História The snow forest - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias A Ilha Misteriosa
Personagens Personagens Originais
Tags Inverno, Livro, Principe, Romance
Visualizações 0
Palavras 606
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Aventura, Fantasia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - 01


-Vamos Rebeca!O onibus logo chegará! Diz minha amiga Vanessa,apertando meus braços levemente enquanto termino meu pequeno "almoço"da manha!

-Eles não irão sem nós Vanessa,então acalme-se!Essa euforia esta fazendo mal a minha alimentação e não quero passar mal por comer distrambelhadamente! Digo ao terminarde morder um pedaço de pão!

Termino de me arrumar e saimos da minha casa!Hoje dia 05 estaremos indo ao mais novo e importante museu!Historia.....há....como eu amo lugares que possuam belas historias!

-Falta poucos minutos alunos!Adentrem os onibus e sentem-se! Ouço o professor Zian falar pelo auto-falante e todos os alunos correrrem para dentro dos dois onibus!

-Eu lhe havia dito,Rebeca!Vamos ficar atrás no meio da bagunça e eu odeio isto! Vanessa fala cruzando os braços!Quanto drama!

Caminhei rapidamente com o guarda-chuvas em mãos ate o automovel ao qual nos guiaria para o museu!Alunos enxarcados e  com os queixos batendo em repetencia era o que se encontravam ali!

Me sentei ao lado da janela e Vanessa atrás de mim!Encontei minha cabeça no vidro e aos poucos adormecia e nem o barulho infernal dos alunos das bancadas de trás interrompiam!

"Cuidado,Rebeca nessessitamos sua ajuda,porém cuidado em quem confiarás nesta tua jornada,nem tudo é o que se parece e apenas tu podes salvar-nos" Esta voz bradava em minhamente e ecoava diversas vezes,me fazendo acordar após sentir ovento gelido batendo em meu rosto!

Levantei minha cabeça rapidamente enquanto observava o vidro aberto,porém tendo a certeza de que era uma miragem,pois estava com minha cabeça encostada minutos antes e agora isto ha de acontecer?

-Tudo bem? Uma Vanessa visivilmente preocupada me pergunta ao ver minha expressão confusa!

-Nada demais! Apenas falo isto e fecho a janela,a trancando e verificando se desta vez esta trancada!

-Creio que não é necessario contar que não toquem em nada!Vamos Alunos! o professor Zian dizia enquanto levantava-se se direcionando a saida do onibus!

Ao descer do automovel me deparo com o museu,um pouco assustador eu diria,e este tempo chuvoso com raios e trovoadas é o towue final para um cenario de terror que se passava em minha mente!"Como um lugar assim é tão famoso?"

Entramos em fila,as portas do museu eram grossas e impecaveis como se impedissem um batalhão de ogros de atacar,seus detalhes antigos como um refugio tomavam conta do ambiente,grandes espelhos em seus tetos que permitiam ver-nos e apreciar o brilho em nossos olhos e jurava que até nossas almas podiam ser vistas neste lugar em que estou!As pinturas de castelos imponentes antigos,cada traço capturado,cada essncia tomada na hora de fazer um bom trabalho é admiravel!

"Siga a ala leste,Rebeca,Siga para ala leste e tenha cuidado" Aquela voz estranha do onibus  volta a atormentar-me!O que teria na ala leste?

Era uma lergunta atrás da outra,,porém não me movi em tempo algum de onde estava,reparei em um quadro,neve havia nele e não na pintura mais sim em suas bordas,porém não esta a nevar hoje,de que lugar esta a sair isto?

"Ala leste,siga para a ala Leste agora Rebeca" Eu possivelmente estarei a ficar maluca,pois quero seguir até a ala leste,porém nos foi dito que por lá nenhum de nós poderia adentrar!Era estritamente proibido!

Então porque querem que eu vá até este lugar?

Não gosto de quebrar regras porém estas que me perdoem,subi cuidadosamente pela escada Leste,dobrando minha atenção por onde passava,não estou a querer ser pega no flagra e tomar um sermão!

O final da escada da vista para um enorme portão marrom de madeira bem forte pelo visto,há um pequeno buraco nela aonde vou espreitar um pouco,porém ao chegar perto a porta se abre mostrando-me uma sala totalmente escura,um breu total!

Como enxergarei algo aqui?Me perguntei repetidamente ate a voz surgir novamente desta vez proximo ao meu ouvido me arrepiando de puro pavor!

"Siga seu instintos e tudo será ouvido ao pronuncia-las"


Notas Finais


O que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...