História The Wolf ( Jikook ) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Jackson, JB, Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Xiumin
Visualizações 109
Palavras 1.727
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Sobrenatural, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Beigen ( 2 )


JK: Garotinho baixinho!- O moreno se esfregava contra o menor que dormia enrolado nos lençóis e cobertas da cama. O maior esfregava sua cabeça contra do peito e pescoço do menor na esperança de acorda-lo, o que estava resultando.- Eu estou com fome..- Falou com um bico. O Park por fim abriu os olhos e avistou o moreno encima de si com um bico enorme em seus lábios.

JM: O que foi?- Sua voz saiu rouca.

JK: Eu estou com fome.- Falou novamente. O menor suspirou fechando seus olhos novamente.

JM: Eu vou pegar algo pra você comer.- Saiu debaixo do moreno que se sentou na cama encarando o garoto confuso.- Não saia desse quarto, entendeu?- O menor foi em direção a porta e na hora que ameaçou de sair pela mesma o moreno se levantou indo até ele.- Fica!- Ordenou fazendo o garoto fechar a cara e voltar a se sentar na cama. O Park saiu pela porta e lentamente foi até a cozinha, pegando algumas coisas para o garoto comer.

Sra. Park: Jimin?- O mulher falou aparecendo na cozinha.

JM: Omma? O que a senhora faz acordada uma hora dessas?

Sra. Park: Já são seis e meia, não vai se atrasar pra escola?

JM: Ah puxa, tem aula hoje. Eu esqueci, obrigado Omma. Vou levar essa comida pra comer no quarto enquanto me arrumo.- Deu um beijo na testa da mais velha e voltou correndo para seu quarto.

JK: Comida!- Falou indo até o menor e pegando um pouco que tinha nas mãos dele.- Esse biscoito é gostoso.- Falou devora do o mesmo.

JM: Jungkook, eu vou pra escola, você precisa sair daqui, entendeu? 

JK: Sair? Por que?

JM: Você é um estranho que apareceu na minha porta, madrugada da noite, e quer que eu lhe deixe ficar aqui?

JK: Mas eu não sei pra onde ir.

JM: Eu não posso te ajudar mais.- Ditou indo para o banheiro, onde tomou um banho rápido e se vestiu dentro do mesmo. Ele pegou seu celular encima da cama e colocou em seu bolso, pegou sua bolsa e olhou para o maior que o encarava confuso.- Temos que sair sem fazer barulho, entendeu?- O moreno assentiu se levantando. O Park abriu a porta e olhou para os lados, não via sua mãe, ele segurou a mão do garoto e começou a puxar ele. Estavam quase fora da casa quando a mais velha apareceu na sala encarando os dois.

Sra. Park: Jimin? Quem é ele?- Perguntou.

JM: A-ah..ele é um amigo da escola, isso amigo da escola.

Sra. Park: E como ele veio parar aqui dentro?

JM: É que ele veio aqui para irmos juntos, ele entrou e a senhora nem percebeu.- Coçou a nuca rindo nervoso.

JK: Eu sou Jungkook.- Sorriu bobo para a mais velha.

Sra. Park: Lin Soo..Park Lin Soo.- A mais velha respondeu soltando um sorriso.- Andem logo então, vão chegar atrasados.- O Park sorriu e puxou o garoto para fora. Começaram a caminhar, é só pararam quando o garoto chegou perto da escola.

JM: Olha Jungkook, foi bom te conhecer..- O moreno o olhou.- Mas agora, você tem que seguir seu caminho e eu o meu, certo?

JK: O que quer dizer?

JM: Você tem que ir pro seu lado e eu pro meu, eu te ajudei, ok, mas não posso te abrigar todos os dias. Preciso ir pra sua casa, se tiver um, ou pra outro lugar.

JK: Mas eu moro na floresta e não estou vendo nenhuma aqui.

JM: Eu sinto muito.- O sinal da escola bateu alto fazendo o pequeno escutar.- Foi bom te conhecer, até mais.- E saiu dali deixando o moreno confuso.

...

O Park saia correndo da escola, chovia forte junto há uma ventania. Cobria sua cabeça com a bolsa, o que não adiantava muito. Ele parou de correr e voltou passos pra trás olhando para o chão, onde tinha o moreno sentado abraçando seus joelhos. O Park suspirou.

JM: Jungkook?- O moreno o olhou e sorriu.- O que você está fazendo aqui?

JK: É-é que eu não sabia pra onde ir, então eu estava esperando você pra perguntar onde eu tô e se poder, me falar pra onde eu devo ir.- Seus lábios tremeram de frio.

JM: Droga.- Ele respirou fundo.- Vamos, antes que você fiquei doente!- Estendeu a mão pro garoto que sorriu e segurou, logo os dois, começando a correr da chuva.

...

Eles entraram dentro da casa assustando a Park que assistia seus doramas.

Sra. Park: O que aconteceu?- Ele se levantou do sofá.

JM: Tomamos chuva.- O garoto jogou sua bolsa no canto da sala.- Jungkook, vai pro meu quarto, tem que tomar banho antes que fique doente.- O moreno assentiu indo até a porta que conhecia.- Omma..- Chamou a mais velha com um bico.

Sra. Park: O que você quer?- Ela falou grossa, sabia que quando o garoto agia assim, algo queria. E dificilmente, resistia a isso.

JM: Os Appa's de Jungkook foram viajar, já que amanhã começa as férias, ele não queria ficar sozinho, será que posso deixar ele ficar aqui por um tempinho? Bem curtinho?

Sra. Park: Jimin...sabe que isso não é bom, eu nem conheço ele direito. E ainda por cima, como ele vai nos ajudar nas despesas.

JM: Pode tirar minha mesada enquanto ele estiver aqui, e tambem, tem roupas do Appa, ninguém quis elas então ele pode usar.- A Park suspirou.

Sra. Park: Eu vou ficar de olho em vocês!- O pequeno sorriu e foi em direção abraçar a mulher, que se afastou fazendo uma careta.- Você está molhado, vá tomar um banho!- O garoto assentiu indo até o seu quarto onde encontrou o moreno de pe olhando pra janela.

JM: Você está me devendo muito por te deixar ficar aqui!- Falou com um bico fazendo o moreno sorrir.- Você precisa tomar um banho.- Levou o garoto até o banheiro.- Sabe como se faz isso.- O moreno assentiu começando a tirar a roupa fazendo rapidamente o Park virar de costas.

JK: Você não vai tirar a roupa?

JM: O que? Claro que não.- Falou bravo e envergonhado.

JK: Mas você tambem tomou chuva.- O garoto explicou puxando o Park pra trás e começando a tirar sua roupa.

JM: Eu seu pevertido, me solta!- O Park esbravejou.

JK: Você nao pode ficar doente.- Se ajeolhou abaixando a calça junto a cueca do garoto que corou no mesmo momento.- Seu bumbum é grande.- Riu baixinho.

JM: Para de olhar!

JK: Tá bom.- Se virou de costas.- É bom você entrar, antes que fique doente.- O Park bufou e adentrou o box junto ao moreno. Ele ficou de costas para o garoto, envergonhado e vermelho.- Você pode lavar meu corpo?

JM: Não!

JK: Por favor, eu ainda não sei fazer isso direito. Você pode aproveitar que está tomando banho junto comigo.- O moreno estendeu o sabonete fazendo o garoto bufar e fechar os olhos se virando de frente pra ele. Ele pegou o sabonete e começou a passar pelo corpo do moreno, sendo braços, peitoral, abdômen, axilas e vão do pescoço.- Você esqueceu de passar aquim- Pegou a mão do garoto levando até seu membro, até agora, desacordado e fez o menor fazer movimentos rotatórios naquela região. Este que já estava mais corada que um tapa na cara.- A-ah..- Gemeu o moreno tombando a cabeça pra trás e fechando os olhos.- Isso é bom.- Gemeu mais uma vez, e lentamente, levantando seu membro, o deixando totalmente ereto. Ele virou sua cabeça de volta pra baixo e sorriu.- Juninho acordou.- Riu baixinho. O garoto se espantou e virou rapidamente de costas para o garoto que não entendeu o porquê.- Jimin?- O Park não respondeu, as palavras não saiam de sua boca, a vergonha e espanto pareciam prender sua fala. O maior chegou perto do garoto, inocentemente, roçando seu membro duro na bunda do menor que mordeu os lábios pra não soltar um gemido.- Está bravo?- Roçou mais uma vez seu pênis contra o garoto.

JM: E-eu vou pegar uma roupa pra você.- Saiu do chuveiro deixando o maior se entender nada dentro daquele pequeno cômodo.

...

O Park estava de joelhos no chão, enquanto o moreno estava sentado. O menor passava a toalha pra secar os cabelos molhados do maior que o olhava com um sorriso no rosto.

JM: O que foi?

JK: Você é bonito, garotinho.- Falou sorrindo.

JM: Por que me chama de garotinho?

JK: É que eu não sabia seu nome. Gostei de te chamar assim.- O Park bufou.- Não gostou?

JM: Eu não ligo muito pra isso.- Falou sincero.- Pronto, agora não se sujeitar e fique quietinho!- O Park se levantou se deita do em sua cama. Ele pegou seu celular e apertou no ícone do YouTube e colocou em algo engraçado. O moreno o olhava de lado com um bico. Ele bufou e se levantou indo até o garoto. Abaixou sua cabeça e começou a esfregar sua cabeça contra o pescoço do menor que pausou o vídeo encarando o maior fazer aquilo.- O que foi?

JK: O kookie quer carinho.- Se esfregou ainda mais contra o menor.

JM: Desde quando você fala em terceira pessoa?

JK: Desde quando o kookie quer carinho!- Falou com um bico não notado em seus lábios. O Park suspirou e começou a passar seus dedos nos fios morenos do garoto que sorriu deitando sua cabeça no peito do menor, quase dormindo com aquele carinho.- O que você tava fazendo nessa coisa mágica?

JM: Celular?- O maior assentiu.- Estava vendo vídeos do YouTube.- Falou levando uma de suas mãos até o celular deixado encima da cama e o pegou de volta despausando o vídeo e voltando a assistir. O moreno saiu do peito do garoto e se deitou ao seu lado, bem perto de seu pescoço para assistir junto ao Park. Uma parte engraçada passou fazendo o moreno rir, o Park suspirou virando sua cabeça pro lado. Seu corpo havia se esquentado com aquela risada infantil e viciante, os dentes em formatos de coelinho do maior, isso o encantava de uma forma muito estranha.

...

O menor bocejou  e passou o vídeo.

JM: Vamos dormir Jungkook, está tarde.- Virou seu rosto pro lado vendo o maior de olhos fechados. Ele sorriu fraquinho e guardou o celular na cômoda e contou seus corpos com a coberta quente, só assim o fazendo notar o braço forte do moreno sobre si. A aproximação entre seus rostos, mais uma vez, o coração de Park parou, achando ali, que estaria a começar, ficar doente. Um suspiro pesado saiu de seus lábios e por fim ele fechou os olhos, virando seu rosto para o moreno, sentindo um pouco mais de proteção e quente, que só a coberta não fazia.

... 



Notas Finais


Desculpa qualquer erro.

My Perfil: @Chose_Army


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...