História The True Love - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), UNIQ
Personagens Cho Seung Yeon, Kim Sun Joo, Li Wen Han, Personagens Originais, Wang Yibo, Zhou Yi Xuan
Tags Kpop
Visualizações 9
Palavras 1.030
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Lemon, LGBT, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura <3

Capítulo 1 - Welcome To My House


- Acorde - disse Yixuan para Yibo - Hoje é o dia que vamos viajar, vamos rever o Seungyoun! se apresse!

Yibo ainda sonolento abre os olhos e sorri. A saudade do amigo era enorme, e a felicidade por poder viajar com seus amigos ultrapassava os céus.

- Acorde os outros dois, preciso fazer uma ligação - disse Yixuan.

Yibo sabendo que não seria fácil acordar um de seus colegas, preparou todo seu ânimo para prosseguir com sua missão.

Balançou o corpo de Wenhan algumas vezes mas o mesmo parecia estar hibernando. Depois de mais algumas tentativas falhas, Yibo perdendo sua paciência acaba desferindo um leve soco no braço do garoto, que acorda resmungando.

- Porque fez isso? Doeu! - Wenhan reclama.

- Sabe que hoje vamos para o Brasil, não podemos nos atrasar e você sabe o hyung não gosta de atrasos - disse Yibo se referindo a Yixuan - Vou acordar o Sungjoo, se arrume hyung, logo partiremos.

Yibo se aproximou de Sungjoo e o balançou levemente o vendo despertar em seguida.

- Bom dia, hyung mandou nos arrumarmos porquê logo partiremos para o aeroporto rumo ao Brasil - ambos abriram um sorriso enorme.

- Obrigado por me acordar - Disse Sungjoo e Yibo apenas fez um gesto com a cabeça.

Os três jovens se arrumaram rapidamente para que pudessem partir.

Depois de arrumarem rapidamente suas malas, foram em direção a saída da casa de Yixuan para irem ao carro. Se aproximaram do mesmo e viram Yixuan com uma cara de poucos amigos.

- Demoraram porquê? Se demorarmos mais um pouco vamos perder o vôo! - Yixuan disse em um tom severo.

- Desculpe hyung, não foi fácil acordar eles - Yibo respondeu com uma cara triste, sabendo que Yixuan não conseguiria ficar bravo se fizesse essa cara.

- Tudo bem, tudo bem, vamos! - respondeu Yixuan.

Todos entraram no carro, ficando na frente Yixuan e Sungjoo. O caminho não fora nada silencioso, ambos os quatro cantavam ou gritavam as músicas tocadas na rádio, entre trocas de sorrisos, gargalhadas extravagantes e felicidade.

Chegando em cima da hora, os meninos correram com suas malas para dentro do aeroporto e ecutaram seu vôo sendo chamado e se apressaram mais ainda. Depois de quase perder o vôo, dentro do avião os meninos sentaram em dupla, Yixuan e Yibo, Wenhan e Sungjoo, os 4 do mesmo lado.

- Hyung, demoraremos para chegar? - Wenhan olha para trás e pergunta para Yixuan.

- São vinte e quatro horas até o Brasil, vamos demorar um pouco - Respondeu Yixuan.

- Vai valer a pena - Sungjoo diz.

E assim foi a viagem, dormiram, conversaram e assistiam algum filme.

- Seungyoun, acorda, seus amigos já devem estar chegando e você ainda nem levantou! - Disse Maria, empregada de Seungyoun.

- Obrigado Maria, se você não me acordasse, eles me matariam por me atrasar - Respondeu Luizinho, seu nome/apelido que ganhou de seus amigos brasileiros.

A dois anos atrás, Seungyoun, cansado de viver na Coreia e seguir padrões que não concordava, resolveu se mudar de país. Foi uma difícil escolha, principalmente escolher o país, mas como já havia morado no Brasil, escolheu o país por gostar muito dele. Sua família rica, exitou em aceitar, mas vendo que o mesmo não desistiria, aceitaram sua decisão e ajudaram com os custos.

Luizinho se levantou depressa, indo direto para o banheiro de seu quarto e tirando sua roupa. Tomou um banho de quinze minutos e se trocou rapidamente, procurando as chaves do seu carro e correndo até o mesmo.

Seus cabelos medianos balançaram suavemente com o vento da manhã às 7 horas. O frio percorreu seu corpo e se arrependeu amargamente de não ter vestido uma roupa mais confortável e que aquecesse seu corpo.

Adentrou em seu carro e se dirigiu ao aeroporto rapidamente. Agradeceu mentalmente por sua casa ser próxima a ele.

Chegou ao aeroporto e viu que o vôo de seus amigos já havia chegado, se desesperou por saber que Yixuan era extremamente pontual e odiava atrasos. Correu para a ala de desembarque e viu seus amigos lá. Sorriu grandemente e logo foi notado por eles, que não deixaram de retribuir com um grande sorriso.

Correu para perto deles e abraçou cada um fortemente.

- Senti muito a falta de vocês, obrigado por virem! - Agradeceu Luizinho.

- Nos agradeça depois, você está atrasado - Disse Yixuan com uma cara ruim, que logo se desfez com um grande sorriso abraçando seu amigo.

- Desculpe hyung, tive uma péssima noite a acabei acordando fora de hora. - Respondeu Luizinho.

- Tudo bem, está perdoado, mas vamos logo, estou morrendo de vontade de comer comidas brasileiras. - Cortou Yibo, olhando esperançosamente uma confirmação de que comeriam algo logo.

- Vamos então, quando chegarmos provavelmente o almoço estará sendo servido. - disse Luizinho para Yibo, que abriu um grande sorriso.

No carro, os meninos soltaram suas vozes, e cada um cantava bem as músicas tocadas. Sempre brincavam de formar um grupo e debutarem, mas acabavam rindo no final por ser uma ideia impossível.

Alguns minutos mais tarde, chegaram na casa de Luizinho e se surpreenderam por ser uma casa bem grande. Entraram em sua residência e guardaram suas coisas nos quartos de hóspedes e desceram diretamente para a cozinha. Os meninos se surpreenderam com a mesa extremamente cheia de comida já pronta para serem servidas a eles.

Se sentaram na mesa e agradeceram rapidamente a Luizinho pela comida.

- Não agradeçam a mim, agradeçam a Maria que faz tanta coisa gostosa. - disse Luizinho sorrindo.

Maria se aproximou entregando pratos a cada um deles.

- Como se diz obrigado em português Seungyoun? - Perguntou Yixuan.

- Obrigado - respondeu Luizinho.

E assim todos agradeceram a Maria.

Depois de um farto almoço, os meninos se sentaram no sofá para descansar.

- Como foi ficar um dia inteiro no avião? - Luizinho pergunta rindo.

- Uma maravilha- Sungjoo disse ironicamente- Mas pelo menos dá para dormir uma boa parte do vôo, então passa rápido.

- Já passei por isso diversas vezes, entendo bem como é ruim - Disse Luizinho.

- Bom, se não se importam, vou dormir um pouco, estou cansado. Uma poltrona de avião não se compara a um bom colchão - Disse Yixuan.

Os outros três também disseram que iriam fazer a mesma coisa.

- Certo, então vou sair e resolver alguns assuntos, mais tarde volto e planejamos algo para fazermos - Disse Luizinho.


Notas Finais


Obrigado pela leitura, comente se quiser <3 elogios e críticas construtivas são sempre bem vindas ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...