História The Vampire of my Life - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Jikook, Namjim, Yoonmin
Visualizações 90
Palavras 642
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura bebês 😘💜

Capítulo 3 - Novo Dono


Jimin PV

Minhas lágrimas caíram sem eu perceber e tentar controlar. Minha ficha não tinha caído ainda do que meu pai fizera.

Fui tirado daquele quarto para ver esse tal filho. Fui arrastado pelo corredor (que por sinal era muito bonito)  que tinha tipo umas colunas na parede e vários quadros pintados possivelmente da família e de paisagens.

Fui levado possivelmente para sala de estar um pouco rústica e moderna. Não tinha TV ou telefone. Por que vampiros gostam de viver no passado?

Chegando lá, fui jogado no chão ajoelhado e Seojun gritou :

- JEON JUNGKOOK!!

É um menino alto apareceu no topo da escada. Um menino bonito de cabelos negros e olhos da mesma cor. Ele me encarou e Seojun disse:

-Feliz aniversário meu filho!

O menino o encarou com um olhar de raiva e disse friamente:

- Me trouxe um humano para me agradar ou se desculpar? Porque meu aniversário foi ontem e mais uma vez você não estava.

-Desculpa tive que resolver umas coisas que envolviam seu presente.

O menino bufou e disse :

- Tanto faz, já estou acostumado mesmo.

Seojun deu uma risada satisfatória e disse :

- Então já está pronto para voltar a escola segunda? - (já era sábado) 

-Aquela prisão? Sim estou se é que você quer ouvir.

"Eles são mesmo pai e filho?" era só isso que eu pensava.

Seojun disse:

-ótimo- veio até mim me soltando das algemas na hora tentei me soltar mas os seguranças me seguraram  - leve o garoto até o quarto de hóspedes, amanhã iremos comprar roupas para ele e matrícular na sua escola.

O menino bufou de novo e disse:

-Vai ficar parado aí garoto?

Os seguranças me soltaram fui subindo as escadas atrás do menino

Logo atrás Seojun fala:

-Toma cuidado meu filho, esse não é amançado.

No caminho até o meu novo quarto o menino não disse uma só palavra, só abriu a boca pra falar um frio " entre" 

Entre no quarto e ele logo atrás. Não aguentei a curiosidade e perguntei:

-Você é seu pai não se dão bem?

Ele me olhou com seu olhos negros e disse:

- primeiramente sou eu quem faço as perguntas aqui porque você é o estranho aqui dentro de casa e segundamente não, eu e meu pai não nos damos bem.

Fiquei um pouco surpreso com sua atitude e sussurrei um "ata" falar com esse tipo de pessoa é um pouco difícil pelo jeito. Comecei a olhar ao redor e ele disse:

-Agora eu que  pergunto, qual é o seu nome? - perguntou como quem não quer nada. 

-Park Jimin- respondi no mesmo tom. 

Ele me respondeu:

-Eu sou Jeon Jungkook - disse perto do meu pescoço que me fez arrepiar - seu novo mestre - perto da minha orelha. 

Sai de perto na hora e disse : 

-O que você acha que tá fazendo?-perguntei assustado. 

Ele logo respondeu: 

- Já disse que sou eu que faço as perguntas aqui- me encarou- mas se quer saber estou reconhecendo seu cheiro.

-Pra que? 

- Pra me acustumar com ele, para não achar que você é um estranho. 

Olhei pra ele sem estender ainda do porque ele fazer isso. Nossos olhares se encontram ficamos nos encarando por uns 30 segundos. Ele desviou o olhar e me disse : 

- fique a vontade, ali tem um banheiro - apontando para uma porta - se for tomar banho agora eu te empresto uma muda de roupas. 

-Okay. 

Quando ele estava quase saindo eu o chamei :

- Jungkook! 

-oi? 

- Obrigado. 

Ele não me respondeu logo saiu e eu fui tomar o banho. Demorei um pouco mais do que devia pois estava pensando no meu pai mas logo os meus pensamentos foram parar em Jungkook e eu senti minhas bochechas esquentarem. 

 Me enrolei numa toalha que tinha ali e sai do banheiro quando entrei no quarto tinha umas roupas dobradas(provavelmente do Jungkook)  em cima da cama. 

Vesti as roupas. Problema: elas ficaram muito grandes e largas. Sorte: tinha o cheiro DELE.  






Notas Finais


GENTE ME DESCULPE PELOS ERROS DO CAPÍTULO PASSADO PFF.
Espero que tenham gostado do capítulo e até o próximo.
Beijos meu bebês 😘💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...