História The Submissa ( Imagine Park Jimin ) - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Ação, Bts, Romance, Violencia
Visualizações 775
Palavras 1.354
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura ❤

Capítulo 24 - Casa do Taehyung.


Fanfic / Fanfiction The Submissa ( Imagine Park Jimin ) - Capítulo 24 - Casa do Taehyung.



- É hoje que eu vou comer cobra assada no espeto - rosnei pra morena 



- O que você veio fazer aqui? A gente não tem nada garota, eu sou casado, tá vendo aqui essa aliança?  - mostrou o dedo Onde fica a aliança 



- Eu sei que não deveria ter vindo, mas minha boca sentiu Saudades do seu amiguinho - sorriu safada e se aproximou 



- Eu vou te quebrar em duas, sua magrela - fui pra cima dela mas Jimin me segurou - Não acredito que você vai defender ela ? - o olhei 



- Não estou defendendo ela, estou cuidado de você e do nosso filho - me soltou e foi pra cima dela - Fora da minha casa, sua cachorra... e se aparecer aqui de novo e perturbar a paz da minha mulher eu vou jogar um processo muito você, vou tirar tudo que você tem nessa vida, porque eu posso - segurou ela pelo braço e chutou pra fora da casa 



- Jiminne - fez bico 



- FORA SUA GOLPISTA - gritou assustando a garota que saiu correndo - Desculpa, desculpa por isso - veio me abraçar e eu me afastei - Por favor, não faz isso ! - pediu com lágrima dos olhos 



- Tá doendo mais em mim, que no em você, assim que Taehyung voltar eu vou pedir pra morar com ele - enxuguei minhas lágrimas e saí correndo pro meu quarto de antes 



- AMOR? - o ouvi gritar mas ignorei 



Entrei no meu quarto e chorei tudo que eu podia. Sim por uma parte até que isso não foi tão grave assim, mas ela vim aqui atrás dele foi demais pra mim, e eu preciso de um tempo sozinha pra pensar. E Taehyung falou que sempre estaria ao meu lado quando eu precisar, e depois de Hoseok eu só posso confiar nele, e sei que ele vai cuidar de mim. 



- Amor abre essa porta, vamos conversar, por favor - ele batia na porta 



Ele ficou vários minutos batendo na porta e chamando meu nome, até que desistiu e acho que foi para seu quarto.  Me deitei na cama e logo dormi. 




(...)



Dias se passaram e hoje Taehyung iria chegar de viagem. Eu já havia falado com ele, e ele disse que do aeroporto vinha direto pra cá, pra pegar minhas coisas e eu, pra irmos para a casa dele. E agora estamos aqui, com ele colocando minhas coisas no porta malas do carro dele. 



- Não acredito que você prefere ir morar com ele, do que me perdoar por aquilo - dizia Jimin com cara de choro 



- E eles não acredito que você preferiu deixar uma qualquer lhe chupar, apenas para se mostrar para seus amigos - rebati e entrei no carro 



- Cuida dela direto, Taehyung - disse ao irmão 



- Não faço besteira como você - sorriu da cara de tacho do irmão - Até - entrou no carro 



Olho pelo retrovisor e vi Jimin chorando enquanto olhava o carro se distanciar. Aquilo doeu muito em mim, mas acho que vai se rmelhor assim, cada um colocando as coisas no lugar. Chegamos na casa de Tae e ele levou minhas coisas pra um quarto de hóspedes e eu o segui.




- Eu ainda não acredito que meu irmão que se diz um gênio, foi tão burro de deixar isso acontecer - se divertia da besteira do próprio irmão 



- Nem eu, pelo menos ele teve a coragem de expulsar aquela doida naquele dia - senti uma dor na barriga - Aí! - fiz cara feia 



- Senta aqui - Tae me fez sentar na calada - Você vai me dar trabalho, sempre querendo fazer algo pesado, me obedeça pois a casa é minha - disse autoritário mas logo sorriu 



- Idiota! - lhe dei um tapa - Eu apenas gosto de fazer minhas coisas - fiz bico 



- Mas eu tô aqui pra cuidar de você, então fica quieta e me obedeça - ordenou 



- Sim senhor - brinquei e gargalhamos juntos 




(...)



- Oppa, me dá um pouco do seu macarrão?  - fiz carinha fofa 



- Você vai me dá muito prejuízo, come muito - gargalhou e me deu 



- Eu como por dois - falei de boca cheia 



- Olha a educação, não foi assim que eu lhe criei - me repreendeu e eu mostrei língua 



Já tínhamos jantados e estamos deitados cada um em um sofá, assistindo filme. Quando uma das empresas de Tae abre a porta, e por ela entra Jimin com uma cara na boa. 



- O que veio fazer aqui ? - perguntei em tirar os olhos da TV 



- Vim ver se estava mesmo bem - se sentou no sofá e colocou meus pés em seu colo 



- Eu sou uma boa babá, ok Jimin?  - respondeu Tae 



- Tae está cuidando muito bem de mim, até agora nenhuma mulher cruzou por aquela porta dizendo que está com saudades de chupar eles - apontei em direção a porta 



- Para com isso, volta pra casa - pediu calmo 



- Cala a boca vocês, e Bora assistir esse filme maravilhoso - ordenou Tae 




(...)



Depois de tantas horas Jimin resolveu ir embora, já que peecebeu que eu não iria sair daqui nem a pau. Estava deitada já, rolava de um lado pra outro na cama, mas o sono não chegava, pois eu já estava acostumada a esta deitada com alguém comigo, pra abraçar. Me levantei e fui alguém te o quarto de Tae, entrei sem pedi permissão e encontrei o mesmo apenas com uma calça de dormir, enquanto fitava o teto. 




- Tae?  - o chamei e ele me olhou - Posso dormir com você, não estou conseguindo dormir sozinha - ele sorriu 



- Claro que pode, deita aqui - deu palminhas ao seu lado 



- Obrigada - deitei e fiquei de lado o olhando 



- No que você estava pensando antes deu chegar?  - se virou pra mim e sorriu 



- Em você! - arregalei os olhos 



- Como assim? - franzi o cenho 



- Se caso você e Jimin não se resolverem, eu vou amar cuidar de você e do seu bebê, vai ter alegria nessa casa grande, mesmo que eu seja apenas o tio, entende? - assenti 




Taehyung sempre deixou claro que gostava de mim, e isso que ele falou não foi surpresa raiva mim. Eu até gostei de saber que caso algo venha acontecer, eu terei ele pra me apoiar e me ajudar com a ccriança, mesmo sabendo que Jimin nunca iria abandonar seu filho.  



- Tae ? - me olhou - Posso dormir abraçada com você? - pedi e ele sorriu de novo 



- Só vem princesa - me puxou pra deitar em seu peito e eu sorri 



- Obrigada, seu idiota! - abracei sua cintura sentindo sei corpo quente - Você é tão quietinho, tae - apertei mais 



- Olha só, se aproveitando da minha inocência, pra sentir meu corpinho sexy - brincou me fazendo rir 



- Não quero mais também - ia me levantando mas ele me puxou me fazendo deitar de novo 



- Na verdade, sou eu que estou me aproveitando de você - gargalhou 




(...)



Acordei e me sentei na cama, olhei Tae saindo do seu banheiro com uma toalha enrolada na cintura, deixando seu abdômen e peitoral mais sexy. Eu não me aguentei e tive que fazer uma piadinha. 




- Melhor coisa do mundo é acordar e ver logo esse paraíso pela manhã - gargalhei 



- Eu sei que você está adorando essa visão - sorriu convencido 



- Nem estou - dei de ombros 



Tae deu uma risada gostosa e depois veio se aproximando de mim. Em questão de segundos me analisou e depois colocou um sorrisinho no rosto com cara de quem iria aprontar. 



- ( S/n) ? - me chamou e eu o olhei 



- Que foi ? - franzi o cenho 



- Nada, esquece é besteira - bagunço os cabelos, pegou uma roupa e entrou de volta pro banheiro 



- É doido - respondi pra mim mesma e me joguei de volta na cama 





Continua...


Notas Finais


O que era que Tae ia fazer pra depois ter desistido da idéia? Kkkkkk

Até mais ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...