arma com a Lucy e saimos do quarto.


 Freed e eu entramos no quarto sem nenhum poblema no caminho então começamos a arrumar nossas coisas rapidamente.


 - Parece até um filme de ação. - Acho que ele quer me tranquilizar.- Não é Laxus?


 - É parece mesmo.- Sei que ele quer me tranquilizar mais no fim das contas ele é que esta mais nervoso.


 - Eu sempre quis viajar.- Boa ideia.


 - Iremos para uma das minhas casas.- Eu tinha o péssimo habito de comprar casas pelo mundo, muitas pessoas tinham hobies de ler manga e livro e essas coisas mais eu gosto de comprar casas, era o que eu dizia para eles mais nao verdade meu medo era que acontecesse isso algum dia, por isso me prevenir era o certo.


 - E a escola?


 - Não precisamos já sabemos tudo o que precisamos, e eu sempre quis fugir contigo. - Terminei de arrumar minhas coisas.


 - Realmente parece um filme.- Ele riu sem graça. - Em qual delas esta pensando?


 - Em uma que não estaja nos documentos da organização. - Se bem que so tinha tres no nome deles.- As que estao eu irei vender.


 - Terminei. - Pegamos nossas coisas e saimos do quarto.


*Laxus off~*


No quarto de Erza e Lucy;


*Erza on~*


 Eu e a Juvia saimos de lá com pressa mais resistência dela por causa do Gray, essa menina e meio louca das ideias, o menino passa a vida falando do tal Natsu e ela ainda corre atras dele tá ficando chato já. 


 Chegamos no meu quarto que eu divido com a Lucy e começamos a arrumar as coisas.


 - Será que o meu Gray-sama vai ficar bem?- De novo.- Quer dizer ele ta pálido e…


 - Juvia.- So não quero ouvir esses papos de novo entao me aproximei e beijei ela.


 - E-erza por qie fez isso?- Ela disse logo apos nós separarmos.


 - Percebeu?


 - O que? 


 - O tal Natsu tambem gosta dele, e questão de tempo ate eles ficarem juntos - Ela precisa que alguem fale na cara dela.- Então por que voce não desiste de uma vez?


 - Eu sei.- Ela comecou a…chorar?- Eu preciso de alguem pafa que eu possa me inspirar e quem melhor que o Gray? Ele entrou aqui com objetivos e tudo mais e de todas as escolhas dele ele quis virar um assasino da nossa equipe, depois de um tempo o Laxus começou a treina-lo e ele ficou bom naquilo e mesmo assim ele continuou a ser quem ele era…eu o admiro e acho que tambem o amo.- Disse tudo com uma voz chorosa.


 - Isso é um saco, escuta você não ama ele é so admiração voce só não quer sentir menos e então criou isso na sua cabeça entendeu?


 - Erza mais…


 - Se você não ficar quieta eu farei você ficar..- Entao novamente tomei seus lábios so que agora em um beijo profundo, fazia movimentos com a língua arrancando gemidos dela em minha boca.


 - Por que esta fazendo isso?- Ela estava ofegante.- Eu sei que você gosta de mulheres e de homens mais por que eu e porque agora?


 - Seila, só vamos terminar isso de uma vez quero sair desse lugar.


 - Como assim sair?


 - Que tipo de poblema voce tem? Logico que o Laxus mandou a gente se arrumar por que vamos deixar a escola.


 - A-ah eu…já sabia disso.- Ta na cara que ela não sabia, ela ta meio corada…será que foi pelo beijo.


 - Vamos logo eu ja terminei.


 - Eu tambem.


 - Não esqueça nada da Lucy ela usa tudo quanto é coisa.


 - Eu ja peguei tudo falei.- Ela ficou um pouvo irritada.


 - Vamos então. 


*Erza off~*


No quarto de Gray;


*Lucy on~*


 

 Já faz um certo tenpo que eles foram, esperam que elas não esqueçam nada meu eu uso todo tipo de coisa ainda mais meu kit médico especial. 


 Sao exatamente 3; 30 eles estão demorando, será que aconteceu algo senti uma movimentação na cama do Gray…ele esta acordando.


 - L-lu...cy a…onde eu estou?- Ele deve ter perdido muito sangue ainda não se recuperou direito.- Cade o Natsu?- E não podia faltar isso, por dentro eu estava rindo.


 - Calma deita ai e descansa ele ta ali desm…dormindo hehehe - Se ele soubesse ia levantar e fazer alguma coisa, por hora deixaremos como está. 


 - Eu estou com náuseas, querk vomitar.- Normalmente acontece isso.


 - So deita e descansa.- ele então fez.


 Ouvi movimentação na porta rezei para que sejam os outros, a porta se abriu e eu peguei a arma no criado mudo.


 - Vamos Freed com essas malas.- Me aliviei eram o Freed e o Laxus.- Quer que eu te pegue no colo?


 - Voce não e louco Laxus Dreyer.


 - Só um pouquinho my green.


 - Chegamos Lucy.- Eles adentaram o quarto com várias malas.


 - Percebi hahe.- Se eu fosse personagem de anime eu estaria vom uma gota na cabeça hihi.


 - Erza e Juvia?- Perguntou o loito alto.


 - Estamos aqui.- Assustei, como um ser pode carregar tantas malas?- Como você tem tanta quinquilharia assim cara.


 - D-desculpa causar tantos poblemas.


 - Resolvemos isso uma noite no meu quarto.- Ela disse com um olhar safado, recuei um pequeno passo para trás. - 


 - Ja liguei para um amigo e ele nos levara para uma das minhas casas.- Escutei o capitão atentamente.- Iremos levar o rosadk ali porque eles ja devem saber dele e do Gray, e o propio Gray iria querer isso.- Deve ser tudo mentira pra aproximar eles.- Ebtao vamos logo pra baixo, eu irei carregar o gray e o Freed o rosadinho ali junyo com a Erza porque ninguém mandou ela apagar ele.


 Então com alguns remungos Erza pegou junto com Freed o Natsu e Laxus pegou gray eu peguei algumas voisas no quarto assim como as minhas muitas malas. Seguimos para a entrada do colégio onde o tal "amigo" nós esperava com a van. Ao chegarmos na entrada avistamos a fundadora e o diretor.


Notas Finais


Entao eu tenho outras duas historias rsrs uma que segue a linha fairy tail com uns casaiszinhos shippados por mim e outras pessoas sabe ksks e outra original…eu vou deixar os links caso vcs queram dar uma olhadimha;

Original; https://www.spiritfanfiction.com/historia/os-sentimentos-de-yuri-12555116

Fairy tail; https://www.spiritfanfiction.com/historia/natsu-e-gray-12697448

So isso msm ate a prox pessoal.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...