História The sleeping Prince and The Chosen Wizard ( Vampiro X Bruxo) - Capítulo 26


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, HyunA, K.A.R.D
Tags Hyumin, Jikook, Namjin, Taeyoonseok, Vampiroxbruxo
Visualizações 274
Palavras 1.028
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Lemon, Magia, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieeeeeeeeeeeeeeeee


Sorry qualquer erro
Boa Leitura
*-*

Capítulo 26 - Vigésimo Sexto Capítulo


Fanfic / Fanfiction The sleeping Prince and The Chosen Wizard ( Vampiro X Bruxo) - Capítulo 26 - Vigésimo Sexto Capítulo

Vigésimo Sexto Capítulo

 

 

 

Jimin dormia tranquilamente ao lado de Minseok da cama grande e confortável do vampiro.

Jungkook observava ternamente os dois adormecidos enquanto seu rosto ocupava uma expressão preocupada.

Havia comunicado as anciãs bruxas sobre o que estava acontecendo e todos na mansão estavam agitados.

Pelo que parecia, Byun Baekhyun foi um dos bruxos mais temidos de sua era.

E ele queria usar o corpo de seu esposo para algum ritual maluco que provavelmente custaria a vida dele.

E o Jeon não estava disposto a entregar Jimin de mão beijada para esse tal bruxo fazer o que bem entender.

O choro infantil de Minseok  o fez despertar de seus pensamentos.

O moreno pegou o corpo pequeno com cuidado e colocou-o em seus braços.

Aquela criança havia mexido consigo mais do que o vampiro poderia imaginar, só de ouvir a risada gostosa do bebê fazia seu dia melhorar em cem por cento.

Jimin também já estava dando sinais de que iria despertar e o moreno sentou-se com a criança na cama próximo onde o bruxo estava.

- Por quanto tempo eu dormi? – o rosado indagou ao bocejar e levantar-se tediosamente.

- Bem, considerando que você adormeceu ontem no começo da noite, devem fazer quinze horas. – Jungkook respondeu tranquilamente.

- Eu dormi quinze horas seguidas?!  - O Park exclamou surpreso. – Eu nunca dormi tanto assim na minha vida!

- Você devia estar cansado por conta do estresse com essa história toda com aquele bruxo louco. – o Jeon sorriu gentilmente. – Está tudo bem, querido.

- Hum, você anda muito carinhoso esses dias. – Jimin sorriu ao deixar um beijo singelo nos cabelos de Minseok. – Dê o MinMin um pouco, faz tempo que eu não fico o esse bebê fofo no colo.

O moreno assentiu e entregou o garotinho nos braços do menor.

- Nós vamos ficar bem, Kook. – o bruxo sorriu ternamente para o mais velho.

- Eu sei, eu amo vocês dois e vou fazer o possível e o impossível para mantê-los seguros. – Jungkook sussurrou olhando devotamente para o rosado.

- Eu amo você também, Jeon. – O Park acariciou a bochecha direita do vampiro e deixou um beijo na mesma. – E eu tenho certeza de que o MinMin sente o mesmo por nós dois.

 

 

 

***

 

 

 

Yoongi suspirou ao olhar ao redor.

Estava no seu lugar favorito no mundo.

Em seu quarto de preciosidades, jóias, grimórios antigos e mais um tanto de objetos valiosos que provavelmente custavam juntos mais do dobro da fortuna da família Min.

Yoongi adorava admitir que era um perfeito colecionador.

Holly deslizava de forma despreocupada pelo chão de gelo fino e delicado, mas não era jóia e nem grimórios que o bruxo estava procurando.

Por mais que não conhecesse muito Jeon Jungkook, ele havia lhe avisado do que estava acontecendo e o Min sentia que precisava ajudar de alguma forma.

Caminhou devagar até a vidraça grossa e majestosamente que fora feita por suas próprias mãos.

Yoongi também adorava forjar seus próprios... brinquedos.

Sua coleção de espadas que o diga, tudo era feito com traços e cortes perfeitos e simétricos.

O bruxo de cabelos azuis sorriu ao abrir a vidraça e retirar de dentro um pequeno punhal azul céu.

Aquela parecia ser a peça mais insignificante de seu arsenal comparado-a com as outras, mas aquele pequeno punhal era a arma mais letal que ele já havia produzido.

Murmurou palavras em latim e o punhal fundiu-se a sua pele, assim como Holly ficava quando estava em seu estado espectral.

Min Yoongi deveria ser um dos bruxos mais criativos de sua era.

A cobra albina aproximou-se de si e o símbolo em forma de esfera brilhou na testa da serpente branca.

- Nós temos que ajudar o nosso amigo, Holly. É por isso que eu estou com a A comigo, você não está com ciúmes, não é? – o bruxo riu ao ver a cobra virar o rosto e rastejar para outra parte do quarto congelado.

Yoongi suspirou antes de sair do quarto.

Já tinha tudo o que precisava para criar o feitiço mais complexo e poderoso que já havia feito em sua vida.

 

 

 

***

 

 

 

O sorriso nos lábios do bruxo loiro era até macabro.

Havia dedicado sua vida e sua morte para conseguir ter a chance de trazê-lo de volta e aquele momento que nunca parecia chegar estava bem diante de seus olhos.

Em breve estaria no mundo exterior de vez e junto a quem mais amou enquanto era vivo.

Faria os anciões engolirem o sangue que derramaram a tantos anos atrás.

Teria sua vingança e cumpriria o que estava escrito desde o inicio dos tempos.

O vampiro já estava na idade certa e o bruxo sucessor também, as almas já estavam conectadas e era questão horas para que o ritual se iniciasse.

Baekhyun estava mais do que pronto para vê-lo novamente, esperou por tanto tempo que aquilo parecia surreal para si.

Seu coração estava quase explodindo de tanta felicidade e o sorriso não saia de seus lábios.

O bruxo saiu do cômodo sujo e praticamente destruído.

Tudo era tão escuro onde estava, os ossos e cinzas ainda estavam pelo chão.

O Byun não suportava quem falava das únicas pessoas que amou na vida.

Mas o fogo sempre dava um jeito em tudo.

O fogo exilava eternamente o bruxo que morrera queimado, o fogo consumia as memórias e lembranças de quem era próximo e o esquecimento e escuridão era o que esperava o bruxo que morresse daquela forma.

E foi exatamente aquilo que Baekhyun fez com os seus ‘’colegas’’ que o ofenderam com palavras vulgares.

Baekhyun odiava vulgaridade.

O loiro deu as costas para o mau cheiro que o ar trazia e adentrou naquele cômodo que já estava tão acostumado.

Seus grimórios antigos foram de grande ajuda e naquele momento eles estavam abertos nas páginas certas e o bruxo estava apenas esperando o momento certo para começar o ritual.

O loiro ria ao lembrar-se de como foi divertido manipular a bruxa quebrada para entregar seus grimórios á pessoa certa.

Fora divertido trocar as cinzas da bruxa morta pelas cinzas do garoto Banshee, o caos no mundo natural estava prestes a dar início.

E Baekhyun estava pronto para liderar a carnificina.


Notas Finais


as coisas ficam cada vez mais tensas....


Até o proximo
byeeeeeeeeeeeeeeeeeee


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...