História The witch. - Capítulo 7


Escrita por:

Visualizações 32
Palavras 1.057
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 7 - Sexto capítulo


No capitulo anterior :

Eu selo nossos lábios 

Capítulo atual :

*Narradora on*

O rei de Saquara ou como gosta de ser chamada imperador, o próprio acha a palavra rei muito forte, coisas de Saulo. Ele chega finalmente na "casa" do irmão, que na verdade eu um esconderijo, o Solu nunca gostou dessas coisas de ser rei e essas coisas, então quando pode ser rei ele largou o trono e resolve dá-lo para seu irmão :

-Irmão! Fala Solu dando um aperto de mão 

-Achava que iria demorar mais. Fala Solu de novo

-Esqueceu que nos saquarianos temos as melhores naves de todo universo ?

-Ás vezes me esqueço

-Então acha que ele vai voltar como ? 

-Ele com certeza deve ter percebido que os seus robôs são super fracos, ele deve estar treinando seu melhor exército.

-Quanto tempo você acha que temos ?

-Uns 3 meses no máximo.

-Quero que faça o nosso plano b 

-Ela ?

-Quero que a treine, acha que consegue ?

-Consegui-o, tenho os meus jeitos. Não quer nem a conhecê-la ? Sei como ela é.

-Quando for a hora irei conhecê-la, mas qual é o seu nome ?

-Aqui na terra é Carry Snow, tem 17 anos, igualzinha a mãe dela.

Voltando para aonde estávamos antes 

*Carry on*

Eu selo nossos lábios, mas quando está quase transformando um selinho num beijo de língua, eu paro não posso mais fazer isso, ele não me ama :

-Desculpa, eu tenho que ir. Eu falo pegando a minha mochila e saindo do quarto.

########

Eu beijei o meu melhor amigo, na real não foi um beijo foi um selinho, mas quase foi um. Foda-se, a gente encostou os lábios, então foi um beijo.

Por que eu sou profissional em fazer merda ? Sério, eu preciso ser estuda pela Nasa, não pelos meus poderes mas sim pela minha incrível habilidade de fazer merda ou de estragar tudo que está me ordem.

Com a cabeça encostada na janela, fico perdendo o meu tempo ouvindo a minha playlist da deprê, ficar assim faz eu pensar.

Já sentiram que vocês estão na vida errada ? Tipo que você não nasceu pra fazer o que você está fazendo ? Todo mundo tem um objetivo idiota de vida, ser advogada, ser médica, e eu aqui querendo passar o resto da minha vida combatendo o crime com a bruxa, queria ser a bruxa vinte quatros horas por dia, a vida dela é foda não a vida da Carry estudante do último ano do ensino médio que está na procura de alguma faculdade de super heróis.

Acho que vou dar um passeio como a bruxa, aproveito e ajudo algumas pessoas no caminho. Viu ? A vida dela é foda pra caralho.

Dia seguinte 

Eu saio de casa, e vejo a Annie dentro de um carro. Vou até ela e falo :

-Olha finalmente tá usando a carta de motorista pra alguma coisa.

-É porque eu sou diferente de você, eu não tenho poderes de teletransporte, quer carona ?

-Quero to com dor de cabeça, to com medo de parar na China em vez na escola. Eu falo entrando no carro 

-Por que a dor ?

-Nada, fiquei estudando ontem 

-Você estudando ? É piada, né ? Pelo jeito o bagulho foi sério 

-Não foi nada, eu só beijei o meu melhor amigo que não responde às minhas mil e quinhentas ligações de pedido de desculpas.

-Calma aí! Você beijou o Peter ?

-Beijei

-Aonde tu tava com a cabeça ?

-No mundo da lua

-Eu quero saber todos os detalhes.

#########

Eu fecho o armário e a Annie fala :

-É ele respondeu às suas caixas postais ?

-Nenhuma, não tiro a razão dele.

-Dessa vez minha querida amiga, você está fodida.

-Obrigada por lembrar.

Eu e ela começamos a caminhar no meio dos bilhões de estudantes, mas alguém me puxa :

-Carry, tem alguém querendo falar com você. Fala a professora de história.

Pronto é o Stark, devo ter feito merda e nem devo me recordar.

A professora me guia para uma sala de aula vazia, e encontro o tal Solu :

-Você?!

-Surpresa ?

-Muito não o esperava aqui. Achava que era o Stark 

-Bem eu vim em nome dele, mas não é coisa ruim. Ele percebeu que eu sei bastante sobre os seus poderes, então ele me pediu pra treiná-la.

Hoje vai chover, Tony Stark querendo me treinar ? Hoje é o meu dia de sorte, tirando certas partes.

-Tipo treinamento de verdade ? Aqueles estilo Rocky Balboa só que de super herói ?

-Não sei o que é Rocky Balboa mas se for um treinamento bom é esse mesmo. Então aceita ?

-É claro, nem deveria me perguntar. Rocky Balboa é um filme muito famoso de luta aqui na terra, recomendo.

-Quando tiver um tempo livre irei ver, bem a gente começa amanhã, quando for a hora irei te procurar no lugar que tiver. Ele fala estendendo a mão 

-Okay, até amanhã treinador. Falo apertando sua mão 

-Aprendi essa saudação.

-Bem essa saudação era usada a mil anos atrás, mas evoluiu bastante.

-Obrigada. Ele fala me acompanhando até a porta 

########

-Você ainda não me contou o que aconteceu com quem estava na escola 

-Bem era aquele tal Solu, falando que iria me treinar e essas coisas.

-Legal, acha que vai ser um grande avanço ?

-Muito, não sei como mas o cara parece me conhecer bastante, não é estranho ?

-Você não disse que ele tinha poderes de ler mentes ? 

-Disse, mas parece tipo como ele me conhece a anos.

-Deve ser coisa da sua cabeça 

-É deve ser 

Em Crata 

*Narradora on*

O Crist governador de Crata, uma Saquara alternativa. Estava muito bravo com o fracasso ao seu ataque à terra, ele resolve encontrar o comandante, ele cuida dos exércitos de Crata, :

-Preciso de um exército o mais rápido possível! Grita Crist 

-Não vai dar, se quiser o melhor exército de toda Crata, o senhor terá que ter paciência.

-Ter paciência ? Com certeza o estupido do Saulo e do sulo devem já estar fazendo alguma coisa contra mim. Eu tenho que está preparado

-O que acha de 4 meses ? Eu vou tentar treinar o exército o mais rápido possível.

-Faça isso, quero os melhores dos melhores. Fala Crist saindo da sala 

 

Continua.........................

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...