1. Spirit Fanfics >
  2. The true Love alarm >
  3. Escudo

História The true Love alarm - Capítulo 2


Escrita por: pandinhapoper

Notas do Autor


Espero que gostem (perdoem qualquer erro)

Capítulo 2 - Escudo


Fanfic / Fanfiction The true Love alarm - Capítulo 2 - Escudo

Kim JoJo olhava confusa para os lados do vasto salão, que mesmo tão largo, os dois belos e altos rapazes estão perto o suficiente para que o seu love alarm tocasse, Kim JoJo queria correr, ir embora, mas, na sua cabeça, sua difícil missão de quebrar o escudo para tentar tocar o Love alarm de Lee Hye-young, ainda não estava completa.

Kim JoJo realmente queria dar chance ao seu novo amor, queria tentar novamente amar, mesmo que seu frágil coração ainda estivesse extremamente machucado pelas feridas do passado.. Com ajuda do seu perfil de desenhos, ela conseguiu um jeito de falar com o tal criador do famoso Love Alarm...

‘’Oppa, não vamos deixar o motorista esperando” – Yook-jo puxa o braço de Sun-Oh, que por impulso acaba puxando-o de volta

‘’Desculpe, vá na frente, tenho algo para resolver” – Sun-Oh segura as mãos da baixinha que não resistiu e foi embora.

Sun-Oh tentou ir atrás de JoJo, mas no meio dessa historia toda, ela já estava em outro andar, no caminho da sala do atual CEO, Hye-young foi junto, para garantir que protegeria sua amada..

“Vá pra casa Hye-Young, já esta tarde, pegue o último ônibus antes do sol se pôr” – Kim JoJo tentava mostrar o máximo de carinho ao mais alto

“Não vou, quero garantir de te levar para casa” – Hye-Young falou apertando o ultimo botão do elevador.

‘’Por favor, vá embora, não quero ser incômodo, por favor, vá!” – Dessa vez ela falou mais ríspida, mas sem perder o respeito –“alias, você estará indo para Busan amanhã, e se acabar perdendo o voo? Eu não tenho como pagar as passagens” – Ela fala em tom de brincadeira, o que faz Hye-Young rir, que concorda em ir embora, mas apenas se a menor avisasse quando chegasse em casa

JoJo estava com medo e ter alguém ali com ela não seria nada mal, porém, ela não queria que ninguém soubesse da existência do escudo, todos saberiam o motivo de não tocar o Love alarm de Sun-Oh, e poderiam achar que o seu love alarm ainda toca o dele, e ela não queria que Hye-Young pensasse isso.

Ao entrar na sala, Kim JoJo se depara com alguém alto, de cabelos lambidos para trás com gel, seus ombros eram largos, Kim JoJo realmente se assustou, pois na sua cabeça, o verdadeiro criador era Duk-Gu

“Essa visita é bem inesperada... nenhum ex colega veio aqui”– o mais alto se vira, confirmando que ele não era Duk-Gu –“posso saber o motivo da visita? Kim JoJo?”

“Ah... Desculpe se isso foi um incômodo, mas a 4 anos atrás, eu bloqueei meu love alarm, apenas o criador pode desbloquear, você poderia fazer isso para mim?’’– do início ao fim, o “criador” parecia extasiado, parecia nem saber sobre o que Kim JoJo estava falando-

“es...escudo?’’– JoJo apenas concordou com a cabeça – “Desgraçado, sempre fazendo coisas idiotas’’– ele sussurrou, mas alto o suficiente para que Jojo escutasse

“O senhor não sabe do que eu estou falando?’’– JoJo que antes mostrava tranquilidade, agora estava agitada, será que ela nunca mais conseguiria expressar seu amor? Nunca mais iria tocar o love alarm de ninguém?

“Não é isso” – o CEO deu uma risada tentando disfarçar o nervosismo – “Volte em uma semana, que resolveremos’’- Ele apenas se virou e foi embora, deixando JoJo sozinha na sala de reuniões..

 

Ela estava frustrada, aliás, quem não estaria? Ela só queria poder demostrar seu sentimento, só queria retribuir ao Hye-Young.

Quando Kim JoJo estava na parada de ônibus, esperando o último da sua linha, um carro luxuoso estacionou na sua frente, JoJo tinha noção de quem era, porém, queria que fosse mentira, apenas ilusão, seu dia já foi frustrante o suficiente.

“KIM JO-JO” – SunOh grita de dentro do carro –“KIM JO-JO, entra no carro, vamos logo” – JoJo finge não escutar, já havia feito Sun-Oh sofrer demais, e faze-lo sofrer novamente, era a última coisa que ela gostaria de fazer

JoJo nem sentiu quando Sun-Oh apareceu na sua frente, seus olhos brilhavam, como se estivesse prestes a chorar

“Por favor, entre no carro, está realmente frio” – JoJo acaba cedendo e entrando no veículo.

O início do caminho foi silencioso, até que Sun-Oh tomou partido

“não quero ser insistente, apenas quero saber o motivo de ter acontecido tudo que aconteceu” – JoJo já sentia o nó formar na sua garganta –“Se você quiser, eu nunca mais apareço na sua frente, nunca mais nem falo contigo” – ele estaciona para poder falar olhando nos olhos de Kim Jo-Jo

“Sun-Oh, eu....eu...” – Jojo tentava falar, mas suas lagrimas já estavam caindo – “Eu.... não posso amar, meu love alarm nunca vai tocar o de ninguém” – as lagrimas que ela estava segurando desde cedo, agora estavam escorrendo junto de sua maquiagem.

“Eu não entendo, como isso pode ser possível?” – SunOh segurou a mão de JoJo – “Eu farei o teu Love Alarm tocar o meu”

“Não.. você não vai conseguir, ninguém vai” – Jojo solta de sua mão – “meu love alarm está bloqueado” – essa frase foi a última de JoJo, que decidiu terminar o trajeto andando mesmo, deixando Sun-Oh sem entender nada no carro.

Assim que Kim JoJo subiu a terceira quadra, ela sentiu como se alguém estivesse a seguindo, o que faz com que ela apresse o passo, que infelizmente não é o suficiente

‘’Mundo ressoante? É você, não é?’’ um senhor puxa o braço de JoJo, a assustando

“Desculpa, mas não sei do que você esta falando..” ela tenta se afastar

“Claro que sabe, é você, você é a ‘’mundo ressoante’’ tenho certeza disso” – JoJo fica mais assustada ainda, quando o senhor tenta segurar seu braço, o que faz com que ela corra.

Por sorte, Sun-Oh estava seguindo a menor, não iria deixar que ela fosse embora sozinha naquele horário, Sun-Oh da a volta nas casas, para cair no beco onde havia beijado Kim JoJo pela primeira vez, que acabaria sendo o único lugar onde ela poderia se esconder...

Quando finalmente chegou lá, viu JoJo encolhida na parte mais escura do beco, ela estava com tanto medo, que chegava a tremer... SunOh chegou por trás, colocando um casaco por cima dela, que se assustou e acabou dando um sono no maior

“Ahhh” – SunOh massageia seu olho que ardia muito – “nunca imaginei que você seria tão forte”

Quando ela vai falar algo, Sun-Oh percebe que o suspeito estava próximo, ele a abraçou, fazendo com que os dois fossem imperceptíveis, SunOh escutava o coração acelerado de JoJo e JoJo escutava o coração palpitante de SunOh


Notas Finais


até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...