1. Spirit Fanfics >
  2. The stranger Semi 2 >
  3. 2-Two

História The stranger Semi 2 - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


3 musicas para vocês ouvirem... Ouçam uma após a outra, e se acabar antes de vocês lerem, repitam a música do começo


#Naked-James Arthur


#Say you won't let go-James Arthur


#Birds-Imanige Dragons


boa leitura amores


____________

Capítulo 3 - 2-Two




🌟Demi Lovato P.O.V 🌟

No outro dia

Confesso que não dormi a noite, a ansiedade não permite... Sei que a Selena e eu não estamos tão bem, eu realmente sou muito maluca as vezes mas tem sempre um motivo, toda vez que saímos tem sempre uma puta que ela já pegou que pula no colo dela ou do nada rouba um beijo dela... Isso me magoa, e magoa muito sabe... Por isso eu brigo, tenho medo que algum dia ela me deixe e volte para essa vida de pegação

Convenhamos né? Ela já pegou metade da cidade... A outra metade que ela não pegou ou era casada ou era homem... Mas o resto ela passou o rodo, a vassoura e a pá também

(...)

Suspiro pesado... Eu falei que iria chegar dois dias depois mas era apenas pra fazer surpresa... Já estou dentro do avião e já são 9 horas da manhã, eu estou segurando em minhas mãos a minha surpresa

Eu tanto almejava ter um filho... Com os acidentes e os abortos espontâneos que eu tive, se tornou impossível ter esse sonho

Mas agora... Depois de dois meses inteiros de tratamentos intensivos... Tanto psicológicos como físicos se tornou possível a ideia de estar grávida... Então eu só precisava que a Selena me desse um pouco do seu... Bem... Esperma

Mesmo não estando tão bem.. Nossa relação na cama continuava a mesma então já sabem... Um mês atrás eu comecei a sentir alguns sintomas semelhantes aos de gravidez.. Então fiz o teste de farmácia e três deles deram positivo, corri para fazer o teste de laboratório, então o peguei ontem.. Foi tão gratificante ver o POSITIVO escrito em negrito e em verde naquele exame

Eu confesso que chorei muito.... Chorei de alegria, porque mais de um ano tentando e nada... Quando parecia impossível se tornou possível... E agora estou aqui ansiosa ao ponto de pegar os controles da mão do piloto ou sei lá quem quer que seja que esteja pilotando este avião

(...)

Ok Demetria... Calma... Chegamos no aeroporto... O avião acabou de pousar e eu pareço estar presa a poltrona porque de fato não consigo sair.. Olho pra baixo e vejo a razão de eu estar presa... Ainda estou com os malditos cintos me apertando

Tiro o cinto com total afobação... Pego minha maleta e minha pequena mala... Desço do avião com a ajuda de um rapaz muito bonito por sinal... Ele sorri gentil e coloca minhas malas em baixo antes de me ajudar a descer

(...)

Ok Demetria calma, calma Demetria... Faltam apenas alguns minutos para chegar em casa... Não pira garota

Chega até ser engraçado ficar falando isso com a própria mente.. Mas é o que estou fazendo... Estou quase me batendo em agonia, já estou dentro do meu carro dirigindo rumo a minha casa, ou melhor, para a nossa casa Selena.. Na verdade o nosso apartamento

Finalmente vamos realizar nosso sonho... Vamos ter um bebê... Eu juro por minha vida que vou tomar todo cuidado dessa vez... Tanto que estou dirigindo a 25km numa pista de 60km... Passo a mão na minha barriga levemente

-Nada de ruim vai acontecer meu amor

Falo com minha barriga e sorrio boba... Será que ele já me entende? Meu Deus descobri ontem que estou grávida e já amo esse bebê que cresce em meu ventre... Estacionei o carro na garagem do prédio e desci do carro e respirei fundo pela milésima vez antes de pegar minhas malas e ir para o elevador

-Ok Demi, respira fundo, sem nervosismo...-Falo comigo mesma..-O que pode dar errado? Nada, nada pode dar errado...-Estou parecendo uma maluca falando sozinha, certeza disso

Paro o elevador no meu andar... Sorrio para o segurança que retribuí o sorriso

-Bom dia Jherody

-Bom dia senhora Lovato

-Oh me chame apenas de Demi okay?...-Sorrio para ele

-Tudo bem, bom dia Demi

-Assim está melhor, bom trabalho...-Ele agradece e eu vou para a porta do meu apartamento

Será que ela já está em casa? Bem se não tiver vai me dar chance de arrumar alguma coisa mais legal, se já tiver dormindo posso acorda-la com a surpresa ou até um café na cama... Mas antes vou ver se ela já está

Entro no apartamento em silêncio... Tudo está aparentemente no lugar... Suspiro e entro, adoro o cheiro de casa, coloco minhas malas perto do sofá e fecho a porta

Caminho em silêncio até a escada onde vejo algo estranho... Pego o objeto pequeno e brilhante e o analiso

-Estranho, isso não é meu...-Falo com cenho franzido

Eu subo devagar as escadas e no topo vejo outra coisa que me deixa com um nó na garganta, um salto alto... Eu o pego e o analiso,de fato ele não é meu e também não é seu Selena... Que merda aconteceu aqui?

-Não, não, não...-Falo baixo comigo mesma...-Isso não é possível

Vou já não com tanta calma até a porta do quarto, respiro fundo uma, duas,três vezes antes de abrir a porta do nosso quarto e ver a cena que me destruiu por completo

-Isso não tá acontecendo..-Falo com um nó na garganta e com lágrima nos olhos

A cena que eu vejo eu não consigo ao menos descrever para vocês que estão lendo... Selena está totalmente nua, deitada na cama... E não está sozinha, tem uma mulher com ela... Também sem roupa alguma no corpo

O quarto tá uma verdadeira zona de guerra... Roupas espalhadas pelo chão travesseiro e lençóis também no chão... Me parece que transaram em todo canto, na cama, no chão, nas paredes, no teto

Uma cena incrivelmente incrível.. Me aproximo um pouco já sentindo meu sangue ferver ao ver quem é a puta que tava na minha cama,na nossa cama... Nada mais, nada menos que a Dua Vadia Lipa

Imediatamente o salto alto da vadia pesa da minha mão... Olho para a minha mão e aperto o salto com força,eu olho para aquele casal lindo e jogo o salto com toda força que eu posso fazendo o salto bater na cara da Selena e na parte de trás da cabeça da puta da Dua

-AAAAAAAAAAAAHHHH...-Gritei com todo ódio que eu tinha, após ter arremessado o salto

Ando rápido até a cama para o olhar a cara de assustada que as duas fizeram

-SUA VAGABUNDA! ENTÃO É ASSIM QUE VOCÊ DIZ SENTIR MINHA FALTA? NA CAMA COM OUTRA SELENA?...-Grito me aproximando da Puta, digo Dua, e a puxo pelos cabelos com força pra fora da cama e a jogando no chão com toda brutalidade que me resta

-Aiiiii sua louca!..-A puta fala ao cair no chão

Selena me olha com os olhos quase saltando pra fora

- Demi o que faz aqui?...-Ela olha pra baixo e se assusta, faz o mesmo quando vê Dua ali no chão...-O que?...-Ela fala espantada...-Como você veio parar aqui, por que estamos assim?...-Pergunta afobada se enrolando no lençol

Eu começo a rir... Não sei se é de tristeza, ou é de deboche ou de raiva

-Não sabe porque tá assim? Ah não?...-Falo rindo, arrasto a vadia com raiva pelos cabelos e começo a bater na cara dela..-Eu vou te matar vadia do caralho...-Dou murros, tapas, chutes,ela a todo tempo tenta se defender mas eu subo em seu colo e volto a bater no rosto dela até sentir sangue em minhas mãos

Quando vejo que ela já tá desacordada eu me levanto e pulo na cama e me aproximo já batendo na Selena

-Você é uma vadia,uma vagabunda...-Falo batendo e chorando muito...-Eu já devia saber que você nunca iria mudar...-Eu a encho de tapas e murros pelos braços, pescoço, rosto..-Eu te odeio Selena! Eu te odeio!

- DEMI PARA!...-Ela grita e segura meus braços...-Por favor para!...-Ela pede desesperada...-Eu juro por tudo, não sei como eu vim parar aqui como ela veio parar aqui, por favor acredite em mim, eu jamais faria algo desse tipo pra você, eu nem bebi dessa maneira eu estava sóbria...-Selena fala com lágrimas nos olhos

Começo a chorar descontroladamente... Soluço algumas vezes solto meus braços do seu aperto rapidamente e me sento em seu colo

-E-eu nunca fui suficiente pra você?...-Pergunto soluçando, seguro seu rosto com ambas as mãos...-Eu quero entender Selena, por quê? Por que fez isso comigo? E por que logo com ela? Eu não sou melhor do que ela?...-Eu aponto para a megera desmaiada no meu carpete

Selena chora na minha frente

-Você sempre será o suficiente pra mim, por favor acredite em mim, eu jamais faria isso, eu não sei o que aconteceu, como eu vim parar aqui, eu estava bem, pergunte a qualquer uma das meninas, eu não bebi muito, no máximo uns três copos e depois do último gole eu já não sei o que aconteceu...-Diz tudo de uma vez chorando

Sorrio ainda sem acreditar... Seguro seu rosto com ambas as mãos,eu seguro firme como se eu não quisesse soltar, encosto minha testa na dela ainda chorando e selo nossos lábios em um beijo calmo... Um beijo simples e singelo que pode significar muita coisa,inclusive um adeus... Separo nossos lábios e olho em seus olhos... Me afasto um pouco e olho minhas mãos, suspiro pesado e retiro com dificuldade minha aliança e coloco em suas mãos... Me afasto mais um pouco e saio do seu colo

-Acabou Selena...

Falo por fim, saio da cama, passo a mão nos cabelos e suspiro pesado antes de a olhar... Enxugo as lágrimas que insistem em escorrer pelo meu rosto

-Eu vou sair, quando eu voltar não quero nada disso...-Aponto para a bagunça do quarto e pra megera desmaiada...-Aqui...-Vou saindo e quando ela vem questionar alguma coisa eu estendo a mão para que pare e a olho séria...-Não me siga, não quero mais te ver Selena, não quero mais olhar na sua cara, se você me ver na rua, por favor mude de calçada, não deixe isso pior do que está agora

Dito isso eu a olho mais uma vez... Eu olho bem, para gravar cada centímetro dela... Nem que seja uma última vez, preciso me lembrar ao menos das coisas boas... Suspiro pesado e saio do quarto rapidamente batendo a porta

Desço as escadas já chorando... Corro para a porta do apartamento o mais rápido possível... Saio do apartamento e desço o elevador, passo pela recepção sem olhar e nem falar com ninguém

Vou quase correndo para o estacionamento, entro no carro e me ponho a chorar... Esmurro o volante algumas vezes e grito alto

-Eu.não.acredito.nisso!!! Infernooooooooo

Encosto a testa no volante chorando... Soluço algumas vezes e suspiro pesado antes de ligar o carro e sair de la para os braços da pessoa que estava mais próxima de mim sem que eu corresse o risco de bater excesso de velocidade e capotar novamente... Lauren Jauregui

Dirijo extremamente no limite... Mal consigo ver a estrada.... Algumas vezes quase perdi o controle do carro com a vista embaçada.... Estaciono o carro... Bem... Estacionar não é bem a palavra correta já que eu subi a calçada e quase invadi o jardim da casa dela

Desço do carro aos tropeços e vou até a porta da frente da casa, pelo jardim mesmo...tropeço algumas vezes e caio de joelhos no meio da grama antes de vomitar... Volto a chorar feito uma maluca,a esta altura eu estou parecendo uma bruxa... Cabelo despenteado, maquiagem totalmente borrada, triste e com a vida amargurada

Me levanto e vou até a porta... Dou alguns murros para que abra... Como não tenho resposta eu bato novamente

-LAUREEEEENNN...-Grito batendo na porta e chorando, me ajoelho na frente da casa chorando angustiada,não tenho ninguém,não tenho ninguém...-Por favor abre...-Soluço chorando,até que depois ouço a porta se abrir

-Demi?! Oh my God...-Lauren vem em minha direção e me abraça...-Meu Deus o que faz aqui? O que houve?...-Ela dispara perguntas e me abraça apertado, eu não consigo falar nada apenas chorar, ela me levanta, me pega nos braços, eu já sinto meu corpo mole sendo carregado para dentro da casa, fecho os olhos e decido aproveitar o momento ali em seus braços, por mais triste e depressivo que seja

🌟Selena Gomez P.O.V🌟

Eu estava assustada, eu não sabia como eu vim parar aqui e com a Dua, eu sei que não bebi muito, aconteceu alguma coisa, armaram pra mim, tenho certeza! ver Demi naquele estado me apertou o coração, eu iria concertar aquilo!!

- Dua, acorda caralho!...-Dou um tapa forte na cara dela para que acorde, ela abre os olhos devagar e geme de dor...-Vai embora daqui filha da puta...-Digo ríspida, começando a me vestir e arrumar as coisas

-Caralho...-Ela geme baixo...-Sua mulher tem uma mão pesada...-Ela se senta no chão e fica tocando o nariz que sangrava

-Vai tomar no seu cu...-Eu a seguro pelos braços...-O que aconteceu?...-Pergunto séria...-Eu não seria idiota ao ponto de dormir com você

-Ah não?? Você não lembra amor?...-Ela solta uma gargalhada mas faz uma careta...-Mas foi viu meu amor, você foi...-Ela me olha com seu sorriso safado...-Nós fodemos a noite toda, começando das 9 da noite e só paramos as 2 da madrugada e porque VOCÊ já não aguentava mais...-Ela gargalha...-Confesso que senti saudades do seu pau gostoso do caralho

- CALA A PORRA DA SUA BOCA...-Eu grito...-Isso é mentira!...-Falo com lágrimas nos olhos...-Por que você fez isso? O que ganhou com isso?...-Pergunto com a voz embargada...-Você destruiu meu relacionamento

-O que eu fiz?...-Ela se levanta e me empurra...-O que VOCÊ fez Selena, isso tudo é culpa sua, você procurou...-Ela sorri safado...-Era só uma questão de tempo para seu lado fiel cair por terra, essa é você Selena, aceite isso...-Ela começa a pegar as roupas dela e as vesti-las

-Some daqui sua imunda...-A empurro pra fora do quarto...-Vou nem pedir pra você sumir, porque agora que conseguiu o que queria,não vai sumir, ridícula...-Falo pegando meu celular e discando no número da Demi

-Você tá maluca se acha que ela vai te atender..-Ela sorri...-Eu volto a te procurar neném, só vou deixar essa poeira abaixar um pouco, meu trabalho aqui tá feito...-Ela desce rapidamente as escadas e sai do apartamento sem me dar a chance de falar mais nada

-Droga!!...-Esbravejo, vou até o banheiro escovo os dentes rapidamente e volto para o quarto arrumando aquela bagunça

Algum tempo depois eu ouço a campainha do apartamento tocando insistentemente e algumas vozes altas no lado de fora, eu desço as escadas e abro a porta

Assim que abro dou de cara com a Lauren Jauregui e a Dallas... Não tenho muito o que pensar depois disso porque sinto uma mão fechada voando em minha direção e me acertando em cheio no queixo e me levando ao chão

-Eu juro que eu mato você sua filha da puta!..-Lauren grita vindo pra cima de mim

-Lauren não!!!!...-Dallas grita atrás tentando segura-la o que é impossível porque parece que ela tá possuída

- Lauren, eu não fiz nada eu juro, você estava lá viu tudo, por favor acreditem em mim...-Falo com a mão no queixo...-Você viu o tanto que bebi, colocaram algo na minha bebida, eu jamais faria isso com ela

-Você tá mentindo sua imunda...-Ela tecnicamente ruge contra mim e tenta avançar novamente mas a Dallas a puxa com força e a derruba no chão

-Lauren porra, calma!!!...-Ela fala alto apertando a morena

-Você a magoou! Você a machucou! Você a fez chorar sua...sua...sua Caralho! Você a TRAIU!...-A de olhos verdes continua

Lauren empurra a Dallas no chão e vem com tudo pra cima de mim,ela me agarra pela roupa e me empurra na parede

-Eu juro que vou cortar essa merda que você tem no meio das pernas...-Ela fala baixo mas em tom ameaçador...-Por que fez isso? Eu pedi pra você cuidar dela, e olha a merda que você fez!

- LAUREN CARALHO ME ESCUTA PORRA...-Grito alto na cara dela que estava me encarando com suas órbitas verdes intimidantes

-Não tenho que te escutar filha da puta...-Ela me empurra, a Dallas entra no meio e a abraça

-Laur, Laur calma não vale a pena, vamos embora por favor...-Ela vai puxando a Lauren para fora

-Me solta Dallas! Eu vou acabar com ela!...-Ela fala derramando lágrimas

-Não vai não, espera aqui fora caralho!

Dallas empurra Lauren pra fora do apartamento e tranca a porta, Lauren grita e bate na porta com força... Dallas vem até mim e segura a minha roupa

-Eu devia te bater, te xingar, assim como a Lauren fez, ou até pior...-Ela sussurra...-Mas não vou fazer isso e vou te dar a chance de se explicar ou ao menos TENTAR se explicar...-Dallas se senta no sofá e me olha...-Vamos Selena! Estou esperando

-Primeiro eu quero que saiba que eu jamais, nunca na minha vida iria fazer algo desse tipo com ela...-Falo baixo...-Eu fui a essa festa apenas para conversar com as meninas, pra distrair a cabeça, foi quando a Dua chegou e ficou dando encima de mim, até então eu não tinha ingerido uma gota de álcool, essa garota me estressa apenas com a presença dela, eu fui pegar uma garrafa de Rum pra Dinah e acabei tomando um gole, eu fiquei falando com a Demi pelo telefone e deixei meu copo encima do balcão, quando eu voltei Dua estava lá eu apenas peguei meu copo e sai de lá...-Faço uma pausa e suspiro..-Eu não sei o que aconteceu depois disso por que eu não lembro absolutamente de nada, foi como se ela tivesse drogado minha bebida...-Fecho os olhos..-E aí hoje eu acordo aos berros de Demi e ao lado da Dua, ambas nuas...-Engulo seco antes de continuar a falar...-Eu juro Dallas, eu não sei o que aconteceu..-Escorre uma lágrima pala minha bochecha..-Eu não sei o que ela quer com isso, mais eu não fiz nada eu juro...-Falo já chorando

Dallas ouve tudo em silêncio... Ela suspira quando eu termino de falar e passa a mão no cabelo

-Tudo bem Selena, eu tenho todo o direito de não acreditar em caralho nenhum do que você está falando,mas eu vou investigar, e vou querer uma amostra do seu sangue...-Ela fala...-Se você foi drogada mesmo,vamos saber, daí você vai ter alguma coisa pra mostrar a ela,mas por hora...-Dallas se levanta e me olha...-Não force a barra com ninguém, tente falar com a Dinah e se explique, eu sei que ela vai entender e vai tentar ao menos te ajudar, mas a Demi...-Ela faz sinal negativo...-Não se aproxime dela, não me faça me arrepender disso, está avisada Selena...-Dallas vai até a porta e abre, ela sai e fecha a porta logo em seguida

Jogo a cabeça pra trás e suspiro fundo passando a mão pelo meu cabelo, pego meu celular e ligo novamente pra Demi

-Por favor atende...-Peço baixo

Após algumas chamadas entra para a caixa de mensagem

📲-Olá aqui é a Demi, por favor deixe seu recado após esse bipezinho aqui.. Bjão... Piiiiiiiii

Eu bufo e desligo quando vejo que nn vai atender... Penso um pouco então resolvo mandar uma mensagem

💘amor💘


eu sei que você está a ponto de matar, mas por favor me dê a chance de explicar o que aconteceu, não foi nada daquilo que você viu, por favor, eu só te peço uma única chance(10:15)


Para meu alivio ela visualizou a mensagem e começou a digitar

Não quero mais te ver... Por favor respeite meu espaço(10:20)

Eu sei, mais eu quero explicar, por favor Demi, você pode levar a Dinah, Lauren, qualquer pessoa, mas eu só peço que me escute(10:20)

Ela visualiza novamente a minha mensagem,mas dessa vez não me respondeu

Bufo impaciente sabendo que ela não vai responder, então decido uma coisa, disco o número rapidamente e espero que até que atendam

📱-Alô?

Dinah atende o telefone rápido

-Dinah, cade a Dallas?..-Pergunto rapidamente

-📱O que você quer Selena? Sinceramente?

Sua voz estava rouca e não era nada boa

-Por favor, passa o telefone pra Dallas

Eu peço já perdendo a paciência

📱-Ela levou a Demi pra casa, e não levou o telefone, o que você quer?

-Eu preciso ir a casa da Lauren..-Faço uma pausa..-Eu só queria saber se elas ainda estariam lá para eu poder ir...-Falo baixo

📱-Pode vir sim, eu também estou aqui, então pode vir

Ouço ela suspirar pesado

-Tudo bem

Digo por fim encerrando a chamada, pego a chave do meu carro e saio em direção a casa da Lauren...
não demoro muito e chego lá, toco a companhia e espero

Quem atende é a Lauren, obviamente seria ela, ela é a dona da casa... Lauren me olha com a mesma fúria nos olhos que antes

-Mas que caralho você pensa que tá fazendo aqui??!!...-Ela já começa

-Ela chegou...-Camila fala ao fundo e logo passos apressados se aproximam e Dinah abraça a Lauren por trás

-Calma Branquela...-Dinah fala baixo

-Calma o caralho! O que ela tá fazendo aqui?? O que você tá fazendo aqui??! Ta afim de levar outro soco na cara?...-Ela estende a mão em punho

-Eu chamei ela Lauren!...-Dinah grita calando a morena...-Mas será possível!

-Por que merda você fez isso? Se esqueceu quem tava aos prantos aqui em casa? Quem desmaiou de tanto chorar e se lamentar por causa dela?!...-Lauren aponta pra mim furiosa

-Não esqueci não tendeu?! Eu não esqueci,mas vamos ser francas, todo mundo tem o puto direito de se defender, de contar sua versão dos fatos e é isso que ela veio fazer aqui..-Dinah abranda mais a voz...-Fica calma

-Ok...-Lauren suspira...-Mas fique ao menos 10 metros longe de mim Selena,não quero correr o risco de uma faca voar em sua direção, por exemplo...-Lauren faz cara feia e entra

-Vem Selena..-Dinah fala me olhando

De verdade eu estava pouco me fodendo pra Lauren, não ouvi porra nenhuma do que ela disse, eu só focava o olhar em Dinah e quando ela me chamou entrei rapidamente, assim que entro vejo uma figura muito bem conhecida por mim sentada na sala imediatamente paro no meio do caminho

-O que ela tá fazendo aqui?...-Pergunto a Dinah, me referindo a avó de Demi

-Ela chegou ontem a tarde, a Dallas foi busca-la...-Dinah suspira...-Infelizmente ela chegou cedo aqui hoje e estava quando a Demi chegou desolada aqui

-Estranho...-Faço uma cara de  desconfiada...-Ela nunca gostou de mim, e logo quando acontece isso ela aparece aqui...-Falo séria

-Bem...-Ela me olha por um tempo...-Uma terrível coincidência...-Dinah vai até o meio da sala e se senta no colo da Mani

-Selena Marie Gomez..-A jararaca fala suave...-Como vai você querida?...-Ela fala calma, parecendo realmente uma cobra, pronta pra dar o bote

-Você deve saber como estou, porque conhecendo bem você, certeza que armou tudo isso para afastar Demi de mim..-Falo ríspida indo de encontro com ela

Ela sorri...esse sorriso apesar de amigável... Não tem nada de amigável nele

-Eu não vou discutir com você Selena...-Ela se levanta...-Eu mudei muito, e estou preservando a paz...-Seu jeito arrogante se mostra presente, mesmo que de uma forma implícita...-Mesmo que você tenha fodido com os sentimentos da minha neta

-Fodido?...-Pergunto já alterada..-Você que fodeu com tudo, nunca aceitou meu namoro com a Demi, é muita coincidência acontecer isso é você estar aqui...-Falo mais alto...-Eu nunca iria fazer algo assim com a Demi, eu a amo, e vou provar que não fiz isso...-Volto a falar baixo...-E eu vou descobrir quem foi...e eu juro que vai pagar muito caro...-Falo olhando no fundo dos seus olhos

-Vamos parar vamos?!...-Dinah fala alto, a cobra não tira o olhar do meu e mantém o maldito sorriso de lado

-Eu não comecei nada...-Ela olha pra Dinah..-Melhor eu ir embora, a Demi precisa de mim mais do que tudo agora

A cobra vai se distanciando e caminhando em direção a porta e logo vai embora, eu apenas observo ela sair e me viro pra Dinah

-Podemos conversar?...-Peço

-Não estamos conversando?...-Ela ironiza e sorri sem o menor ânimo, ela tá magoada comigo, óbvio que está

-É sério Dinah..-Bufo...-Quero me explicar, eu falei com a Dallas e quero falar com você...-Suspiro...-Eu quero falar com a Lauren também, mais ela nunca vai me escutar

-Tudo bem...-Dinah suspira pesado e se levanta do colo da Mani...-Eu já volto amor...-Ela dá um selinho na Mani que me olha

-Eu espero de coração que isso seja um engano Selena..-Mani fala com sua voz doce e sorri leve, porém seu olhar não demonstra no sorriso

-Pode crer que é Mani...-Digo por fim acompanhando Dinah até estarmos pra fora da casa

-Pode falar...-Ela cruza os braços e me olha

-Antes quero te perguntar uma coisa...-Olho em seus olhos...-Eu sai pra falar com a Demi e depois voltei, depois que eu voltei o que aconteceu?...-Pergunto e cruzo os braços...-Porque vocês não saíram dali e nem estavam bêbedas o suficiente

-Ahh...-Dinah franze o cenho e coça a nuca...-Cara tá tudo confuso ainda, depois que você voltou com o Rum, colocou no seu copo e nos deu...-Ela me olha..-Só lembro de termos tomado da bebida por um tempo, quando você saiu pra falar no telefone a Dua passeou pela cozinha e parou perto do seu copo mas não vi se ela colocou algo...-Dinah volta a franzir o cenho...-Lembro que quando você pegou o copo e foi pra sala ela foi atrás e depois disso eu não te vi mais na festa, achei até que você tinha subido para os quartos ou ido pra casa, não pude te ligar, digamos que eu tava bêbada demais pra isso

-Droga..-Fecho os olhos por um tempo e suspiro...-Dinah eu tô jurando de pé junto, que não fiz isso, teve alguma sabotagem, se eu quisesse fazer isso eu já teria feito, por que o tanto que essa menina me atormenta...-Coço minha testa...-Muita coincidência a avó dela estar aqui justo hoje...-Abro os braços

-Ei!...-Dinah fala alto me interrompendo...-Não faça uma acusação sem provas...-Ela me olha séria...-A Demi nunca vai acreditar em você, ainda acusando a avó dela e mais, sem provas, isso pode te levar a cadeia caralho!..-Dinah bufa...-O que você acha que aconteceu?

-Eu não sei né Dinah, se eu soubesse já teria ido resolver...-Falo revirando os olhos...-Eu preciso ir resolver umas coisas, depois a gente conversa...-Digo saindo

-Ei ei ei cara espera...-Ela me puxa pelo braço...-Relembra comigo, pensa um pouco, quando você começou a beber, assim que a Dua saiu de perto de você,eu a vi conversando com alguém, mas não prestei atenção, mas você olhou bem para lá, quem era?...-Ela me olha

-Eu não lembro de nada Dinah...-Faço um coque em meus cabelos...-A última coisa que eu lembro, foi ter voltado e ver a Dua bem ao lado do meu copo e depois disso não lembro de mais nada

-Olha...-Ela faz uma pausa...-Tudo o que aconteceu antes do copo você vai lembrar, obrigue a sua mente a lembrar, você pode ter visto de relance mas pense sobre o que você viu,você consegue...-Ela incentiva

Eu me sento em uma das cadeiras ali, respiro fundo e começo a pensar... Tentar lembrar de alguma coisa

Flashback on

-Então tenta Selena..-Ela sorri e põe a mão no queixo...-Você é minha, e eu não gosto de perder pra ninguém...-Ela se aproxima de mim e me rouba um selinho rápido...-Se liga nisso...-Ela sorri safada e sai de perto de mim

fecho as mãos com raiva e vou até onde as meninas estão, sem dizer nada pego uma bebida e tomo um grande gole, olhando Dua ali na minha frente conversando com sei lá quem, planejando mil formas de matá-la e enterra-la na puta que pariu

-Eii e essa cara...-Dinah fala segurando minha mão e me impedir de beber mais...-O que houve?

aponto com a cabeça para onde Dua estava, assim que Dinah acompanha meu olhar, Dua vira o rosto em nossa direção e pisca pra mim, com meus olhos saindo fumaça levando o dedo do meio pra ela

-Oh ok, entendi...-Ela faz uma pausa...-Paciência ok? Não se aproxime muito,não sei do que essa louca é capaz...-Dinah sorri...-Tem uma garrafa de Rum na sala,pega pra gente?

afirmo com a cabeça e vou até a sala onde Lauren guardava suas bebidas, pego uma garrafa de Rum

Quando fui pegar a garrafa da bebida... Passei pela parte mais escura da sala e vi duas pessoas conversando.. Uma era a Dua e a outra eu não conseguia enxergar direito, vi seu rosto de relance.. Vejo que ambas me viram e logo se afastaram e me impedindo de ver com clareza que era a outra pessoa... Mas pelo que vi não era tão jovem mas não era tão velha ao ponto de não vir a uma festa como essa.. Dou de ombros
e volto até elas preenchendo o copo de cada uma, bebo um grande gole do meu

Flashback off

Espera...a moça que conversava com a Dua, tem um semelhança muito grande com a avó de Demi

-Quando eu fui pegar a garrafa de Rum que você tinha pedido, eu vi a Dua conversando com uma moça, não muito nova, mas também não muito velha...-Me levanto encarando Dinah...-Hoje quando eu vi a avó de Demi, eu percebi elas tem uma semelhança enorme, muito parecidas, eu não consegui ver o rosto, mas o corpo muito igual Dinah

-Tem certeza que era a velha?...-Ela olha...-Dallas não a trouxe para a festa ontem, e aliás ela nem demorou muito porque segundo ela a avó estaria em casa

-Certeza eu não tenho, mas era muito parecida Dinah..-Ando de um lado para o outro...-Mas é muita coincidência, ela aparecer aqui logo depois do que aconteceu

-Selena...-Dinah suspira...-Você não acha que bebeu demais e caiu na dela não? Porque cara o chupão que tá no seu pescoço não é de mentira cara

- Dinah por favor...-Falo alto...-É óbvio que ela iria deixar esse chupão para acharem que realmente aconteceu algo...-Reviro os olhos...-Eu nunca bebo demais quando estou longe dela

-Sério, eu queria muito te socar por ter machucado minha pequena...-Ela me olha séria...-Mas não acredito que você tenha sido muito filha da puta pra isso, eu acredito sim que armaram pra vocês e vou ajudar nisso

Sorrio leve

-Obrigada por isso, de verdade..-Agradeço...-O certo é irmos ao laboratório fazer um exame de sangue, pra ver se tem alguma droga..-Sugiro...-Se não tiver, eu não sei o que vou fazer..-Suspiro triste

-Tentar reconquistar sua mulher é crucial agora,então nada de bebidas, maconha, ou festas...-Ela fala..-Se for em uma se certifique que ela vai estar e tente se aproximar dela...-Ela olha para baixo...-Nada de mulheres também Selena, controle seu fogo,se for complicado isso, vai no banheiro e bate uma mas NADA DE MULHERES..-Ela alto no final

- Dinah ???...-Faço uma careta...-Mais uma vez obrigada, eu preciso resolver isso...-Falo saindo

-Você vai!! Mas espera...-Ela grita e corre até mim...-Não vá pra nenhum lugar antes de ir nessa clínica...-Ela pega um cartãozinho da carteira e me entrega..-Diz que eu te mandei, ele vai saber o que fazer, eu vou explicar tudo pra ele agora

-Tudo bem, obrigada...-Sorrio e saio, paro no meio do caminho e volto...-Você não quer ir na frente e ver se a Lauren tá la dentro?...-Pergunto rindo

-Ahhh..-Ela fala e coça a nuca...-Okay...-Ela entra na frente e me olha falando pra me aproximar

Me aproximo, ficando exatamente atrás dela

-Vai ver a Camila trancou ela no quarto pra não avançar em mim de novo

-Você ta péssima..-Ela fala rindo...-Aliás seu queixo tá meio roxo, não quer por gelo aí?

-Não..-Eu solto um risada...-Estou bem assim...-Chegamos na sala que estava apenas Mani ali presente...-Dinah, obrigada mais uma vez...até mais Normani

-Até...-Mani me olha e sorri leve antes de puxar a Dinah pra sentar no colo dela

Saio da casa e entro em meu carro começando a dirigir até a casa da Demi, balanço a cabeça e dou a volta indo para minha casa, chego guardo o carro e subo, entro e deito no sofá, acabo dormindo ali mesmo

.
.
.

SEE YOU SOON GUYS🌟
Nos vemos dia 11 ou 12 de Janeiro 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...