História The Umbrella Academy (I'll come back for you Temporada 2) - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Arqueiro Verde, Batman, The Umbrella Academy
Personagens Bruce Wayne (Batman), Comissário James "Jim" Gordon, Oliver Queen (Arqueiro Verde), Personagens Originais, Roy Harper (Arsenal)
Tags Laummy, Nyssara, Olicity, Theroy
Visualizações 6
Palavras 791
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Ficção Científica, LGBT, Luta, Policial, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Voltei

Capítulo 7 - Hello Oliver


Fanfic / Fanfiction The Umbrella Academy (I'll come back for you Temporada 2) - Capítulo 7 - Hello Oliver

Pov Oliver

Eu estava no esconderijo treinando com Tommy, quando Felicity entra correndo.

- Vai tirar o pai da forca? - eu pergunto e ela não responde e me olho torto, sentando na cadeira.

Faz alguns dias que Felicity anda me tratando desse jeito, fria e fica me olhando torto. Ainda não sei o que aconteceu, mas eu vou descobrir.

- Temos algo pra Hoje? - Tommy diz tentando cortar o clima pesado.

- Não nada.- Felicity diz olhando para o computador.

- A qual é. Já vai fazer um mês que não fazemos nada. - Tommy diz frustrado - Parece que derrepente todos os bandidos decidiram parar de bandidar.

- Isso é verdade. Tem alguma coisa errada - Laurel diz entrando no Banker - Da última vez que isso aconteceu, tivemos que lidar com o Ra's.

- Pessoal captei uma coisa no radar - Felicity diz chamando nossa atenção - Atividade suspeita no galpão da Allis com a Dalle.

- Vocês ouviram - Eu digo já indo pro armário de uniformes - Se vistam.

*******quebra de tempo******

- Entramos - Laurel diz pelo comunicador.

- Tá vazio - Tommy diz olhando ao redor - Não tem nada aqui.

- Na verdade tem eu - Uma figura desconhecida diz enquanto caminhava até o meio do galpão. - Olá Oliver.

A pessoa era quase da minha altura, usava um uniforme preto e vermelho com capuz e usava uma máscara que cobria todo o seu rosto.Em suas costas carregava flechas e uma Katana, enquanto em suas coxas eu podia ver facas e em sua coxa esquerda eu vi uma espécie de coldre.

Sua voz era irreconhecível, pois usava um modificador sonoro, mas consegui sentir a presença do sotaque em sua voz distorcida.

Olhei para Tommy e Laurel acenei com a cabeça, enquanto eles iam andando para cercar a pessoa.

- Quem é você ? - Pergunto segurando meu arco firme em minha mão.

- Eu sou Prometheus - Prometheus diz com um ar de superioridade. - Meu nome de verdade não importa. O único nome no qual você deve se focar no momento é o de Slade Wilson.

- Slade Wilson ?- Pergunto com cautela, pois esse assunto é tão delicado pra mim quanto deve ser para o homem parado em minha frente.- O que tem ele ?

- Slade Wilson era meu pai e você o matou - Ele diz e tira a coisa que estava no coldre, e aperta o botão do lado o transformando em um arco - Vou fazê-lo pagar por isso.

Nós logo começamos a lutar, eu Laurel e Tommy contra Prometheus. Ele era extremamente habilidoso, desvia de vários golpes nossos e acertava em cheio em nós.

Em muito pouco tempo meu time já estava acabado, estávamos  cansados e machucados. Mas ele parecia estar muito bem, pronto para outro round. A esse ponto da luta, meu capuz já tinha saído assim como o de Tommy, mas nossas máscaras e a de Laurel continuavam em nossos rostos suados.

Durante nossa luta, pude perceber que ele estava um pouco relutante em lutar com Tommy e Laurel. Ele nunca atacava eles primeiro, esperava eles atacarem e se esquivava ou se defendia para não se ferir, mas nunca os machucava, apenas os cansava.

Quando estava em meus joelhos, me levantando, ele tira a Katana das costas e coloca a ponta em minha garganta, desse jeito consigo reconhecer a espada, era do Slade.

- Você luta bem, mas eu luto melhor - Ele diz se gabando e forçando a espada mais sobre minha garganta.

- Se vai me matar, me mata logo e deixa eles irem embora - Eu digo cerrando os dentes - Sua briga é comigo.

- Ah Oliver, burro e ingênuo como sempre - Ele diz se aproximando de meu rosto - Eu não quero te matar - Eu o olho com confusão - Eu disse que iria lhe fazer pagar por o que fez - Ele me solta e guarda a Katana.

- E o que você quis dizer com isso ?- digo tentando me levantando e falhando miseravelmente por conta do cansaço, olhando em volta avistando Tommy e Laurel no chão tentando se sentar e fracassando também 

- Olho por olho, dente por dente - Ele diz se encaminhando até os fundos do galpão - Ah e antes de ir embora, dê um oi pra Felicity por mim.

Eu o olho com os olhos arregalados, tanto pela primeira quanto pela segunda frase, pois percebi agora que desde de que entramos Felicity nao entrará em contato conosco.

- Quem era esse cara ? - Tommy diz com dificuldade.

- É o que eu pretendo descobrir. - Digo determinado a proteger minha família de quem quer que seja esse cara.



Notas Finais


E ai pessoal
Quem vocês acham que é o Prometheus?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...