História The vamp history - Capítulo 43


Escrita por:

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Tags Drama, Família, Romance, Sangue, Vampiros
Visualizações 24
Palavras 847
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Droubble, Ecchi, Esporte, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Lírica, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Orange, Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Slash, Sobrenatural, Steampunk, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii meus amores!!
Aqui está mais um capítulo fresquinho para vocês!!

Capítulo 43 - De boa na praia


Fanfic / Fanfiction The vamp history - Capítulo 43 - De boa na praia


-----------------------------------

---------Proximo capítulo------

Beatriz veste seu biquíni novamente enquanto Drogo está na garagem pegando suas pranchas, me sinto como uma boba em tentar surfar mesmo estando ansiosa, de repente sinto algo em minha cintura me puxando por trás que me pega de susto

Drogo: Amo tanto você... ( Ele sussurra em meus ouvidos e essas palavras saem doces e carinhosas) 

Beatriz: Essa noite vai ser só você e eu... (Sussurro de volta no mesmo tom)

Drogo: Será que você não vai encontrar outro lobo ferido no caminho?

Beatriz: Seu bobo, a Daiana irá me convidar para ir até sua alcateia se eu for bem vinda

Drogo: Eu não confio nela, o que ela disse sobre os lobos é tão antigo quanto eu, os lobos albinos não são fracos como ela diz e se for uma armadilha? 

Beatriz: Você pode ir comigo, esqueceu que você é o meu rei

Drogo: Eles não são muito acolhedores...Então vamos surfar minha sereia? 

Beatriz: Vamos!! 

Eles pegam as coisas e descem para praia caminhando, eles conversam sobre tudo e falam sobre conhecer o mundo, até chegarem na praia que os recebe com um sol brilhante e quente que ilumina a areia e as águas tornando uma paisagem belíssima

Beatriz: Vamos colocar nossas coisas aqui (Aponto para lá) 

Drogo: Perfeito, vou montar o guarda sol e deixar as nossas coisas em cima da canga 

Beatriz: Vou tirar essas roupas e ver como a água está hoje 

Drogo: Tudo bem!!

Tiro esses trajes e fico semi nua com meu biquíni enquanto percebo os olhares de Drogo em meu corpo ele me deseja tanto quanto eu o desejo é como se ele fosse meu oxigênio e nossos corpos necessitassem se tocar,  me aproximo de Drogo que está sentado em uma cadeira de praia, me sento em seu colo o provocando 

Drogo: Não vai nadar?

Beatriz: Vem comigo, tenho medo de tubarão... ( Sussurro em seu ouvido de maneira sexy o provocando)

Drogo: Eu protejo você minha sereia... (Ele aproxima seu rosto ao meu podemos sentir nossas respirações)

Nossos lábios estão quase se tocando com desejo e paixão de dois corpos que se atraem 
E então eu me levanto rápido 

Drogo: Você não pode me provocar e sair assim

Beatriz: Eu sou uma garotinha má preciso ser punida!! 

Ele se levanta e me pega pela cintura minhas mãos estão em seu peito com músculos definidos eu o acaricio enquanto ele me carrega em direção da água e dessa vez ele não pretende me jogar, ele me leva para o fundo onde ele sente o chão e eu não 

Drogo: Agora você não me escapa minha sereia...(Sussurrando em meu ouvido de maneira sexy eu olho em seus olhos levantando uma sobrancelha)

Beatriz: Não tenha tanta certeza, eu não sei surfar, mas sou uma excelente nadadora... (Falo sem desviar meu olhar de seus olhos cor âmbar)

Drogo: E você quer fugir agora? (Ele fala me desafiando, mas ele sabe que eu o quero tanto quanto ele me quer)

Beatriz: Não... Mas, você sabe o que eu quero (Eu falo em tom de brincadeira e ele entende me apertando mais em seu abraço que envolve minha cintura e meu quadril, enquanto minhas mãozinhas estão percorrendo seu pescoço e seu peitoral) 

Drogo: Eu sei muito bem o que você quer princesa!! (Ele se aproxima com seu rosto enfrente ao meu sem desviar seus olhos dos meus que o provoca tanto quanto minha boca deseja sentir o seu gosto) 

Nossos lábios vão se aproximando até se encontrarem, um beijo com paixão e desejo nos une mesmo ficando sem ar com esse beijo intenso parece que nosso toque é o nosso oxigênio, paramos o beijo ficando os dois ofegantes e sorrindo 

Beatriz: Uau!! (Eu sorrio para Drogo)

Drogo: Essa noite princesa será maravilhosa!! (Ele me diz ainda estando ofegante como eu)

Beatriz: Vamos surfar? 

Drogo: Vamos pegar as pranchas!! (Ele não me solta em nenhum momento me leva até a areia me deixando no chão)

Beatriz: Pronto para me ver passando mico? 

Drogo: Você não vai passar mico 
(Ele me entrega uma das pranchas ela é maior do que eu e ao toca-lá eu sinto uma sensação boa) 

Beatriz: Essa prancha era sua?

Drogo: Na verdade não, ela era da irmã da Daiana a garota de quem eu te contei 

Beatriz: Qual o nome dela?

Drogo: Thiana, não está com medo de usar a prancha por isso né?

Beatriz: Não, eu me sinto bem com ela

Drogo: Então vamos? 

Beatriz: Sim!!

Eles seguram as pranchas deitadas embaixo do braço e correm até a água 

Drogo: Antes de entrar na água você tem que aprender como subir na prancha

Ele coloca a prancha no chão e pede para que eu suba, eu fico de pé e ele me mostra como vou ficar...Após alguma explicações ele prende no meu pé um lacre com uma corda da prancha 

Drogo: Qualquer dúvida é só me falar, então vamos?

Beatriz: Acho que sim!! 

Eles entram na água e caminham com as pranchas na mão, mais nervosa que eu nesse momento só eu em dobro...

 

 

-----------------------------------

---------Proximo capítulo------


Notas Finais


Tchau meus amores até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...