1. Spirit Fanfics >
  2. The Worth Of The Waiting >
  3. 02

História The Worth Of The Waiting - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Obrigada pelos favoritos e pelo comentário no capítulo passado! Saber que vocês gostavam me incentivou a postar o segundo capítulo hoje ♡

Capítulo 2 - 02


Fanfic / Fanfiction The Worth Of The Waiting - Capítulo 2 - 02

Eren Jaeger

A claridade que adentrava o quarto incomodava seus olhos, não sabia exatamente em que momento ele e Levi haviam chegado ao cômodo mas o que importava para ele era o fato de estar deitado sobre a cama confortável. Respirou fundo, um pequeno sorriso lhe escapou pelos lábios ao sentir a fragrância doce e calmante de seu ômega, lavanda com um toque apimentado, algo calmante e apimentado ao mesmo tempo, não conseguia explicar o cheiro do moreno mas com certeza não o mudaria por nada no mundo e desejava, fielmente, que acordasse com aquele cheiro a seu lado pelo resto de seus dias.

Sentiu Levi se mover a seu lado, sentiu a própria respiração parar imaginando que aquilo poderia, de alguma forma, despertar seu par do sono tão merecido que o mesmo estava tendo. Abriu minimamente seus olhos, finalmente soltou sua respiração, o ômega permanecia adormecido a seu lado. Por mais que seu corpo implorasse por mais algumas horas de sono raramente possuía a oportunidade de ver seu par dormir tão pacificamente quando o mesmo estava fazendo naquele momento, lábios finos levemente entre abertos, a marca que decorava o pescoço do ômega e que trazia tanto orgulho para o alfa e que mostrava a todos que aquele ômega já tinha um par, os cabelos negros bagunçados sobre os lençóis que provavelmente estavam sujos (e Eren sabia que aquilo faria Levi ficar louco já que o mesmo gostava de sua cama limpa), segurou uma breve risadinha sabendo que aquele ato tão baixo poderia vir a acordar o moreno já que o mesmo tinha um sono incrivelmente leve e uma insônia que o deixava sem uma boa noite de sono na maior parte do tempo o que resultava no alfa quase sem dormir também. Quando essas noites vinham, Eren costumava colocar um filme e deitava com o ômega envolto em seus braços, ele logo dormia enquanto Levi terminava de ver o maldito filme que, geralmente, eram ruins o suficiente para dar-lhe sono após uma hora no máximo.

Uma careta foi solta pelo Ackerman e Eren soube que o mesmo estava acordado. Puxou o corpo do menor mais próximo ao seu, o envolvendo ainda mais contra si mesmo. Era algo instintivo, alfas costumavam sempre terem seus ômegas perto, o contato de seus corpos sempre deixava suas partes mais animalescas mais tranquilas e sob controle, tirando o fato de que aquilo trazia um sentimento de segurança aos ômegas e um orgulho imensurável aos alfas.

ㅡ Bom dia ㅡ Levi resmungo, aconchegando o próprio corpo contra o corpo de Eren ㅡ São que horas?

ㅡ Cedo demais ㅡ Eren resmungou fechando os próprios olhos mais uma vez.

ㅡ Preciso comer ㅡ Resmungou mais uma vez de forma sonolenta, um pedido escondido para que Eren levantasse e lhe trouxesse algo para comer. Um grunhido foi solto pelo alfa, retornou a abrir os olhos e encarar seu par, não era sempre que Levi ficava daquela forma e o alfa iria usufruir disso o quanto pudesse, agradar seu ômega estava em sua natureza mais primaria.

ㅡ O que quer comer? ㅡ Perguntou se movendo na cama para se levantar, sentiu seu lado animal descontente pela falta de contato com seu par, apenas de compreender o que precisava ser feito. Eren ignorou o sentimento e caminhou até uma de suas gavetas, tirando de dentro da mesma uma calça moletom qualquer, a última coisa que queria fazer era descer para o andar de baixo sem devidas roupas, o que os vizinhos e paparazzis que insistiam em permanecerem escondidos esperando uma fofoca sobre sua vida poderiam dizer?

ㅡ Eu não sei... Qualquer coisa ㅡ Levi abraçou o travesseiro de Eren e inalou o cheiro profundamente, tendo o sono pouco a pouco inundar a si mesmo mais uma vez ㅡ Torradas talvez?

ㅡ Com geleia ou manteiga de amendoim? ㅡ Se dirigiu em direção a porta do quarto, a abriu e esperou pela resposta do moreno, batucou os dedos sobre a madeira algumas vezes esperando.

ㅡ Puras... Pode me trazer um chá também? ㅡ Jaeger sorriu consigo mesmo.

ㅡ Mas é claro, eu jamais esqueceria o seu preciso chá Levi ㅡ Deixou o quarto e deixou a porta entre-aberta para quando retornasse com as coisas em uma bandeja ㅡ E por falar nisso precisamos comprar mais, a caixa esta acabando ㅡ Soltou mais para si mesmo que para seu par, sabia que o moreno agora flertava com a ideia de dormir mais uma vez.

Desceu as escadas e atravessou a casa até a cozinha. Enquanto preparava as coisas para dar um café da manhã perfeito a seu ômega, Eren começou a ponderar sobre a conversa que vieram a ter na noite anterior. Haviam concordado sobre a ideia de terem um filho, mas será que realmente conseguiriam aquilo? Levi era extremamente importante pra o time dos Titan's assim como Eren, mas Eren era substituível e seria substituído logo mais logo menos, apesar de ainda ter seus vinte e seis anos jogava profissionalmente basebol desde seus treze e isso afetou seus ossos e músculos, especialmente quando recebeu a proposta dos Titan's a cinco anos atrás.

Sorriu. Se encontrou com seu par pela primeira vez, Levi era o capitão e por isso responsável pelos novatos, quando colocou seus olhos sobre o moreno soube que era ele, a pessoa a qual o universo o havia unido fielmente, e quando se encararam Eren se lembra de ter visto a mesma confirmação e aceitação nos olhos do ômega. Ainda não conseguia tirar aquele dia de sua memória e não queria, desejava que aquilo vivesse com ele pelo resto de seus dias.

Ouviu seu celular vibrar em cima da ilha da cozinha, franziu o cenho e se aproximou do aparelho, o nome de sua mãe estava ali, aceso e com uma foto da mulher em questão no contato, franziu o cenho, após conhecer seu par Eren percebeu o quão descontentes seus pais estavam e por isso decidiu se distanciar dos mesmos. Se lembra do dia de seu casamento, onde sua mãe lhe disse que aquilo era um erro, bem, pelo menos sua mãe compareceu ao dia já que seu pai bateu o pé e se recusou a ter qualquer tipo de contato com o filho a partir daquele dia, Eren se lembra de ter ficado extremamente triste com toda aquela situação, mas não poderia mudar os pensamentos de seus pais tão facilmente e tudo o que queria era dividir sua vida com Levi, o que levou Eren a se distanciar dos pais.

Mãe ㅡ Atendeu ao aparelho, mordia o lábio inferior com força já que não sabia exatamente o que esperar daquela ligação.

Eren! Bom dia! ㅡ A animação na voz de sua mãe era clara o que apenas o deixou ainda mais desconfiado sobre o que aquela ligação poderia ser sobre ㅡ Graças a Deus você atendeu, eu estive ligando desde as sete!

O dia de ontem foi bem longo, Levi e eu decidimos dormir o dia inteiro se possível ㅡ Informou para a mulher, um som estranho foi solto pela mesma ㅡ Acordei apenas para pegar algumas coisas para que ele possa comer.

Querido por que se levantou? É o trabalho de um ômega servir seu alfa ㅡ As palavras de Carla foram amargas, fazendo com que algo se contorcesse desconfortável dentro de Eren.

Sabe que não é assim mãe, isso são coisas medievais, se eu quiser agradar meu par eu vou agrada-lo com gestos como esse ㅡ O castanho revirou os olhos, abrindo uma das gavetas do armário para pegar um dos pacotes de torradas e um dos saches com o chá favorito do Ackerman.

De qualquer forma eu encontrei uma jovem-

Levi e eu decidimos começar uma família ㅡ Cortou a frase de sua mãe antes que algo a mais fosse dito e o deixasse irritado, sabia o quanto a mulher o queria longe do ômega, para falar a verdade, longe de qualquer ômega.

O que quer dizer? ㅡ A voz de Carla se tornou silenciosa de repente, se Levi estivesse ali ouvindo a conversa estaria com um sorriso vitorioso em seus lábios, provando o sabor de ouvir a derrota na voz da sogra, Eren não o culpava, estava fazendo o mesmo.

Exatamente o que eu disse, Levi e eu vamos começar uma família, com uma criança e tudo mais ㅡ Orgulho preencheu sua voz.

ㅡ ... ㅡ O Jaeger mais jovem recebeu um longo silêncio como resposta, não era comum que Carla desse o silêncio como resposta e aquilo chegava a ser algo inédito para Eren, sempre viu a mãe como uma mulher sábia e cheia de respostas ㅡ Conversamos depois.

E assim a ligação foi encerrada. Eren respirou fundo e desligou o celular, o jogando de volta sobre a ilha da cozinha. Sua mãe com certeza conversaria com seu pai sobre aquilo mais cedo ou mais tarde, seu pai lhe enviaria uma mensagem de conservadores sobre todos os motivos aos quais casais homossexuais não deveriam continuar, precisava se lembrar de bloquear o número de Grisha em algum momento, não aguentava tanto ódio vindo de um único homem, já lhe bastavam os cochichos dos times que enfrentavam ou até mesmo de um ou outro colega de seu próprio time e isso porque Eren nem ao menos se dava ao trabalho de ler os comentários em suas fotos em seu Instagram pessoal ou até mesmo em seu Twitter, sabia que existiam mais apoiadores do que pessoas que o odiavam, mas simplesmente não conseguia lidar com tudo àquilo ainda, mesmo depois de seis anos.

Terminou de preparar o café da manhã de Ackerman e logo subiu as escadas mais uma vez, com uma bandeja em mãos que carregava algumas torradas e uma xícara com o chá favorito de seu par. A conversa com sua mãe rondou sua mente até o momento que que parou já frente da porta do quarto mais uma vez, não queria pensar muito no assunto e sabia que se agisse estranho Ackerman o questionaria sobre o que o incomodava e a última coisa que Eren queria era deixar Levi preocupado sobre a situação com Grisha e Carla. Empurrou a porta e colocou a bandeja sobre a mesa de cabeceira ao lado de onde o ômega dormia, se estendeu sobre a cama apoiado em seus braços e começou a espalhar beijos sobre a pele marcada do pescoço do ômega.

Levi soltou o travesseiro que antes abraçava e envolveu seus braços em volta de Eren. Se outras pessoas vissem o moreno agindo daquela forma jamais imaginariam que fosse a mesma pessoa, Ackerman era duro na queda e, para a maioria, uma pessoa ameaçadora que todos sabiam manter distância e respeito, mas para Eren, Levi era apenas seu par, cheio de manias, sonhos, desejos e um amor pela vida que compartilhavam juntos.

ㅡ Trouxe seu café da manhã ㅡ O castanho soltou, inalando o cheiro de seu par, a satisfação e felicidade era compartilhada pelo laço que fizeram a três anos (antes do casamento oficial de ambos).

ㅡ Obrigado ㅡ Se soltaram um do outro, Eren se moveu e coloco a bandeja em cima da cama, logo se deitando ao lado de Ackerman. Levi se sentou sobre a cama e começou a comer, seus olhos azuis metálicos vez ou outra encaravam Eren em desconfiança.

ㅡ Minha mãe me ligou ㅡ Jaeger disse de uma vez, sabendo que se aquilo continuasse por muito tempo Levi ficaria extremamente preocupado.

ㅡ Pelo jeito a conversa não foi nada boa ㅡ Constatou o moreno, tomando um pouco do chá que lhe havia sido trago segurando a xícara da forma que apenas ele costumava fazer e que Eren encarava como um detalhe charmoso.

ㅡ Ela ainda continua a mesma ㅡ Respirou fundo, tentando deixar o estresse da conversa se esvair com o ar de seus pulmões ㅡ Mas eu contei a ela sobre nosso próximo passo.

ㅡ ... ㅡ Levi encarou Eren por alguns segundos analisando as feições do alfa com atenção ㅡ Ela não ficou contente então.

ㅡ Não, definitivamente não ㅡ Murmurou ㅡ Mas eu não me importo mais, Carla e Grisha não tinham o direito de serem tão cruéis com você.

ㅡ Eren você sabe que o que eles fazem não é nada importante pra mim, eu simplesmente não dou a mínima ㅡ Deu de ombros brevemente, tomando mais um pouco de seu chá.

ㅡ Eu sei que não, mas isso me irrita extremamente ㅡ Ficou em silêncio por breves segundos ㅡ Não vou querer eles perto do nosso filho.

ㅡ Tem certeza disso? Quero dizer... Eles ainda sim são seus pais.

ㅡ Eles não respeitam a pessoa a qual eu fui escolhido para passar o resto da minha vida, eles não acreditam no destino ou coisas do tipo e nós ㅡ Apontou para si e para o ômega a seu lado ㅡ Com certeza foi algo do destino e eu não quero que isso mude nunca.


Notas Finais


Obrigada por ler. Se puder deixe um comentário ♥️

Vejo vocês em breve!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...