História The Son of a Diamond - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Steven Universe
Personagens Ametista, Blue Diamond, Blue Pearl, Garnet, Jasper, Lápis Lazuli, Peridot, Pérola, Personagens Originais, Pink Diamond, Rose Quartzo, Rubi, Safira, Steven Quartzo Universo, White Diamond, Yellow diamond, Yellow Pearl
Visualizações 127
Palavras 948
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, FemmeSlash, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


topazio rosa, opala rosa, safira rosa, rubi rosa, agata rosa, Howlita rosa,Rodocrosita.

Escolham um dos nomes para ser o nome de Gem do Steven

Capítulo 3 - Chorando Juntos.


Diamante azul então deu sua resposta.

- Estou surpresa que um humano possa ser capaz de saber como eu me sinto. É uma pena...Tem uma geo-arma incubada no seu planeta que vai destruir tudo em alguns anos...Mas, você não merece isso, não é, pequenino ?

Com isso, ela acabou demonstrando um pequeno e doce sorriso em seus lábios, enquanto aproxima seu rosto um pouco mais, para ver melhor o Steven. Foi quando ela notou um leve brilho rosa vindo da parte levemente exposta da Gem de Steven.

- O que é isto ?

Perguntou a matriarca se aproximando com cuidado do mesmo, e com um se seus dedos, ela levemente levantou a camiseta da criança para ver melhor o que era aquela coisa rosa.

Então foi assim que ela viu....

O Quartzo Rosa que substituía o umbigo da criança....

Aquilo fez seus olhos se arregalarem, principalmente ao perceber que o ser com quem ela desabafava era justamente uma pedra semelhante a assassina de sua irmã. Ela não saia o que pensar dessa situação, mas como aquele pequeno humano ou Gem, não havia se mostrado hostil, ela decidiu continuar a conversa com o pequeno, mas agora com uma leve desconfiança.

- Me diga pequenino porque você veio a este lugar ?

-Na verdade, nem eu mesmo sei.

- Não sabe ?

- Não senhora, eu estava em casa entediado já que eu não poderia sair sozinho, quando eu fiquei com fome, então comecei a pensar em um jeito de alcançar a comida, que estava muito alta, mas eu não sei como, mas eu acabei vindo parar aqui.

- Isso é bem curioso.

- Senhora, desculpe por perguntar, mas qual é seu nome ? 

- Nome ?

Aquilo surpreendeu a Soberana, ninguém nunca havia tido a necessidade de perguntar seu nome, afinal, as Gems já nasciam sabendo quem ela era, então não havia necessidade de apresentações. 

Mas esse ser...ele era diferente.

- Eles me chamam...de Diamante Azul...

- Azul ? Belo nome.

- Obrigada...Steven...

Blue já se sentia mais confortável na presença de Steven, apesar da desconfiança para com a pedra que ele possui, a gentileza e inocência expressadas pela criança estavam a confundir a poderosa Diamante.

- De nada Senhora Azul.

Disse sorrindo, ele havia gostado muito dessa senhora, ela era gentil e atenciosa, apesar dala ser uma mulher gigante.

- Me chame somente de Azul, pequenino.

- Esta bem.

O clima entre eles ficara um pouco estranho, afinal, Blue não sabia mais o que falar e Steven estava dividido se ele perguntava algo a mulher gigante, com o risco de se irritar, ou se mostrava a Bob para ela.

Ele ficou por alguns momentos pensando, e nesse meio tempo a Diamante apenas observava o mesmo, achando bem fofo as reações dele quando concentrado. No fim, ele decidiu fazer as duas coisas, uma atrás da outra.

- Azul ?

- Sim Steven ?

- Azul...você...Você se sente solitária agora ? digo, depois da partida de sua amiga... Quero dizer, eu estava ansioso para viver com as amigas de minha mãe, mas agora que eu consegui isso, mesmo a um alto preço, eu me sinto tão soinho, como se eu fosse um estranho naquela casa...se não fosse pela Bob...eu não sei como estaria agora.

Steven realmente era uma caixinha de surpresa para a Diamante, quanto mais a conversa se desenrolava, mais afeiçoada ao pequeno ela estava. Apesar disso, as lagrimas voltaram a cair de seus olhos, afetando consequentemente ao pequeno também.

- Solitária ? Sim...muito...Ela era tão nova...tão animada...tão extrovertida...ela não merecia isso...principalmente sendo que esse planeta era sua primeira colonia...se eu pudesse ter feito mais...

Começou a divagar tristemente, não percebendo que suas lagrimas haviam se intensificado e que Steven estava a ser afetado também, isso é, até ela sentir uma estranha, mas reconfortante sensação de calor em seu dedo indicador.

O pequeno Hibrido estava abraçar seu dedo, apesar de estar em lagrimas, ele conseguia se concentrar o suficiente para tentar consolar a Matriarca de Homeworld.

- Eu sinto muito, eu não queria trazer tais memorias ruins para você. Eu só queria saber se tinha mais alguém que me entendesse.

A Diamante, comovida acabou por colocar o pequenino na palma de sua mão e traze-lo para perto de seu rosto, dando um leve sorriso para o mesmo enquanto um dos dedos de sua outra mão acariciava a bochecha dele.

- Azul, eu quero lhe apresentar alguém.

-HUm ?

Isso atraiu atenção da mulher, pois o pequeno começou a mexer no interior de sua roupa como se procurasse algo, até que ele tirara de dentro de sua jaqueta, um pequeno espelho de mão, modestamente elegante, mas o que chamava mesmo a atenção, era a estranha pedra rachada em cor azul escuro, com o formato de gota d' água, que estava presa na parte de trás do espelho.

Os olhos de Blue se arregalaram ao perceber que aquilo não era uma pedra normal, mas sim, uma Gem de alta posição de sua corte.

- Azul, essa é a Lápis-Lazule, a quem eu carinhosamente chamo de Bob. Eu ganhei ela da Perola no meu ultimo aniversario, e desde então nós viramos grandes amigos. Mas é segredo ninguém, nem as minhas "cuidadoras" podem saber que Bob fala.

Falava entusiasmado, enquanto virava o espelho para a Diamante, como forma de Bob ver com que ele estava a conversar. A uma exclamação surpresa e felicidade veio da Gem do espelho:

-MINHA DIAMANTE!

Steven não entendeu porque Bob estava a agir assim, isso é, até ela fazer um estranho pedido...

-Steven, por favor, desgrude a Joia que esta no espelho.

- Hã ? Porque Bob ?

-Porque esta na hora de eu falar com minha líder. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...