História The Untold Truth (vkook) - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan, Bangtan Boys (BTS), Drama, Hoseok, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kpop, Lgbt, Min Yoongi, Namjoon, Romance, Seokjin, Suga, Taehyung, Vkook
Visualizações 30
Palavras 1.415
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), LGBT, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Demorei mas postei. .
Comentem deixem suas opiniões ai povo

Capítulo 20 - Proposal


Fanfic / Fanfiction The Untold Truth (vkook) - Capítulo 20 - Proposal

 Por mais que as coisas não estivessem exatamente como gostaria seokjin podia jurar que dentre todos os cenários possíveis de um desastre, aquele era o menos assustador pois não estava sozinho e aquele que lhe acompanhava parecia disposto a mante-los vivos custe o que custar. 

-Eu peço a Deus que nos ajude -Diz Namjoon com o rosto apoiado no ombro de jin.

-Não sou religioso mas se Deus nos salvar eu juro que vou a missa -Seokjin diz enquanto inconscientemente acaricia a mão de Namjoon que envolvia seu corpo. 

-Será por um milagre que sobreviveremos -Namjoon dizia mantendo os olhos fixos na janela a sua frente coberta por uma camada de gelo, era como estar dentro de um caixão branco e gélido. 

-Que tal falarmos sobre outras coisas, podemos pensar em assuntos para nos destrair -Seokjin suspira fundo tentando manter a calma mesmo com um pânico crescente em seu coração. 

-Me fale sobre você, o que gosta de fazer? -Indaga Namjoon apertando mais ainda o corpo do rapaz contra o seu, o frio era um dos motivos para sua atitude mas no fundo de sua mente sabia que havia algo a mais .

-Bom, eu gosto de livros ,audio livros para ser mais exato é como ter um narrador só para mim enquanto fecho os olhos e imagino todas as coisas incríveis. -Seokjin soava nostálgico como se naquele instante pudesse ouvir as vozes de seus livros prediletos. 

-Que tipo de livros ? -Namjoon tira o foco da janela e volta toda sua atenção ao rapaz em seus braços. 

-Ficção, terror e magia, gosto de coisas que fogem a realidade me da uma sensação de que o universo é maior ainda e que eu poderia fazer parte de algo incrível -A voz de seokjin esbanjaca intusiasmo o que era um  otimo remédio para o medo que antes o tomava.

-Eu também gosto desse tipo de coisa, um dos meus livros favoritos é O hobbit, ja li mais de 20 vezes e não me canso -Seokjin sorri com a fala de Namjoon que parecia uma criança feliz ao falar de seu livro preferido. 

-É um ótimo livro, quando sairmos daqui podemos fazer um clube do livro o que acha?-Seokjin diz ainda acariciando as mãos de Namjoon. 

-Sim, eu adoraria -Namjoon da um doce sorriso.

-Você ate poderia ler para mim, tem uma bela voz-Seokjin diz sentindo seu rosto aquecer e podia jurar que suas bochechas estavam ruborizadas.

-Obrigado! Eu vou tentar ser um bom narrador -Namjoon diz timidamente e por alguns instantes o silêncio toma conta de tudo. 

-Eu nem sempre fui cego -Diz Seokjin repentinamente. 

-Oh eu não sabia, o que aconteceu pode me dizer? Se não quiser tudo bem .

-Um acidente quando eu era pré adolescente, um terrível acidente que mudou a minha vida,  tento não me abalar mas a verdade é que  nem me lembro mais como é a luz do sol ou o céu estrelado, mas o que me doi mais é que a cada dia que passa eu esqueço mais e mais o rosto da minha mãe, ela era linda e não queria esquecer algo tão belo como ela -Seokjin sempre evitava falar de seu passado, haviam dores profundas demais para serem mexidas, mal conseguia conter as lágrimas que caiam sempre que pensava em sua doce mãe.

-Eu sinto muito, sei que não deve ser fácil perder alguém que tanto amamos mas você não esta sozinho tem o Jeon -Namjoon diz levantando uma das mãos e secando as lágrimas do rosto de Seojin.

-Sim, ele é a unica família de verdade que eu tenho. 

-E seu pai ? -Namjoon sente o corpo de Seokjin tensionar ao ouvir a pergunta. 

-Eu não tenho pai, aquele que está no comando da empresa é só o homem que compartilha o mesmo sangue que o meu, mas pai de verdade nunca tive, aquele lá foi a razão da minha mãe ter morrido, foi tão grosseiro, rude, cruel e insensível que aos poucos a bela flor que era minha mãe murchou em suas mãos, Jungkook e eu vivemos o inferno na terra por causa dele e temo que ele venha arruinar nossa felicidade, principalmente agora que eu acredito que jeon encontrou o que realmente precisava, mesmo que não me diga sei que achou -Seokjin deixa um leve sorriso escapar entre as lágrimas.  

-Eu não sei exatamente o que ele achou mas se quiser e se um dia for preciso eu ajudo você a protege-lo -Namjoon diz se aconchegando ainda mais colado a jin.

-Eu iria adorar, vou cobrar essa promessa -Jin diz fechando os olhos e aproveitando o calor que emanava do enfermeiro.

-Pode cobrar-Namjoon sussurra no ouvido de seokjin e ambos permanecem em silêncio, não aquele constrangedor mas aquele onde as palavras são dispensáveis pois os gestos dizem tudo.

  A campainha ainda tocava insistentemente ao ponto de fazer Jungkook deixar sua cama aconchegante e os braços de seu amado para poder entender tamanho fuzue.Ao chegar no andar de baixo se depara com Yoongi sentado a mesa se deliciando com um belo café da manhã , o atleta se aproxima e fita o enfermeiro sem compreender a situação. 

-Por que diabos ninguém atende a porta ? -Diz ele irritado. 

-Por que o próprio esta la fora-Diz Yoongi cruzando as pernas e tomando chá. 

-O "próprio" quem? -Diz Jungkook completamente confuso 

-O diabo, até que não é feio mas da pra sentir de longe o cheiro de enxofre.-Yoongi da uma gargalhada se divertindo com a situação. 

-Me explica, diga o nome -Jungkook ja estava se enfurecendo com a insistência na entrada de sua mansão. 

-Jimin, o nome da criatura é Jimin -Yoongi se levanta e vai até o corredor deixando Jungkook para trás, após seu café precisava de um bom banho e nada iria estragaram aquele dia. Jungkook pondera se deveria continuar ignorando ou se atenderia Jimin, como a curiosidade lhe era um defeito o rapaz decide atender a porta e acabar logo com todo aquele alvoroço.

-Finalmente! Achei que meu dedo iria cair -Jimin nem ao menos espera ser convidado a entrar e ja vai em direção ao sofá, bufando jungkook fecha a porta e encara seu inimigo fixamente. 

-O que quer? Não tenho tempo para gastar com bobagem -Diz Jungkook seriamente. 

-É algo do seu interesse é melhor sentar -Jimin diz fingindo cordialidade. 

-Não obrigado, estou bem em pé -Jungkook cruza os braços e espera o rapaz falar. 

-Pois bem, é bem simples o que vou pedir, eu quero que você desista do campeonato -Jungkook ri alto, aquilo era a coisa mais absurda do mundo. 

-Você só pode ter enlouquecido -Diz incrédulos com a audácia de Jimin. 

-Eu falo muito sério, ou você desiste de tudo e deixa a vaga para mim ou eu vou espalhar aos quatro ventos o segredo do seu melhor amigo -Jung kook sente seu corpo gelar, suas mãos trêmulas se estendem para alcançar um envelope nas mãos de Jimin. 

-O que é isso ? -Diz Jungkook com a voz falha.

-Veja você mesmo -responde Jimin, jungkook temerosamente abre o envelope e se depara com um pesadelo em forma de foto-Como pode ver eu não estava a passeio na festa do seu irmão e foi bem fácil conseguir isso, ou voce abandona tudo ou eu mostro essa fotos do Taehyung em uma situação digamos bem suspeita com seu enfermeiro Yoongi, os dois na cama abraçados e trocando carinhos, é sua escolha ,sabe que se eu mostrar isso a carreira de ambos acaba e você também vai sofrer já que ambos vivem debaixo do seu teto e provavelmente são acobertados por você, não quer seu nome em um escândalo, quer ? -O veneno na voz de Jimin era quase palpável. 

-Eu ...isso é loucura -Jungkook sente como se o mundo fosse acabar ali mesmo tudo girava e seu corpo pende para o lado fazendo com que se apoie no braço do sofá. 

-Eu não sei se é loucura, mas que é real isso é, bom eu posso ver que está em choque por isso vou te dar dois dias para pensar na minha proposta -Jimin se levanta se aproximando do ouvido de Jungkook -Não ouse me testar, eu não blefo . O rapaz caminha até a saída e fecha a porta causando um estrondo que faz com que jungkook desperte de seu transe, a mente do rapaz vira um imenso emaranhado de pensamentos e dentre eles dois partiam seu coração

"Ele me traiu e agora vou ter que desistir do meu sonho por isso"



Notas Finais


Gostaram? Se preparem que vem chumbo grosso ...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...