1. Spirit Fanfics >
  2. The submission of the underworld (DAHMO) >
  3. "Prologo: Kim Dahyun"

História The submission of the underworld (DAHMO) - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpem a demora, problemas de família.

Capítulo 3 - "Prologo: Kim Dahyun"


Fanfic / Fanfiction The submission of the underworld (DAHMO) - Capítulo 3 - "Prologo: Kim Dahyun"

Capítulo 2

Título: Prologo: Kim Dahyun

 

“POV Dahyun”

 

Dahyun: Cuida da sua vida!- bati a porta na cara de Momo e me tele transportei para a cama novamente- Humana idiota... - falei encarando o teto me lembrando de alguns anos atrás-

 

-5 ANOS ATRÁS-

 

Eu estava deitada na cama lendo um dos livros que Momo havia comprado pra mim, eu amava tudo que a morena me dava, os livros me faziam aprender mais sobre os humanos, e também era uma experiência nova, por que de todos os humanos que já servi, ela foi a única que me deixava fazer coisas que eu gostava... Momo, diferente de todos os outros, era especial, ela era a única que eu realmente gostava de acompanhar, e também, era a única que eu não queria que morresse o mais rápido possível.

 

Esse era mais um dos dias que passávamos juntas, era tarde da noite e tínhamos voltado da empresa, Momo estava cansada e sentada na ponta da cama, reclamando como sempre.

 

Momo: Ah! Eu estou morta! Ser rica é muito cansativo!- falou tirando suas meias e as jogando em um lado do quarto-

 

Dahyun: Não reclame, foi você que quis essa vida...- falei concentrada no livro-

 

Momo: E dai? Achei que seria fácil e mais divertido...- bufou-

 

Dahyun: Devia ter pedido isso pra Deus em vez do diabo se queria assim... - debochei da mesma-

 

Momo: Acha que se eu pudesse não teria voltado atrás?- me olhou irônica-

 

Dahyun:- revirei os olhos-

Momo: Aish... Eu tenho tudo que eu sempre quis comprar, mas mesmo assim ainda falta alguma coisa...- falou pensando-

 

Dahyun: O que? Você já tem tudo!- olhei para a mesma-

 

Momo: Não... Eu não tenho um namorado...

 

Dahyun: Desde quando se preocupa com o amor? Achei que só pensasse em dinheiro...- falei voltando a ler-

 

Momo: Quem falou em amor? Gente rica não precisa de amor!

 

Dahyun: Então por que falou que quer um namorado!?- falei meio brava-

 

Momo: Sexo Dahyun! É isso que eu quero! - falou se deitando na cama- Acha mesmo que eu iria querer alguém para me encher o saco?

 

Dahyun:- corei levemente-

 

“O que é isso? Desde quando eu me sinto envergonhada com esse assunto!? Vá logo Dahyun! Você já fez isso milhões de vezes! Você é um objeto de prazer e tentação, nada além disso!”

 

Dahyun:- sacudi minha cabeça e sorri de forma maliciosa- Seu desejo é uma ordem... –apareci em cima da mesma-

 

Momo: Ah! Já mandei parar de aparecer assim do nada!- falou se assustando-

 

Dahyun: Daqui a pouco você acostuma... –falei me aproximando com um sorriso sugestivo- Quer satisfazer seu desejo comigo...?

 

Momo:- sorriu mordendo os lábios- Leu minha mente por acaso?

 

Dahyun: Eu sempre leio... - ri um pouco e aproximei nossos rostos-

 

Momo:- segurou meu pescoço e selou nossos lábios-

 

“Ficamos nos beijando de forma calma... Ela passou a mão por todo meu corpo e eu resolvi começar a esquentar as coisas...”

 

Dahyun:- tirei a blusa da mesma e comecei a beijar toda extensão do seu ombro, deixando leves chupões por ali-

 

Momo:- arfou por conta do prazer, logo inverteu as posições- Hoje vou te mostrar o que é prazer de verdade... - sorriu e logo atacou meu pescoço-

 

Dahyun: - gemi por impulso, mas logo tampei minha boca tentando me conter-

 

Momo:- tirou meu vestido me deixando apenas com minhas roupas intimas, distribuiu selares por todo meu pescoço e logo tirou meu sutiã com cuidando, assim abocanhando meus seios-

 

Dahyun:- mordi meus lábios me contendo e fechando os olhos por prazer-

 

Aquilo era diferente, ninguém nunca tentou me satisfazer, ninguém nunca queria saber disso, apenas queriam saber do seu próprio prazer.

 

Momo:- começou a descer beijando todo o meu abdômen, onde logo retirou minha calcinha e avançou na minha intimidade-

 

Dahyun: - Não consegui me conter e gemi alto-

 

Momo:- sorriu ao me ouvir-

 

Dahyun:- tampei minha boca e olhei para o teto apenas curtindo a sensação-

 

Naquela noite senti algo que nunca havia sentido, não me senti apenas como um objeto de prazer, senti-me realmente desejada... Foi estranho, me percebi sendo amada, o que foi o sentimento mais novo e puro, que em todos os meus anos de vida, já experimentei. A noite foi repleta disso, beijos, caricias e por incrível que pareça... Amor.

 

-ATUALMENTE –

 

Dahyun:- sorri bobo após lembrar- Que se dane, nenhum cara vai conseguir satisfazer Momo como eu! No final eu sempre vou ser a escolhida dela!- falei me levantando e aparecendo em frente ao seu guarda roupa- Não ache que se livrou de mim essa noite Hirai Momo!- pensei alto enquanto escolhia uma roupa-

 

“Escolhi uma roupa provocante, era um vestido vermelho, curto, que realçava bem minha pele branca, ninguém resistiria á mim... Mas na verdade, a única pessoa que pode me ver, é Momo, claro, se eu quiser que alguém me veja, posso muito bem fazer isso, mas Momo é a única que sempre pode me ver... Por isso escolhi uma roupa provocante o bastante para atrair a atenção dela todinha para mim!”

 

“Me tele transportei para o local do encontro, era um restaurante chique, apenas as pessoas mais ricas de Seoul frequentavam esse lugar, e claro, Momo era uma dela... Ela estava sentada em uma mesa redonda, logo em baixo do grande lustre de brilhantes, ela estava linda, como sempre, já o homem que estava em sua frente, não era bonito o bastante para ela.”

 

Dahyun:- me aproximei da mesma, dando um tchauzinho comum sorriso no rosto-

 

Momo:- arregalou os olhos e quase cuspiu o vinho que estava tomando ao me ver-

 

Homem: O que foi?- perguntou olhando para trás intrigado-

 

Momo: Nada demais! Acabei me engasgando por que tomei muito rápido...- falou segurando a mão do mesmo o fazendo olhar para ela-

 

Homem: Ah, tudo bem! Tome um pouco de água Srta. Hirai! - falou servindo água para a mesma-

 

Momo: Obrigada! - falou bebendo o liquido- (pensamento: O que faz aqui!? Não ia ficar em casa!?)

 

Dahyun: Achou mesmo que iria se livrar de mim meu docinho?- falei me sentando ao seu lado e segurando sua coxa-

 

Momo: (Pensamento: Não faça merda Dahyun!) - falou me olhando de forma mortal-

 

Dahyun:- sorri de forma provocativa para a mesma- E quem é o sortudo?

 

Homem: Quer pedir a sobremesa Momo?- falou sorrindo- Ah! Desculpe, Srta. Hirai!- sorriu sem jeito-

 

Momo:- sorriu falsamente- Pode me chamar pelo nome Oppa! Vamos deixar as formalidades de lado... - falou de forma fofa-

 

Dahyun:- revirei os olhos- “Oppa! Vamos deixar as formalidades de lado!” - disse imitando a mesma- Que viadagem é essa agora? - falei olhando para mesma-

 

Momo:- socou minha perna por baixo da mesa- (pensamento: É o dono da minha concorrente, Heechul! Se comporta!)

 

Dahyun:- revirei os olhos-

 

Heechul:- riu doce- Vou pedir um doce para nós, okay Momo?- falou olhando para mesma com um sorriso-

 

Momo: Okay Oppa!- falou fofa-

 

Dahyun:- me encostei na cadeira e bufei- Vai ser uma longa noite...

 

 

Continua...


Notas Finais


PRÓXIMO CAPITULO SERÁ POSTADO ENTRE 19:00 e 20:00 DO DIA 01/08 (sábado)

(Caso queira fazer contato direto comigo, favor chamar no meu instagram: @lais__porto)

Oi gente, postei fora do horário por que tive imprevistos com a minha família e com o trabalho, gostaria que entendessem e vou prometer não repetir akakak. Espero que tenham gostado do capítulo de hoje e que estejam ansiosos para o desenvolvimento dessa história.

Beijos no seus coraçõeszinhos e Tchauzinhooo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...