História The stars - romione - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Hermione Granger, Ronald Weasley
Tags Granger, Harry Potter, Hermione, Hermione Granger, Mione, Romione, Ron, Ronald, Rony, Rony Weasley, Weasley
Visualizações 34
Palavras 547
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


hey guys, essa é minha primeira fic
se tiver ruim ou algum erro, peço mil desculpas
gostaria de saber oq acharam
talvez eu demore de postar o prox cap, pois estou muito ocupada esses dias e nem sei se vou continuar com a fic ;-;
Cap sem revisão

Capítulo 1 - Could you light my cigarette?


Suspirei e olhei para o céu novamente. Amanhã seria meu 16° aniversário e eu estava sozinha, como sempre...

Os meus poucos amigos estavam viajando por causa das férias de verão e os meus pais, puft, trocaram a família pelo trabalho. Então só me restou ficar aqui no meio dessa praça sozinha, exceto por um moço que estava encostado em uma árvore bem distante

Tinha passado na padaria mais cedo e comprado um cupcake com uma velinha, e agora estou com ela em minhas mãos, esperando chegar meia-noite

Sempre tive esperança que minha vida mudasse para melhor, pois essa daqui ta uma droga

Sem família

Sem amigos

Sem ninguém

Teria algo melhor?

Deixei meus pensamentos de lado com o barulho do alarme do meu celular, indicando que já era 00:00

Peguei o isqueiro, que estava dentro do bolso do meu moletom, acendi a vela, cantei um breve parabéns e assoprei a velinha com meu único desejo:

Não queria mais ficar sozinha

- Poderia acender o meu cigarro?

Eu estava tão profunda nos meus pensamentos que nem percebi que aquele moço tinha se aproximado e sentado ao meu lado

Ele tinha cabelos ruivos lisos, que caíam perfeitamente em sua testa. Era alto e um tanto forte. Seu rosto era repleto de sardas e seus olhos incrivelmente azuis tinham uma intensidade incrível. Usava um moletom ciano claro, uma calça jeans e um tênis all star branco. Eu não conseguia tirar os meus olhos dele.

O ruivo se virou para frente, encarando o horizonte, porém, assim que a olhou novamente, não conseguiu dizer nada

A morena percebeu que estavam se encarando demais e que nem tinha entendido o que o moço disse, pois estava concentrada demais observando-o

- Desculpe, mas poderia repetir o que disse? Não estava prestando atenção

- Gostaria de saber se poderia acender meu cigarro, deixei o meu isqueiro em casa e, bem, é um pouco longe daqui

Desvio do seu olhar pra acender o seu cigarro, ele sorri e logo o coloca na boca.

Mesmo com dificuldade em desviar daquele oceano nos seus olhos, encaro pro meu mini bolo e começo a come-lo, ignorando totalmente o cheiro do cigarro

- Peço mil desculpas por te incomodar, mas eu precisava disso -fala saindo logo em seguida, mas depois volta sem o cigarro- meu nome é Ronald, Ronald Weasley, mas pode me chamar do Ron

- Sem problemas -respondo guardando o papel que restou do pequeno bolo no meu moletom- Hermione, mas pode me chamar de Mione

- Nome bonito, igual a dona -ele diz sorrindo

Eu devia estar muito vermelha nesse momento, alguns tomates deveriam estar com inveja de mim

- Obrigada, posso te fazer uma pergunta?

- Já está fazendo, mas te deixo fazer outra

- O que faz aqui tão tarde? Não está pensando em me sequestrar, né?

- Hmm, não estava no planejado, mas bem que poderia -ele se aproxima do meu ouvido e diz bem baixo, fazendo com meu corpo todo se arrepiar- gostaria de ser sequestrada por mim, Hermione?

Puta merda, se ele me pedisse em casamento, me casaria imediatamente. Assenti e então ele enlaçou a sua mão na minha e logo saiu para algum local, me obrigando a ir com o mesmo

- Queria te mostrar uma coisa, mas acho melhor deixar pra amanhã

Eu tinha 90% de certeza que eu estava fazendo uma escolha errada e que não iria ver ele amanhã, mas com certeza não estava arrependida



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...