História The Union - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bottom!jungkook, Bottomnochu, Jikook, Jikook Abo, Jimin, Jimin!alfa, Jungkook, Jungkook!ômega, Menção Namjin, Menção Taeyoonseok, Mpreg, Top!jimin
Visualizações 338
Palavras 1.118
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aqui está mais um capitulo, espero que gostem. Desculpe os erros, eu não tive tempo para revisar

Capítulo 4 - Capitulo 04


*Jimin*

Eu havia acabado de por Jungkook na cama. O mesmo estava em um pessimo estado, confesso que estou bem preocupado com seu estado de saúde, por que bem, é a ultima coisa que ele está. Fiquei pensando nisso, até que consegui ouvir batidas fracas em minha porta.

-Senhor. O rei Park Seokjin nos chamou para cuidarmos do ômega que vossa magestade trouxe. –Falou um dos curandeiros por detras da porta, pedindo autorização para entrar. Esta que não demorei a fazer, já que estava um pouco nervoso e preocupado com Jeon.

-Podem entrar. –Falei com um tom de voz serio e impotente. Meu appa sempre diz que devemos nos mostrar serios, apesar de não gostar de fazer isso o tempo todo, é nescessario, segundo meu appa.

-Com licença magestade. –Falou um beta entrando e se curvando em sinal de respeito, juntamente com uma ômega e uma beta.

            -Tudo bem, não há problema algum. Só quero que cuidem dele o mais rapido possível, eu estou bem preocupado com ele. –Falei para o beta, que apenas assentiu e chegou perto do ômega, para examina-lo melhor.

-Magestade, o senhor poderia se afastar, ou sair do quarto, seria melhor analisarmos os ferimentos com o maximo de atenção, por isso seria melhor se o senhor saisse, ou no minimo se mantesse longe. –Disse o beta com um tom receoso, com medo de que pudesse ficar com raiva ou ofendido com o seu comentario. Consegui notar isso, pelo seu tom de voz.

-Está bem. Eu vou esperar lá fora. Vou andar um pouco, mas eu quero que alguém me avise até que ele esteja cuidado e tratado de forma eficiente e cuidadosa. Ele é um dos selecionados, por isso ele tem de estar em seu melhor estado, o mais rapido possível. –Falei para o mesmo com um tom serio. Até poderia ser considerado grosso ou algo de genero, porém eu estava preocupado com o mesmo, e bem digamos que não estava em meu melhor humor no dia, porém, eu estava fazendo o maximo para não elevar ainda mais meu tom de voz.

-Sim senhor, magestade. Cuidaremos muito bem dele, ele está em boas mãos magestade. –Falou a ômega sorrindo e se curvado levemente, demonstrando seu respeito.

-Certo. Estarei andando pelo palacio, possivelmente no jardim dos. Espero em breve um relatorio de como está o estado de saúde do ômega. –Falei e os mesmos assentiram se curvando enquanto eu saia de meu quarto, onde o ômega estava sendo tratado.

Sai do quarto e fui em direção aos jardins do castelo. Lá sempre foi o meu refugio, além da cidade e do pequeno local em que encontrei Jungkook pela primeira vez. Confesso que da primeira vez que vi aquela paisagem, me senti mais relaxado e em demasiado feliz, por isso, já que normalmente estou bem ocupado com os assuntos do reino e dos reinos vizinhos, os quais são nossos aliados comerciais.

Cheguei ao jardim e fui direto para a fonte. Era relaxante, o barulho da água caindo, o barulho dos passaros e animais. E a principal animação dessa parte do castelo, é a cadelinha da familia, Lua. Nós demos esse  nome para a mesmo, depois da morte de sua mãe, já que ela estava bem velhinha. A mãe de Lua se chamava Amora, porém ela morreu, a mesma tinha 16 anos. A Lua nasceu faz um ano, ela é bem alegre animada. Mas ela fica por essa parte do castelo, por que da ultima vez que ela esteve lá dentro, a mesma destruiu o escritorio do meu appa. Acho que nem preciso dizer o quanto ele ficou furioso com ela.

-Jimin. –Acordo de meus devaneios ouvindo Hoseok me chamar, enquanto corria em minha direção.

-Ah, oi Hobi, achou alguma coisa lá? –Perguntei ao mesmo, não criando tantas esperanças, já que estava pegando fogo até depois que trouxe Jungkook para o castelo. Hoseok deve ter apagado o fogo após a chegada dos guardas.

-Sim, a única coisa que ficou em bom estado, foi essa corrente de ouro, juntamente com o adereço que vinha nela. –Falou Hoseok mostrando a corrente de outro, praticamente toda inteira, o que era bom, já que Jungkook saberia que ao menos uma coisa saiu intacta do pequeno ‘incêndio’ em suas coisas.

-Que bom, obrigado Hoseok. –Falei e o mesmo assentiu de forma leve e saindo em seguida do local em que nos encontravamos no momento.

 

(...)

Fiquei um tempo pensando em tudo o que aconteceu. Em menos de quarenta e oito horas, eu conheci um ômega, o qual qu consegui por alguma razar despertar alguma confiança, coisa que demora em demasiado para acontecer. Escolhi ele para ser um dos participantes da seleção, e por causa disso, a madrasta louca e estranha dele o agrediu. Eu achei ele no chão todo machucado, juntamente com suas coisas pegando fogo. Levei ele para o castelo, e nesse momento ele esta no meu quarto sendo tratado pelo curandeiro, enquanto eu espero ansiosamente noticias do mesmo.

As(o) concorrentes da seleção estavam chegando aos poucos, confesso que não estou com nenhuma vontade de ir para o salão principal para comprimenta-las, porém eu sou o principe, e tenho de mostrar o minimo de interesse na competição e em suas concorrentes.

Chego ao salão de forma discreta, para não causar tanto alarde. Pelo o que pude notar, já haviam chegado noves dos participantes. Havia quatro ômegas, três betas e duas alfas. Tods estavam lindos, algumas mostravam o ‘poder’ que ‘tinham’, outras eram mais timidas, outras mais ousadas e outros que nem pareciam tanto ligar para o que estava acontecendo.

-Magestade. –Chamou a ômega que havia encontrado mais cedo. A mesma é ajudante do curandeiro.

-Sim. –Respondi a mesma, que se curvou brevemente e começou a falar.

-O ômega já está bem, ele teve uma pequena fratura na costela, coisa que já estabilizamos e teve um ferimento não tão grave em sua cabeça, que também já está bem cuidado. O mesmo está repousando. Levamos ele para um dos quarto que já ficaram prontos para os participantes. Ele logo vai acordar, e a única coisa que ele deve fazer agora é não fazer muito esforço fisico e tomar os rémedios. Ele também tem de tomar cuidado com a postura, pois dependendo dela, ele pode prejudicar mais a sua costela, já que ele pode ficar pressionada e atrapalhar sua respiração. Bom é só isso, ele está no primeiro quarto a direita. Agora se me der licença eu preciso ir senhor. –Terminou de falar e se curvou em sinal de respeito, e eu logo assenti me despedindo dela.

 

Fico aliviado em saber que ele esta bem, agora ele só precisa tomar um certo cuidado, nada demais. Agora eu me sinto totalmente aliviado em saber disso.


Notas Finais


Então é isso pessoas, espero que tenham gostado. <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...