História The way We see the World HALREN(LAUSEY) CAMREN G!P - Capítulo 43


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Halsey, Krewella
Personagens Camila Cabello, Halsey, Lauren Jauregui, Yasmine Yousaf
Tags Camila Cabello, Camren, Camrengip, Fifthharmony, Halren, Halsey, Interssexualidade, Krewella, Laurenjauregui, Lausey
Visualizações 184
Palavras 1.602
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, FemmeSlash, Ficção, Ficção Adolescente, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 43 - Wadoud, Haya e Ex melhor amiga


Camila ficou longos minutos fazendo carinho nos cabelos de Yazzy. Momento ou outro dava um beijinho em sua testa e a acordava de leve

- Amor, você ta com dor?

A pequena apenas negava com a cabeça.

- Tem certeza? Olha eu trouxe um remédio para dor, por favor, toma? Você sangrou, deve estar doendo.

- Como você é habi (fofa), Cammy. Já disse que estou bem.

- Tem certeza? Eu vi sangue e-..

- Foram três gotinhas Cammy, acredite estou ótima.

Yazzy sorriu e se deitou no peito dela, repousando o nariz na curva de seu pesoço.

- Shab Bakhair! (boa noite) – Camila disse tentando improvisar seu urdu

- Meu Deus, como você é habi! Não acredito em todas as coisas que dizem de você, você é muito meiga, Cammy. – e a pequena se despertou - Quero te mostrar uma coisa.

- Que coisa?

- Ninguém nunca viu todas as minhas tatuagens.

- Como assim? Mas eu te vi nua.

- Sei, mesmo assim. Existem duas tatuagens que com certeza você não percebeu.

Yásmine baixou sua calcinha um pouco, indicando um desenho redondo na virilha direita. Era redondo, pouco maior que um relógio de pulso.

- Essa eu já vi.

- Olhe de novo.

Camila ficou alguns segundos analisando a tatuagem.

- Não entendo. Isso é o alfabeto da sua língua?

- Não, Camila, você não está prestando atenção! Olhe novamente.

Camila girou um pouco o pescoço e percebeu.

Era uma espécie de ying yang, com algumas palavras escritas ao redor, mas elas pareciam...

- Estão partidas ao meio, e também estão de cabeça para baixo! – Camila concluiu – Mas eu consigo ler:

 Wadoud

ودود

 

- Só há uma maneira de ler a outra metade. Por cima do meu ombro direito, ou numa posição mais... íntima, se posso dizer.

- Certo.

- E inclusive é onde se pode ver a segunda metade.

Camila tentou se ajeitar atrás dela na cama, mas nehuma posição ficou confortável.

- Chegue mais perto? – Yásmine jogou os cabelos para o lado, expondo o lado direito do pescoço para ela.

- É a posição perfeita para um alfa dar uma mordida. – Camila sorriu e mordeu seu pescoço, onde a menor caiu nas gargalhadas

- Sai daqui, latina safada!

- Uia, latina safada? Eu não era habi, ainda há pouco?

- Você quer ver a tatuagem ou não? – e fingiu um bico. – Você vai ter de ler essa tatuagem em dois ângulos diferentes.

Camila ficou perfeitamente sob o ombro de Yazzy e conseguiu ler a outra palavra, ao contorno da virilha.

 

شیخ

Haya.

 

- Haya? O que é isso?

- Existem duas coisas quem fazem uma mulher ser perfeita aos olhos de quem a deseja. Ela tem de ser Haya, ou seja tímida, a não ser para com seu marido. Tímida, gentil e sincera como uma criança. E também precisa ser Wadoud, feminina, e de bom coração.

- E por que tatuou elas justamente aí?

- Porque eu gostaria que quem eu amasse estivesse me abraçando e protegendo, atrás do meu ouvido quando eu precisasse, mas que soubesse me tocar e quando lesse a tatuagem soubesse que eu não sou de mais ninguém.

- Olha se isso significa que você quer que eu seja sua namorada, eu sinto muito.


Camila no fundo de seu coração queria dizer sim, gritar sim. Mas se conteve. Deu um sorriso canalha, igual a velha Camila.

- Camila Cabello não entra em relacionamentos, baby.

- Eu não estou te pedindo um relacionamento, Cammy, eu só... – e suspirou - eu só... que droga Cabello! Não tem nada a ver, eu queria te contar uma coisa que eu nunca tinha te contado pra ninguém, você não precisava estragar tudo!

- Eu? Estragar tudo? – Camila sorriu sarcástica – Você veio até minha casa debaixo de uma chuva dizendo que queria fazer isso comigo. Eu insisti que não, mas você quis.

- Não estou dizendo isso. É que. – e Yásmine se sentou na cama se afastando – Eu nunca gostei de ninguém antes, e estou feliz e satisfeita que tenha sido com você. Mas se soou apenas como uma transa, eu sinto muito.

- Não, foi muito bom pra mim também. É que...

- Você só me vê como sua amiga, é isso?

- Não, é claro que não. – e deu um pequeno soquinho na própria cabeça - Yazzy, eu te - Camila suspirou, tentando achar as palavras

A pequena a olhava com brilho nos olhos.

- Diz.

- Eu te... – e a palavra morria em sua garganta, secava

- Desculpa, não sei como dizer o que eu sinto.

- Eu sei. Camila Cabello não entra em relacionamentos. – imitou a voz da mais velha

- Tá boba, agora vamos dormir.

 

 

• [ LAUREN JAUREGUI] •

 

Já se passavam das quatro da manhã. Halsey ainda não havia chego. Provavelmente chegaria chapada de maconha, ou bêbada, daria alguma desculpa, e no fundo Lauren perdoaria.

Fariam um sexo básico e iriam dormir.

Ela já estava esperando.

 

- Como foi que eu deixei chegarmos a esse ponto, hein, Halsey?

Ela passou os dedos com carinho sob a jaqueta de Halsey, e sentiu o cheiro. Formaram lágrimas em seus olhos, mas ela não teve tempo de chorar.

Uma nova notificiação de vídeoskype.

Ela se sentou no computador e desligou a chamada, mas o insistente continuou.

 

~Y-.

Por favor atenda.

 

~lolojaguar

Ah, é você? A dos bilhetinhos.

 

~Y-.

Eu sei que você odeia webcams, senhorita Jauregui, mas por Alah, me deixe saber que você está bem.

 

~lolojaguar

Estou ótima.

 

~Y-.

Prometo que se atender a chamada de vídeo, nunca mais ligo de novo.

 

Lolojaguar deseja se conectar com você.

 

- Nossa, não sabia que eu era tão indesejada assim. – Y. Sorriu e deu duas tossidas fortes

- Sua voz está rouca, o que houve?

- Se te contar que levei um tiro você acredita?

- Não sei. Levou mesmo?

- Sim, mas a bala não alojou. Infeccionou e estou tomando alguns antibióticos.

- Foi em um hospital?

- Nâo. Retirei sozinha e higienizei com whisky e alcool etílico.

- Acho bom você ver um médico.

- Seus olhos são lindos sem os óculos escuros, senhorita Jauregui.

- Já posso desligar.

...

Lauren chegou a levar o dedo à webcam para fechar a tela quando:

- Espere. – Y, ainda estava rouca e dolorida, mas insistiu – Preciso te falar uma coisa.

- Então fale.  

- Eu sei que você deve estar achando que Halsey está abandonando você e...

- Está invadindo minha privacidade?

- De maneira alguma, senhorita Jauregui. Cof. Cof. Eu só... conheço ela e sei que ela está num momento complicado, por favor, a perdoe pelas burradas que ela anda fazendo.

- Isso não é da sua conta.

- Acredite em mim. Ela é apaixonada por você.

- Como pode ter tanta certeza?

- Eu sou a ex melhor amiga dela.

 

• [ CAMILA CABELLO] •

 

- Yousaf nem pode dormir que já toca o celular e-... ela olhou com os olhos espremidos de sono que aquele aparelho não era o seu.

Olhou para trás e viu Camila dormindo.

- Oh, shhh, Yazzy cala a boca, vai acordar a menina!

Olhou com os olhos de sono para o aparelho, e por curiosidade viu que não estava bloqueada.

 

1 Mensagem não lida.

De: Lolo

“Hey, Camz, sabe onde a Yásmine está?

 

– Lolo? – perguntou mais para si – Lauren?

 

CHAMADAS NÃO ATENDIDAS

Lolo (32) 28, Feb

Lolo (16) 01, March

 

“Lauren ligou centenas de vezes para a garota e ela sequer respondeu!” – a voz de Clara ressoava em sua cabeça. Yásmine se recusava a ligar os pontos. Camila e Lauren, Camila era Camz, Lauren era Lolo.

- Já está de pé, pequena? – Camila acordou com um sorriso de orelha a orelha.

- Desde quando você conhece a Lauren? – ela perguntou com uma voz raivosa?

- O QUÊ? – Camila vestiu sua cueca, acordando prontamente – Yásmine, amor, eu posso explicar.

– Você... a garota que desprezou a Lauren. Era você?

 

– Yásmine, não é bem isso o que aconteceu e-..

- Você sumiu, desde que descobriu que ela era cega e nunca retornou as ligações. Você!

- Espera, deixa eu explicar!

Naheen. Fique longe de mim. – e a afastou abruptamente – Depois do que você fez com ela, você não presta pra mim.

- Pakinha, volta aqui. Não é nada disso que você está pensando. – vestiu uma camisa de qualquer jeito e foi atrás dela.

- Fique longe de mim – Yásmine conseguiu se desvencilhar e chegou a porta.

Lembrou que a porta estava trancada graças a noite anterior.

- Me solta!

- Por favor, não faz isso comigo, Yazzy. Deixa eu me explicar!

- Você mentiu! VOCÊ MENTIU PRA MIM! Eu não acredito nisso!

- Não é nada disso que você está pensando.

- Clara sempre disse que uma garota havia partido o coração da Lauren! Eu devia saber que era você! Fica longe de mim! – e a empurrou com força contra a cama e saiu pela janela saltando com o parkour

Camila atirou o aparelho com força na parede, praticamente o quebrando. Se atirou de costas na cama e agarrou os lençóis. Seus olhos estavam pesados de lágrimas.

- Eu não posso perder você agora. Eu já perdi a mamãe, Por favor Yásmine, não me deixa perder você também.

 

 

BOTAS FINAIS

 

Como estamos? Todas chorando mto?

Como assim Y é a ex melhor amiga de Halsey?

Como assim Yásmine faz tatuagem para o futuro marido e mostra só pra Camilinha?

Porra Camila, isso pq ela nem descobriu a merda do vídeo.

 

Sei que atrasei demais saporrra e vocês vão ter que ler mais uns capítulos pra lembrar na memória. Te amo, desculpas. Sdds  



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...