História The writer and the reader-Vhope/Taeseok - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Doença, Escritor, Leitor, Livros, Taeseok, Tep, Tromboembolismo Pulmonar, Vhope
Visualizações 250
Palavras 1.085
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá olá.
Cap bad pacas.
Não chorem ou chorem sei lá.
Eu chorei muito escrevendo, então sei lá.
Boa leitura (eu acho...)

Capítulo 22 - "Nunca se esqueça de mim"


—3 meses!? Você tá brincando comigo!-digo sem saber nem o que pensar, como assim 3 meses longe do Seokie.

—Eu sei, é bastante tempo, mas vai ser muito importante, isso vai expandir mais minha carreira internacional! Vai me deixar mais próximo do meu público de fora da Coréia! Isso vai ser muito bom!-diz

—Mas… Eu posso morrer a qualquer momento, seria mais lógico você aproveitar o pouco tempo que resta, não acha?-comento baixo, soando extremamente grosso

—… Você… NÃO vai morrer…

—Você… Não pode morrer…

—Você sabe que a chance é grande, né?

—Que se foda! Você não vai morrer!-diz irritado

—Hobi, sinto muito se isso é um ponto muito delicado pra você, mas é a verdade!

—Não é! Você… Você só não quer que eu vá viajar e por isso tá usando isso!

—Que tipo de pessoa você pensa que eu sou? Eu não queria que fosse verdade, mas é!

—NÃO É!

—Olha, como eu não quero atrapalhar sua carreira, tudo bem, vou sentir sua falta, mas vá.

—Você é muito bipolar.-comenta

—Mas não me liga.

—O que?

—Eu prefiro que não me ligue, nem mande mensagem.

—Taehyung, você tá ouvindo o que você tá me pedindo?

—Estou!

—Eu não quero te machucar, entende?-digo

—A gente já con…

—Eu sei! Mas, eu não quero te machucar e eu sei que vou morrer em breve, então vamos aproveitar que você não estará próximo de mim, pra tá ajudar a se afastar pra não doer tanto.

—Mas… se afastar vai doer…

—Não tanto quanto de repente te ligarem dizendo que eu morri.

—Chega, Tae.

—Eu não posso evitar isso, e você sabe.

—CHEGA!-gritou, respirando fundo

—Não me peça pra me afastar de você.-diz baixo

—Eu quero te proteger, Hobi, tente entender isso…

—NÃO DÁ! Eu não consigo entender.-diz segurando lágrimas

—Não faz isso… Comigo.

—Hoseok, por favor, não se faça de vítima disso! Também dói em mim, na verdade deve doer bem mais em mim, porque tudo de pior tá acontecendo comigo.

—Uma porra! Você só tá repetindo a mesma ladainha!-diz

—TÁ BOM, HOSEOK, É VOCÊ QUE PROVAVELMENTE NEM VAI CHEGAR AOS 23 ANOS, É VOCÊ QUE TEVE SEU MALDITO SONHO DE CANTAR DESTRUÍDO, POIS NÃO TEM FÔLEGO PRA ISSO, É VOCÊ QUE TOMA 4 ANTICOAGULANTES, É VOCÊ QUE VIVE NO HOSPITAL, VAI EM VÁRIOS MÉDICOS, É VOCÊ QUE PASSOU NOITES CHORANDO AO SABER QUE TUDO QUE VOCÊ SONHOU E LUTOU PARA SER OU TER FOI POR ÁGUA A BAIXO, É VOCÊ, HOSEOK, QUE SENTE SEU PEITO RASGAR NO MEIO, QUE SENTE UMA DOR INFERNAL E SENTE SEUS PULMÕES VAZIOS, COMO SE NUNCA MAIS VOCÊ CONSEGUISSE RESPIRAR! É VOCÊ QUE É OLHADO NA RUA, COM OLHARES DE DÓ… Pena e até… Nojo, por algo que você não tem culpa… É você, né? Que… Quanto mais sem ar fica, mais remédios toma, quanto mais remédios toma, mais anêmico fica e quanto mais anêmico, mais sem vinda, quanto mais sem vida, mais sem ar e assim um ciclo infinito de sofrimento. Que só vai acabar com minha morte.

—Então, por favor… Me deixa proteger você disso, me deixa diminuir um pouco o número de pessoas que vai sofrer com isso, por favor, Hobi.-digo chorando

—Droga…

—Mal tenho… Fôlego… P-pra… Chorar.-digo

Ele me olhava chocado, com os olhos lacrimejando, tinha lágrimas querendo sair no canto dos olhos.

—Sai… Por favor…-digo

Ele me olha uma última vez, deixa as lágrimas escorrerem e vai embora.

Assim que a porta bateu, eu me abaixei no chão e comecei a chorar.

Será que isso era realmente o melhor a fazer?

Eu nem sei mais meu nome…

Quem sou eu?

Eu não me reconheço, eu não sei meu nome, como vim parar aqui?

Eu nem sinto minhas pernas direito.

Respirei fundo, peguei meu celular e fiz o que eu deveria ter feito a muito tempo.

Kim_V: Hobi, eu sei que acabamos de brigar e que talvez a gente nunca mais se fale ou se veja, mas tem coisas que precisam ser ditas.

Kim_V: Hobi eu te amo muito, muito mesmo, por mais que eu talvez não fale muito isso ou talvez não deixe muito claro, eu te amo muito, você trouxe uma alegria que não tinha desde que eu descobri meu TEP, eu nunca te contei, mas antes disso, eu queria ser cantor, eu fazia covers, isso era um dos poucos motivos de alegria, e quando percebi que não poderia mais fazer isso, eu me vi sem chão, me entreguei a maldita rotina, seus livros eram o que me distraia, o que me fazia ter um pouquinho de alegria no meio desse caos da minha vida. Depois que a gente começou a se falar, me senti completo de novo, igualzinho me sentia ao cantar, todos diziam meu futuro como cantor era promissor e eu ia longe, mas depois de perceber que era o fim disso os únicos momentos que me viram sorrir de verdade e rir, foram conversando com você, eu juro que por tudo que eu já vivi, eu nunca imaginei que eu iria me apaixonar, muito menos pelo meu escritor favorito, muito menos que ele ia me corresponder. Eu sempre fui o isolado que ficava em casa comendo sorvete e lendo, então me imaginei morrendo solteiro. Mas você mudou isso, mudou minha maneira de viver, você recuperou minha vontade de viver, pois eu estava apenas sobrevivendo, eu não estava sendo eu, eu estava perdido, você me trouxe de volta, Hobi, você restaurou o Taehyung saudável, o Taehyung de pele mais bronzeada, que amava cantar e vivia pulando por aí, o Taehyung que sorria, que ria, que era doido sem se importar com nada, o Taehyung que vivia intensamente cada momento, durante esse tempo juntos, você me salvou de mim mesmo, você me fez esquecer que eu estou morrendo e me fez aproveitar, se eu for morrer agora, eu vou morrer feliz, pelo simples fato de que meus últimos dias foram passados com você, obrigado por ter estado aqui, muito obrigado por ter me aguentado, você me fez ser um melhor eu. E esse eu, te ama muito, e eu não pretendo voltar pro meu antigo eu. Adeus, Hobi, nunca se esqueça de mim, espero que você não sofra muito quando eu for.

*POV Hoseok*

Eu li toda a mensagem, chorando muito.

Eu não devia ter saído de lá, eu deveria ter o abraçado e dito o quanto eu amo ele, o quanto eu preciso dele e principalmente, que ele pode contar comigo, que eu estou aqui pra ajudá-lo em seu pior momento.

Eu fui um idiota saindo quando ele mandou, eu deveria ter feito tanta coisa que não fiz.

Eu vou responder a mensagem dele…

Mas pera, parece que ele me bloqueou…

Ah, ele não fez isso! Taehyung… Porque complica tanto tudo?

Eu vou apenas ficar aqui chorando no canto, mesmo.


Notas Finais


Vamos chorar? Vamos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...