1. Spirit Fanfics >
  2. The truth of ours feelings >
  3. The mention of your name

História The truth of ours feelings - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Gente me desculpe pela outra fanfic, mas eu perdi minha senha do Spirit, e só encontrei agora.

Essa fic já está toda planejada por isso decidi não investir mais na outra.


Obs: Garanto que essa será melhor. Eu peguei a inspiração numa novela, mas nao sera parecida em tudo só no início pra ter um ponto de partida.

Tenho uma boa leitura.

Capítulo 1 - The mention of your name


Steve Rogers

Steve se sentia anestesiado, seu único irmão havia morrido. No chão uma porção de livros, contas, papéis, desenhos, tudo feito por ele, Bucky tinha um grande coração e foi fisgado por uma paixão, que não resultou em nada a não ser dor.

Ele limpou as lágrimas, vendo um papel diferente dos outros, estava amassado e molhada, Steve podia julgar que por lágrimas, lágrimas de seu irmão, aquilo o deixou louco.

Meu amado, Tony.

    Eu não sei o que vai ser de mim, se você tiver sido honesto em sua última carta. Nada faz sentido em minha vida se não for você, se não for amar você.

 Você é tudo para mim, me perdoe, minha jóia. Por favor, me perdoe. Meu coração tem chorado lágrimas de sangue desde que você disse não me amar mais.

Não quero exigir nada de você, não quero te obrigar a fazer o que não quer. Muito menos me agradaria te machucar, eu sinto muito por meu ciúmes infinito e minhas acusações infundadas me perdoe, minha jóia. Me perdoe.

   De Bucky Barnes.

Steve ficou gelado lendo aquelas palavras, mas ficou feliz vendo o nome do infeliz que brincou com seu irmão, agora tinha um ponto de partida.

— eu vou vingar você, irmão, eu não vou deixar isso barato. — o loiro chorou muito, como nunca antes. Seu irmão amou, mas jamais foi amado.

Minha jóia. A jóia era precisa e espinhosa, como uma flor que lhe dá o deslumbre e lhe arranca o sangue.

Agora ele tinha que encontrar Tony Stark, ele tinha que se vingar, tinha que faze-lo pagar, por seu irmão e por si também.

Steve se assustou com o toque do celular, buscando o aparelho por todo o lugar. Finalmente encontrou e pode ler o nome Thor.

— alô, Steve. — chamou o amigo preocupado. — eu estou aqui no México, tem certeza que não quer ficar aqui alguns dias pra esquecer um pouco do bucky?

Steve olhou todo o apartamento. Tudo lembrava Bucky, mesmo que eles não morasem juntos.

— eu estou bem, Thor. — ele voltou a olhar pra carta. — até descobri quem era o amante do meu irmão.

Steve pode ouvir um barulho de freada brusca de carro.

— quem é? 

— Tony Stark. — disse contendo o nojo na voz

— pera aí, Tony Stark? — perguntou Thor, confuso.

Steve frazio o cenho.

— não me diga que voce o conhece? — peguntou esperançoso

Thor suspirou do outro lado da linha 

— ele é o irmão de Loki. Eu não acredito nisso, não é possível.

Steve arqueou uma sombrancelha, tendo uma ideia, não seria difícil se aproximar dele Então.

— espera ele é irmão do seu noivo?

— sim, mas Steve. Eu conheço ele, Tony é um pouco genioso, tem uma língua afiada mas não faz mal a ninguém. Isso não é possível.

Steve bufou.

— não seja inocente, Thor. Quem parece não ser mal, são os piores. — falou seguro. — ainda está de pé, aqueles dias na sua casa no México?

Thor engoliu em seco.

— só se você prometer não fazer nada. 

— manhã mesmo nos vermos. — desligou o telefone na cara de Thor.

Steve pegou a foto do irmão, com um sorriso ladino nós lábios.

— está vendo, Bucky?. — pregunto a foto — Sao os ventos soprando a nosso favor. E é assim que vai continuar.

Steve limpou uma última lágrima, agora com todas as duas forças sendo encaminhadas a um único lugar, e seu odio a uma única pessoa.

Se lembrou de quando era criança e eles brincavam juntos, sem a maldade de alguém que só brinca com corações.

Não conseguia parar de imaginar como seria esse Tony o que tinha de tão extraordinário. Qual a cor de seus cabelos, de seus olhos, se era tão belo.

Steve saiu de seus desvaneios, ouvindo seu celular voltar a tocar. Viu o nome e bufou 

— o que há de novo, Thor? — perguntou desinteressado.

— eu preciso ter certeza que você não está criando numa ideia perigosa.

Steve se jogou numa cadeira, sabia que Thor seria sua passagem até Tony, então tinha que ir com calma.

— eu não estou criando nenhuma ideia, apenas quero passar um tempo com meu amigo.

 Não era mentira, Steve e Thor eram amigos desde pequenos, e agora tudo o que tinham um ao outro, já que a família de ambos estava morta.

— agora somos só nos dois. — ele sabia que Thor concordaria.

— e eu não acredito que Tony tenha feito nada disso. Ele não seria amante de Bucky.

— e porquê não? — Steve tentou conter o tom que saiu um pouco agressivo.

— porquê não tem motivos, Steve. Tony não é casado nem Bucky. Agora até amanhã.

— até. — disse desligando. — até amanhã, Tony. — falou olhando seu reflexo no espelho. 

Steve sabia o que tinha que fazer, tinha que se aproximar lentamente, e dar o bote no momento crucial.

Mesmo que isso significasse, virar alguém que ele nao era, menso que significasse se colocar no mesmo nível que o infeliz do Stark.

Steve conhecia o mundo de cobras em que algumas pessoas vivia, ainda não tinha visto Tony, mas já imaginava que tipo de pessoa ele era, alguém mal e sem sentimentos.

Steve deu um soco na espelho olhando seu reflexo, partindo em vários pedaços 

Tudo que restou para Steve foi o desejo de vingança, não tinha mais família, então destruir Tony Stark era uma questão de honra, e honra foi tudo que restou. 

Mas ainda assim o loiro se permitiu imaginar, o que levava Tony a fazer algo tão vil ganhar o coração de alguém apenas para machucar, apenas para humilhar. 

Onde será que se escondia o prazer, entre as dores de agonia do outro ou as lágrimas de quem perde quem verdadeiramente ama. Steve nao tinha do que se envergonhar, do ia fazer com Tony o que ele fazia com Bucky e provavelmente com muitos, era apenas retribuição, vingança, sem movitos pra drama.




Notas Finais


Espero que todos tenham gostado.

Pode dar as críticas ou opiniões de vocês.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...