História The worst (best) arranged marriage (ABO-Jikook) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Abo Universe, Casamento Arranjado, Jikook, Jimin Ômega, Jungkook!alfa, Kookmin, Lemon, Namjin, Taeyoonseok, Yaoi, Yoonmin
Visualizações 1.802
Palavras 1.725
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Capítulo V - Temporary mark


Park Jimin

Depois daquela conversa, que para mim foi muito desnecessária por motivos óbvios, nossos appa's foram embora e Hana foi comprar comida, pois ainda não tínhamos nada aqui, só os móveis é claro, por essa razão eu e Jungkook estávamos sozinhos, eu estava em meu quarto arrumando minhas coisas já era tarde digamos que tudo estava escuro, então começou a chover, adoro chuva, porque dá para dormir embaixo dos cobertores quentinhos e sim sou preguiçoso mesmo, mas quem não é, né? Depois de arrumar minhas coisas me joguei em minha cama, quando a luz acaba é claro que eu fico assustado, odeio o escuro por coisas de meu passado, então desde então sempre fico com uma luzinha acessa para dormir, mas não era só por isso tinha também os trovões, que estavam me assustando mais ainda, no desespero comecei a chorar e me encolhi em minha cama abraçando meus joelhos agora choramingando um pouco alto...

Jeon Jungkook

Estava no meu quarto, quando a luz acaba, puff era só o que me faltava odeio chuva e odeio ficar no escuro, não que eu tenha medo do escuro simplesmente eu não gosto da escuridão, deitei em minha cama e ali fiquei até ouvir alguém choramingando no quarto ao lado, vulgo quarto do Jimin, quando me dou conta da situação saio de meu quarto e vou em direção ao quarto ao lado não bato só abro a porta e tento ir em direção ao choro e vejo Jimin encolhido ali chorando segurando suas pernas com a cabeça entre elas.

- Jimin? - O chamo e o mesmo me encara, logo pulando em cima de mim em um abraço, o acolho em meus braços, começando a fazer o típico carinho em seus cabelos.

- Não me abandona de novo por favor! - Exclama me abraçando mais forte ainda e chorando, estou ficando preocupado, não parece ser somente medo de chuva ou da escuridão.

- Calma, Jimin eu tô aqui, fica calmo...- Tento o acalmar.

- Só não quero te perder...- Eu não estava entendendo nada do que o ômega dizia, ele repetia frases sem sentido como " eu fiz isso" , "é tudo culpa minha" , "eu sou horrível, por ter feito aquilo", eu continuei ali o abraçando até o mesmo dormir e a luz voltar, ouço a porta da frente da casa ser aberta, então deito o ômega em sua cama o cobrindo e logo sorrio, ele estava tão fofo dei um beijo em sua testa e sai do comodo descendo para o primeiro andar, vou até a cozinha e vejo Hana um pouco molhada arrumando as coisas, então resolvo ajudar a mesma.

- Obrigado - Agradece ela, então resolvo perguntar sobre o porque de Jimin dizer aquelas coisas sem sentido, talvez ela saiba.

- Hana, sabe faz alguns minutos estávamos sem luz...- Não termino de falar, pois já sou interrompido pelo olhar preocupado da ômega.

- Ah Jimin tem muito medo de escuro, como ele está? - Pergunta um pouco aflita e preocupada, agora eu estou me preocupando.

- Ele está bem...- Falo e a ômega suspira aliviada - Mas não foi só isso que aconteceu, ele começou a dizer coisas sem sentido - Comento, guardando algumas frutas na geladeira.

- Tipo? - Pergunta, guardando mais algumas compras.

- "Eu fiz isso" e " é tudo culpa minha" - Digo e ela fica paralisada, parece que ela sabe de alguma coisa - O que aconteceu com Jimin? - Pergunto e ela me fita.

- Eu acho melhor você perguntar para ele e não para mim - Responde terminando de arrumar as coisas - Agora boa noite, Sr.Jeon - Fala se curvando e eu retribuo com um sorriso logo ela sobe e vai para seu quarto, o que será que aconteceu com Jimin no passado?

 Park Jimin

Dia seguinte...

Acordei com a luz do sol batendo em minha face, olho para o lado vendo Jungkook dormindo na poltrona, ele havia ficado a noite inteira comigo? Sentei em minha cama e coloco minha mão em sua coxa dando tapinhas de leve para tentar acorda-lo.

- Jungkook? - O chamo e ele abre lentamente os olhos ainda sonolento, rio pelo sua expressão estava tão fofo.

- Jimin, está tudo bem? Está com alguma dor? - Pergunta em tom de preocupação, se levantando rapidamente vindo ate mim e eu só sorrio.

- Sim está tudo bem, mas porque dormiu aqui? - Pergunto e ele suspira.

- Você estava com febre e estava se mexendo muito, então fiquei ao seu lado digamos que meu cheiro te acalmou - Diz sorrindo e eu coro um pouco envergonhado.

- Jimin - Me chama, e eu me viro, murmurando um "hum?".

- O que aconteceu de tão horrível no teu passado? Sabe essa noite você disse algumas coisas sem sentido e...-Gelei, eu não queria falar sobre meu passado, não me orgulho dele, mas tentaria de novo o que eu tentei fazer, quando aconteceram algumas coisas.

- Jungkook eu...- Engulo seco desviando meu olhar.

- Hey! Não precisa falar se não quiser, sei que não está pronto - Fala pegando em minha mão, o fito e sorrio.

- Obrigado...- Digo e o mesmo sorri, não imaginei que um alfa poderia ser tão carinhoso assim, Será que ele gosta de mim? Ah não deve só estar sendo gentil, quem me amaria não é mesmo? Depois do que aconteceu comigo até sei porque meus appa's resolveram pegar qualquer um e não dizer nada sobre mim só para o mesmo se casar comigo.

- Vou buscar algo para você comer - Diz Jungkook levantando e saindo do quarto, ele não se casaria comigo se soubesse o que aconteceu.

***

Jungkook voltou com um prato com panquecas e um suco de laranja o agradeço e comecei a comer e logo tomei coragem e o perguntei.

- Jungkook, qual sua opinião sobre ômegas impuros? - Pergunto ainda meu receoso. 

- Bom eu não tenho nada contra, mas nunca me casaria com um, vamos dizer que eu teria um certo nojo de tocar nesse ou nessa ômega sabendo que outro já o havia tocado anteriormente seria estranho, mas porque a pergunta? - Meu lobo interior se entristeceu, mas eu não podia culpa-lo eu sou um desses ômegas e é por isso que meus appa's não gostam muito de mim acho que até eu me sinto nojento, mas não tive como escapar aquele dia e é isso que eu sou, já tentei me matar varias vezes, mas nenhuma deu certo, nem para morrer eu sirvo.

- Nada só curiosidade - Dou essa típica desculpa, voltando a comer.

Jeon Jungkook

Achei estranha a pergunta dele, mas não me importei muito, eu e Jimin começamos a conversar sobre coisas aleatórias e percebi que o mesmo era muito divertido quando queria e sua risada com certeza é a melhor risada que já ouvi, de repente recebo uma ligação de meu Appa.

- Já volto, vou atender - Jimin assente e eu saio do cômodo fechando a porta logo em seguida atendo o celular.
 

Ligação on

 - Alô?

- Oi Jungkook, meu filho, sua prima Lisa vai passar uns tempos aí na sua casa, ela irá chegar aí daqui uma hora.

- Ah não, porque aqui Appa? Você sabe que eu não gosto dela.

- Me desculpe filho mas não tem onde ela ficar, então por favor deixe ela ficar aí.

- Aish okay.

- Obrigado, tchau.

Ligação off

Desligo a chamada logo bufando, Lisa é minha prima ômega, mas vive dando em cima de mim e eu a odeio por isso, entro no quarto novamente com a expressão fechada e Jimin percebe, essa minha cara de taxo.

- Está tudo bem, kookie? - Pergunta e eu sorrio pelo apelido novamente, e assinto.

- Jimin, minha prima vai ficar um tempo aqui, está tudo bem para você? - Pergunto meio receoso, mas o mesmo sorri e assente, sorrio de volta e vou me aproximando até selar nossos lábios peço passagem com a língua e a mesma e cedida rapidamente, nos separamos por falta de ar e eu vou logo para seu pescoço deixando beijos molhados no local seu cheiro estava me deixando louco.

- Eu poderia te marcar - Digo sem pensar, o mesmo não faz nada só fica cedendo aos meus carinhos, quando percebo o que acabo de falar me afasto - M-Me d-desculpa e-eu...- Fico sem graça e coço a nuca nervoso.

- Jungkook você me ama? -Me pergunta, fico confuso com essa pergunta, então o olho confuso, não era nítido?

- S-Sim mas o que...- Me interrompe.

- Independentemente do que eu for ou do que acontecer, você vai sempre me amar? - Pergunta.

- Sim eu prometo, Jimin, eu te amo e sempre vou te amar, você me conquistou de um jeito que nenhuma outra pessoa fez, você coloriu o meu mundo, você me dá todos os dias uma razão para viver a razão de te amar - Revelei meus sentimentos de uma vez para o mesmo que cora e sorri envergonhado logo curvando a cabeça deixando seu pescoço a mostra.

- Eu também te amo kookie por mais que eu não tenha demonstrado isso para você, mas ainda não vou ser submisso a você ouviu bem? Não sou seu empregado, mas se você me ama mesmo e tem certeza disso p-pode me marcar - Rio pelas suas palavras ligeiramente fofas e o mesmo fica corado, e logo inclina sua cabeça deixando seu pescoço a mostra meu lobo interior tomou posse de mim por completo, então cheguei perto de seu pescoço roçando minhas presas no local e logo o marcando ouço um gemido de dor proferindo do ômega e logo que acabo de o marcar depósito um selar na região, logo fitando o rosto do menor que estava com uma expressão dolorida mas pode sentir a imensa alegria dentro de si, sorri bobo fitando a marca, não era uma marca permanente, mas era especial, sou surpreendido pelo menor que atacou meus lábios em um beijo quente e necessitado. 

Fui aprofundando o beijo e deitando Jimin na cama e me pondo em cima do mesmo, tiro minha blusa com a ajuda do ômega e tiro a blusa dele depositando selinhos em seu abs, fui até seus lábios atacando os mesmos e pegando em suas coxas o fazendo arfar e soltar um gemido arrastado...
 


Notas Finais


Gente o que será que aconteceu com nosso bolinho no passado? Jungkook marcou Jiminie, temporariamente, mas o marcou!

Espero que tenham gostado e até o próximo capitulo^^


~Bjs da tia Shin <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...