História The Submissa ( Imagine Park Jimin ) - Capítulo 26


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Ação, Bts, Romance, Violencia
Visualizações 942
Palavras 1.376
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura ❤

Capítulo 26 - Lutar por seu amor.


Fanfic / Fanfiction The Submissa ( Imagine Park Jimin ) - Capítulo 26 - Lutar por seu amor.



- Gostei de saber que você ainda não foi em nenhuma consulta minha - menti - Esta aí muito tempo ? - perguntei calma 



- Eu ainda não fui porque não deu, mas assim que der eu faço gosto de ir com você amor - sorriu - E não, eu cheguei agora, cadê o inútil do meu irmão?  - procurou ele com os olhos 



- Bem que eu senti cheiro de fracasso de longe - Tae disse enquanto descia as escadas 




- Como foi na consulta dela ? - me olhou e depois o irmão 



Taehyung me olhou por um instante e depois voltou a encarar seu irmão, fiquei uns minutos em silêncio e depois respondeu.  



- Ocorreu tudo bem, seu filho está ótimo - respondeu desanimado 




- Sua animação me encanta, irmão - gargalhou o recém loiro 



- Me empresta esse seu cabelo pra dar uma volta ? - debochou do irmão 




(...)




Os dois foram pro escritórios tratar dos assuntos da empresa, e vim me deitar um pouco, pois gravidez cansa a gente. É nessas horas que eu queria ter uma amiga pra conversar, é muito chato as vezes ter que conversar com um bando de homem, e Hoseok é o único que entende. Pena que ele teve que viajar pro Japão pra visitar seus pais, última vez que ele me mandou msg ele disse que tinha conhecido uma garota antes de viajar, e que volta logo pra ver ela e eu. 




- Posso falar com você? - olhei pra porta e era Jimin 




- Sempre - sorri por sentir a falta dele 



- Ainda não me perdôo? - se sentou do meu lado na cama 



- Eu não tô conseguindo - suspirei e o olhei 



- Eu posso te ajudar, com um simples gesto - se aproximou do meu rosto e eu fechei meus olhos 




Sentindo seus lábios macios tocarem os meus, abri meus lábios um pouco para ele poder passar sua língua, iniciando o nosso Beijo.  Como eu senti saudades desses lábios dele, como eu senti saudades desse homem, eu sempre precisei dele. Eu só queria conseguir esquecer essa história e volta para os braços dele, mas ainda não, preciso está curada da dor. 




- Desculpa, eu não quis atrapalhar - nos separamos ao ouvir Tae 




Ele estava parado na porta, e seu rostinho estava com uma expressão triste, pude notar que seus olhos estavam marejados e ele estava segurando o choro. 




- Somos quase casados, não tem porque você se desculpar por isso - Jimin disse sorrindo simpático 




- E-eu, desculpa - saiu do quarto e eu me levantei 




- Você vai atrás dele porque?  - Jimin perguntou 




- Eu já volto, preciso saber se meu amigo está bem - saí atrás de Taehyung 




Procurei ele em todos os cômodos da casa, mas não achei. Então resolvi procurar ele no jardim, então achei ele em pé de baixo de uma árvore com as mãos no bolso, ele estava de costas e não dava de ver o rosto dele. Me aproximei dele e parei na sua frente, e vi uma lágrima solitária escorrer por seu rosto assim que me viu. 



- Tae - limpei a lágrima - Desculpa por aquilo -  me senti culpada por ter magoado ele 



- Você não tem culpa, você é mulher dele, e e-eu, eu...- começou a chorar 



Não aguentei ver ele assim e por impulso o puxei pela gola da camisa e o beijei. Ele ficou surpreso no começo, mas logo me envolveu em seus braços e aprofundou o beijo, me apertando mais contra seu corpo. E logo pudeamos sentir o gosto das nossas lágrimas salgadas, pois ambos choravam. Ele eu sei o motivo, mas eu não sabia os meus, estavam confuso meus sentimentos. Nos separados e ficamos nos encarando por alguns segundos, seus olhos estavam vermelhos por causa das lágrimas, e seus lábios estavam inchados e vermelhos por causa do Beijo.  



- Porque me beijou ? - perguntou ofegante 



- Eu não sei, apenas senti vontade e lhe beijar - olhei pra baixo 



- Eu sei que foi por pena - o ouvi dizer é levantei meu rosto para o olhar 



- Não foi por pena, eu não sei que droga é essa, mas você está despertando sentimentos mais mim - respondi disparada 



- Mas você ama é meu irmão - disse triste e saiu andando 



- Ou talvez os dois - respondi pra mim mesma - Droga  (s/n)! - bufei de raiva 





(...)



Entrei de volta em casa com os pensamentos e os sentimentos a mil. Como eu posso estar dividida entre dos homens, que ainda por cima são irmãos. Eu tô muito ferrada mesmo. 



Assim que passei pela porta dei de cara com Jimin e Taehyung aos murros, e eu já sabia então que Jimin tinha visto então um beijando seu irmão.  Corri pra separar os dois, e quando Jimin ia pra cima do seu irmão de volta, eu me menti entre os dois colocando minha mão no peito de casa um, evitando os dois de separarem matarem. 




- Como tantas mulheres no mundo, você foi logo se apaixonar por a mulher que se tornará minha esposa e que espera um filho meu - Jimin dizia enquanto olhava o irmão 



- Eu não mando no meu coração, eu amei ela primeiro que você, quando ela ainda era aquilo que eu não gosto de dizer o nome, e desde o dia que ela escolheu você eu a respeitei, mas chega um momento que você não consegue segurar seus sentimentos - rebateu Tae 




- Parem com isso, a culpa é só minha, eu que sou a culpada por esta estragando a amizade de irmão que vocês tem - comecei a chorar 



- Não  (s/n), meu irmão nunca gostou de mim, você não tem culpa por eu ter te amado desde aquele dia que lhe vi na festa - explicou Tae 



- Para de dizer que ama ela, ela é minha - se alterou o loiro 



- Para de tratar ela como um objeto cara - pediu Tae 




- Eu não sou de ninguém, e não vou ficar nem com um e nem com outro, eu quero distância dos dois - Eu meio que gritei e os dois me olharam assustados 




- Você está terminando de vez comigo ? - Jimin Me olhou 



- Você não vai mais continuar morando comigo?  - perguntou Tae 




- Me desculpa, mas meus sentimentos estão confusos, eu não sei que droga é isso, mas eu amo os dois - os dois me olharam surpresos principalmente Tae por ouvir que eu amo ele também e eu comecei a chorar - E por causa isso prefiro ficar sozinha e longe de vocês, até saber o que fazer - disse por fim e subi para fazer minhas malas 




(...)



Estava no quarto arrumando minhas coisas. Jimin já tinha ido embora buscar as chaves da casa do Hoseok, onde ficarei morando com meu amigo, mas sozinha enquanto ele não chega. Escuto a porta do quarto se fechando e me viro e dou de cara com Tae. 




- Você me ama mesmo ? - perguntou baixinho 




- Pior que amo, amo os dois - senti meus olhos arderem - Por isso que não vou morar nem com um e nem com outro - expliquei 



- Tudo bem, mas saiba de uma coisa, você me deu um motivo pra algo, e esse algo é que eu não vou desistir de você, vou lutar por seu amor e no final eu quero ser o escolhido - beijou minha testa e saiu 




E eu comecei a chorar como uma criança, por ter deixado esse tipo de sentimento surgir por o irmão e Jimin. É difícil amar dois homens ao mesmo tempo. 




(...)




Jimin que veio me deixar na casa do Hobi, ele entrou comigo pra ajudar com as malas. Depois eu o levei na porta de saída, e antes dele sair ele parou me olhou e disse. 



- Eu não estou com raiva por você ter beijado ele, ou por esta sentindo isso por ele - pausou - Eu só quero que saiba que eu não vou desistir de você, e vou lutar por seu amor, e no final eu quero ser o escolhido - me deu um selinho e saiu. 




Continua...



Notas Finais


Bom, como já sabem vou ficar 3 dias no máximo sem postar..

Até mais ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...