História The Stranger (Semi) - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Demi Lovato, Selena Gomez
Personagens Demi Lovato, Selena Gomez
Tags Camren, Demi Lovato, Fifth Harmony, Intersexual, Lauren Abedini, Lgbt, Selena Gomez, Semi
Visualizações 60
Palavras 2.420
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - 7-Seven


Bom dia/tarde e boa noite a tds
Qualquer erro eu concerto Ta more?.... Repitam a música

_____________________________________

✨Demi Lovato✨

Após ter meio que discutido com Selena eu vou para o hospital visitar minha irmã
Fico lá por um bom tempo até me lembrar da hora

-Já vou meu amor, acorda logo tá? Te amo manah, Tchau...-Dou um beijo na sua testa e saio do quarto

Quando to passando a recepção pra para o estacionamento eu vejo uma silhueta semelhante e então reconheço quem é

- Selena?...-Chamo

Ela se vira e sussurra meu nome, eu paralizo de susto ao ver seu rosto cheio de hematomas, chego mais perto de você e lhe olho atentamente

-Meu Deus...-Sussurrro...-O que aconteceu com você?

-Ahh com licença, você a conhece?...-Uma moça loira  e muito bonita por sinal pergunta

-Sim a conheço, você quem é?...-Pergunto séria

-Me chamo Lili Reinhart prazer....-Ela estende a mão e eu prontamente aperto leve mas solto logo

-Demi Lovato...-Sorrio sem graça...-O que houve com ela?

-Ela foi espancada por 3 homens que fugiram ao me ver correr até ela

Eu abro a boca aterrorizada

-Eu...eu cuido dela...-Falo ela assente e dá um aceno pra Selena e vai embora

-Lili?...-Selena a chama de volta e lhe entreg um papel que não sei o que é...-Obrigada...-Ela sorri

E eu??? Bem... Fico olhando aquilo com cenho franzido

-Vamos...-Falo assim que a loira sai

-Vamos para onde?...-Ela faz cara de confusa

-Vou te levar pra sua casa...-Suspiro e ando até o estacionamento...-Você logo vai ter que dar algum depoimento aos policiais, eles vão na sua casa... Quem fez isso com você Selena?

-Não precisa, eu chamo um táxi...-Ela sorri e coloca a mão no queixo...-Eu não preciso de babá...-Ela arqueia a sobrancelha

-Sério mesmo que você vai debochar agora???!...-Bufo...-Pelo amor de Deus Selena, entra nessa porra desse carro!...-Eu abro a porta do carro com força

-Não tô debochando não, só estou repetindo o que você disse...-Ela dá  de ombros

-Tá! Tá! Tá! Me desculpa, agora entra nesse carro por favor...-Passo a mão no cabelo

-Chata...-Ela sussurra, bufa e finalmente entra no carro

-Isso pra mim é um elogio...-Vou até a porta do meu carro, abro o mesmo logo entrando...-Quem fez isso com você Selena?

-Não sei...-Ela não me olha, mantém o olhar na janela do carro e dá de ombros, sei que ela está mentindo

-Tá mentindo...-Ligo o carro e dou partida no mesmo...-Vou repetir mais uma vez...Quem. Fez. Isso. Com. Você??..-Falo pausadamente enquanto mantenho meu olhar na rua

-Eu. Não. Sei...-Ela me olha mas logo desvia o olhar

-Ai caralho!...-Escosto o carro rapidamente e retiro meu cinto, retiro o dela e seguro o seu rosto a fazendo olhar pra mim,ela iria protestar mas não a deixo falar nada apenas selo nossos lábios em um único beijo... Eu não aprofundo e logo separo, eu a olho no fundo dos olhos...-Agora me diz por favor... Quem fez isso com você?

-Não vai me ganhar assim...-Ela revira os olhos...-Demetria eu não sei, acabei de sair do hospital eu fui espancada com um pedaço de pau eu não me lembro muito bem, por favor da pra parar de perguntar? Eu não sei!

-Ah meu Deus...-Suspiro...-Primeiramente não quero lhe ganhar, segundo eu sei que está mentindo porque você tá nervosa... Foi ele não foi? Foi o Jordan?

-Demetria pelo amor de Deus, vamos só... Parar de falar nisso, vou dizer pela última vez, EU...-Ela respira fundo e aponta pra si mesma...-Não sei quem foi, se você persistir nessa merda de assunto eu desço dessa carro agora...-Ela fala séria

-Eu vou descobrir quem fez isso com você e quando eu descobrir vou fazer essa pessoa pagar da pior forma...-Ponho meu cinto e arranco com o carro...-Você vai ter que me dizer onde é sua casa garota

-Uma rua atrás da faculdade...-Diz simples...-Quando estiver na rua eu mostro o ap

-Okay...-Acelero o carro e logo chego nas ruas atrás da faculdade...-Certo, esquerda ou direita?

-Esquerda, logo ali naquele prédio...-Ela aponta para o prédio

-Certo...-Viro o carro para a esquerda e sigo até o prédio que ela indicou, paro na frente do mesmo e olho pra ela

-Bom...-Ela pega as coisas dela...-Obrigada pela carona, até mais...-E sorri sem mostrar os dentes

-Você vai amanhã pra faculdade?...-Pergunto fingindo desinteresse

-Garota olha meu estado...-Ela aponta  para o próprio corpo...-Não tenho condições

-Certo...-Prendo os lábios e destranco meu cinto, saio do carro e vou até sua porta a abrindo...-Me dá sua mão

-Nossa, que cavalheira...-Ela ironiza e estende a mão

-Será que você é movida a ironia?...-Reviro os olhos e a ajudo sair do carro...-Qual seu andar?

-Eu? claro que não...-Ela sorri...-Ammh, eu consigo daqui Demetria, obrigada

-Você que sabe...-Bufo, fecho a porta do passageiro com força e vou pra meu lado do carro

Mas será possível que quando a pessoa tenta ser ao menos legal ela não contribui? Olha que raramente sou legal com alguém

-DEMETRIA?...-Ela me chama e eu paro,ela começa a rir,obviamente pela cara que estou..-Estava brincando sua idiota, você é muito séria garota, quer subir?...-Ela revira os olhos e aponta para o prédio

-Você é muito bipolar...-Faço careta...-Me diga seu andar, depois eu venho aqui, preciso tomar banho,to com cheiro de hospital

-Aham, tá Eu...-Ela sorri...-Depois você faz isso, entra logo

Franzo o cenho e penso por um tempo até que aceito e saio do carro, pego a chave e ligo o alarme

-Okay você venceu

-Certo vamos lá...-Ela sorri de lado e me dá passagem

-Obrigada...-Ando na frente porém esperando por ela

Passamos pela portaria, ela cumprimenta o porteiro, pegamos o elevador, ela aperta o décimo segundo andar, e se encosta na parede olhando os andares passarem lentamente

Eu a observo discretamente, cada centímetro do corpo dela é perfeito, eu me sinto quente em pensar assim,olho para o rosto dela, para a boca, os olhos que continham hematomas

Nesse momento senti uma raiva inexplicável, ela não me disse, mas eu sei o responsável por isso e eu vou atrás dele

-Vou emagrecer com você me secando desse jeito...-Ela fala ainda olhando para o painel

-Só estou me perguntando como alguém poderia ser capaz de machucar alguém dessa forma...-Suspiro

-Infelizmente existe pessoas cruéis no mundo...-Ela me fala séria

-Me desculpa...-Digo de cabeça baixa...-Não devia ter achado que ele iria deixar isso barato

-Ei..tá tudo bem...-Ela chega mais perto...-Não sabemos se realmente foi ele, eu disse que não me lembrava

E nesse momento o elevador se abre, saímos ela para em frente à porta a destrancando

-Eu tenho alguns toques, então não repare...-Ela fala

-De qualquer forma eu vou descobrir...-Suspiro e sorrio...-Tá tudo bem vamos ver qual seus toques

-Seja quem quer que for, não quero que se meta nisso...-Ela segura meu braço antes de entrar e fala séria

-Não é você que vai decidir isso Selena...-Falo finalmente...-Seja lá quem foi, ele mexeu com alguém do nosso grupo e eu não deixo barato

-Eu só...não quero que você acabe como eu...-Ela abaixa a cabeça

-Relaxa Selena...-Sorrio e então meu celular vibra com uma notificação da minha advogada...-Olha,eu vou ter que ir, minha advogada quer falar comigo

-Hmm...-A maldita joga o cabelo para o lado, só pode ser pra provocar...-tudo bem

-Vejo você depois...-Sorrio e viro as costas andando de volta para o elevador

✨Selena POV✨

-Tchau...-Aceno vendo ela se afastar, eu queria que ela ficasse...

Entro em meu apartamento deixo minhas coisas no sofá mesmo e sigo para o banheiro tomo um banho relaxante e visto apenas uma boxer preta e um top, vou para a cozinha e preparo algo para comer, assim que termino de comer arrumo as coisas e vou para meu quarto coloco um filme e sem perceber caio no sono

[...]

Ouço um som irritante soar bem longe, conforme vou abrindo os olhos os barulho vai se intensificando, e percebo que é a campainha

-Que merda, não tem paz...-Eu murmuro, levanto e me arrasto até a porta abrindo a mesma dando de cara com...

-Dinah?...-Coço meus olhos

-Oi Selena...-Ela sorri...-Posso entrar?

-Claro..-Dou espaço para que ela possa entrar, assim que ela entra fecho a porta...-Qual o motivo da sua visita?...-Pergunto

-Demi, ela me pediu para vir aqui e cuidar de você...-Ela entra...- E como eu sou uma trouxa que faz tudo por ela eu vim aqui...-Você tá horrivel Selena

-Sério? Nem percebi...-Ionizo, vou até o sofá e me sento...-Eu estou bem, não precisava se incomodar

-Precisava sim,eu adoro incomodar...-Ela solta uma gargalhada....-Demi não pode vir porque tava sem condições psicológicas,ela não tava conseguindo ver ninguém,e pede desculpas

-O que houve?...-Pergunto preocupada encosto minha cabeça no sofá e fico toda aberta, tentando achar uma posição confortável que não doa tanto minhas costas

-Eu te falei que Demi tem uma irmã que também estava no carro no dia do acidente há 7 anos atrás e ainda está em coma? Pois bem, o hospital tá aumentando absurdamente os custos da Dallas, 6 meses atrás Demi pagava 1 milhão por mês...-Dinah respira fundo...-Agora eles querem aumentar para 1 milhão e meio, Demi pediu permissão aos avós dela para mexer na própria herança , mas os avós dela recusaram, eles tão tendo prejuízo... Então o hospital informou que não tem escolha a não ser desligar os aparelhos da Dallas..-Ela para de falar mas logo continua

-Sabe... Fazia muito tempo que eu não via a Demi chorar daquela forma,por um minuto eu senti aquela pessoa sensível que ela era, Dallas é a única pessoa que impede Demi de desmoronar de vez e agora o mundo dela vai desabar... O hospital deu um prazo de 30 dias para ela acordar, se ela não acordar eles vão desligar

-Meu deus...-Eu sssurro...-Não consigo imaginar o que ela está passando, temos que ficar com ela Dinah

Eu me levanto rapidamente mas me arrependo em seguindo e caio novamente no sofá

-Aii porra...-Me contorço de dor

-Selena fica quietinha ai..-Dinah fala...-Lauren está com ela, a de olhos verdes é a pessoa que Demi é mais apegada, eu acredito que ela vai precisar de um tempo

-Puta que pariu...-Eu assinto e me ajeito no sofá com as pernas abertas e inclino minha cabeça para trás e apoio meu braço sobre meu rosto respirando fundo

-Eles te passaram remédios com toda certeza, onde estão?

-No meu quarto, porta do lado esquerdo

-Ok...-Ela vai e volta minutos depois com os remédios...-Tem uma pomada em gel aqui pra suas costas, vira de costas para eu passar... E a propósito, tais gostosa nesse top e nessa cueca, sei de alguém que iria gostar..-Ela sorri maliciosa... Euarregalo os olhos e olho para baixo

-Puta merda Dinah, nem reparei de como estava me vestindo...-coro violentamente e coloco uma almofada sobre meu colo

-Pra que esconder se eu ja vi criatura...-Ela sorri...-Vem deixa eu passar isso em você

Eu concordo e logo sinto o sofá afundar e sinto algo gelado em minhas costas, me arrepio

-Uou tá gelado...-Dinah sorri, ela espalha a pomada e começa a massagear pelo pescoço, descendo pelos ombros e os resto da costas, fazendo pressão com o dedão, com as mãos grandes que ela tinha ajudava muito na massagem, solto um gemido involuntário...-Nossa isso é muito bom

-Se acostume não viu patroa?!...-Ela fala ao terminar...-Vem toma esses comprimidos

-Ah não...-Resmungo...-Pode continuar, estava ótimo

-Olha que folgada...-Dinah sorri...-Vem tomar logo esses comprimidos, depois eu faço mais

-Certo...-Pego os comprimidos tomando todos...-Prontinho madame

-Bem madame agora vai me contar a verdade...-Dinah se senta no sofá...-Quem fez isso com você?

-De novo isso?...-Fico seria e pergunto...-Como eu disse a Demi eu não sei Dinah, não me lembro aconteceu muito rápido...-Digo bastante nervosa

-Algo me diz que vc sabe, me conta prometo que não vou deixar Demi resolver com as próprias mãos, vamos denunciar quem te fez isso...-Ela põe a mão no meu braço...-Se essa pessoas fez isso com você pode fazer com qualquer um

Eu pondero, não sei se podia falar, mas já estava ficando sufocante guardar isso, então seguro suas mãos firmes e digo

-Dinah... Por tudo nesse mundo, não diga nada a Demi e não deixa ela fazer nada por favor... Você promete?

-Selena...-Dinah hesita...-Eu..eu... Ok eu prometo

-Eu não senti firmeza Dinah...-Olho em seus olhos...-Se acontecer alguma coisa com ela eu..eu vou me culpar pelo resto da vida

-Nada vai acontecer a nossa menina, cuido dela há quase 10 anos, eu vou cuidar dela sempre

-Certo...-Respiro fundo...-Aquele cara que arrumou briga comigo na escola e ela interviu... Foi ele e mais dois caras

-Jordan...-Ela sussurra...-Como não pensei antes?!  Ele foi humilhado, e expulso da faculdade...-Ela sorri e se levanta, anda de um lado para o outro com a mão no queixo ela olha pra mim e fala

-Temos que contar a ela Selena...-Dinah fala com lágrimas nos olhos...-Ele vai querer se vingar dela porque foi ELA que o fez ser expulso... Ele vai machuca-la

-DINAH...-Eu me levanto...-Não precisamos contar a ela, se contarmos será pior...-Digo preocupada

Dinah sorri nervosa e passa a mão nos cabelos andando de um lado para o outro

-Selena...-Ela para na frente dela...-Estamos falando de Jordan Fisher,  o garoto mais perigoso daquela faculdade, depois que Demi o ajudou a subir na carreira de jogador de basquete, ele se transformou... Demi se atreveu a enfrenta-lo pra te defender, e fazendo isso ela assumiu qualquer risco de vida

-Puta que pariu, por que ela fez isso ?QUE DROGA!...-Esbravejo e passo a mão no rosto nervosa...-Ela podia me deixar morrer lá

-Demi gosta de você, ela só não assume...-Dinah sorri...-Acho até fofo a preocupação dela contigo

-Ela é difícil, e eu entendo isso...-Me sento novamente..-As vezes eu tento acompanhar ela, só que às vezes não dá...-Coço minha testa

-Desistindo tão fácil Selena? Achei que você aguentasse o tranco...-Ela sorri

-Já aguentei tanta coisa né, aguentar mais essa não é nada...-Solto uma gargalhada e dou de ombros

-É como a Ally diz: Que Deus te ajude a carregar essa cruz porque a bixinha é pesada viu...-Dinah solta uma gargalhada...-Selena do meu coração,vou precisar ir, você tem meu número me liga se precisar de algo, eu moro perto de você

-Certo Dinah, obrigada viu...-Sorrio e lhe dou um abraço

Assim que Dinah sai de casa, permaneço no sofá e apago novamente


✨Bjs de Luz✨



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...