História The Supernatural School- Jungkook - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias (G)I-DLE, 2NE1, ATEEZ, Bangtan Boys (BTS), EXO, HyunA, IKON, ITZY, Mamamoo, Mitologia Grega, Tomorrow X Together (TXT)
Personagens Byun Baek-hyun (Baekhyun), Chaeryeong, Donghyuk, Hongjoong, HyunA, Jeon Jungkook (Jungkook), Junhoe, Kim Jun-myeon (Suho), Park Bom, Personagens Originais, Soyeon, Yuqi
Tags Drama, Ikon, Jungkook, Romance, Sobrenatural
Visualizações 14
Palavras 984
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), FemmeSlash, Ficção, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Slash, Sobrenatural
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha só que voltou com mais um capítulo hehe desculpem a demora nenês, eu estava viajando e não tive tempo para escrever o outro capítulo. Mas agora, prometo a vocês que vou tentar atualizar mais rápido! :3

Bom, espero q gostem do capítulo e desculpe qualquer erro.

Até a próxima♥

Capítulo 2 - Desavenças


Fanfic / Fanfiction The Supernatural School- Jungkook - Capítulo 2 - Desavenças

Após alguns minutos de aula, o sinal bate e todos saem da sala. Fico ali, arrumando minhas coisas, e logo saio do local. Indo até meu armário. 

Deixo meus materiais ali, fechando o mesmo, e me deparando com um rosto conhecido. 

- Oi, Lizzie! - Diz Donghyuk, escorado em um armário ao lado do meu, sorrindo. 

- Oi, DK.- Digo, retribuindo o sorriso. - Como vai seu dia? - Começo a andar pelo corredor, indo até o refeitório. 

- Ah, vai bem. E o seu? - Ele começa a andar ao meu lado. 

- Vai bem sim. - Sorrio ladino, indo até o balcão da cozinha. 

Eu e Donghyuk continuamos a conversar, ele pega sua comida primeiro e vai até uma mesa qualquer, se sentando ao lado de alguns garotos. Pego minha comida, indo até as mesas, procurando uma para me sentar. 

- Aqui! - Donghyuk me chama, acenando para mim, indicando a mesa. 

Sorrio pequeno, caminhando até a rodinha de garotos presentes ali. Tudo estava ótimo, até eu sentir algo parado em frente aos meus pés, fazendo com que eu perdesse meu equilíbrio, e caísse logo em seguida. 

~ Aish... - Alguns alunos riam de mim, e outros conversavam entre si. DK se aproxima de mim, um pouco preocupado. 

- Lizzie! Está tudo bem? Se machucou? - Ele me ajuda a se levantar. 

Olho para minha blusa, toda suja de pequenos pedaços de carne e arroz. Me fazendo bufar. 

- Está tudo bem, só preciso trocar de roupa. - Me levanto. - Obrigada. - O olho, sorrindo pequeno. E o mesmo retribuiu. 

- Deveria olhar por onde anda, ratinha. - Escuto um timbre familiar, me virando, completamente furiosa. 

- Por que fez isso?! - O lanço um olhar mortal, e o mesmo dá uma risada cínica. 

- Não é meio óbvio? Você me incomoda. - Ele diz, em um tom seco. 

- Você é louco! Eu nem lhe fiz nada. - O olho, incrédula. 

- Você sabe o que fez. 

- O que? Te responder? Ah, me poupe! Você é tão baixo que isso me deixa até com dó. - Digo, vendo ele me olhar furiosamente. Segurando meu pulso. - Me solta agora! Isso dói. - Tento me soltar, mas ele acaba sendo mais forte. 

- Você me provocou, agora, não irei lhe soltar tão cedo. - Ele sorri perverso, me encarando, fazendo com que eu me arrepiasse. 

- (Droga! Eu não posso ficar com medo, não dele.) - Bufei, tentando me soltar. 

- Como imaginei... Fraca e indefesa. - Ele dá uma gargalhada, segurando meu queixo. 

- Solta ela! - Donghyuk se aproxima, o olhando furiosamente. 

- Oh, e quem seria você? O cãozinho de guarda dela? - Donghyuk rosna, o lançando um olhar mortal. - Olha só, e não é que eu acertei? - Ele me olha com um ar de deboche. 

Donghyuk se aproxima, tirando a mão do rapaz de meu pulso bruscamente, o fazendo arfar. O garoto o olha, rangendo seus dentes, revelando seus caninos pontiagudos. Olho meu pulso avermelhado, e logo encaro ambos, vendo o que fariam. 

O garoto o olha furioso, erguendo seu punho em direção à Donghyuk. Ele estava prestes a dar um soco no rapaz, até Sr. Foster aparecer e segurar seu punho. 

- Eu esperava mais de vocês, Donghyuk e Jungkook. Para minha sala, os dois, já! - Steve dita, completamente furioso. Donghyuk vai, e Jungkook fica, olhando o homem ao seu lado. - E você, Jungkook, vai ficar aí parado com cara emburrada enquanto me olha? Para minha sala, agora. - Jungkook revira os olhos e bufa, indo para a diretoria. 

- (Hum... Jungkook. Interessante.) - Olho o garoto ir embora. 

- E você, Lizzie, estou decepcionado com você. 

- Que?! Mas eu nem fiz nada! Jungkook que chegou fazendo com que eu tropeçasse. 

- Mas você o provocou também, tenho certeza. Eu te conheço, garota. Sei que não ficou quieta nem um minuto. - Reviro os olhos, permanecendo quieta. - Mais tarde conversamos, vá se trocar agora. 

Bufo, indo até meu dormitório.

 

*Quebra de Tempo*


Estava indo até a diretoria falar com Steve. Segui reto em direção à sala de espera da diretoria, abrindo a porta, vendo Jungkook deitado em um dos sofás, olhando para o nada. Reviro os olhos, me sentando em uma poltrona. 

- Está encrencada também, ratinha? - Ele me olha, sorrindo debochado. 

- Não sei ainda... E se eu estiver, a culpa é todinha sua. 

- Não, não. A culpa não será minha. Você me afrontou, todavia, está errada também. 

- Ah, tanto faz. Apenas não gostei do jeito que falou comigo. 

- Você bem que mereceu. 

- Assim como você também mereceu, nem pode reclamar. Você merece até bem mais que isso. 

- O que? Que seu cãozinho venha atrás de mim para me bater? Oh, dó. 

- Em que momento eu mencionei o Donghyuk? 

- Ah, Donghyuk? Este é o nome dele então? Bom saber. 

Suspiro pesado, e o garoto desvia o olhar. 

- O que o Sr. Foster disse para vocês dois? 

- Ah, ele nos deu uma bronca, só. Ele até que é bem bravo para um Centauro. - Rio fraco. 

- Ele pode parecer Inofensivo, mas ele é a pessoa mais estressada que eu já conheci. 

- Ele estava furioso, parecia que me daria uma coice a qualquer momento. - Rimos. - Hum... Até que você é legal, mas ainda não irei te deixar em paz. - Ele me olha, sorrindo perverso. 

- Afe, parece até que você é um demônio, e não um vampiro. - Ele ri baixo, sorrindo travesso. 

- Você ainda não viu nada...- Steve abre a porta, nos observando. 

- Estão se dando bem, crianças? 

- Não, só estamos conversando. Eu ainda odeio ela. 

- Igualmente, capetinha. - Ele ri debochado. 

- Bom, até mais tarde, ratinha. 

- Até depois. - Sorrio amarelo, entrando na sala. 





Notas Finais


Bom, espero que tenham gostado. Ando com um pouco de bloqueio criativo, mas consegui escrever. Espero que tenha ficado bom hehe
Vou tentar atualizar mais rápido da próxima, até a próxima! ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...