História The Striper - Capítulo 2


Escrita por: e Lyunna_Lyn

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 9
Palavras 909
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Drogas, Estupro, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Lyunna_Lyn

Capítulo 2 - Tentación


Fanfic / Fanfiction The Striper - Capítulo 2 - Tentación

Seu camarim privado era como uma suíte de luxo, com bebidas, e direito uma banheira cheia de espuma, Lorenzo a deixou do lado daquela banheira - Sinta-se a vontade ...

Luna então olhou em volta e viu como era luxuoso, cheio de velas aromáticas, ela se sentiu a vontade quando viu a banheira e se permitiu comemorar aquilo que estava acontecendo, primeiro ela colocou um pé, depois o outro, e foi se sentando deixando toda a água cobrir sua pele negra sensual. – Um belo lugar que você tem aqui...

Lorenzo se virou para a moça portando duas taças de Martinis preparados exatamente por ele, para aquela ocasião especial – Aceita um? 

-Mas é claro, bebida é sempre bem-vinda – ela pegou uma das taças e tomou um gole, levando a taça para o criado mudo do lado, onde Lorenzo estava sentado, Luna tirou primeiro o sutiã e levantou no alto cobrindo seu corpo apenas com a espuma da banheira – Veja só...

-Estou vendo, e estou gostando... – tomou um gole do Martini e continuou a observar – Até onde isso vai? 

-Até onde você quiser.... – ela levantou a outra mão, dessa vez com a calcinha da lingerie – Apenas água me veste agora...

Lorenzo sorriu e tirou a parte de cima do terno, em seguida os sapatos, ele a olhou, como uma beldade charmosa dentro daquela banheira, o sotaque espanhol do rico empreendedor, tornou o clima mais quente – Sabe de uma coisa...que calor...

- Está mesmo.... – Luna sorriu e olhou para o teto, enquanto relaxava, ela pode sentir Lorenzo entrar na banheira de calça e blusa e ficando por cima dela, a encarando nos olhos, sentiu os pêlos de seus braços se eriçarem – Lorenzo....

-Minha vez... – ele tirou a camisa mostrando o tanquinho trincado, e moreno, jogou a camisa para o lado e foi por cima de Luna a arrancando um beijo quente, beijando e chupando seu pescoço, e com a destra puxou a coxa direita dela colando em sua cintura – Minha Lince...

Aquela noite de comemoração selvagem tinha apenas começado, se estendeu ao longo de horas de prazer carnal.

No outro dia logo cedo, ela se levantou da cama de Lorenzo, que dormia nu ao lado da mesma, cobertos apenas por um lençol ralo, ela olhou em volta e viu tudo bagunçado, as roupas jogadas no chão, e ela sorriu, levantou e foi tomar uma ducha gelada, vestiu um jeans azul claro, com um moletom vinho por cima, vestiu seus tênis, amarrou o cabelo em um rabo baixo de lado, nem se importou de passar maquiagem e foi abrir o clube, limpou o balcão com um pano, vestiu um avental branco de cintura e ficou lá a espera de alguém cliente.

Cobertura Fernandez 

Ele desligou o chuveiro e enrolou se numa toalha branca, caminhou pelo seu quarto enorme e viu seu terno azulado escuro estendido na cama, se olhou no espelho e lembrou da experiência quente de ontem no La Noche – Que deusa...Lince...nunca tinha visto alguém tão caliente assim....ainda mais em um clube... – mordeu os lábios se lembrando enquanto se vestia – Se eu voltar ao La Noche, posso encontrá-la... – ao terminar de se arrumar, pegou suas coisas, bateu a porta e seguiu para o carro.

La Noche 

O movimento ainda estava lento e ela só ficava mexendo no celular enquanto alguns clientes bebiam e assistiam o show local, ela estava realmente entediada, até ouvir a porta abrindo e uma voz conhecida “Luna?” ela olhou para frente e se deparou com Alejandro indo em direção a ela – Aí droga... – arrancou o avental, pulou o balcão e soltou os cabelos, sentou em um dos bancos, cruzou as pernas e sorriu – Alejandro?! Está na Espanha de novo?

Ele puxou um banco se sentando ao lado dela, deixou a maleta no balcão e olhou para a amiga, discreta como sempre – O que você está fazendo aqui? – surpreso em vê-la.

-Ah...eu?... – gaguejou e olhou para os lados aflita – É...eu? – engoliu seca em um pânico interior – Hum ...eu...eu sou dona do clube. – forçou um sorriso rígido.

-Espera...você se tornou dona do lendário La Noche?! – Ficou surpreso com a aquisição da amiga – Então terminou sua faculdade de gestão empresarial e comprou um clube lendário? Uau estou impressionado com a grande Luna Falción... – bateu palminhas.

Luna estava rígida como pedra torcendo para Alejandro não a reconhecer por causa da atividade da noite passada, ela tentou afrouxar a gola do moletom lutando para sustentar a mentira – Isso...eu comprei ele do meu sócio.

-Isso é bom...ontem eu vim aqui a noite e prestigiei uma de suas dançarinas, Lince...você sabe quem é? Eu queria encontrar ela...sabe como eu sou não é? – soltou um sorrisinho sacana.

-Ah..ah...sim...err... Eu sei quem ela é...ela...ela chama Cynthia – inventou na hora – Começou a trabalhar ontem mesmo – pegou uma dose do whisky e bebeu duma vez para disfarçar o nervosismo – E ...então?

-Você poderia marcar um encontro dela comigo? Sabe como eu sou, não sabe? – novamente o sorriso sacana – Ela me lembra você...sem querer ofender...uma versão gostosa de você...

-Ah claro... – revirou os olhos – A Cynthia mora em outra cidade, ela só vem para cá a noite ... sinto muito....

-Então pode me passar o celular dela? Quero falar com ela....por favor Luna... você é minha amiga de tantos anos...por favor – fez manha.

-Não posso, questões de segurança! Tenho que fazer uma documentação agora.... até logo Alejandro – ela saiu disparada para o os bastidores do clube e pôs a mão no peito sentindo seu coração disparado – Droga....o que eu fiz?!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...