História The three loves - Capítulo 60


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Kentin, Kim, Lysandre, Melody, Nathaniel, Peggy, Personagens Originais, Professor Faraize, Rosalya, Violette
Tags Alexy, Amor Doce, Armin, Castiel, Kentin Lemon, Nathaniel, Yaoi, Yuri
Visualizações 78
Palavras 1.549
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Meu deus ja o cap 60, que loucura

Capítulo 60 - Capitulo 60


Pv Nathaniel 

 Sair do banheiro e nao vi mais castiel ali, suspirei e sai do quanto precisava pedir desculpa a zaidi por ontem, oque ele deve ter pensando de mim, parecendo uma puta pegado coque um que ver pela frente. Estava no anda de baixo indo em direcao ao restaurente que era onde ele deve esta agora, vi um monte de pessoas indo em direçao ao restaurante, bom era normal ne para toma cafe da manha, mais alguns seguraças vindo correndo? Isso nao era normal, fui me aproximando ja ouvindo uma gritaria 

???:voce se aproveitou dele 

???:ele quiz 

 Castiel? Nao acredito que era ele ali gritado mais o zaidi, ele comecaram a troca soco e quebrando tudo em sua volta ate que os seguraças chegaram e os separaram, castiel passou por mim mais os seguraça mais acho que ele nem me viu, percebi que sua cara estava bem machucada e nao era so a dele o zaidi tambem estava com uns sangramentos, agora nao sabia quem eu ajudava o castiel ou o zaidi, por um estante eu pensei em ir ate castiel mais vi debrah chega com aquela cara de falcidade de preucupada, meu sanguem ferveu eu fiquei com raiva de velos juntos entao fui ate o zaidi, que agora estava andado sem rumo, cheguei mais perto e coloquei a mao em seu ombro, ele a segurou duma vez e parou o punho bem perto do meu rosto 

Zaidi:desculpa

 Se afastou e se sentou no chao com os braços apoiados nos joelhos olhando para o nada ate que uma mulher apareceu e deu um kit para ele sem fala nada mais pela a sua face nao parecia que as coisas iam fica bem para ele, me ajoelhei ao seu lado e peguei o kit o ajudando 

Zaidi:seu marido e bem esquentadinho em

 Sorri sem graça enquanto ele fazinha cara de dor com o alcool em suas feridas 

Nathaniel:e..na maioria das vezes 

 Terminei e me sentei ao seu olhando para o horizonte o seu azul e o sol atras de algumas nuvem 

Nathaniel:quero pedi desculpa por ontem, acho que acabei bebedo demais 

Zaidi:voce faltou rouba os estoque de bebidas do navio 

 Olhei para ele assustado, como eu nao lembrava muita coisa doque aconteceu onte, bom, so me lembro da transa de mais nada, entao claro que fiquei assutado pelo que o mesmo falou, sera que eu passei vergnha entre as pessoas?

Zaidi:e so uma brincadeira, voce so bebeu acho que umas tres garrafas e ficou num canto jogado...todo indefeso pronto para que um o levase e sabe la oque ia fazer com voce 

 Me olhou com malicia nos olhos enquanto sorria maldoso fazendo meu corpo estremecer, dei um pequeno tapa em seu ombro e rimos juntos ate que um dos seguranças apareceram 

seguranças:Zaidi o capitao quer fala com voce...e senhor pedidomos que voce dessa do navio na proxima parada 

 Zai se levantou e foi junto a ele enquanto eu percebia que minha lua de mel foi para os ares mais tambem que lua de mel nois ia ter? Eu trair castiel e ele me traiu como iamos fazer isso dar certo e fingi que nada aconteceu? Me levantei e fui em direçao ao quanto, entrei e ferchei a porta ouvindo um silecio absoluto ate senti braços me envolverem. Posso fala a verdade? Eu queria tanto me vira e abraça castiel para nunca mais larga-lo e fala que o amo tanto, mais meu ongulho foi maio, nao cometirei o mesmo erro pela segunda vez, tirei seus braços de mim e olhei seco vendo seu rosto com alguns curativos e isso me machucava ve-lo assim, passei por ele ja pegando todas minhas roupas para coloca na mala enquanto castiel fez cara triste e foi arruma a sua 

Castiel:me desculpe por estragar tudo 

 Nao o respondi e continuei a fazer oque fazia

Castiel:nathan voce nao e assim, porque esta fazendo isso?

 Perdi o controle e fui para a sua frente tentando inultimente fica da sua altura 

Nathaniel:tem razao eu nao sou assim, mais voce esta me forcando a ser assim...e me forcou a transa com outro 

Castiel:eu te forcei?

Nathaniel:sim, quando eu te vi com a debrah eu fiquei com raiva e quiz fazer o mesmo para voce saber o quanto que doi a traiçao 

 Me afastei e voltei a arruma as coisas enquanto ele venho para o meu lado 

Castiel:eu ja aprendi a liçao ok? mais voce nao precisa fazer isso

 Parei e percei, oque ele quiz dizer com isso?

Nathaniel:oque eu vou fazer castiel?

 Castiel nao falou nada apenas ficamos olhando um para o outro e de nosso labios nao saia nada

Castiel:me deixa

 Ate eu fiquei supreso com o esfronço que ele fez para pode falar e ate isso de uma certa forma era preciso, castiel tinha que aprende a nao olha so para si mesmo mais sim para os que ele ama, ele nao esta se importando comigo, ele so quer seguir os seus sonhos longe de mim enquanto eu sou obrigado a fica preso a ele

Nathaniel:eu...eu...desculpa, eu nao posso fica preso junto a ti enquanto voce esta por ai cantado e...sabe sela fazendo mais oque 

 Me virei de costa a ele mais logo ele me puxou e selou nossos labios, nao pude me seguraça mesmo que eu queria o empurra para longe de mim eu nao conseguia, eu precisava senti seus labios, pela ultima vez. Fomos imterronpido por uns dos segurança bate na porta e entra falando que ja estava chegando ao nosso detino, ao nosso ultimo destino 

 Terminamos de arruma e decemos do navio junto a algumas pessoas que iam conhecer a cidade, eu e castiel andavamos um ao lado do outro mais nem um fala nada ate que debrah aparece na nossa frente 

Debrah:o nosso jatinho ja esta nos esperando 

 Ele olhou para ela e depois para mim, era como se ele estivesse fazendo uma escolha dificil, o amor da sua vida ou os seus sonhos, claramente essa era uma escolha dificil, nao me segurei e perguntei 

Nathaniel:voce vem?

 Olhava para frente e depois para ele mostrando que era para ele me seguir, ele me olhou entrestecido e foi em direçao a debrah, as lagrimas brotavam ingual cacheiras e debrah apenas ria vitoriosa, nossa como eu queria alisa a cara dela daquele asfalto. Me virei e sem olha para tras eu fui, ja que era assim que ele queria que fosse ia ser, ia tira ele dos meus pensamento, ia tira-lo da minha vida, dos meus sonhos, dos meus desejos, castiel ia ser so mais um sonho impossilvel que eu nunca ia ter 

???:nathaniel

 Alguem me chamou e com a maio esperança de todas olhei para tras ja com o sorriso no rosto, mais a decepçao bateu na cara, infelismente nao era castiel, apenas zaidi 

Zaidi:me desculpe por nao ser quem voce queria que fosse 

 Falou percebendo minha cara de infelicidade, ele comecou a anda do meu lado indo pega um taxi para ir para o aeroporto 

Nathaniel:nao tem probelma...para onde vai agora?

Zaidi:bom, estou querendo volta para casa

Nathaniel:e onde fica?

Zaidi:canadá 

Nathaniel:la e um lugar bem bonito 

Zaidi:se um dia voce quiser ir para la, talvez nos cruzamos mais uma vez 

 Rimos juntos e pegamos o taxi ja que iamos para o mesmo luga nao necessitava de outro, quando chegamos zaidi pagou o motorista e fomos para a linha de voou 

Zaidi:sabe...acha que nao podemos ter mais uma noite?

Nathaniel:aaaaaa

 Nao saia mais nada, fiquei assustado com a pergunta inesperada do mesmo mais logo ele riu e percebi que era apenas uma brincadeira do mesmo 

Zaidi:ja vo nesse, talvez nos encotramos em algumas de nossas aventura da vida, adeus nathaniel 

 Respondi ao mesmo baixo vendo ele se afasta a cada passo que nada e mais e mais eu acabava me sentindo sozinho, vi o horario do voou e ele ja ia sair entao percebei que ia chega em paris as uma da terde, entao ligeu para armin 

 Telefone on 

Armin:fala 

 Parecia malmorado e dava para ouvi a voz de alexy e docete no fundo 

Nathaniel:oi armin 

Armin:nathan, como esta indo a lua de mel?

 Ser percebei eu comecei a funga 

Armin:ei oque aconteceu?

Nathaniel;voce pode ir la para minha cas...a casa do castiel as uma e meia 

Armin:claro mais para que?

Nathaniel:eu te explico la 

 Telefone off 

 Desliguei e continuei andado dando minha passagem para o homem na porta e depois entrando, sentando e uma poltrona macia e para minha alegrei ninguem se sentou ao meu lado. Algumas horas de voou e finalemente cheguei, entra daquele apertamento e nao ver castiel comigo era uma tortura, vi que a fachineira matinha a casa limpa e dragon bem alimentado, ele venho em minha direçao e pulou em cima de mim me lambendo, e para fala a verdade ate dragon me fazinha lembra dele, me ajoelhei no chao e o abracei começando a chora e o que me deixou sumpreso era que dragon fazinha barulho de choro tambem, acho que e por isso que castiel gosta tanto dele, era como se ele fosse uma pessoa e pudece ouvi meu pensamento e ia me dar sabios conselhos so com o olha, sem percebe acabei dormindo no chao de tanto chora 

Triste mesmo e quando quem foi tudo na nossa vida um dia vira apenas lembranças e saudades 


Notas Finais


Amanha acho que nao vai ter cap, ok

Tchau cambada


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...