1. Spirit Fanfics >
  2. The Supernatural College. (A história de Sam Potter W.) >
  3. Cap. 7. Começando a aula do primeiro dia.

História The Supernatural College. (A história de Sam Potter W.) - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Gente.. Tenho que dizer.. Eu estava com um bloqueio criativo terrível mas acho que era pela história.. Estava me desanimando dela mas resolvi que devo continuar por vocês que lêem e estou planejando ela melhor..
Eu lembrei da série "desventuras em série" cujo vilão fica se disfarçando e perseguindo as crianças e achei interessante para a história..
Enfim jaja vocês vão entender o que eu estou falando.
Boa leitura😘

Capítulo 7 - Cap. 7. Começando a aula do primeiro dia.


Fanfic / Fanfiction The Supernatural College. (A história de Sam Potter W.) - Capítulo 7 - Cap. 7. Começando a aula do primeiro dia.

-- você estava desmaiado quando te encontrei, deve ter sido algum feitiço de sonho que evocou no subconsciente.

A senhora falou arrumando o óculos no rosto e só então Dean se deu conta que estava sentado no chão da sala com todos os alunos olhando para ele.

Se levantou do chão rapidamente sentindo um zumbido na cabeça e um pouco incomodo com todos os olhares sobre ele.

-- você esta bem mesmo Dean Winchester? Se não estiver pode ficar no quarto descansando.

Ela falou com uma expressão seria sobre os óculos grossos, a maior vontade do jovem Dean era apenas ver Sam naquele momento.

Ele sempre havia sido seu porto seguro, e é claro que Dean tentava ser o dele mas sabia que Sam muito mais forte que ele, afinal estivera preso num sótão imundo a vida toda e não havia enlouquecido, não que o loiro tivesse muita liberdade mas ao menos podia sair de casa para ir a escola e Sam havia aprendido tudo sozinho com um pequeno empurrão de Dean.

-- n- não eu estou bem.

Respondeu mais rápido do que queria e corou ao perceber alguns risinhos de fundo, o único que o olhava preocupado era Alexander, seu mais novo amigo.

-- então vamos seguir para a primeira aula de vocês, conhecimento da magia. Fica na sala 522. Aqui esta o cronograma de aulas, encontro vocês no fim do dia.

Ela falou e apareceram bilhetes nas mãos dos alunos com horários em 5 matérias diferentes e um broche em suas roupas.

Eles sairam da sala novamente pelos barris e seguiram em um corredor estreito ao lado da cozinha, aonde vinha um cheiro maravilhoso de peixe assado.

Ao julgar pelo tempo ele sabia que devia estar perto do meio dia e devido ao nervosismo nem tinha conseguido tomar café naquela manhã na hora da qualificação pelo chapéu.

Eles entraram pelo elevador que de novo subiu mais rápido que um foguete fazendo o loiro sentir um frio gélido na barriga e o gosto de vomito na boca sem vomitar dessa vez.

O bom é que chegavam rápido, em questão de segundos estavam no decimo nono andar em outro corredor estreito com varias portas e bem a frente deles a sala 522.

-- acho que podemos entrar né?

Alexander falou primeiro erguendo os ombros e olhando para Dean com ar confuso.

Quando ele responder a porta se abriu assustando eles.

E de lá saiu um senhor de meia idade de barba rala no rosto, parecia o mais jovem daquele lugar.

-- podem entrar calouros.. Pessoal os calouros da Lufa Lufa chegaram.

Ele falou os julgando pelo broche de texugo em suas roupas.

Eles foram recebidos por uma salva de palmas e logo o coração do jovem Dean errou uma batida Sam estava sentado na última carteira da sala.

Era uma sala grande com cerca de 200 alunos e isso era o numero total de alunos que tinha em sua antiga e pequena escola.

O loiro acenou para Sam e ele acenou de volta com seu sorriso de covinhas no rosto.

Por azar dos dois não tinha nenhuma carteira vaga perto de Sam então o loiro sentou na frente mesmo ao lado de um menino ruivo que não parava de rir dele como se ele fosse uma piada.

Dean olhou seu broche era da Sonserina e o nome combinava com ele, parecia bem "sonso" mesmo, "não que os sonserinos sejam sonsos."

-- olha olha, o menino lufa lufa medroso amante do moreno lá trás.

Falou rindo com seu grupinho e Dean o reconheceu era o mesmo que ria dele na hora da qualificação.

-- deixa ele em paz!

Sam falou do fundo da sala tentando manter o tom calmo sem sucesso.

-- quietos alunos! Prestem atenção!

O professor pigarreou e começou sua explicação sobre a matéria escrita no quadro: "conhecimentos de magia".

O professor pediu para todos pegarem sua varinha, Dean procurou dentro da bolsa mas ela não tava lá.

"Droga, será que deixei cair?"

Pensou alto e viu o professor o olhar torto.

-- eu não estou achando minha varinha.

O loiro falou mais alto tentando se justificar dessa vez levantando a mão.

Mas ouviu alguns risinhos vindos do lado.

-- como é sua varinha?

O professor perguntou o olhando sério.

-- ela é amarelada com uma pedrinha na ponta.

O loiro tentou explicar o mais breve possível sem entender como isso o ajudaria.

-- hum.. Achalares!

O professor fechou os olhos e ergueu as mãos para o alto e da sua varinha surgiu um brilho forte fazendo Dean fechar seus olhos pela claridade.

-- sua varinha esta na carteira do seu colega, vai para diretoria Neville Wiiller!

E ele bufou devolvendo sua varinha, agora Dean entendia os risinhos.

O loiro olhou para trás e viu sam fuzilar o garoto com os olhos.

-- bom agora eu vou ensinar vocês na prática o primeiro exercício, é sobre feitiço de levitação vocês tem que balançar a varinha no mesmo ritmo que o meu.. Assim..

Ele falou balançando sua varinha em uma sincronia perfeita e em seguida falando as palavras mágicas.

-- leviatann levitas...

Falou alto fazendo a varinha voar.

Sam já havia feito esse feitiço antes e quase não tinha duvidas que se sairia bem.

Já Dean..

Tentou a primeira vez e nada..

Balançou a varinha com mais força dessa vez e nada também..

O professor já estava o olhando torto quando o loiro ouviu um assobio baixinho vindo do fundo da sala o fazendo se virar.

Sam moveu os lábios falando algo em monossílabos.

Dean apertou os olhos para tentar ler melhor seus lábios.

" balança mais devagar, assim.."

Falou demostrando e o loiro sorriu, finalmente havia entendido.

-- obrigado.

Sussurrou de volta.

Em questão de segundos a sua varinha voou como a de todos os alunos.

-- muito bem classe, podem pegar a varinha do ar.. Vocês aprenderam o exercício numero um de levitação.

O professor falou sorrindo e Dean arregalou os olhos.

"se esse é o de numero um imagina os outros"

Dean pensou mordendo seu lábio.

O professor começou a desenhar algo no quadro, um círculo dentro de um quadrado e ambos giravam.

-- alunos, alguém sabe o que representa o quadrado?

Ele perguntou olhando um por um e alguns alunos levantaram a mão.

-- senhorita blaar?

Perguntou apontando para o fundo da sala para uma menina ruiva que sentava ao lado de Sam.

-- representa a magia e o círculo representa a arte de flutuar, o circulo esta dentro do quadrado para mostrar que na magia nada é impossível.

Ela respondeu mais rápido do que o normal com seu nariz empinado.

-- muito bem senhorita Blaar, 10 pontos para a casa da grinfinòria.

Ele falou e eu o loiro revirou os olhos, além de metida ela estudava na mesma casa que Sam.

Se ela se metesse com ele iria se ver  com Dean sem duvidas, mesmo ele não gostando nenhum pouco de confusão.

Enquanto isso na frente do colégio o temido Jhon winchester "caçador de monstros" e também meninos bons, estava um tanto diferente..

De barba postiça e óculos fundo de garrafa ele simulava ser um professor.

-- bom dia senhor?

-- Klaus.. Marquei entrevista com a diretora essa manhã.

Falou ajeitando o terno e alguém berrou no seu ponto do ouvido, mas somente ele podia ouvir.

-- estou procurando em meus arquivos..

A cabeça flutuante falou e começou a procurar pelos nomes na sua memória.

"-- Klaus Wilnton! Fala o sobrenome imbecil!"

-- Wilnton, Klaus Wilton..

Falou se concertando para cabeça flutuante.

-- sim, sim, entrevista hoje ao 12:00, Pode entrar.

A cabeça falou e os portões do castelo se abriram.


Notas Finais


E agora? 🤪


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...