História The Uggly Girl - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 6
Palavras 837
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Helloo
Espero que gostem da fanfic
Eu fiz ela +18 por que vai ter cenas dos personagens
Acho que vou postar muitos capitulos dessa fanfic
Por que eu nunca termino fanfic nenhuma ;-;;
Mas essa eu vou terminar :3

Capítulo 1 - The Uggly Girl - 1


Fanfic / Fanfiction The Uggly Girl - Capítulo 1 - The Uggly Girl - 1

                                                                 Portugal - Lisboa


                                                                                P.O.V Irís


Eu acordei entusiasmada, Hoje é meu aniversário de 15 anos! Nesse dia eu convidei meus amigos. Amigos não, A quem eu quero enganar? Só o Henry mesmo. Mesmo assim, Eu estava feliz com isso, Não é todo dia que fazemos aniversário. É somente uma vez ao ano. Só que nesse aniversário eu resolvi.. Comemorar somente com o Henry, Minha mãe está ocupada como sempre e meu pai não vai poder vir. Eu não quero comemorar com meus tios também. Eles vivem falando que eu devia me cuidar mais e eu não gosto de ouvir isso nem da minha mãe, Quanto mais deles. Eu levantei da cama e resolvi ver a hora, Eram 11:30AM.
- ''São 11:30? Eu tenho que me arrumar rápido..'' - Eu corri até o banheiro com algumas peças de roupa.
-Quebra de tempo-
Eu saí de lá as pressas, Até que meu tio me puxou pela camisa
- ''Aonde a senhorita vai?'' - Ele fez uma cara de sério
Esse.. É meu tio Sid. Ele é super protetor isso é meio legal, Mas ao mesmo tempo.. Chato.
- ''Eu vou sair com meu amigo, Não posso?'' - Eu o olhei
- ''Que amigo? Sua mãe deixou?'' - Ele cruzou os braços
- ''Claro que deixei.'' - Eu ouvi a doce voz da minha mãe atrás de mim
- ''Mãe?! Você não ia trabalhar?''
- ''Eu vou sim, Mas eu pedi um tempinho para falar com você.'' - Ela estava com uma caixa de presente na mão - ''Feliz aniversário minha princesa.'' - Aquelas palavras fizeram eu abrir um longo sorriso, Me deixou realmente feliz a atitude dela.
- ''Muito obrigado mãe! Eu te amo muito.'' - Eu abracei ela, Por mas que ela tenha dito várias vezes que não gosta de abraços.
- ''De nada, Antes de sair quero que abra ele viu?'' - Ela me olhou - ''Eu tenho que ir agora ouviu? Tchau minha linda.'' - Ela me deu um beijo na bochecha e foi embora.
- ''Bem.. O que será que tem aqui?'' - Eu balancei a caixa, Fazia um barulho bem estranho. - ''Eu não pedi nada a ela, Então ela que escolheu..'' - Eu abri a caixa e tinha um kit de maquiagem - ''É sério??''
- ''Sua mãe te deu um bom presente..'' - Minha prima riu - ''Se você quiser eu te maqueio.'' - Ela veio até a mim
- ''Não quero. Eu vou indo viu?'' - Eu fui para fora e fechei a porta com força - ''Onde já se viu?!'' - Eu olhei ao redor e no outro lado da rua estava o Henry. - Henry!! - Eu acenei e elevei a voz um pouco. Ele veio até mim. Ele estava.. Bonito.
- ''Olá Irís.'' - Ele estava com uma cesta de presentes na mão. Dentro tinha um urso com vários chocolates e uma jarra com vários papeiszinhos. - Toma, É seu presente. Feliz aniversário Irís!'' - Ele me deu o presente e me abraçou. Meu coração quase parou, Sem eu perceber eu estava chorando. - ''Eu fiz algo de errado?!'' - Ele saiu do abraço
- ''Claro que não seu bobo! Eu amei seu presente, Por isso estou chorando. Não de tristeza e sim de alegria'' - Eu sorri
- ''Ah, Boba. Se fosse assim eu ia comprar várias cestas dessas para te ver feliz assim!'' - O Loiro sorriu entusiasmado - ''Bem, Combinamos de almoçar, Ir no parque, Fliperama.. Temos um longo dia pela frente.. E melhor nos apressarmos né?'' - Ele me encarou com seus olhos azuis claro.
- ''Sim, Claro. Eu vou por essa cesta no meu quarto e já volto, Tá bom?'' - Eu entrei dentro de casa e puis o presente no meu quarto, Quando eu saí eu tranquei meu quarto com a chave, Depois de trancar o quarto eu saí de casa novamente.
- ''Vamos??'' - O loiro estendeu a mão
- ''Claro'' - 'Eu peguei na mão dele. Nesse dia estava tão frio que minha mão estava congelando. Tanto de frio quanto de nervoso. Quando chegamos no restaurante colocamos nossos casacos em um cabideiro e fomos diretamente para nossas mesas. E pedimos nosso almoço. Logo ele chegou em nossas mesas.
- ''Tem um cheiro tão bom..'' - Ele começou a comer e eu também
- ''Eu nunca comi aqui. Minha mãe falou que a comida daqui é muito boa, Agora vejo que ela não está mentindo..''
- ''Ela em total razão'' - O Henry sorriu
- ''Hoje você está muito risonho!'' - Eu rio
- ''É claro, É seu aniversário. Tem algo na sua boca..'' - Ele se aproximou de mim
- ''O que??!'' - Ele limpa o canto da minha boca com seu dedo
- ''Você tinha que ver sua reação!'' - Ele caiu na gargalhada e se afastou de mim
- ''Nossa, Como você é engraçado'' - Eu o olho
-Quebra de tempo-
Terminamos de almoçar e o garçom trouxe a conta, Nós pagamos pelo almoço e saímos do restaurante.
  


Notas Finais


Espero que vocês tenham gostado tanto quanto eu
Um beijo, Um queijo e até o próximo capitulo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...