História The Tide - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, Asia, Got7, Jackjin, Jacknior, Jackson, Jaejae, Jin, Jinson, Kpop, K-pop, Markbam, Park, Romance, Wang, Young, Youngbum
Visualizações 160
Palavras 1.511
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyon lovers!

Tudo bem com vocês? Só to aqui em cima pra avisar que esse é o ultimo capitulo da primeira fase da fanfic(provavelmente). A partir do próximo capítulo irá ter um avanço pequeno no tempo e as coisas irão acontecer mais rapidamente ;v

Boa leitura.

Capítulo 12 - Twelve


~ Autora P.O.V~

O dia acabara de nascer, as nuvens cinzas claras se mostravam no céu lindamente, o baixo canto dos pássaros próximos se faziam presentes, indicando ao garoto que havia passado a noite em claro que estava próximo da hora de ir as aulas matutinas. 
Após Jackson se despedir do garoto na noite passada, deixando-o surpreso, Jin ficara longos minutos parado na entrada do prédio, sem reação alguma, com uma de suas mãos pousada no local onde o platinado havia depositado um simples, porém apaixonado, beijo.

Jinyoung suspirou ao se lembrar da noite anterior, levantando-se da cama e indo ao banheiro no intuito de tomar um banho, adentrou o pequeno cômodo e rapidamente despiu-se, entrando debaixo da água morna em poucos instantes. O garoto havia passado a noite inteira em claro, pensando sobre Jackson e suas ações anteriores, perguntou-se a noite inteira se deveria confiar nele, chegando à conclusão de que o chinês havia se esforçado para conseguir seu perdão, além de ter dito que ele não estava praticando brincadeiras de mal gosto com o moreno, Jin não tinha certeza se poderia confiar totalmente em Jackson, porém ele decidiu que sua vida mudaria após chegar em Londres, e ele queria ser alguém diferente. 
Além de, mesmo sem admitir para si mesmo, Jinyoung havia gostado de Jackson. 
Após uma longa noite em claro, Jinyoung decidiu permitir-se criar uma amizade com Jackson.

Embora o garoto de cabelos negros soubesse mais do que ninguém que aquilo seria muito mais que uma amizade.

A água morna percorria o corpo magro de Jinyoung, o garoto estava a bons 20 minutos dentro do banheiro, pensando num certo alguém, até que finalmente saiu do cômodo, separando suas vestes apressadamente devido a pequena friagem ter o atingido. 
Após se vestir, Jin se olhou no espelho, checando se havia alguma  olheira em seu rosto, agradecendo mentalmente por não ter nenhuma, porém era evidente que não havia dormido durante a noite.

Jinyoung, após arrumar sua cama e organizar parcialmente o cômodo, pegou sua mochila, seu celular e chaves e partiu em direção ao gramado. Enquanto esperava o elevador decidiu checar as mensagens, surpreendendo-se ao não ver nenhuma vinda de Wendy, começando a duvidar se a garota compareceria as aulas hoje.

Ligo ou não?
Aigoo.
Melhor não, vai ver ela não mandou nenhuma mensagem por que não quis. Isso, foi isso.

Jinyoung estava tão absorto em seus pensamentos ao sair do elevador, que ao pisar o pé do lado de fora do prédio, surpreendeu-se muito mais do que o esperado pelo jovem de cabelos brancos que o aguardava do lado de fora. 
Jin caminhava distraído enquanto esfregava os olhos, evidentemente morrendo de sono, quando viu Jackson sentado no mesmo banco que o encontrara no dia anterior. A primeira coisa que o chinês fez ao vê-lo tão sonolento, esfregando os olhos e bocejando, foi sorrir e pensar em como ele era perfeito, logo depois levantou-se e se aproximou do garoto que estava parado na entrada do prédio.

Ele está realmente lindo.

- Hey! Bom dia, tudo bem? - Antes que Jinyoung pudesse se questionar sobre seu pensamento repentino, Jackson parara em sua frente, sorridente.
- B-bom dia, sim e com você? Mas... O que você está fazendo aqui? 
- Estou bem melhor agora. - Houve uma pausa completamente constrangedora onde Jackson olhava fixamente nos olhos de JinYoung, sem deixar de sorrir, fazendo o garoto de cabelos escuros corar. - Apenas decidi te acompanhar até o prédio, já que nós estudamos na mesma ala e etc, mas se você não quiser tudo bem, eu posso ir.- Jackson mudara seu tom de voz alegre, dando lugar a um tom preocupado. O platinado apenas queria o bem de Jinyoung, e estava disposto a fazer qualquer coisa para isso.

É tão estranho, sinto que irei fazer tudo que esse garoto me pedir, tudo ao meu alcance e mais um pouco, apenas para vê-lo sorrir. 

- Não. Quero dizer, eu gostaria de ter sua companhia até nossa ala. - Jackson se surpreendeu. Seu sorriso se alargando mais em seu rosto, como se fosse possível, ao perceber que Jinyoung estava sorrindo discretamente.
- Vamos então?

Jinyoung apenas assentiu levemente com a cabeça, e ambos começaram a caminhar juntos para o prédio destinado apenas a música. O percurso fora divertido, Jackson puxava assunto enquanto tentava contar piadas sem graças que faziam Jinyoung rir tanto ao ponto de andar com sua mão em frente a sua boca, esperando a próxima piada. 
Jackson achava aquilo adorável.
Ao que chegaram na entrada do prédio, sentaram-se embaixo de uma enorme árvore existente ali, esperando dar o horário das aulas se iniciarem.

- Eu fiquei muito triste quando soube que você tinha trocado de horário. - Jackson disse após curtos minutos de puro silêncio. - Foi muito cruel da sua parte.- Jackson era um especialista em drama, emrpegando seu papel perfeitamente, fazendo o garoto ao seu lado acreditar que ele estava realmente abalado com suas ações.
- M-me desculpe, hyung. - Jin abaixara a cabeça, envergonhado. - Eu já te expliquei que pensei que você fosse me fazer algum mal, me desculpa. - O platinado sorriu.
- Eu já te falei que não é hyung, é oppa. - Jackson o encarou, fazendo-o corar levemente. - Vamos, diga oppa. - Jackson implorara com um sorriso sínico e perfeito nos lábios. Não tinha como resistir. 
Jinyoung corou, olhando fixamente para o sorriso do chinês.
- Oppa.- Falara baixo, de forma quase inaudível, porém Jackson ouvira, e fora o suficiente para o garoto de cabelos brancos explodir de felicidade.
- Ah, por que você é tão fofo? Eu realmente não entendo, vou colocá-lo em um potinho. - Disse Jackson, sorrindo feito um deficiente mental, suas bochechas adquiriram um leve tom rosado.

Jinyoung sorria timidamente enquanto observava de relance o garoto a seu lado, sentia seu rosto esquentando, mas tinha certeza que fora causado por alguma outra coisa além dos elogios recebidos por Jackson. 

Ele é lindo.

Jinyoung passara a notar que o que sentia por Jackson era algo muito maior que amizade, mesmo que eles não tenham desenvolvido uma amizade favorável ainda. O garoto de cabelos escuros usufruía de um certo sentimento muito novo para ele desde que ganhara aquele buquê de rosas de Jackson. E após a longa noite que passara acordado pensando no encontro que tiveram anteriormente, Jin viu que o chinês realmente gostava dele, de alguma forma, o que o fez repensar suas ações.
Jinyoung passara a pensar em Jackson de outra forma, uma forma linda.

Jackson estava olhando fixamente para a frente, provavelmente vendo o pequeno tráfico de pessoas que passavam por ali, sem perceber que Jinyoung o observava de canto, maravilhado e pensativo.

"Você não está na Coreia, você está em Londres."

A frase que Wendy dissera anteriormente para seu precioso amigo brotaram repentinamente na mente do mesmo, fazendo-o criar uma ideia de que poderia se arrepender futuramente. Ou não.

Jinyoung, tomado por um milésimo de segundo de adrenalina e coragem, aproximou-se do garoto ao seu lado, seu rosto coberto em brasa e vermelho. Sem pensar, Jinyoung foi em direção a sua bochecha, depositar um beijo no local. O que ele não esperava era o movimento de Jackson que, virando-se rapidamente para lhe dizer algo, acabou sendo atingido nos lábios por Jinyoung.

Ambos ficaram extremamente surpresos: Jinyoung por ter beijado Jackson, e Jackson por Jinyoung o tê-lo beijado. O garoto de cabelos escuros assemelhava-se a um pimentão, naquele exato momento apenas gostaria de enfiar sua cabeça debaixo da terra e fingir que não existe.

- M-me d-desculpe. - Murmurou enquanto levantava apressadamente na tentativa de fugir dali, porém antes que pudesse concretizar seu pensamento, Jackson segurara em sua mão, impedindo-o de sair dali. Imediatamente o puxou delicadamente para si, o encostando na árvore, uma de suas mãos foram imediatamente para a cintura do moreno, enquanto a outra pousava em seu rosto delicado, acariciando o local.
Jackson olhava fixamente para os olhos de Jinyoung, ambos fazendo contato visual, enquanto aproximava ainda mais seus corpos. Jin sabia o que estava por vir, e por mais extraordinário que pareça, não estava com medo das futuras ações do platinado a sua frente. 

Finalmente o garoto de cabelos brancos acabou com a curta distância entre os dois, beijando-o. Após curtos segundos, passou a lingua levemente no lábio inferior de Jinyoung, pedindo passagem, não podendo deixar de sorrir ao que obteve uma resposta positiva.
Não era um beijo afobado e cheio de luxuria, fora um beijo calmo e lento.
Ambos se preocuparam apenas em sentir o outro e aproveitar o máximo, explorando os lábios do outro da melhor forma possível.
Jackson estava guiando o beijo da melhor forma que achara, dando mordiscadas leves nos lábios de Jinyoung algumas vezes, mas ao que tiveram que quebrar o beijo em busca de ar, ambos xingaram mentalmente por ter a necessidade de respirar.

Ficaram ali, olhando para os olhos do outro profundamente, respirando de forma pesada. Os olhos de ambos os garotos presentes ali brilhavam, expressando seus sentimentos da forma mais sincera possível.

- Eu acho que gosto de você, Jackson.

 


Notas Finais


Gostaram? Me desculpem pelos erros e por não estar tão bom e detalhado assim, além de eu estar morrendo de dor de cabeça eu nao sou boa escrevendo :/

Enfim, lovers, vocês tem twitter? Eu acabei de fazer um pois perdi a senha do meu outro snif snif. Então se tiverem, podem me seguir (se quiserem), sigo de volta se pedir e mencionar minha fanfic :3
@httpvictxrya

Bye lovers! SZ

cof cof ngm vai me seguir ne eu sei cof cof

Ps: GENTE CADE AS MONBEBES P SOFRER COMIGO NO TWITTER??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...