1. Spirit Fanfics >
  2. The walking dead interativa >
  3. Dois dias II

História The walking dead interativa - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpem os erros de ortografia
Ps: em algumas partes o carro é a caminhonete

Capítulo 8 - Dois dias II


Fanfic / Fanfiction The walking dead interativa - Capítulo 8 - Dois dias II

Pov S/n

Eu acordo tranquila acho que era umas 5:00 da manhã Carl ainda estava dormindo...nossa como eu queria beijar aquele moleque loucamente, mas eu me controlei, ele dormia com uma expressão tão calma e eu aqui com medo de aparecer no meio do caminho meu pai e os salvadores 

Carl- Você já está acordada 

- eu fiz muito barulho desculpa 

Carl- tudo bem.... qual é a próxima parada?

- circo

Carl- ok você é quem vai dirigir dessa vez 

-tabom 

Eu pego o volante e levanto o banco, Carl vai para o meu banco e deita acho que cochilando de novo ele é tão fofinho dormindo no meio do caminho avisto uns caminhões com umas motos na frente e já fico preocupada 

- puta merda ( falo isso baixinho )

Desço da caminhonete e vou na direção dessas pessoas

Um dos salvadores- quem é você?

- sou filha do Negan ( eles todos se olham e caem na gargalhada )

Um dos salvadores - fala sério todo mundo sabe que o Negan não tem filha 

-a é? (Pego um dos walk tocs dele )pai? Tá na escuta?

Negan- S/n oque você está fazendo com um dos walk tocs dos meus salvadores?

- me pararam no caminho e não deixam eu passar 

Negan- deixem ela passar seus cretinos 

Eu entrego o walk toc para um deles e eles se ajoelham de ante de mim

-levantem quando Eu e estou sozinha sem o meu pai não precisa... agora deixem eu passar

Um dos salvadores - você é diferente do seu pai e isso é bom (ele fala isso se levantando)

- bom se voces nao deixarem eu passar vou ser igualzinha a ele (eu volto para a caminhonete e eles abrem o caminho...por sorte Carl ainda está dormindo)

Por horas e horas rodadmos até chegar no circo que estava cheio de militares mortos e armas espalhadas pelo chão 

Carl- olha esse tanto de armas

- eu sei (falo  isso pulando de alegria )

Carl- vamos descer 

- tabom (nós dois descemos do carro  e eu fico super empolgada)

Carl - está cheio de zumbis 

- olhe pelo lado positivo... tem arma, munição, comida 

Carl- só você mesmo para ver o lado positivo (ele fala isso é me da um beijo )

Ele me abraça sem parar o beijo... e nós dois caímos em cima de um colchão 

Carl-fecha o buraco

- tabom...Carl acho que me arranhei

Carl- deixa eu ver( ele olha e vê que era só um cortezinho)é só um correndinho

Eu aceno com a cabeça e quando nos dois paramos e olhamos para frente avia um monte de caixotes cheios de  comida enlatada e água 

- é um sinal

Carl- com certeza é 

Nos dois com muito esforço conseguimos colocar toda a comida no carro o Carl foi dirigindo dessa vez

Pov Carl 

Eu acho incrível o jeito que ela é positiva acho que ninguém consegue ser assim tão positiva na metade do caminho de volta  S/n dorme que nem um bebê 

S/n- falta muito?

- não!já estamos chegando 

S/n-Carl... eu não estou bem ( falo isso abrindo a porta e saindo um pouco do carro)

- doida não abre a porta com o carro em movimento 

S/n- desculpa (falo isso correndo em direção a mata e acabo vomitando um pouco....volto e vejo Carl me esperando encostado no carro )

- melhorou meu amor?

S/n-acho que melhorou um pouco...

- acho que não....vem volta para o carro (eu falo isso pegando ela no colo e colocando-a dentro do carro)

S/n- Você é tão atencioso obrigad....(ela desmaia então fecho a porta e ligo o carro )

Eu dirijo o mais rápido possível Abraham reconhece o carro e abre o portão rapidamente eu entro e pego a S/n no colo e a elevo correndo para Denise 

- denise (grito o nome dela enfrente o consultório dela)

Denise-meu deus oque aconteceu Carl? Ela foi mordida?

- eu não sei (falo isso passando a mão na testa e começo a entrar em desespero)

Michonne- Gente o que aconteceu? Que griteiro e correria foi essa ?

Ela me vê sentado no chão em um canto e depois olha para a maca e vê S/n deitada e Denise olhando para ver se ele a foi ou não mordida 

Denise - merda...

Carl- oque aconteceu?

Denise- parece que ela cortou a cintura em algum lugar e acho que aonde ela cortou continha veneno

Carl- eu e ela caímos no que parecia ser uma base ou um esconderijo militar amais ela não reclamou de nada só de um arranhão ....merda isso é culpa minha 

Michonne- Carl  olha para mim(eu olho para ela com os olhos lacrimejando) a culpa não foi sua a Denis e vai dar um jeito

Carl- e se ela morrer.... eu nunca vou me perdoar 

Denise- Carl presta atenção ela não vai morrer eu já drenei o veneno ela vai ficar bem ..... agora vai lá fora e chama a Rosita AGORA 

Eu vou correndo e procuro a Rosita quando encontro vou correndo na direção dela e explico oque está acontecendo ela entende e vai correndo ajudar a Denise  eu fico um pouco do lado de fora meu pai me me  e e vem perguntar oque aconteceu

Rick- oque aconteceu ?

 - a S/n se cortou em um ferro que tinha veneno e acho que ela pode morrer(falo isso enxugando as lagrimas)

Rick-  calma isso é culpa minha eu deveria ter mando mais uma pessoa com vocês a final tem que ser em trio e nao dupla

- não  isso é culpa minha eu devia ter adivinhado que poderíamos ter caído

Rick- presta atenção isso não é culpa de ninguém e ela....ela vai ficar bem afinal ele quebrou a cara do Eugene,  é forte, desteminida....

- sabe pai você tem razão (eu fico mais calmo)

Nos dois voltamos para o consultório da Denise e vejo ela com um caderno anotando alguma coisa

- ela está bem?

Denise- ela é forte eu te disse (ela diz sorrindo e saindo deixando apenas eu e a S/n)

- olha já sobrevivemos até agora vamos sobreviver a um corte(eu pego na mãos dela e sinto ela apertando minha mão de volta)

S/n- sim! Nós vamos sobreviver 

- meu Deus nunca mais me assusta assim desse jeito 

S/n-acho que você deixou claro para todo o mundo que você se importa com migo(ela fala isso rindo)

- é acho que deixei muito claro (nós dois rimos).... mais então precisa de alguma coisa?água?banheiro?

S/n- primeiro água depois banheiro 

-tabom(dou um beijinho na testa dela )

Denise- olha que acordou depois de deixar todo mundo louco

S/n- desculpa mais olha isso foi culpa dos militares

- Denise ela pode beber água?

Denise- claro que pode mais não pode fazer esforço escutou???

S/n- simsenhora capitã (ela fala isso rindo )

Eu levanto e pego o copo de água e deixo Denise e S/n conversando volto e entrego o copo de água para ela é a ajudo e ir ao banheiro 

-cuidado

 S/n- obrigada, Carl você é um amor 

- de nada 

Ela termina de fazer xixi e deita de novo na maca e eu sento ao lado  dela e fico lá ate ela dormir...ela é realmente forte seja la que foi o pai  dela, ele ensinou ela a ser forte, corajosa, destemida e logico bonita a familia dela devia ser realmente muito bonita por que ela é perfeita. Mais oque me encomoda é que no meio da estrada ela parou e conversou com os salvadores e eles até se ajoelharem perante ela.... ela devida ser do grupo deles ou sla ficaram com medo dela a não sei só sei que eu irei apoiar ela no que ela precisar 




Notas Finais


Sla acho que ficou bom


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...