1. Spirit Fanfics >
  2. The Stripper - Jeon Jungkook >
  3. VII - Seven

História The Stripper - Jeon Jungkook - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem!

Capítulo 7 - VII - Seven


 Tirei os sapatos e o casaco e os guardei no devido lugar. A casa estava em um silêncio ensurdecedor o que a incomodou por ser fora do habitual, gritou por Hannah mas a mesma não lhe respondeu. A porta estava destrancada, então ela certamente estava em algum lugar, o que só serviu para deixa-la ainda mais intrigada. Será que estava com visitas?
  Percorreu os primeiros cômodos da casa e encontrou a porta do banheiro trancada, deu duas batidas na porta e chamou pela amiga que respondeu com um agoniante - Só um minuto.
  Podia ser apenas um instinto protetor, mas sentiu que algo não estava devidamente certo.

- Tá tudo bem? - perguntei assim que a mesma saiu do banheiro.

- Acho que a comida não me fez bem. - seu rosto estava pálido e seu corpo parecia visivelmente fraco.

  Me sentei em sua cama e a analisei por um momento. - Deveríamos ir ao médico. - sugeri.

  Hannah por algum motivo parecia lhe esconder algo. Algo que estava nitidamente escancarado em seu corpo e não consegui acreditar que só havia notado aqueles pequenos detalhes agora.

- Pra que, eu já vomitei mesmo. - ela se joga sobre a cama.

- Tem certeza que isso começou hoje? - a encarei a espera de sua resposta.

- Porque tá pergunta isso? - retruca de modo rude. - É claro que eu tenho.

  Assenti a sua resposta que não me convenceu nenhum pouco. Se ela hipoteticamente escondia algo, motivos ela deve ter, e era por esses possíveis motivos que ela respeitaria seu silêncio.

- Por que teve que ficar até mais tarde? - perguntei tentando mudar o rumo da nossa conversa.

- Tinha muito trabalho acumulado. - ela torce os lábios em frustração.

- Nem me fale. - me deitei junto a ela.

- O que aconteceu? - vira-se para mim - Seu admirador secreto estava lá?

- Acho que ele está me perseguindo. - me virei para ela também - E ele não é mais tão secreto assim.

- Hum? O reconheceu? - se levantou da cama.

- Não, ele... só tirou a máscara, mas não adiantou nada. - dei um longo suspiro - Pelo menos me deixou algum dinheiro. - entreguei-lhe as poucas notas que havia ganhado, inclusive a dele.

  A garota se pôs a contar as cédulas de modo rápido e hábil. Ao chegar na nota de cem dólares, vi um pequeno papel cair sobre a cama assim que ela a desdobrou.

- O que é isso? - Hannah lê o conteúdo do papel e logo olha para mim com um sorriso carregado de malícia.  - Eu diria que ele está apaixonado.

  Me levanto da cama em um pulo e pego o pequeno papel de suas mãos. Franzi o cenho assim que terminei de ler, a caligrafia bem executada era clara quanto às sua intenções. Senti meus batimentos aceleraram, e cada sílaba daquele bilhete agora ecoava em meu subconsciente.
 

" Se mudar de idéia, saiba que minha proposta ainda estará de pé. * n° de telefone* "
 

- Idiota! - Joguei o papel sobre a cama e voltei a me deitar sobre a mesma. - Insistente. - dei um longo suspiro - Será que ele sabe o que é não? - me levantei e perguntei no ápice da indignação.

  Hannah olha para mim prestes a responder, mas se cala e levanta da cama aos tropeções em direção ao banheiro.

- Hannah? - me levanto depressa, mas ela fecha a porta, mostrando que não queria minha presença ali dentro - Hannah tá tudo bem? - o barulho do seu vômito foi um claro sinal de que ela não estava nada bem. - Eu vou chamar um Uber, a gente vai no hospital agora. - disse determinada e peguei meu celular sobre a cama.

- Não precisa. - ela grita com dificuldades.

- É claro que precisa. - falei alto para que ela entendesse bem - Onde estão seus documentos?

- Na bolsa em cima da poltrona. - ela aparece na porta do banheiro e aponta para o objeto. Pelo jeito já aceitava a idéia de irmos ver um médico.

- Dez minutos ele está aqui.

                                  • •

    O cheiro de álcool em gel de Aloe Vera me impedia de cochilar. O sofá beje já havia moldado-se ao meu corpo, o que o tornava ainda mais desaconchegante.
  Já era mais de uma da manhã e Hannah e eu ainda aguardávamos o resultado de seu exame de sangue. Havia remédio para náuseas no seu soro, o que fizeram a garota dormir em um sono profundo.
  Mandei uma mensagem para Hoseok avisando que provavelmente só trabalharia no período da tarde, por ser tarde, não obtive uma resposta sua. Mesmo assim relaxei sobre o sofá e tentei dormir, amanhã certamente ele veria.

                                 • •

  Hannah estava sentada sobre seu leito hospitalar enquanto explicava para seu sub chefe o porque de ter que faltar na sua primeira semana de trabalho, mas que levaria um atestado médico que comprovava sua tese.
  Duas batidas na porta fazem Hannah se apressar em desligar o telefone, um médico jovem e bem vestido e com um jaleco branco entra no quarto com uma prancheta em mãos, ele nos avalia por um breve momento antes de começar a falar.

- Como se sente? - pergunta esbanjando gentileza.

- Ótima doutor, quando posso ir embora?

- Seus exames estão prontos, então acredito que ainda hoje terá alta. - ele folheia os papéis na prancheta a procura de algo específico. - Você quer a boa ou a má notícia? - ele olha para Hannah com um mínimo sorriso nos lábios.

- A má. - eu mesma respondi, estava para ter um ataque de tanta ansiedade. O que é ruim tem que vir primeiro.

- Isso! A má notícia primeiro. - Hannah confirma.

- Infelizmente você não vai poder provar nosso delicioso almoço. - ele anuncia tentando conter seu sorriso brincalhão.

- Poxa doutor! - Hannah o encarar séria, mas acaba por sorrir aliviada. Ele provavelmente via a tensão em que estávamos e resolveu por tentar relaxar as coisas.

- Desculpe. - ele folheia novamente a prancheta e olha para Hannah, dessa vez com a postura que um médico deveria ter - Seu exame de sangue não mostrou nenhuma intoxicação ou algo do tipo, mas sim que seus hormônios HCG estão bastante alterados.

- E o que isso significa? - ela desce da maca um tanto apreensiva e eu me levanto do sofá e me posiciono ao seu lado.

- Isso indica que a senhora está grávida.

   
  
   



[ Continua? ]


Quando a fic ultrapassar os 100 favoritos ou 100 comentários, prometo fazer uma atualização dupla. Então favoritem a história e recomendem. 


Notas Finais


O que estão achando da história ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...