História The Zombie Bites - TomTord - - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Eddsworld
Personagens Edd, Eduardo, Jon, Mark, Matt, Patryk, Paul ter Voorde, Personagens Originais, Tom, Tord
Tags Eddmatt, Gore, Paulpatryck, Tomtord, Zumbis
Visualizações 85
Palavras 1.474
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


YAAYY FINALMENTE CARALHO UHUL
desculpem a demora sério, eu tava sem ideias pro cap

Capítulo 17 - Help!


Fanfic / Fanfiction The Zombie Bites - TomTord - - Capítulo 17 - Help!

Mas felizmente Matt hesitou socando a parede, o que assustou o menor e respirando forte.

Matt - Edd, Fuja....

Edd - M-Matt E-Eu não posso deixar você aqui! — Falou preocupado.

Matt - Busque os outros! Não devem estar longe! Por favor, só faça o que eu mando! — Falou o encarando.

Edd iria hesitar mas assentiu, logo se afastando e pegando rapidamente a mochila e os sapatos indo em direção a entrada, antes dando uma última olhada no ruivo.

Matt deu um sorriso radiante deixando o moreno menos preocupado. E logo partiu na procura dos outros.

Já Matt ficou ali, lutando contra aquilo. saia mais do líquido da sua boca, o que fez ele a tampar mas não adiantava, acabou por vomitar aquilo e sentia uma dor interna insuportável. Ele caiu ao chão se contorcendo.

Matt - P-Por favor, E-Edd… seja rápido! — Falou num sussurro apertando sua barriga.

× • × • × • × • × • × • × • × • × • × • × • × • × • × • × • × • ×

Minutos depois…

Edd corria desesperado gritando por ajuda, infelizmente nada além do eco de sua voz naquelas ruas vazias, foi quando ouviu um barulho vindo de trás de si, era como o bater de uma corda; assim que virou para trás foi laçado pela corda, o amarrando, ele começou a se debater em desespero.

??? - Peguei um!! — Afirmou animada, parecia ser uma voz feminina.

??? - Ótimo, vamos ver isto… — Falou puxando a corda.

Assim que puxaram a corda Edd finalmente pode ver a face de sua provável ameaça.

Kim - Edd…!? — Ficou surpresa ao ver o seu vizinho ali.

Katya - Espera, esse não é aquele seu vizinho? — Perguntou confusa.

Kim era a vizinha de Edd, e Katya era sua noiva. Ambas eram loiras e Kim usava um cropped vermelho sem mangas, junto com a calça amarela puxada ao marrom. Katya também usava um cropped azul escrito "Vote 5", com as calças rasgadas da mesma coloração, e possuía o cabelo amarrado. Por algum motivo, as duas lembravam muito Tom e Tord.

É engraçado relembrar que Edd e Tord "disputaram" Kim achando que a mesma era hétero.

Edd - Kim! Katya! Graças a Deus! — Falou abrindo um sorriso de orelha a orelha.

Katya - Está andando sozinho? Cadê seus amigos? — Falou surpresa enquanto Kim o soltava.

Edd - Eu me perdi deles, Mas estava junto a Matt… — Falou se levantando.

Kim - Matt? Onde ele está? — Falou olhando ao redor.

Edd - Ele foi infectado. — Falou assustando ambas. — E… mesmo assim prefiro ficar ao lado dele, ele não me fez nenhum mal até… — Falou engolindo em seco nervoso.

Katya - Até…? — Falou curiosa.

Edd - E-Eu não sei… ele começou a passar mal e soltar um líquido rosa estranho! — Falou em desespero colocando a mão na cabeça.

Kim - Ok, Edd se acalma! — Falou segurando nos ombros do mesmo. — Podemos tentar ajudar ok? Só nos indique o caminho! — Falou sério olhando nos olhos de Edd.

Edd - Certo... Por aqui! — Falou guiando o caminho.

× • × • × • × • × • × • × • × • × • × • × • × • × • × • × • × • ×

Tom foi acordando aos poucos com os pequenos raios de sol a invadirem o cômodo dentre as tábuas de madeira que tamparam a janela. ele suspirou e se sentou na cama tossindo baixo, supôs ser apenas cede e logo levantou indo a sua mochila e pegando uma garrafa de água que acabava aos poucos.

Saiu do quarto antes dando uma olhada no zumbi que dormia tranquilamente todo largado na cama. Foi a sacada ao lado da sala, bebendo a água enquanto encarava a cidade, destruída e isolada com mínimos barulhos por aí.

Tom - É um belo dia para o apocalipse. — Falou irônico olhando para o céu limpo com poucas nuvens com mínimos pássaros a voar.

Logo ele tossiu novamente, desta vez levando a mão a boca e assim que parou a tirou dali olhando para a mesma. Possuía um tipo de líquido… era viscoso, assim como o de Tord, a única diferença era a coloração preta.

Ele olhou pra mão assustado, porém desconfiado e confuso; mas todos esses pensamentos sumiram ao sentir mãos ao redor de sua barriga a seguir de um encostar de cabeça em seu ombro.

Tord - Bom dia! — Falou animado.

Tom - Ah, Tord… bom dia — Falou limpando o líquido na camisa sem ligar muito.

Tord - Acordou cedo… — Falou bocejando. — Deveria dormir um pouco mais, teremos um dia longo.

Tom - E pra onde vamos? — Falou se virando na direção do zumbi que ainda o abraçava.

Tord - Procurar Edd e Matt, e também achar um abrigo…

Tom - Acha que tem pessoas reunidas em um abrigo por aí? — Falou questionando.

Tord - Acreditamos que sim, o silêncio está enorme e até agora não vi algum exército tentar lutar contra isso. — Falou o soltando e encostando na sacada. — Também precisaremos de um rádio, telefones não funcionam, então tentaremos outro meio de comunicação.

Tom - com quem querem se comunicar? — Falou curioso.

Tord - Com a Red Army. — Falou o olhando sério. — Não temos certeza se atingiram a base ainda, mas iremos tentar mandar um exército pra cá.

Tom - O exército dos seus país? Mas… ele não fica na Rússia?

Tord - Sim e corrigindo… — Falou sorrindo exibido. — Meu exército.

Tom - Herdou o exército? Sério? — Falou rindo baixo. — Você não leva jeito nenhum para Líder!

Tord - C-Claro que levo! — Falou na defensiva.

Tom - Hahaha, gostaria de ver isso um dia! — Falou rindo.

Tord - vai ver — Sorriu.

Tom - Como assim?

Tord - …Deixa pra lá

× • × • × • × • × • × • × • × • × • × • × • × • × • × • × • × • ×

Edd - É aqui! — Falou chegando em frente a casa logo entrando na frente com Katya e Kim.

Matt - E-Edd…? — Falou jogado ao chão se contorcendo. — Ainda bem

Kim - Matt! — Falou indo se aproximar mas Edd a impediu negando com a cabeça.

Logo ele foi na direção de Matt se abaixando até o mesmo.

Edd - Como você tá? — Falou preocupado.

Matt - Fraco… — Falou tossindo o líquido. — E dói… dói muito.

Edd - Consegue se controlar?

Matt assentiu e logo Edd fez um sinal para as outras duas se aproximarem com as mochilas.

Kim era médica, então ela tinha vários remédios na mochila.

Kim - Ok Matt, onde dói? — Falou colocando as luvas.

Matt - Em todo canto… argh, principalmente no estômago. — Falou mordendo os lábios.

Katya - Ele está fervendo! — Falou medindo a temperatura do mesmo.

Kim - Sente fome? — Falou olhando sério nos olhos dele.

Matt - Sim… muita

A mais alto suspirou, era isso que ela temia…

Kim - isso já pode estar na cara, mas não podemos ajudá-lo antes que ele coma… — Falou olhando agora sério para Edd e Katya. — Carne humana…

Edd - Acho que não é a pergunta mas adequada mas… vocês não teriam alguma carne humana na mochila né?…

Katya - Não… — Suspirou.

Kim - … só há um jeito de o dar carne sem ser infectado. — Falou levantando.

Katya - … Tirando a carne nois mesmos… — Falou meio cabisbaixa.

Edd - … — este olhou para o ruivo e logo suspirou se levantando. — Tirem de mim.

Kim - O QUE?!

Edd - Eu não vou deixar o Matt morrer por conta disso!

Katya - Edd, é muito arriscado, você pode ter uma hemorragia! E não sabemos se ele irá mesmo morrer… — Falou preocupada.

Edd - Kim, você é médica não é? E querendo ou não, por conta disso você sabe bastante sobre Katya! — Falou abrindo os braços. — Não é tão difícil! E se não quiserem ajudar eu mesmo faço!

Katya - …

Kim - …Katya… — A olhou. — Pega o meu kit de cirurgia e os curativos.

Katya assentiu pegando as coisas na mochila.

Matt - Edd…. Você não precisa fazer isso! — Falou fraco, tossindo novamente.

Edd - Poupe esforços, Matt… — Falou segurando a mão do mesmo e sorrindo meigo. — Farei isso por você, e não importa o que acontece comigo, ok?

Matt - claro que importa… por favor Edd, não faça isso… — Falou preocupado.

Kim - Edd… está pronto? — Falou pegando uma agulha, preparando uma anestesia.

Edd - …Sim — Falou se afastando de Matt.


Notas Finais


Ok desculpem pelo cap curto eu vou começar a focar mais nessa fic

E caso vocês não saibam, Katya e Kim são personagens antigas e secundárias de Eddsworld, elas apareceram somente nos Eddisodios: "The dudette next door" e apareceram como figurantes em "The end 2"

Eh só isso mesmo, vou trazer mais caps em breve e desculpem de novo pela demora! ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...