1. Spirit Fanfics >
  2. The Vampire And The Angel >
  3. Capter lV

História The Vampire And The Angel - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpe os erros ortográficos

Capítulo 4 - Capter lV


Fanfic / Fanfiction The Vampire And The Angel - Capítulo 4 - Capter lV

[ Quarta-feira, 12 de maio de 2019. 8:30 ]

Mais um corpo foi encontrado, dessa vez em um apartamento no sul da cidade, um homem foi encontrado com o pescoço aberto, costelas quebradas e hematomas nos braços e pernas

- Certo sem sinais de arromabamento nas janelas e portas, aparentemente tudo no lugar então não foi um assalto. Obviamente não foi um animal

- Nome da vítima?

- Lee Do-yon, 35 anos naturalmente sul coreano nasceu em busan e tinha passagem na polícia por tráfico e violência doméstica

- Então eh casado.- pergunto me agaixando proximo ao corpo analizando cada detalhe

- Viúvo a esposa morreu em uma parada cardíaca a dois anos só morava ele e a filha de 9 anos

- E cade ela?

- Não sabemos, a garota sumiu após o ato provavelmente ficou assustada e correu ou então foi sequestrada

- Não acho que seja um sequestro não parece fazer o tipo do nosso assassino, não parece ter motivo para isso

- Você mesma sempre diz que eh inútil atribuir motivações para assassinos

- E eh! Porém não estamos lidando com um simples homicídio estamos lidando com um assassino em série que tem uma motivação um propósito, por isso acho que ele não sequestrou a garota

- Bom esperamos que não a polícia ta vasculhando a área em busca da garota

- A propósito cade a Jisso?

- Ta la fora interrogando os vizinhos

Eu assenti e continuei observando a cena do crime com atenção, meus olhos passeavam pela sala embusca de algo deixado pelo assassino, era uma clássica cena de homicídio simples a primeira vista. Um homem teria invadido a casa a vítima tentou lutar por isso a sala está revirada a filha ao ver tudo sai correndo para se esconder vizinhos notam a movimentação um pouco mais tarde e chamam a polícia tudo bem típico se não fosse pela causa da morte e os padrões entre os casos

- O que está procurando?

- Não sei talvez algo deixado para trás fora do padrão ou coisa do gênero

- Bom o lugar ta de cabeça para baixo até todos os testes sair não vamos ter certeza de nada.- Meus olhos estão atentos em cada detalhe quando noto algo interressante em cima do criado mudo

- Lisa essa eh uma cena de crime onde teve luta certo, todos os móveis e as coisas em cima deles estão de cabeça para baixo uma total zona.- eu me aproximo do criado mudo pego um copo de vidro com aparentemente tequila dentro e o levanto.- Então por que somente um copo ficaria intacto?

- Você eh boa.- ela disse sorrindo.- mas quem eh o doente que toma um drink depois de cometer um homicídio?

- Aish... Como você eh lerda, isso não eh do assassino eh da pessoa que estava com ele eh de quem assitiu tudo bebendo um bom drink

- Aaah, faz sentido... Agora me da isso aqui eu vou fazer o teste de DNA

Eu entreguei o copo e voltei novamente a atenção a cena do crime

Quebra de tempo: 14:15

- Você não vai acreditar.- Lisa disse entrando na minha sala e da Jisso

- O que?.- Disse a mais nova

- Yumi sabe o copo de tequila que você achou?

- Sei

- Então eu consegui achar DNA, e adivinha só, era de um cara que morreu em 2002 de câncer no figado

- Como eh que o DNA de um cara morto.- a mais nova cessou a frase arregalando os olhos e se levantou ficando na minha frente.- O cara do beco, no banco de dados ta que ele morreu não ta?

- Ta sim, mas o que tem haver?

- Larga de ser lerda! Você não percebe os dois estão conectados a esse assassino e os dois estão "mortos".- fez aspas

- Qual eh o nome do dono do DNA?

- Kim Seokjin

- Talvez o Tae-hyung o conheça, talvez ele possa até nos ajudar a solucionar esse caso ja que ele sabe quem eh o assassino

- Ta sugerindo o que eu acho que ta?.- a mais velha cruza os braços incrédula

- Vamos fazer um interrogatório um tanto informal.- digo com um sorriso divertido nos labios

- "Vamos?"

- Sim Lisa nós vamos interrogar ele 

- Eu não deveria me levar pelas suas maluquices mas... Fazer o que eh a vida

Nós rimos.

- Vamos chamar a Rose e jenie?

- Eh melhor não elas vão fazer hora extra hoje e se elas souberem o que queremos fazer elas vão nos deixar presa em uma cela até amanhã.- diz a mais nova se sentando em seu lugar

- Concordo, então nos vemos no final do expediente vamos ter uma noite das garotas.- diz a mais velha sorrindo divertido 

Quebra de tempo: 20:35

- Eh nesse beco?.- pergunta a mais velha com a voz trêmula

- Ta com medo?

- Pra falar a verdade eu to sim

- Relaxa e anda calmamente

Ela assentiu e começamos a caminhar lentamente, o barulhos de nossos passos ecoavam pelo local, o vento frio passava pelos meus braços me arrepiando e fazendo eu me arrepender amargamente por não ter trago blusa de frio

- Olha só se não eh Yumi e companhia.- Nós três cessamos os passos ao ouvir a voz divertida do rapaz atrás de nós, sua voz como sempre me causou arrepios eu me virei calmamente virando as garotas que por alguns momentos ficaram paralisadas

- K kim Tae-hyung.- disse a mais velha incrédula ao ver o homem que ontem viu no seu computador morto

- Sim Lisa?

- Sabe meu nome?.- disse alterada

- Sei o nome das cinco, jenie,Lisa,Jisso, Rose e Yumi

- Estamos aqui para perguntar sobre o assassino em série que você diz conhecer.- Fui direta ja que as garotas estavam um pouco incrédulas

- O que querem saber?

- Queremos saber quem eh!




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...