História The Virgin Prostitute (Camren G!P) - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Ally Brooke, Ariana Grande, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane, Fifth Harmony, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Little Mix, Normani, Selena Gomez, Shawn Mendes, Zayn Malik
Personagens Ally Brooke, Ariana Grande, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Jade Thirlwall, Jesy Nelson, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Leigh-Anne Pinnock, Normani Hamilton, Perrie Edwards, Personagens Originais, Selena Gomez, Shawn Mendes, Zayn Malik
Tags Ally Brooke, Anitta, Ariana Grande, Camila Cabello, Camren, Camren G!p, Demi Lovato, Dinah G!p, Dinah Jane Hansen, Dua Lipa, Fifth Harmony, Jelena, Jerrie, Jerrie G!p, Justin Bieber, Lauren G!p, Lauren Jauregui, Laureng!p, Little Mix, Lucy Vives, Normani Hamilton, Norminah, Norminah G!p, Personagens Originais, Prostituição, Prostituta, Selena Gomez, Semi, Semi G!p, Shawn Mendes, Vercy, Vercy G!p, Vero G!p, Veronica Iglesias, Zayn Malik
Visualizações 956
Palavras 1.401
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiee Camrenzinhas Shippers!!! Como estão?! <3

Olha que voltou!!! E não, eu não morri...

Me desculpem pela minha demora. Eu juro não demorar mais tanto tempo para postar mais capítulos. Eu prometo não demorar muito tempo. Sorry

Mas chega de enrolação, e vão ler o capítulo que é melhor. ;)

Capítulo 17 - Obsessão


Fanfic / Fanfiction The Virgin Prostitute (Camren G!P) - Capítulo 17 - Obsessão

POV Lauren Jauregui

Obsecada

Obcecada é uma pessoa que está cega, apaixonada, encantada, deslumbrada, desvairada, louca, pertinaz, firme, obstinada e inflexível. Eu realmente não sei qual desses adjetivos eu me definia agora. Mas eu estou me sentindo assim, Obsecada por uma garota que eu mal a conheço.

Agora realmente não tinha mais dúvidas. Eu estava completamente louca... Louca de desejo por uma adolescente de 17 anos, que por acaso eu mal à conhecia. Mas misteriosamente, por motivos que eu desconheço por mim mesma, eu estava obsecada por Karla. Ela de alguma forma mexeu com os meus sentimentos. Tudo o que eu julguei ser certo, por anos. Ela quebrou barreiras em volta de mim. Ela conseguiu quebrar o muro de gelo que se formou em volta do meu coração. Como ninguém nunca tinha conseguido antes. Ela conseguiu de alguma forma me ajudar em meio de toda essa bagunça que está a minha vida. Ela com o seu sorriso puro, contagiante, alegre e encantador. Mexeu comigo de uma forma que agora eu estou completamente obsecada em saber tudo sobre ela. Não deveria ser assim! Nunca foi assim com garota alguma!

Eu estou realmente fazendo um papel de troxa à esperando aqui nesse bordel. Eu nunca na minha vida entraria em um lugar como esse. Se algum paparazzi me visse entrando em um lugar como esse. Com certeza seria notícia nos jornais, revistas, Tv's, blogs de fofocas e etcetera. Porquê não é todo dia que se vê Lauren Jauregui, uma figura pública como eu entrando em uma casa de prostituição. Isso com certeza iria destruir a minha imagem e minha reputação. Mas eu não estou nem aí. Eu iria fazer qualquer coisa só para ver Karla novamente e saber se ela está bem. E cá estou eu esperando ela, a garota que em pouco tempo já tinha me encantado. É... 2 à 0 para você Karla.

Eu estava nervosa e principalmente com medo. Eu tinha medo que ela não quisesse mais me ver, depois do que eu fiz à ela. Eu não tiro a razão dela, se eu estivesse no lugar dela eu também estaria com raiva de mim. Ela tinha suas razões para nunca mais querer me ver novamente. Mas eu tinha as minhas razões. Eu queria vê-la novamente, eu queria saber se ela está bem, não era só isso o que eu queria saber, eu também queria saber tudo sobre ela. Karla é um mistério para mim. Quem me dera não ter expectativas.

Eu realmente não queria que as coisas tivesse sido daquele jeito. Eu não queria ter assustado ela. Mas as coisas simplismente sairão completamente do meu controle, eu não pude evitar. Agora eu estou aqui, tentando concertar o meu erro. Eu fui uma completa idiota, com a única pessoa que tentou me ajudar.

Eu não estava mais aguentando essa demora. Eu tinha milhares de pensamentos e perguntas que passavam todo o momento em minha cabeça. Eu não sabia se ela queria me ver. Mas eu queria a ver. Por Deus como eu queria vê-la novamente. Ter a sua presença novamente, sentir seu cheiro doce e único, sentir os seus toques, eu queria vêr o seu sorriso novamente para alegrar o meu dia. Como eu queria vê-la novamente.

Eu até achei um pouco estranho eu não ter visto até agora uma prostituta por aqui, afinal isso é um bordel de luxo. Não é? Eu sei que agora ainda é de manhã e que a maioria das prostitutas estão fazendo programas agora. Eu só espero realmente que a MINHA Karla não esteja fazendo um programa agora. Ela é minha e ninguém além de mim irá tocá-la. Eu sei que eu estou a tratando como um objeto sem valor. Ela não é minha. Ela se denomina prostituta. Mas para mim ela nunca será uma. Ela é muito mais do que só uma prostituta. Para mim ela é uma garota mulher que está tirando completamente a minha sanidade mental. Ela está me enlouquecendo com aquele jeitinho fofo, tímido, alegre e carinhoso dela de ser.

Eu não queria adimitir, mas eu estava nervosa. Eu estava com as minhas mãos suadas, meu corpo estava começando a criar pequenas cutículas de suor. Meu coração estava acelerado no peito e também tinha um friuzinho na minha barriga. Eu a grande Lauren Jauregui, nervosa por uma adolescente. Eu estou parecendo uma adolescente no meu primeiro encontro. Mas eu estou assim, completamente obsecada. Como pode isso?

Quando eu entrei no bordel eu encontrei uma garota. O nome dela é Ariana. Ela é muito bonita, seus traços são angelicais e perfeitos. Nem parece que ela é uma prostituta. Mesmo ela sendo muito bonita, eu vim aqui pela MINHA Karla. Eu chamei Ariana e pedí para ela chamar Karla. Ariana me falou que Karla estava no bordel, ela não estava com ninguém. Isso me aliviou muito saber.

Ariana concordou com a cabeça e subiu as escadas até onde eu deduzi ser o quarto de Karla.

Eu já estava esperando Karla ou Ariana, há vinte minutos e nada de uma das duas vierem até mim. Essa demora estava me matando por dentro. A essa hora eu poderia estar no meu almoço de negócios com o Sr. Parker. Se eu não aparecer nessa reunião de negócios, eu posso perder milhões e milhões de dinheiros. Mas eu estou aqui, esperando Karla aparecer, a garota que mudou a minha vida e que também a bagunçou. E botando em risco o futuro da minha empresa. Por causa de uma adolescente, que eu estou obsecada...

Eu estava alheia a situação, pensando em milhares de coisas. Que nem percebi uma Latina gostosa estava me olhando de cima das grandes escadas do bordel. Ela estava usando uma calça jeans azul escuro com os joelhos rasgados. Um cropped branco deixando a sua barriga definida à mostra, e um all star preto nos pés. Seu cabelo estava souto em forma de cascata caindo pelos seus ombros, deixando sua franjinha não muito visível. Como ela estava um pouco longe de, mim eu não pude reparar em sua maquiagem, mas eu deduzi ser, uma maquiagem leve, que destacava apenas os seu lindos olhos castanhos escuros e sua linda boca carnuda e rodada. Ela estava sexy, mas sem deixar de transmitir a sua inocência.

Linda!

Ela me olhava de cima das escadas. Com uma expressão de confusa por ter me visto. Ela também estava com um brilho diferente no olhar. Mas ela também estava com medo de mim. Eu sei disso. Muito calmamente ela começou a descer as escadas, sem tirar os olhos um segundo de mim.

Isso vai parecer imaturo, mas...

Lauren é agora ou nunca!

Ela estava tão linda, como eu senti a sua falta. E olha que eu fiquei só algumas horas longe dela. Imagina se fosse dias, semanas, meses ou talvez anos, eu não iria aguentar! Eu poderia ficar admirando a sua beleza por horas até me cansar. É claro que eu nunca me cansaria de sua beleza. Eu realmente poderia só admirá-la. Mas eu precisava conversar com ela. Eu precisava dela, mais do que tudo. Eu precisava da sua compania. Por Deus! Como eu a queria para mim!

Ela terminou de descer as escadas e veio até mim lentamente sem olhar nos meus olhos, ela estava olhando o chão. Só pelo pouco que eu a conheço ela estava nervosa, tímid e com medo. Eu sabia perfeitamente isso. Eu também sabia que eu era o motivo de seu nervosismo e medo. Ela aproximou-se lentamente de mim e olhou diretamente em meus olhos e ali eu vi a dor e medo. Eu era o motivo dessa dor e desse medo. Eu iria fazer o possível e o impossível para tirar esse maldito medo dela. Ela não tinha o que temer. Eu nunca a machucaria. Já mais! Ela é especial para mim.

Ela ainda me olhava com uma expressão de medo em seu rosto. Eu teria que falar algo. Ou nós iríamos ficar nos olhando por horas. Mas ela me surpreendeu com a sua iniciativa.

-- Hola... Lauren. (Olá... Lauren.) -- Ela falou timidamente com aquele sotaque fofo e sexy. Sem tirar o seu olhar um segundo de mim. Eu estava hipnotizada com o seu olhar e também eu estava sorrindo boba só por ela estar comigo novamente. Eu teria que explicar muitas coisas a ela. Com certeza a nossa conversa irá ser muito longa. Mas eu iria fazer tudo e qualquer coisa para ter o seu perdão.


Notas Finais


O que será que vai acontecer??? COMENTEM!!!

Até o próximo capítulo!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...