História The Stars Above Us - Limantha - Capítulo 31


Escrita por:

Postado
Categorias Malhação
Tags Amor, Lgbt, Lica Gutierrez, Limantha, Malhação, Romance, Samantha Lambertini
Visualizações 275
Palavras 1.660
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), LGBT, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Estou ainda no processo de desopilação então desculpem o capitulo curto, mas vou tentar compensar no próximo.


Boa leitura meus amores e obrigada pelos 206 favs....

Capítulo 31 - Meio do Final


Samantha

Inaira e Heloísa saíram cedo demais e estou no quarto do hotel com Tati conversando sobre nossas profissões enquanto essas duas não dão o ar da graça, a mulher ao meu lado já ligou algumas vezes para namorada sem obter resposta o que a está deixando brava, a porta do quarto é aberta e as duas bonequinhas entram, Inaira dá seu melhor sorriso e diz:

-Bom dia flores perfumadas do meu jardim! – Tati suspira e diz:

-Por onde esteve Dona Inaira? – Ela sorri fraco e diz:

-Resolvendo umas pendencias com a Lica, posso te explicar depois? – A mulher ao meu lado bufa e diz:

-Quero só ver qual é a sua desculpa para sumir quase um dia inteiro assim. – Lica ri e diz:

-Logo vocês vão entender, peguem roupas de banho e preparem-se! – Levanto a sobrancelha e digo:

-Para onde vamos exatamente? – Lica dá seu melhor sorriso e diz:

-Inaira vai nos levar em um parque que tem na cidade vizinha, lá tem piscina e tal. Quem sabe não pernoitamos, levem roupas suficientes. – Ela se vira procurando a própria mala e uma mochila para colocar a roupa, Inaira e Tati conversam baixo enquanto arrumo a minha mochila para o tal passeio, logo elas estão aos selinhos e carinhos no cabelo, o que mais acho fofo nessas duas é a capacidade de se resolverem na base da conversa.

Estamos dentro do carro e Inaira religiosa como sempre pede para que demos as mãos, ela mesma faz a oração, mas logo liga o rádio colocando seu celular no aleatório em uma de suas playlists no Spotify, as músicas são das mais diversas, mas a conversa mesmo é sobre shipps e Inaira diz:

-Meu shipp máster sempre foi Camren, mas um que tem mexido com meu coração é WayHaught. – Tati ri e diz:

-Ela está obcecada com essas duas, já vimos as três temporadas várias vezes. Mas tenho que concordar que elas são realmente fofas juntas. – Lica ri e diz:

-Nara nunca havia me falado delas, como que é? – Nossa amiga dirige animada e diz:

-Meu shipp é formado pela Waverly e pela Nicole de Wynonna Earp. Mano, peguei um ranço da Waves no começo por ela namorar aquele babaca do Champ, mas me diz quem resiste a mulher de uniforme? – Rio e digo:

-Realmente difícil não ficar excitada com uma bela mulher dentro de um uniforme. – Lica toca meu braço e diz:

-Então se eu colocar um uniforme vou ficar irresistível? – Tati olha para ela e diz:

-Eu ficaria interessada, mas acho que amaria uma baixinha de uniforme. – Ela se inclina para beijar o rosto da namorada, as duas engatam uma conversa sobre qual uniforme seria mais sexy, balanço a cabeça e digo:

-Essas duas não tem jeito mesmo, ainda temos que ficar ouvindo a fantasia sexual delas. – Lica ri baixo e diz:

-Se quiser podemos focar nas nossas fantasias, é só falar. – Reviro os olhos e digo:

-Você não tem jeito mesmo, Lica! – Ela suspira e diz:

-Podemos aproveitar o momento e deixar as coisas acontecerem. Chega de fingir, fugir e esconder as coisas, Sammy. – Olho bem em seus olhos e digo:

-Não há do que fugir, Lica. Só não confio na sua fidelidade, estar aqui nesses lugares me faz pensar muito no que nos aconteceu e onde isso nos levou. Quer saber o que mais? Isso foi bom ao final das contas, mudamos, amadurecemos e estou com a minha profissão fixa, não sei se isso aconteceria se estivesse ao seu lado. – Lica suspira e não é falada mais uma palavra, “Dancin’ Days” das Frenéticas começa a tocar e todas cantamos a plenos pulmões.

Chegamos no local e se chama: Cacoal Selva Park.

Entramos e o lugar é imenso para o que eu pensava, somos guiadas para uma cabana e a moça diz:

-Essa cabana tem dois quartos separados, então os casais ficarão bem. – Rio e digo:

-Não somos um casal, não mesmo. – Lica coloca a mão no peito e diz:

-Nossa Sammy essa doeu, renegando nosso amor assim. – Inaira ri e diz:

-Desculpe as duas. É que relacionamentos sempre são complicados. – A moça sorri e diz:

-Sem problemas, se quiserem mudar para uma que tenha três quartos vai haver uma pequena diferença no valor final. – Inaira olha para mim e diz:

-Só se quiser mudar, Samantha. – Suspiro, ela quase nunca me chama pelo meu nome, sorrio fraco e digo:

-Por mim não precisa mudar nada, amiga. – Ela vem me abraçar e fica assim comigo até a moça sair do quarto, Tati sorri e diz:

-O que será que ela tem que na maioria das vezes nos convence de fazer as coisas? – Lica olha para nós e diz:

-Acho que persistência, quando ela quer algo vai até as últimas consequências e isso é louvável. – Inaira solta de mim e diz:

-Chega de falar de mim, vamos trocar de roupa e curtir a piscina. – Ela puxa a namorada para o quarto delas, vou para meu quarto com Lica encalço, entramos e ela diz:

-É vai ter que meu aguentar dois dias inteiros só nós duas. – Suspiro e digo:

-Cala a boca, Lica. – Caminho até ela, minha mão vai até sua nuca e suspiro antes de beija-la fazendo Lica levar um pequeno susto antes de corresponder, suas mãos agarram minhas costas e arranho sua nuca lentamente, suspiro e Lica diz:

-Você tem certeza? – Umedeço meu lábio e digo:

-Não, mas chega de fugir. – Lica sorri antes de avançar em minha boca beijando meus lábios com uma saudade que até eu desconhecia que tínhamos, agarrei seus cabelos puxando devagar a fazendo com que solte um grunhido baixo, sugo seu lábio inferior e desço minha mão até sua bunda apertando com vontade, Lica me coloca em seu colo logo estamos na cama, ela por cima e eu arrancando sua blusa de uma vez, recebo um sorriso travesso dela sentindo em seguida seus lábios sugarem vários pontos em meu pescoço descendo até o vale dos meus seios, minha blusa também sai do meu corpo e Lica morde a parte exposta dos meus seios antes de tirar meu sutiã por completo sugando meu mamilo direito em seguida, fazendo-me soltar um gemido manhoso, arranho suas costas e uma batida é ouvida vindo da porta, ela não para de sugar meu seio e ouvimos a batida novamente, suspiro frustrada empurrando-a devagar, mas antes de nos separar totalmente trocamos um beijo cheio de desejo.

Lica

Depois de termos sido interrompidas por Tati que ficou totalmente envergonhada ao perceber o que estávamos fazendo, Samantha interage comigo da mesma forma que estava antes e tenho vontade de socar a cara dela a cada vez que um idiota vem dar em cima dela, ela absolutamente está me provocando e quer saber Senhorita Lambertini, vamos ver quem vai sentir ciúmes agora.

Estamos faz alguns minutos na piscina, Inaira e Tati estão nadando juntas enquanto Samantha fica conversando com um cara bem do meu lado, mas tem uma moça olhando demais para mim do outro lado, sorrio para ela e suspiro indo até onde ela está, sinto o olhar da minha ex, mas futura namorada em minhas costas, chego perto da moça e digo:

-Oi, sou Lica. Tudo bem? – Ela sorri fraco e diz:

-Sou Olivia, está tudo bem sim. Só que você parecia estar segurando vela para sua amiga. – Olhamos em direção a Samantha que tem os olhos em nós, rio e digo:

-Ex-namorada, mas ainda gosto dela. Entende? – Ela ri e diz:

-Se entendo? Minha ex-namorada está saindo com uma outra pessoa faz uns dias, aí resolvi vir para cá sozinha curtir um tempo para mim e adivinha quem está aqui com o idiota que está saindo? – Passo a mão por meus cabelos e digo:

-Não acredito nisso, sério mesmo? – Olivia olha para o lado oposto e diz:

-Ali, ela acha que vou fazer algum barraco. Mas desde que terminamos tenho mudado bastante a questão do ciúme excessivo que tive durante nosso namoro de dois anos, agora é ficar bem comigo mesma e curtir. – Sorrio fraco e digo:

-Mas como está fazendo isso? Terapia? – Ela suspira e diz:

-Também, estou me ocupando conhecendo pessoas novas. Estou planejando uma viagem pelo Brasil, mas só vou poder começar em dezembro. – Começamos a conversar sobre minhas experiências de viagem e dei umas dicas para ela sobre lugares baratos e muito bons, trocamos nossos números de telefone e ficamos nisso até Inaira vir me chamar para almoçar, só que para minha surpresa Samantha chamou o cara com quem estava conversando então acabei por chamar Olivia.

O almoço foi feito de Samantha e eu nos alfinetando por causa das nossas companhias extras, mas Inaira inventou junto com Tati de brincarmos de futebol de salão e os times seriam as duas junto comigo, Samantha com Olivia e Juliano, vamos ver quem é que vai sair perdendo desse jogo.

O cara nos explicou como seria, tiramos todos os anéis e coisas que poderiam furar, tiramos par ou ímpar para saber quem começa e é o time deles, Inaira fica no gol e do outro lado Olivia, vou para cima de Samantha e ela toca a bola, Tati pega e logo começa o nosso placar, a partida vai se desenvolvendo e o responsável pelo brinquedo nos avisa que está terminando o tempo, o amiguinho de Samantha está com a bola, corro atrás dele e entro com tudo em sua canela, o marmanjo fica gemendo de dor e Inaira diz:

-Precisava de tudo isso, Lica? – Reviro os olhos e digo:

-Nem foi nada demais! – Samantha vem até mim e diz:

-Para que tudo isso, hein? – Mordo meu lábio e sussurro:

-Para aprender a não ficar em cima da minha futura namorada. – Ela abre a boca para falar algo, mas não sai nada, Sammy só vira sua atenção para o carinha e saímos do brinquedo, vou direto para o quarto, não tem mais o que fazer lá fora, marquei de ver uma apresentação hoje com Olivia, vamos nos apoiar sobre nossas ex-namoradas.


Notas Finais


Gostaria de saber de vocês se ter um POV da Inaira uma vez ou outra, mas claro enquanto ela interage com Limantha seria interessante para verem as intenções da menina em relação a isso tudo.

XoXo
~SmileTwice


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...