História The Vampire Diaries (BTS) - Capítulo 50


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink, BLANC7, EXO, Got7, Jay Park, K.A.R.D, Kim Nam-joon / Rap Monster, Momoland, Monsta X, Red Velvet
Personagens B.M, Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.L, D.O, D-Lite (Daesung), G-Dragon, Irene, J.Seph, Jackson, Jay Park, JB, Jean Paul, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jiwoo, Joy, Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), K-Kid, Kris Wu, Lay, Lisa, Lu Han, Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé, Sehun, Seulgi, Seungri, Shinwoo, Show Nu, Somin, Spax, Suho, T.O.P, Taeyang, Taichi, Tao, Teno, Wendy, Won Ho, Xiumin, Yeonwoo, Yeri
Tags Kim Namjoon, Rap Monster, Romance, The Vampire Diaries, Vampiros
Visualizações 98
Palavras 1.572
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Lírica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiê meus amores olha eu aqui de novo. Bora para mais um tiro? Amanhã tem outro mais não mey e sim do Bangtan, quem aí tá com o colete furado de tanto tiro? Levanta a mão 🖐🖐🖐🖐🖐🖐🖐🖐🖐🖐🖐🖐🖐✋✋✋🖐🖐✋🖐✋🖐👐👐👐🙌🙌🙌

Capítulo 50 - O dia em que o mal ganhou


Pude te reconhecer assim que te vi

Como se estivéssemos chamando um ao outro

O DNA nas minhas veias me diz

Que você é quem eu venho procurando

Nosso encontro é como uma fórmula matemática

Um mandamento religioso, providência do universo

A evidência que o destino me deu

Você é a fonte dos meus sonhos

Pegue, pegue

Minha mão se estendendo até você é o destino

Não se preocupe, amor

Porque tudo isso não é uma coincidência

Nós somos completamente diferentes, querida

Porque encontramos nosso destino

Desde o dia da criação do universo e continuando

Através dos infinitos séculos e continuando

Na vida passada e talvez na próxima também

Estamos para sempre juntos

Any on

Já se havia se passado alguns dias desde que eu acordei, ainda estava no hospital, ainda estava mim sentido fraca, não conseguia falar direito.
Todos os dias resebia a visita do Kook ainda não tinha notícias da Hyu, ela também está enternada aqui. Quero sair daqui logo, não aguento mais ficar aqui.

- Oi princesa. - Diz Jimin entrando com uma bandeja de comida. Apenas sorriu, aquilo não era comida de hospital, era a comida que o Jin faz, eu sei que é.

- Está com fome?- Mexo a cabeça positivamente, ele sorri e coloca a bandeja nas minhas pernas.

- O Jin que fez pra você, todos estão com saudades, hoje eu vou cuidar de você tudo bem? - Acinto e ele começa a mim dar comida na boca, estou mim sentido um bebê desse geito.

Agata on

Após quebrar muitas coisas na minha casa por saber que a Any está acorda ouço a campainha tocar vou até mesmo e sorrio maligna quando vejo quem está na porta.

- Olá Ly quanto tempo. - Digo sorrindete e a mesma somente sorri da mesma forma.

- Entre. - Digo dando espaço para que ela possa passar, a mesma entra e fica olhando cada canto da minha casa.

- Pensei que ficaria com meu pai. - Digo fechando a porta.

- Não, lá é muito chato prefiro ficar aqui com você e então quais são as novidades? - Diz ela se jogando no meu sofá.  Sento no outro a encarando vamos ter uma longa noite.

Lisa on

- E então o que descobriu? - Pergunto para o Mark e a Sophia que estavam sentados nos puffs do quarto.

- Achamos um lugar que podemos ir e ficar lá até que a Any e a Hyu estejam recuperadas. - Disse Mark

- E também podemos encontrar mais pessoas que podem nos ajudar a acabar de vez com a Ágata. - Diz Sophia

- Ótimo, e quando vamos? - Pergunto

- O quanto antes melhor. - Diz Mark

- Então vamos buscar as garotas no hospital e vamos. - Diz Namjoon entrando no quarto de uma vez e se jogando na cama ao meu lado.

- Que feio ouvindo a conversa dos outros. - Digo com os braços cruzados

- Não tenho culpa se sou um vampiro. - Diz ele dando de ombros. Reviro os olhos e continuamos a conversa.

Seul 1998

??? On

Correr era a única que sabia, eles iriam pagar pelo que fizeram, eu preciso sair daqui logo.

- Bruxa, pega a Bruxa. - Todos gritavam com várias tochas em mãos.

Só sabíamos correr e correr, nada mais além disso. Não podíamos para se éramos pegas.

Minha mãe acaba caindo no chão eu volto até ela para ajuda-la a se levantar.

- Não, vai salve sua vida minha querida. - Eu estava chorando muito e negando com a cabeça.

- Elas estão ali, vamos! vamos. - ouvia mais gritos e passos ligeiros vindo em nossa direção. De repente minha mãe tirou um colar do pescoço.

- Pegue esse colar, não o tire nunca mim prometa isso. - Acenti com a cabeça- Agora vai salva a sua vida você é muito importante pra mim minha filha se salve. - Diz ela, nego com a cabeça.

- SAI DAQUI AGORA - Grita ela mim assusto, volto a correr mim escondo atrás de uma árvore e vejo vários homens pegando minha mãe a levando embora. Era o fim da minha mãe, era o fim da minha família.

Narradora on

Todos já estavam prontos para tirar Any e Hyu do Hospital, mais eles não eram único, Ágata estava preparada também. Sua amiga  Suzi-ly iria ajuda-la a conseguir o que ela queria já que ela era a única que os sete não conhece.
Já estava tudo pronto, todos estavam em suas posições agora era a hora de tirar a Any e Hyu daquele hospital, pode ser ou seus amigos ou seus inimigos.

Ágata on

Já estava tudo preparado, estávamos apostas, eu e Sam estávamos no carro enquanto a Ly foi buscar a Any, é hoje que levamos essa garota para casa.

Kook on

Estava ancioso, suando frio, mesmo que a Any não esteja 100% iríamos tirar ela dali hoje, a Hyu estava melhor que ela mais também não estava tão bem.
Já estávamos no hospital, Lisa e Mark foram ao quarto de Any e Namjoon e Sophia ao quarto de Hyu, eu e o resto dos garotos esperávamos na sala de espera pelas meninas. Meu coração estava acelerado, não via a hora de poder cuidar de Any longe daqui, longe dessa cidade, longe desse país, longe de tudo.
Eu irei cuidar dela sempre e para sempre, eu a amo e não a nada e nem ninguém vai mudar isso.

Suzy-ly on

O que posso dizer, adoro uma aventura, além do mais eu não poderia deixar minha amiga sozinha não é mesmo? Podemos ser demônios, mais somos unidos, sempre que um chamar nos viremos ao socorro.
  Além do mais, esse assunto é de todos os demônios, e sabe por que ? pelo simples fato de ser um modo de liberta todos os 9 mandamentos, todos acham que conheçe a história verdadeira, mais as vezes quem está engando e mentido não são os demônios e sim o próprio clã das deusas.
  Eu iria ajudar, iria tirar Any dali, custe o que custar, de hoje não passa. Hoje sairemos vitoriosos, eu sinto isso.

ANY ON

Não poder mim mexer direito, não pode conversar é algo super difícil, eu não sei quando mim comunicar, não sei como fazer isso. Ando tendo sonhos estranhos, como se fosse mensagens escondidas, mas não consigo desifra-los e ainda por cima não consigo falar a ninguém.
  A espera e a anciedade são enormes, que sair logo daqui, mal posso esperar para a Lisa chegar e abrir aquela porta e dizer" É hora de ir para casa". A coisa que eu mais espero esses últimos dias é isso, a volta para casa e eu sei que voltarei hoje, tenho certeza que sim.

- Olá Any. - diz uma garota que eu nunca vi entrando em meu quarto com uma seringa na mão, Arregalo os olhos e sinto meu coração acelerar.

- Calma não vai doer nada . - Diz ela sorrindo macabro, logo ela injeta algo em mim, segundos depois estou apagada.

Hyu on

Posso dizer que a sensação de que algo está errado é muito grande a cada segundo que passa, eu não sei o que está acontecendo lá fora, não sei como estão os outros. Resebi poucas visitas desde que acordei mais sei que hoje é o dia em que sairei desse hospital.
  Ainda sinto muitas dores, tonturas, enjôos  e tudo de ruim que acontece quando você acorda de um coma, mais a sensação de que algo está acontecendo e está errado é muito maior que isso.

- Oi pequena. - Vejo uma carinha abrindo a porta e sorrindo com aquelas lindas convinhas, seguido de uma garota que nunca vi antes, acho que seu nome é Sophia.
  Eu estava animada, meu coração estava acelerado, mais uma ponta muito forte causa pela aquela sensação estranha acaba com o meu subtu de que está tudo acontecendo como deveria, mas aí uma lembrança.

- A-Any- Sussuereei quase sem som algum ja que ainda não consigo falar direito, mais foi o suficiente para que Namjoon ficasse com os olhos arregalados.

- Calma está tudo bem,ela está bem, a essa hora já esteve estar indo em direção ao carro/van na qual vamos tirar vocês daqui, não se preocupe. - diz ele acariciando meus cabelos, mesmo que aquilo mim de um pingo de esperança que esteja tudo bem, não sinto que ela esteja mesmo bem. Algo mim diz que ela não está bem.

Lisa on

Estava animada para tirar a Any dali, queria que ela lembrasse de mim mais ainda não lembra, ainda não. Bato na porta e colo apenas meu rosto pra dentro.

- Oi...Any? - Olho para a cama vazia e meu sorriso e alegria some de uma vez só,. Olho por todo o quarto a procura da mesma, mais não acho. Minha preocupação já estava muito grande.
.
- Mark. - Grito o garoto assim que saio do quarto.

- O que foi? Cadê a Any?- Diz ele com o semblante preocupado.

- Eu não sei. - Digo já  chorando. Aonde essa menina está?

Ágata on

Não acredito no que vejo vindo em nossa direção. Abro um largo sorriso, não é que ela consegui mesmo.

- Não pode ser. - Diz Sam incrédula ao meu lado, eu sabia que ela ia conseguir, tudo que ela quer ela consegue.

- E então o que faremos agora? - Diz Sam ao meu lado.

- Agora salvamos os mandamentos e dominamos o mundo. - Digo sorrindete, assim que a Any é colocada dentro do carro desacordado e a Ly entra o carro começa a andar. Hoje vencemos. Agora podemos comemorar.



O dia em que o mal vence pode ter certeza esse dia não será o melhor dia da sua vida e nem a vida de ninguém.


Contínua.......





Notas Finais


Pow💣💥 bomba foi estourada. O que acharam? Mim fale nos comentários quero saber se ainda estão vivos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...