História The terribles Monsters - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Abo, Monstros, Romance, Yaoi
Visualizações 6
Palavras 1.021
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá essa e minha história de minha autoria! Uma simples fanfic para me distrair e entreter vocês, uma história inventada sobre mim e meus amigos! Obrigada por ler e bom proveito!

Capítulo 2 - Bem-Vindo


Fanfic / Fanfiction The terribles Monsters - Capítulo 2 - Bem-Vindo

Um tempo atrás ocorreu um acidente em um laboratório, fazendo monstros surgirem! Eles sendo mais fortes que os humanos conseguiram seu lugar, claro que alguns tiveram relações com humanos e fazendo surgirem os demi-humanos e isso fez as classes surgirem.

Os humanos, mais fracos e tendo muito população, diferente dos demi-humanos que são raros por que os monstros não querem se relacionar a raça que fizeram a própria desgraça, e também tem os monstros que são uma população bem cheia mais não quanto os humanos

Claro que os monstros precisam de esposas e tendo muito pouco mulheres monstro precisam casar com humanas, claro aí que começa a história das nossas protagonistas

EUA, Nova York

No centro de Nova York tinha um café para monstros, e o que isso se condiz a nossas protagonistas? Elas são as donas! Elas foram as primeiras a criarem lojas para a raça deles, sendo que naquele tempo eram "classe baixa" e criaram o café, logo e um lugar para encontra monstros e demi-humanos, claro que humanos também podiam entrar mais muito arriscado, não acha? Claro que muitas humanas entravam lá para encontra algum monstro para se casarem já que a maioria eram ricos e chamavam, a maioria, da atenção das mulheres e foi lá que nossa história começa!

°Na cafeteria°


Naquela manhã uma das donas do Café Sonho abriu a loja, e aquele era a cozinheira do Café Sonho a Michelly




Michelly uma ótima cozinheira, ela sempre chegava cedo no local para olhava as coisas para ver se estavam no lugar, para não tiverem um imprevisto na hora de atender os clientes


Enquanto ela olhava a caixa registradora, a segunda dona chegou a Maria




Maria era ajudante de Michelly, era a encarregada de fazer os Bolos e Donuts, ela era a segundo a chegar no local


Michelly:Maria, que bom que chgeou! Você poderia me ajudar a colocar os bolos na vitrine?


Maria:Claro, deixe-me te ajudar


Michelly e Maria logo começaram a colocar os bolos, novos no momento, na vitrine para chamar a atenção dos fãs da loja para saberem que aviam novos sabores


Logo quando estavam terminando chegou Miss




Miss era a garçonete do local, as vezes ajudava no caixa e limpava as mesas


Michelly:Miss que bom que chegou, daqui a pouco vamos abrir a loja


Miss:Desculpa por chegar atrasada, está tendo um engarrafamento


Maria:Sério? Mais tão cedo


Miss:Sim, parece que os mais importantes monstros iram para a casa dos líderes


Michelle:Parace que iremos ter clientes amais hoje


Logo chegou a quarta dona do local pela porta do fundo, a Vitória




Vitoria cuidava do caixa e das bebidas


Vitória:Até que enfim! Aquele engarrafamento estava devagar demais


Michelly:Estou com medo de não serem apenas os milhares de amigos íntimos dos líderes


Vitória:Não soube? Parece que e uma reunião importante, todos líderes de todos países vieram para conversarem


Maria:Bem se tem os líderes vão ter seus guardas costas e isso significa mais clientes!


Elas logo ficaram animadas


Miss:Vamos! Temos que nos trocar e começar o trabalho!


Logo elas se trocaram indo para seus postos, Miss logo foi abri a porta onde já tinha alguns monstros


Miss:Sejam bem-vindos!


Logo o local estava cheio, muitos em mesas separadas da bancada que estava completamente cheia, Miss corria pelo local apressada para atender todos, Vitória cuidava do caixa e das bebidas dos monstros na bancada, na cozinha Michelle e Maria cozinhavam bolos, pudins, cupcakes, chocolate quente e muitos outros doces que aqueciam os monstros naquele tempo frio, a rotina cotidiana logo foi mudada por dois monstros de preto, o primeiro furou a fila logo a Vitória ficou confusa, os monstros entravam em brigas só por outros tentarem furar a fila e eles não faziam nada?


Logo o mais alto falou


Monstro1:Queríamos uma entrega


Logo Vitória ficou animada, entregas eram muito importantes! Era em extrema quantia e isso podia ajudá-las a comprar novos utensílios de cozinha


Vitória:Claro! Poderia nos falar o dia que quer que entregamos e


O monstro logo interrompeu ela


Monstro1:A gente quer para agora!


Vitória:Mais senhor não podes, se fizermos agora teríamos que todas do local fizessem e não poderíamos atender os nossos clientes


Vitória logo tentou acalmar o monstro, eram normal muitos fazerem aquilo


Monstro1:Essa entrega tem que estar pronta para hoje!


Vitória:Por favor se acalme, tente nós entender, não podemos fazer agora, se o senhor tivesse vindo a uns dias atrás teríamos feito, mais para hoje não dá


Monstro1:Você acha que e pra quem essa entrega?! E para os líderes e se não trazermos nada, não vai ser apenas nos que vamos morrer


Logo o local ficou em silêncio


Vitória:E-eu não posso fazer nada


Vitória estava nervosa, como podiam fazer aquilo com elas? Ela estava tão preocupada


Vitória:Mesmo se tentássemos não daria tempo, nossos doces são complexos, e precisam de muita atenção e se não fizermos certo irá ficar péssimos então nós desculpa mais temos que negar a entrega


Logo o monstro1 ficou super nervoso, o monstro2 na porta saiu arrastando o outro por perigo dele ficar descontrolado e atacar a atendente


Vitória logo suspirou aliviada, voltando a atender os clientes que estavam perplexos pelo momento


°Seis horas depois°


Naquele momento as meninas fechavam o local para descanso do dia corrido, Miss estava jogada em uma cadeira na bancada do caixa


Miss:Estou morta!


Vitória:Imagine eu que fiquei fazendo bebida e atendendo os clientes ao mesmo tempo


Miss:Precisamos mesmo do dinheiro, não tinha lugares o bastante para eles


Michelle:Estamos quase conseguindo o dinheiro para fazer um lugar lá na frente da loja para os clientes


Miss:Sério?!


Maria:Sim, falta muito ainda mais se seguirmos o ritmo iremos conseguir e não será tão preocupante


Michelle:Sim, depois precisaremos de mais empregados, podemos ter um caixa e mais duas garçonetes


Miss:Isso será impossível


Vitória:Por que?


Miss:Eu tentei, e muito, achar pessoas para trabalharem aqui


Michelle:Sério?


Miss:Sim, os humanos falam que não querem ficar 24 horas ao redor de monstros, demi-humanos são filhos de pais ricos e monstros nem se diz!


Maria:Acho que será só nos quatro


Michelle:Sim, mais aí não precisaremos nós preocupar em pagar alguém


Todas começaram a rir mais pararam no momento em que alguém abriu a porta com força


°Continua


Notas Finais


Parece que você chegou ao fim, irei atualizar em breve aguarde! E tenha uma ótima leitura até lá


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...