História The Wolf - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias EXO, Saga Crepúsculo, VIXX
Personagens Baekhyun, Hongbin, Personagens Originais, Sehun
Tags Baekhyun, Exo, Hongbaek, Hongbin, Isabelle Fuhrman, Sam Riley, Sebaek, Sehun, Twilight, Vixx, Wolf
Visualizações 49
Palavras 894
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Slash, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa tarde. :3
Hoje o capítulo saiu um pouco tarde, perdoem-me. :d
Well, boa leitura. <3

Capítulo 8 - 07 Monster


Fanfic / Fanfiction The Wolf - Capítulo 8 - 07 Monster

07 Monster

Os amigos de HongBin se tornaram meus amigos rapidamente, com isso, era engraçado ver Yeol querendo ir todos os dias na cafeteria para rever minha fadinha.

Embora Kobra fosse misteriosa, isso era o que cativava as pessoas. O olhar mortal que ela lançava sobre as pessoas, o sorriso sínico e a expressão debochada criavam uma aura única. 

Ah, e suas íris laranjas... 

Deveria estar completando uma semana desde o ocorrido com os lobos em meu quintal, depois disso... Yeol sumiu. Ele simplesmente não respondia minhas mensagens ou atendia ligações.

Lily, minha amiga ruiva... Não tocará no assunto durante a semana, embora o histórico do notebook da cafeteria mostrasse suas pesquisas incensáveis sobre os ''Lobos gigantes das montanhas'' e os '' Lobos de Mercy Falls ''.

Estavamos em um jantar na grande casa dos Snow, Lewis ascendia a lareira quando cheguei com Lee. Mas não estávamos sozinhos.
Uma garota loira e alta desceu as escadas do segundo andar, sendo acompanhada por Kobra. Seu rosto estava vermelho, havia uma veia saltada em sua testa, suas mãos estavam fechadas em punho.

_ Eu ainda fui piedosa, aqueles merdinhas mereciam bem mais. - A loira falou.

_ VOCÊ NÃO PODE MATAR AS PESSOAS SÓ PORQUE ELAS LHE CHAMARAM DE COISAS DESRESPEITOSAS! - Kobra gritou, ela estava alterada. - EXISTE UM RAPAZ AGONIZANDO NO PORÃO AGORA PORQUE VOCÊ SE DIVERTE TRANSFORMANDO PESSOAS. 

HongBin colocou seu tronco à minha frente, respirando fundo assim que a garota percebeu que havia mais pessoas na sala.

_ Prometa que isso não vai acontecer novamente. - A voz de Kobra saiu controlada, terrivelmente controlada. Lewis havia me contado que a irmã ficava assim quando atingia o auge de sua fúria.

_ Vá se foder. - A loirinha disse em conjunto com um sinal feito com o dedo médio. - Todos vocês.

_ Saia da minha casa. - Minha fadinha proferiu baixo, seus olhos normalmente laranjas agora estavam em um tom de vermelho. Pareciam duas brasas ainda em combustão.

A porta bateu logo em seguida, vi os cabelos claros da garota moverem-se com a brisa gélida enquanto ela caminhava lentamente em direção à floresta. 

_ Miranda fará novamente. - Lee comentou.

Quando me dei por conta, a mulher dos cabelos curtos já havia passado por mim na direção da lareira, havia retirado uma espingarda do pedestal e agora ia em direção da porta. 

_ É o cara do açúcar, não é? - Lewis questionou-nos.

Yeol?

HongBin olhou pra mim e então, abraçou-me. Ele me protegia com aquele toque, envolvia-me. Segurei seu casaco e encontrei seus olhos amendoados. Amendoados e caridosos.

Yeol.

_ KOBRA! NÃO F- A voz da tal Miranda fora cortada por um estrondo. 

Era um tiro. 

_ Você enterra? - Lewis perguntou à Bin.

_ Eu? É a sua vez agora. - Ele retrucou.

O corpo da fadinha passou pela porta em sua volta e um sorriso brotou em seus lábios vermelhos. 

_ Baek! - Ela disse, sorridente. 

Embora ela estivesse armada, veio me abraçar antes de guardar a espingarda.

_ E não é que ela comprou pra matar lobos mesmo? - O irmão Snow disse, bem humorado. 

Os olhos da garota se arregalaram em um instante. 

_ Lewis... Por favor... O cadáver. - Ela proferiu ao rapaz.

_ Você é a loba branca, não é? - A questionei, seus olhos voltaram-se à mim.

_ Eu não disse nada à ele. - Lee atravessou-se, sua expressão era calma. 

_ Depois do showzinho daquela... Desgraçada... Seria difícil manter a mentira. - Ela disse, mas eu tinha certeza que ela não diria desgraçada... Seus lábios chegaram à sibilar um ''puta'' antes de excluir tal palavra do seu vocabulário.

_ Foi ela que seguiu o açúcar naquela noite. - Lewis disse-me, antes de pegar o casaco no batente da porta e sair por essa.

_ Bem, Baek... Eu infelizmente não posso permitir que veja ChanYeol, ele está ainda na fase de transição, pode acabar se tornando agressivo. - Ela dizia, calma mas... Triste.

_ O jantar... - Lee quebrou aquela conversa, ele certamente perceberá o semblante da mulher.

_ Está quase pronto. - A fadinha voltou à sorrir, caminhando com animação à cozinha. - Espero que goste de comida italiana. 

Durante o jantar, ninguém conversou sobre os lobos. Lewis fez algumas piadas à mais, Lee riu do amigo e Kobra ficou envergonhada pela capacidade humorística do irmão.

Após, auxiliei a garota à lavar a louça enquanto ouvia gemidos de agonia e rosnados vindos do porão. 

_ Então... Yeol agora é um de vocês? - Questionei-a, enquanto guardava os talheres.

_  Quem mais estava com vocês aquela noite, Baek? - Kobra perguntou-me logo após assentir.

_ Lily, a ruiva falsificada da cafeteria. - Respondi.

_ Hm... Então ela é a Lily. - Seus olhos alaranjados passearam pela cozinha, como se procurasse algo, apenas alguns segundos depois percebi que era pelo irmão.

Quando ela encontrou sua presença alegre na sala, aproximou-se de mim, proferindo baixo.

_ Essa tal Lily... Gosta do Lewis, não é? - Ela proferiu a alegação em tom de dúvida, suas íris eram ainda mais bonitas quando observadas de perto. 

_ Porque acha isso? - Sussurrei.

_ É um dom. - A garota disse ao voltar à sua postura inicial. Um mínimo sorriso tomou conta de seus lábios finos.

Ela é a pessoa perfeita para ChanYeol. 

Por favor, Kobra Snow... Salve meu amigo.


Notas Finais


Bem, espero que estejam gostando...
Em dois dias estarei de volta. :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...