História THEY ARE NOT MONSTERS (Imagine Jungkook) - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Abo, Bts, Jungkook, Jungkook Abo
Visualizações 59
Palavras 637
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Poesias, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mais um cap pequeno da Carol!

Capítulo 21 - Chapter 20 -Carol: Taehyung


Fanfic / Fanfiction THEY ARE NOT MONSTERS (Imagine Jungkook) - Capítulo 21 - Chapter 20 -Carol: Taehyung

Quarta - Feira (dias atrás)

Depois do incêndio


*Carolinne POV*


 Está tudo bem?— Taehyung se assegurava ao meu lado. O garoto de olhos escuros mais com tons avermelhados...respirava fundo, logo seguido de tosses.


E-Está —tossi forte. Não aguentei toda aquela fumaça em meu pulmão...


O fogo tinha se alastrado rapidamente pelo o local, tudo parecia estar se perdendo lá. Todos se preocupando com a suas próprias vidas e despreparados, assim como assustados, era desesperador ver pessoas caindo no chão com queimaduras em seus braços, o barulho da sirene altamente perturbador e bombeiros correndo com a esperança em mãos. Ambulâncias preparadas e algumas  já indo a outro local, ao hospital, talvez em um centro cirúrgico por causa de alguns destroços ou quem sabe .


Depois de que S/N pediu ajuda para me tirar de lá, tive o medo de perder mais uma pessoa …..então eu tive que ter muita força, mas inútil como sempre, e...então ele me tirou de lá ..argh. Confesso estar um pouco com raiva, mas se ela decidiu isso, ela pode estar certa que vai ficar tudo bem…. Eu espero.


E-E você?— continuei e falei com dificuldade logo soltando meu braço de suas mãos, que o pressionava fortemente  .


Ahn? Ah..estou sim —parecia preocupado com outra coisa, nem ousou olhar em meu rosto, como se procurasse algo com seu olhar. 


Você..tem..—parei de falar.


Os seus olhos.


Estavam agora completamente  pretos, ou castanho escuro. Sumiu por completo aquele vermelho...Taehyung era...?


 




Sem terminar de falar, somos puxados e levados para uma zona mais “segura”, longe de todo o fogo e quentura. Saímos do local e perdemos um pouco da tensão, por mais estar rezando para que todos estejam bem .

Alguns paramédicos e assistentes estavam cuidando de muitas pessoas para nós dar atenção, então sentamos um pouco longe, pensativos e ...inquietos .


...Não vai para casa?— Tae quebrou o silêncio, que na verdade não existia.


Hum? Eu preciso saber sobre S/N…—encarei o chão.


Como a conheceu? — de repente curioso. Me encarou.


Na faculdade, por quê?— interesseiro? Só preciso de mais algumas dicas para ter certeza que...não era humano. Bem que suspeitei.


— Parecem que se conhecem mais tempo, já que ela entrou a pouco tempo   — virou o rosto, completamente desinteressado agora. Não disse mais nada, mas eu não disse nada, não até ver S/N...em uma maca?


Aquela é…..S/N!?


 Observei da distância que tínhamos, um rosto apagado, sendo levado dentro de uma ambulância. Mas Tae pareceu mais surpreso por ver Jungkook ao seu lado.

 Vamos— me levantei rápido, sem perceber, puxando a mão do garoto sério.


— o que pretende fazer?— tirou sua mão da minha e botou no bolso...Não me dei o trabalho de respondê-lo assim que vi passar um carro.


Táxi! —gritei ao ver um. Provavelmente incomodando os ouvidos de Tae. Assim, praticamente me jogando na frente do Táxi, o mesmo para e assim puxo TaeHyung novamente o fazendo entrar no táxi.—Siga aquela ambulância, por favor!


Você parece bem preocupada — sua voz saiu mais como um deboche. 



Taehyung se sentou um pouco “longe” de mim no banco de trás, ele ainda com seu rosto...de certa forma ríspido. O mesmo a viagem toda olhava pela a janela .


Quinta - Feira

10:30h


[TAE POV]


MENSAGEM-


Tae: Irei pedir pra sair com essa tal de “Carolinne”, talvez ela saiba algo da S/N.


Yoongi:O que está insinuando ?


Tae: Já conversamos sobre isso...Irei  mandar mensagem para a mesma.


Yoongi: irá enganá-la?


Tae: sabe que eu não sairia com uma Humana à toa .


(Casa, 20h)


Que merda! Finalmente descobri e tive a certeza, eu sabia! S/N Clarpy! 

 E só agora eu lembrei que marquei um “encontro “ amanhã, e a Idiota não recebe nem mensagem….argh! Como Irei desmacar? 


Ok, Taehyung, é só não ir, certo?Não! Por que a merda foi que ela disse que viria até na frente da minha casa para irmos juntos . Merda! Eu nem ao menos sei como ela sabe onde moro. Talvez ela saiba de coisas demais...tenho que cuidar disso.










Notas Finais


Essa foi a continuação do capítulo passado, é pequeno por causa disso.


Lembrando que esses dias como quarta, terça e etc. Foram dois dias atrás, apenas para explicar a história da Caroline

Como ela não é personagem principal, foi um resumo bem resumido mesmo! Ok? Mas, mesmo assim ela ainda aparecerá algumas vezes .


Mapa antes da guerra :https://drive.google.com/file/d/1Q1jtIjBBCgaoeub9LZyZL4YhWThPx5Zk/view?usp=drivesdk

Mapa nos dias atuais:https://drive.google.com/file/d/1HBj9yl0GGNqsGCryGy_2HMM_7ASFwbI_/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...